Questões de Concursos Ginecologia e Obstetrícia

  • Questão 44235.   Medicina - Ginecologia e Obstetrícia - Nível Superior - Médico Infectologista - HUB - CESPE - 2010

  • Julgue o próximo item, relativo a planejamento familiar e infertilidade conjugal.

    Nos critérios médicos de elegibilidade, indicados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para uso de métodos anticoncepcionais, a categoria 2 enquadra-se na condição em que os riscos teóricos ou comprovados geralmente se sobrepõem às vantagens do uso do método.
  • Questão 44236.   Medicina - Ginecologia e Obstetrícia - Nível Superior - Médico Infectologista - HUB - CESPE - 2010

  • Acerca de doenças sexualmente transmissíveis e infecções pélvicas, julgue os itens subsequentes.

    O tratamento imediato e adequado diante de quadro clínico caracterizado por dor abdominal à mobilização do útero e anexos com amolecimento cervical em mulheres jovens sexualmente ativas, é medida profilática fundamental na prevenção de dor pélvica crônica e infertilidade conjugal por fator tubo-peritoneal.
  • Questão 44238.   Medicina - Ginecologia e Obstetrícia - Nível Superior - Médico Infectologista - HUB - CESPE - 2010

  • Com referência a doenças benignas e malignas do trato genital feminino e mamário, julgue os itens a seguir. 

    O crescimento rápido de um mioma uterino com macroscopia evidenciando margens infiltrativas e extensão além do útero e cujo exame histopatológico evidenciou atipia citológica e necrose de coagulação das células tumorais evidencia um leiomiossarcoma de mau prognóstico.
  • Questão 44240.   Medicina - Ginecologia e Obstetrícia - Nível Superior - Médico Infectologista - HUB - CESPE - 2010

  • Com referência a doenças benignas e malignas do trato genital feminino e mamário, julgue os itens a seguir. 

    Suponha que uma paciente com menopausa há dez anos queixa-se de prurido vulvar. Foi realizado diagnóstico clínico prévio de líquen escleroso e atrófico, não tratado, no início do climatério. Ao exame físico, apresenta sinais de hipoestrogenismo vulvovaginal e discreta lesão vulvar. Nessa situação, a conduta inicial deve ser tratamento sintomático e acompanhamento ambulatorial.
  • Questão 44241.   Medicina - Ginecologia e Obstetrícia - Nível Superior - Médico Infectologista - HUB - CESPE - 2010

  • Considere a seguinte situação hipotética.

    Uma paciente gestante, no primeiro trimestre de gestação, foi submetida à laparotomia exploradora por dor abdominal intensa. Encontrou-se tumoração anexial direita de 10 cm de diâmetro com cápsula bosselada e consistência esponjosa. Histologicamente observou-se proliferação anormal das células germinativas básicas.
    Nesse caso clínico, o diagnóstico histopatológico mais provável é disgerminoma.