Questões de História e Geografia de Estados e Municípios para Concursos

Resolva Questões de História e Geografia de Estados e Municípios para Concursos Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas Online com Gabarito.

Aviso legal: Resolva as questões por simulado. Por lá você tem estatísticas de resolução.

  • Questão 37249.   Conhecimentos Específicos - História e Geografia de Estados e Municípios - Nível Médio - Técnico Judiciário - TJ RO - FGV - 2015
  • A construção da rodovia BR-364 possibilitou a maior integração das regiões Norte e Centro-Oeste do país ao restante do território nacional. Antes de sua construção, só se chegava a Porto Velho através da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, de balsa ou de avião. A iniciativa de abertura, bem como a inauguração da rodovia, ocorreram no governo:
  • Questão 41426.   Conhecimentos Específicos - História e Geografia de Estados e Municípios - Nível Médio - Papiloscopista e Técnico em Perícia - Polícia Civil PB - CESPE - 2009
  • Texto anexado à questão Texto anexado à questão
  • Situada em território paraibano, a ponta do Seixas é
  • Questão 17528.   Conhecimentos Específicos - História e Geografia de Estados e Municípios - Nível Médio - Soldado da Polícia Militar - Polícia Militar MT - FUNCAB - 2014
  • A administração lusitana na região tornou-se essencialmente uma administração militar, que deveria estar preparada para defender os domínios portugueses de ataques indígenas e espanhóis. A própria criação da capitania de Mato Grosso, em meados do século XVlll, tinha esse propósito.

    (ALVEs, Lourembergue. A Capitania de Mato Grosso. In: Revista do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso. Vol. 58, Cuiabá: IHGMT, 2000, p. 38 -Adaptado).

    Entre os setores a seguir, o que possuiu a maior importância no período descrito, sendo o responsável pela ocupação da capitania de Mato Grosso é:
  • Questão 16907.   Conhecimentos Específicos - História e Geografia de Estados e Municípios - Nível Superior - Cadete da Polícia Militar - Polícia Militar GO - FUNCAB - 2010
  • Cinco capitais brasileiras – Goiânia, Belo Horizonte, Fortaleza, Brasília e Curitiba – estão entre as 20 mais desiguais, entre 141 cidades de países em desenvolvimento pesquisadas pelo Programa da ONU para os Assentamentos Humanos (ONU Habitat). A desigualdade se reflete na alocação dos terrenos e dos serviços urbanos como transportes, principalmente. A deficiência retratada nos sistemas de transportes em uma cidade como Goiânia pode ser observada de forma correta em:
  • Questão 14978.   Conhecimentos Específicos - História e Geografia de Estados e Municípios - Nível Médio - Agente de Segurança Prisional - SAPeJUS GO - FUNIVERSA - 2015
  •      No ano de 2006, a partir da reestruturação do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), foi criado o Sistema Penitenciário Federal, com a finalidade de ser o gestor e fiscalizador das Penitenciárias Federais em expresso cumprimento ao contido na Lei de Execução Penal (LEP), especialmente em seu artigo 72, parágrafo único, que lhe confere essa incumbência de forma exclusiva.
          O Sistema Penitenciário Federal é constituído pelos estabelecimentos penais federais, subordinados ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen) do Ministério da Justiça.                                                                                   

    Internet: (http://portal.mj.gov.br). Acesso em 19/12/2014

    Atualmente, integram o Sistema Penitenciário Federal quatro estabelecimentos penais. Trata-se dos presídios de Catanduvas (PR), Campo Grande (MS), Porto Velho (RO) e Mossoró (RN). Está prevista a construção do 5º estabelecimento em
  • Questão 15360.   Conhecimentos Gerais - História e Geografia de Estados e Municípios - Nível Superior - Engenheiro Eletricista - TJ GO - FGV - 2014
  • “Em novembro de 1930, o líder civil de um movimento armado de oposição, Getúlio Vargas, tornou-se presidente do Brasil em caráter provisório”. (SKIDMORE, Thomas. Brasil: de Getúlio a Castelo. Ed. Paz e Terra. RJ, p. 21)

    A Revolução de 1930 mudou inteiramente o processo histórico brasileiro, fazendo ruir as estruturas da chamada “República Velha” ou “Primeira República” no país e deu início a uma nova etapa histórica para o estado de Goiás, na medida em que: