Questões de Oncologia para Concursos

Resolva Questões de Oncologia para Concursos Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 1 - Questão 60203 - Medicina - Oncologia - Nível Superior
  • Mulher de 50 anos apresenta síndrome paraneoplásica caracterizada por obesidade centrípeta, estrias violáceas, hipertensão, facies cushingoide e ACTH extremamente elevado. O câncer mais provável é
  • 2 - Questão 59113 - Enfermagem - Oncologia - Nível Médio
  • O câncer de colo uterino constitui um dos graves problemas de saúde que atinge as mulheres em todo o mundo, sendo os países em desenvolvimento responsáveis por aproximadamente 80% desses casos. O exame realizado para a investigação de câncer do colo do útero é denominado de:
  • 3 - Questão 59114 - Enfermagem - Oncologia - Nível Médio
  • Sobre o câncer de colo do útero, é correto dizer-se que
  • 4 - Questão 60206 - Medicina - Oncologia - Nível Superior
  • Considere quatro situações clínicas.

    I. Hemorragia aguda severa.
    II. Crise hemolítica.
    III. Alcoolismo intenso.
    IV. Intoxicação por anticonvulsivantes.

    Reação leucoeritroblástica será encontrada com maior probabilidade em 
  • 5 - Questão 59103 - Enfermagem - Oncologia - Nível Médio
  • O exame citopatológico tem como objetivo rastrear o câncer do colo de útero e suas lesões precursoras. O Ministério da Saúde recomenda que o intervalo entre os exames deve ser:
  • 9 - Questão 59104 - Enfermagem - Oncologia - Nível Médio
  • A leucemia, câncer dos tecidos formadores de sangue, é a forma mais comum de câncer infantil, e duas formas geralmente são reconhecidas nas crianças: a leucemia linfoide aguda (LLA) e a leucemia mielóide aguda (LMA). Um dos tratamentos da leucemia envolve o uso de agentes quimioterápicos em que cada agente está associado a um número previsível de efeitos colaterais. A cistite hemorrágica estéril é um efeito colateral da irritação química da bexiga à ciclosfosfamida, que pode ser diminuída e frequentemente prevenida mediante
  • 10 - Questão 59111 - Enfermagem - Oncologia - Nível Médio
  • A utilização do cateter totalmente implantável tem se tornado rotina nos centros de tratamentos oncológicos por conferir maior conforto para o paciente, durabilidade, menor risco de infecção e extravasamento de medicações que podem irritar e ferir o local de aplicação dos quimioterápicos. “São tubos flexíveis radiopacos feitos de silicone, poliuretano ou de teflon. Possuem uma câmara de titânio em uma das extremidades. A parte central dessa câmara é uma membrana de silicone chamada septo, na qual são realizadas as punções para acesso ao dispositivo.” (INCA). A punção e a coleta de sangue através deste dispositivo deverão ser efetuadas por enfermeiro treinado, com técnica totalmente asséptica. Sabendo que as veias cefálica, subclávia e jugulares são veias de escolha para a punção e o implante do cateter pode ter outras localizações como arterial, peritoneal ou intraespinhal, o reservatório puncionável de qualquer tipo de localização deve estar