Questões de Poder Familiar e o Direito à Convivência Familiar e Comunitária para Concursos

Resolva Questões de Poder Familiar e o Direito à Convivência Familiar e Comunitária para Concursos Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 2 - Questão 55808 - Eca - Poder Familiar e o Direito à Convivência Familiar e Comunitária - Nível Médio
  • Considerando o direito fundamental da criança e do adolescente à convivência familiar, segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente, é CORRETO afirmar:
  • 4 - Questão 55803 - Eca - Poder Familiar e o Direito à Convivência Familiar e Comunitária - Nível Médio
  • Dentre os princípios que regem a aplicação das medidas de proteção à criança e ao adolescente encontra-se a disposição de que a intervenção deve ser efetuada de modo que os pais assumam os seus deveres para com a criança e o adolescente. Trata-se do princípio da:
  • 5 - Questão 55805 - Eca - Poder Familiar e o Direito à Convivência Familiar e Comunitária - Nível Médio
  • Em relação ao poder familiar, é correto afirmar:
  • 7 - Questão 55797 - Eca - Poder Familiar e o Direito à Convivência Familiar e Comunitária - Nível Médio - CESPE
  • Em relação ao direito à convivência familiar e comunitária estabelecido no Estatuto da Criança e do Adolescente, julgue o próximo item.

    Ao identificar que uma gestante deseja entregar o filho à adoção, o assistente social deve encaminhá-la diretamente ao Conselho Tutelar, que acompanhará o desenvolvimento da gestação, comunicará o nascimento da criança à justiça da infância e providenciará o seu encaminhamento para a adoção.
  • 10 - Questão 55804 - Eca - Poder Familiar e o Direito à Convivência Familiar e Comunitária - Nível Médio
  • Frente ao direito à convivência familiar e comunitária, prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), considere:

    I. A intervenção do Estado será prioritariamente voltada para a orientação e o apoio de promoção social da família natural.
    II. A reintegração da criança e do adolescente à sua família terá preferência em relação a qualquer outra providência de atendimento e em qualquer situação.
    III. Na impossibilidade de permanência na família de origem, a criança e o adolescente serão sempre colocados em família substituta.
    IV. A inclusão de criança ou adolescente em programas de acolhimento institucional terá preferência no caso da ausência da família natural.
    V. A adoção internacional de criança ou adolescente domiciliado no Brasil somente terá lugar quando se esgotarem todas as possibilidades no Brasil.

    Está correto o que se afirma APENAS em