Questões de Concursos ESAF

Resolva Questões de Concursos ESAF Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas Online com Gabarito.

Aviso legal: Resolva as questões por simulado. Por lá você tem estatísticas de resolução.

  • Questão 6352.   Direito Tributário - Nível Superior - Auditor Fiscal - Receita Federal - ESAF - 2012
  • De acordo com a legislação tributária em vigor, assinale a opção incorreta.
  • Questão 3832.   Administração Pública - Nível Superior - Analista de Finanças e Controle - CGU - ESAF - 2008
  • Indique a opção que apresenta respectivamente o objetivo central do modelo burocrático de gestão e suas principais características.
  • Questão 6338.   Direito Administrativo - Nível Médio - Assistente Técnico Administrativo - Ministério da Fazenda - ESAF - 2012
  • Analise os casos concretos narrados a seguir e classifique- os como sendo resultado de um dos fenômenos listados de acordo com o seguinte código:

    C = centralização
    D = descentralização
    DCON = desconcentração.

    Após a análise, assinale a opção que contenha a sequência correta.

    1.1. Serviço de verificação da regularidade fiscal perante o fisco federal e fornecimento da respectiva certidão negativa de débitos, prestado pela Receita Federal do Brasil.( )

    1.2. Extinção de unidades de atendimento descentralizadas de determinado órgão público federal para que o atendimento passe a ser feito exclusivamente na unidade central. ( )

    1.3. Serviços oficiais de estatística, geografia, geologia e cartografia, prestados em âmbito nacional pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE.( )
  • Questão 3836.   Administração Pública - Nível Superior - Analista de Finanças e Controle - CGU - ESAF - 2008
  • Durante a crise do Estado dos anos 1980 e 1990, palavras e expressões foram forjadas para possibilitar o entendimento de suas diferentes dimensões e propiciar a busca de soluções. Neste contexto, quando um governo está preocupado em legitimar decisões e ações se diz que ele está buscando maior ........... Complete a frase com a opção correta.
  • Questão 20918.   Arquivologia - Nível Superior - Analista Administrativo - ANA - ESAF - 2009
  • São exemplos de tipologias documentais:
  • Questão 3916.   Direito Previdenciário - Nível Superior - Analista Tributário - Receita Federal - ESAF - 2009
  • Na busca da efetiva arrecadação da contribuição social,
    a legislação previdenciária de custeio dispõe sobre a
    responsabilidade solidária. Sabendo que a solidariedade
    nunca é presumida, resultando da lei ou da vontade das
    partes, assinale a assertiva incorreta com relação às
    pessoas solidárias pelo cumprimento das obrigações para
    com a Seguridade Social decorrentes de obra.
  • Questão 20919.   Arquivologia - Nível Superior - Analista Administrativo - ANA - ESAF - 2009
  • O emprego da tipologia documental no que-fazer arquivístico é recente, mas tem mostrado vantagens nos seguintes segmentos do processamento documental, exceto na (no)
  • Questão 24511.   Administração Pública - Nível Superior - Analista de Finanças e Controle - CGU - ESAF - 2012
  • Acerca das experiências de reforma da máquina pública havidas em nosso país, é correto afirmar que:
  • Questão 3878.   Português - Nível Superior - Analista Tributário - Receita Federal - ESAF - 2009
  • Assinale a opção correta a respeito do texto.
    Aferrado à valorização do aqui e agora, o sábio indiano
    Svâmi garante que “só o presente é real”, o que equivale a
    considerar o passado e o futuro como puras ilusões. Viver
    no presente implica aceitar o primado da ação (o ato)
    sobre a esperança, o que equivale a trocar a passividade
    do estado de espera pela manifestação ativa da vontade
    de fazer. Em outras palavras, importa a fl echa mais do que
    o alvo, o ato mais do que a expectativa.
    Como bem acentua Comte-Sponville, a ausência pura
    e simples de esperança não corresponde à mágoa,
    traduzida na acepção comum da palavra desespero.
    O desespero/desesperança é, antes, o grau zero da
    expectativa, portanto um regime de acolhimento do real
    sem temor, sem desengano, sem tristeza. Esse regime,
    ou essa regência, pode ser chamado de beatitude ou de
    alegria: uma aceitação e uma experiência da plenitude do
    presente.
    (Muniz Sodré. As estratégias sensíveis: afeto, mídia e política. Petrópolis,
    RJ: Vozes, 2006, p.206)