Questões de Concursos UNISOCIESC

Resolva Questões de Concursos UNISOCIESC Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 1 - Questão 29842.   Engenharia Ambiental - Nível Médio - Técnico em Saneamento - Companhia Águas de Joinville - UNISOCIESC - 2010
  • Para a saúde pública, o Ministério da Saúde determina que a água tratada atenda certos parâmetros de potabilidade e, também, que sejam adicionadas substâncias como bactericida. A prática da adição de cloro na água pública é:
  • 4 - Questão 29818.   Português - Interpretação de Textos - Nível Médio - Operador de Estação - Companhia Águas de Joinville - UNISOCIESC - 2010
  • Por que chove tanto

          Não há cidade que passe incólume por chuvas da intensidade das que desabaram sobre São Paulo neste início de ano. A pergunta que todos fazem é: Por que chove tanto em um único lugar?
          A resposta mais curta é que existe uma conjunção excepcional de fatores meteorológicos, cada um deles contribuindo para a continuidade do aguaceiro. Já a devastação que as águas provocam, por meio de alagamentos e enxurradas, é também consequência do perfil geográfico da cidade e das características da urbanização conduzida através dos anos.
          No que diz respeito à meteorologia, a chuva resultou de três fenômenos. O primeiro é o fluxo de ar úmido que todo ano segue da região amazônica em direção ao Centro-Oeste, Sul e Sudeste do Brasil. Esse fluxo é intensificado pela evaporação das águas do Oceano Pacífico na região equatorial e do Oceano Atlântico no Caribe. Pois bem. Neste verão, o efeito El Niño aqueceu as águas do Pacífico equatorial em 2 graus. As águas do Caribe, por sua vez, também estão 1 grau mais quentes. A maior temperatura aumentou ainda mais a intensidade da umidade vinda do Norte, tornando-a mais propensa a provocar chuvas fortes.
          O segundo fator que concorreu para a formação de temporais em São Paulo e no Sudeste foi o aquecimento do Atlântico - em 1,5 grau - na sua porção próxima à costa do Sudeste brasileiro. Isso faz com que a brisa marinha que chega ao planalto paulista, onde se localiza a capital, favoreça a ocorrência de fortes pancadas de chuva, principalmente no fim da tarde.
          O terceiro fator é o calor na cidade de São Paulo em janeiro. As temperaturas foram mais altas que a média do mês de janeiro nas últimas seis décadas. O calor favorece o aquecimento do solo, que por sua vez esquenta o ar. Este fica mais leve e sobe, formando nuvens carregadas. É um ciclo infernal de retroalimentação.
          As chuvas fortes não causariam tantos problemas em São Paulo caso a cidade tivesse sido preparada para elas. Portanto, é preciso encontrar meios de minimizar os danos, evitar alagamentos prolongados e garantir que a tormenta atrapalhe o mínimo a vida dos habitantes.

    (VEJA, 10 fev. 2010, adaptado.)
  • Considerando o contexto em que o termo sublinhado no trecho abaixo aparece, assinale a opção que o substitui por sinônimo:
    A maior temperatura aumentou ainda mais a intensidade da umidade vinda do Norte, tornando- a mais propensa a provocar chuvas fortes.
  • 6 - Questão 29843.   Engenharia Ambiental - Nível Médio - Técnico em Saneamento - Companhia Águas de Joinville - UNISOCIESC - 2010
  • Os parâmetros DQO e DBO são amplamente utilizados como indicativo da qualidade das águas. Isto se deve ao fato de serem necessárias quantidades de oxigênio presente na água para o processo oxidativo inevitável ao qual todas as substâncias na natureza estão submetidas. Espera-se que:
  • 7 - Questão 29823.   Matemática - Nível Médio - Operador de Estação - Companhia Águas de Joinville - UNISOCIESC - 2010
  • Em uma cidade existem duas locadoras de automóveis. A locadora A cobra uma taxa fixa de R$ 50,00 por dia e R$ 1,50 por quilômetro rodado. A locadora B cobra uma taxa fixa de R$ 30,00 por dia e R$ 2,00 por quilômetro rodado. Sendo assim, podemos afirmar que, em um dia:
  • 8 - Questão 29835.   Química - Nível Médio - Operador de Estação - Companhia Águas de Joinville - UNISOCIESC - 2010
  • Uma prática que minimiza o impacto ambiental decorrente dos resíduos domésticos é a compostagem da matéria orgânica. Neste processo o lixo orgânico é umidificado, seu pH levemente alcalinizado, dosados fósforo e nitrogênio e, durante um processo de descanso e revolvimento da massa, os microorganismos fazem o serviço. Por este motivo, pode-se afirmar que a compostagem é
  • 9 - Questão 29837.   Química - Nível Médio - Operador de Estação - Companhia Águas de Joinville - UNISOCIESC - 2010
  • A demanda bioquímica da água é importante fator para avaliar se a mesma possui ou não grande carga orgânica dissolvida. Como balizador deste parâmetro está a demanda química de oxigênio, pois guarda uma relação entre seus valores. Pode-se dizer que quando a DBO é alta:
  • 10 - Questão 29833.   Química - Nível Médio - Operador de Estação - Companhia Águas de Joinville - UNISOCIESC - 2010
  • Existem diversos processos tecnológicos para o tratamento de águas e de efluente. Estes processos possuem maior ou menor sofisticação, contudo, majoritariamente o tratamento das águas para distribuição pública é feito pelo processo tradicional conhecido como físico-químico. Um dos componentes deste sistema de tratamento de águas é a calha Parshall. Este componente tem como finalidade principal: