Questões de Concursos ADVISE

Resolva Questões de Concursos ADVISE Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 3 - Questão 27962.   Informática - Nível Superior - Advogado - Câmara de Puxinanã PB - ADVISE - 2010
  • No SO Windows, há algumas regras que devem ser seguidas para nomear (e renomear) um arquivo ou pasta. Analise as afirmativas abaixo e em seguida assinale a alternativa correta:

    I. Um nome de arquivo ou pasta deve ter até 255 caracteres.
    II. Não podem ser usados os seguintes caracteres: * / : ? > <.
    III. Não pode haver dois objetos com o mesmo nome no mesmo diretório.
    IV. É obrigatório informar a extensão do arquivo

    Está correto o que se afirma em:
  • 5 - Questão 27972.   Direito Administrativo - Nível Superior - Advogado - Câmara de Puxinanã PB - ADVISE - 2010
  • A respeito do objetivo do Controle da Administração Pública, Maria Sylvia Zanella de Pietro, disse:

    "A finalidade do controle é a de assegurar que a Administração atue em consonância com os princípios que lhe são impostos pelo ordenamento jurídico, como os da legalidade, moralidade, finalidade pública, publicidade, motivação impessoalidade; em determinadas circunstâncias, abrange também o controle chamado de mérito e que diz respeito aos aspectos discricionários da atuação administrativa.”

    Sobre o Controle da Administração Pública, observe os enunciados abaixo:

    I. A Administração Pública pode declarar a nulidade de seus próprios atos
    II. A Administração pode anular seus próprios atos quando eivados de vícios ilegais, porque deles não se originam direitos, ou revogá- los ,por motivo de conveniência ou oportunidade, respeitados os direitos adquiridos e ressalvada, em todos os casos, a apreciação judicial.
    III. O controle externo da Administração pública é aquele exercido pelo Poder Legislativo com apoio dos Tribunais de Contas, pelo Poder Judiciário e pela sociedade através do Controle Social.

    Está(ão) corretas:
  • 6 - Questão 27969.   Direito Administrativo - Nível Superior - Advogado - Câmara de Puxinanã PB - ADVISE - 2010
  • O Parágrafo 6º do artigo 37 da Constituição Federal, diz:

    "As pessoas jurídicas de direito público e as de direito privado prestadoras de serviços públicos responderão pelos danos que seus agentes, nessa qualidade, causarem a terceiros, assegurado o direito de regresso contra o responsável nos casos de dolo ou culpa.”

    Que teoria a Constituição adotou no tocante a Responsabidade Civil do Estado?
  • 7 - Questão 27952.   Português - Nível Superior - Advogado - Câmara de Puxinanã PB - ADVISE - 2010
  • O Brasil merecia mais, mas terá de optar entre o candidato da fita-crepe e a da bexiga d"água

    Só tenho medo da falseta, mas adoro a Julieta, como adoro a Papai do Céu. Quero seu amor, minha santinha, mas só não quero que me faça de bolinha de papel. Tiro você do emprego, dou-lhe amor e sossego, vou ao banco e tiro para você gastar. Posso, Julieta, lhe mostrar a caderneta se você duvidar...

    O samba “Bolinha de papel”, composto pelo mineiro Geraldo Pereira e imortalizado por João Gilberto, bem que poderia ser a trilha sonora do enlace definitivo entre José Serra e Dilma Rousseff no dia 31 de outubro. Na festa de Halloween, os dois fariam um favor ao País se renunciassem à disputa presidencial em nome de um sentimento maior: o amor que os une. Serra e Dilma são almas gêmeas, filhotinhos de 1964, que resistiram à ditadura e nos fizeram respirar novamente o ar da liberdade - sem eles, o que seria de nós, afinal? Depois do exílio e da luta armada, poderiam se sacrificar mais uma vez em nome da Nação, dando-nos uma liberdade ainda mais preciosa: a de não votar no meio de um feriadão que já prenuncia altas temperaturas - não apenas políticas, mas, sobretudo, meteorológicas.

    O Brasil de hoje, visto de fora, vive um momento único. É o país dos 7,5% de crescimento, do pleno emprego e que está no topo da lista dos investidores internacionais. Visto de dentro, é o país da mesquinharia política, da podridão eleitoral, das pequenas trapaças, das grandes armações e do vale-tudo em nome do poder. Um país onde os eleitores, ainda obrigados a votar em pleno século XXI, terão de optar entre o candidato da bolinha de papel e da fita crepe comparado ao goleiro Rojas pelo presidente Lula, árbitro da nossa democracia - e a candidata que se esquivou de uma bexiga d’água, com agilidade felina. O que deve ter aprendido nos tempos em que jogava queimada no liceu de Belo Horizonte.

    Assim como no samba de 1945, os dois candidatos também adoram a Papai do Céu. São neocristãos, neopentecostais, neomuçulmanos, neotudo. Também podem se dar ao luxo de não mais trabalhar. Juntos, devem ter arrecadado mais de R$ 300 milhões - e sempre existem as sobras de campanha, bem anotadas nas cadernetinhas dos tesoureiros. Onde poderiam passar a lua de mel? Por que não na própria Lua, onde a Nasa, na semana passada, revelou a existência de grandes depósitos de água? O suficiente para abastecer futuras colônias humanas, onde Serra e Dilma, dois carolas criacionistas, poderiam brincar de Adão e Eva.

    O Brasil merecia mais. Poderia ser o país da tolerância, da mobilidade social e do desenvolvimento sustentável, mas terá que votar por exclusão no dia 31. Não no melhor, mas no menos pior. Amassaram o meu país. Transformaram - no numa bolinha de papel.
  • Leia o fragmento abaixo e marque as alternativas com V (verdadeiro) ou F (falso).

    Fragmento:

    Só tenho medo da falseta,mas adoro a Julieta, como
    adoro a Papai do Céu. Quero seu amor, minha santinha, mas
    só não quero que me faça de bolinha de papel. Tiro você do
    emprego, dou-lhe amor e sossego, vou ao banco e tiro tudo
    para você gastar. Posso, lhe mostrar a caderneta se
    você duvidar...
    "

    ( ) Na primeira linha temos respectivamente conjunção aditiva, comparativa e um pronome possessivo.
    ( ) Na 2ª linha, temos respectivamente conjunções adversativas, comparativa e pronome possessivo.
    ( ) Na 2ª linha temos um próclise verbal
    ( ) 3ª e 4ª linha temos “lhe" como valor pronominal. (ambos são ênclise verbal)
    ( ) o “se" presente na última linha é um índice de indeterminação do sujeito.
  • 8 - Questão 9122.   Conhecimentos Gerais - Atualidades - Nível Médio - Auxiliar Médico Legal - IGP SC - ADVISE - 2010
  • Devido a um desabamento que aconteceu no nosso país vizinho, 34 funcionários de uma mina estão presos a uma profundidade de 300 metros e o resgate será o mais longo em toda a história do planeta, aproximadamente 3 meses, contudo, a equipe de resgate está tentando fazer com que esse período seja o mais curto possível. O desabamento dessa mina aconteceu:
  • 9 - Questão 27951.   Português - Nível Superior - Advogado - Câmara de Puxinanã PB - ADVISE - 2010
  • O Brasil merecia mais, mas terá de optar entre o candidato da fita-crepe e a da bexiga d"água

    Só tenho medo da falseta, mas adoro a Julieta, como adoro a Papai do Céu. Quero seu amor, minha santinha, mas só não quero que me faça de bolinha de papel. Tiro você do emprego, dou-lhe amor e sossego, vou ao banco e tiro para você gastar. Posso, Julieta, lhe mostrar a caderneta se você duvidar...

    O samba “Bolinha de papel”, composto pelo mineiro Geraldo Pereira e imortalizado por João Gilberto, bem que poderia ser a trilha sonora do enlace definitivo entre José Serra e Dilma Rousseff no dia 31 de outubro. Na festa de Halloween, os dois fariam um favor ao País se renunciassem à disputa presidencial em nome de um sentimento maior: o amor que os une. Serra e Dilma são almas gêmeas, filhotinhos de 1964, que resistiram à ditadura e nos fizeram respirar novamente o ar da liberdade - sem eles, o que seria de nós, afinal? Depois do exílio e da luta armada, poderiam se sacrificar mais uma vez em nome da Nação, dando-nos uma liberdade ainda mais preciosa: a de não votar no meio de um feriadão que já prenuncia altas temperaturas - não apenas políticas, mas, sobretudo, meteorológicas.

    O Brasil de hoje, visto de fora, vive um momento único. É o país dos 7,5% de crescimento, do pleno emprego e que está no topo da lista dos investidores internacionais. Visto de dentro, é o país da mesquinharia política, da podridão eleitoral, das pequenas trapaças, das grandes armações e do vale-tudo em nome do poder. Um país onde os eleitores, ainda obrigados a votar em pleno século XXI, terão de optar entre o candidato da bolinha de papel e da fita crepe comparado ao goleiro Rojas pelo presidente Lula, árbitro da nossa democracia - e a candidata que se esquivou de uma bexiga d’água, com agilidade felina. O que deve ter aprendido nos tempos em que jogava queimada no liceu de Belo Horizonte.

    Assim como no samba de 1945, os dois candidatos também adoram a Papai do Céu. São neocristãos, neopentecostais, neomuçulmanos, neotudo. Também podem se dar ao luxo de não mais trabalhar. Juntos, devem ter arrecadado mais de R$ 300 milhões - e sempre existem as sobras de campanha, bem anotadas nas cadernetinhas dos tesoureiros. Onde poderiam passar a lua de mel? Por que não na própria Lua, onde a Nasa, na semana passada, revelou a existência de grandes depósitos de água? O suficiente para abastecer futuras colônias humanas, onde Serra e Dilma, dois carolas criacionistas, poderiam brincar de Adão e Eva.

    O Brasil merecia mais. Poderia ser o país da tolerância, da mobilidade social e do desenvolvimento sustentável, mas terá que votar por exclusão no dia 31. Não no melhor, mas no menos pior. Amassaram o meu país. Transformaram - no numa bolinha de papel.
  • A partir do “O Brasil merecia mais, mas terá de optar entre o candidato da fita-crepe e a da bexiga d"água" marque a alternativa correta.
  • 10 - Questão 9149.   Segurança e Saúde no Trabalho - Nível Médio - Auxiliar Médico Legal - IGP SC - ADVISE - 2010
  • Relativo à proteção no trabalho, o objetivo principal de atenção que uma empresa deve focalizar é: