Questões de Concursos UPENET

Resolva Questões de Concursos UPENET Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 3 - Questão 47346 - Psicologia - Nível Superior - Psicólogo - JUCEPE - UPENET - 2012
  • Considerando os diversos fatores associados às condições de satisfação no trabalho, assinale a alternativa cujo item NÃO é indicativo para tal
  • 5 - Questão 47423 - Português - Nível Médio - Técnico Comercial - LAFEPE - UPENET - 2013
  • Texto 2
    Casal

     Um dia, um casal discutia sobre os problemas domésticos. Em determinado momento, estavam disputando quem representava a cabeça do casal. Isso era quando ainda existia, na legislação brasileira, esse papel. Após alguns argumentos, a mulher falou com muita sabedoria: de fato, você é a cabeça perante a lei, mas eu sou o pescoço, e, se eu amanhecer com torcicolo, você estará com dificuldades, pois perderá totalmente os movimentos. Todos riram, e o assunto ficou encerrado.

    Disponível em: http://libertas.com.br/site/index.php?central=conteudo&id=3939

    Após a leitura do texto, é INCORRETO afirmar que
  • 6 - Questão 11686 - Português - Nível Fundamental - Auxiliar de Serviços Gerais - Prefeitura de Paulista PE - UPENET - 2014
  • Saldo da Copa

    Não só de bola viveu o Mundial do Brasil. Gente, cores, festa, risos, lágrimas compuseram o cenário. Palavras também. Ao lado da redonda, a língua foi grande vedete. Olhos e ouvidos mantiveram-se atentos a grafias e pronúncias. Houve carinhos e pancadas – como os deixados pela Seleção verde-amarela. As carícias ganharam de goleada. Mas sete faltas doeram como os chutes alemães.

    Texto extraído do Diário de Pernambuco. 13 de julho de 2014.
  • Ao se ler o texto, conclui-se que
  • 7 - Questão 4192 - Direitos Humanos - Noções de Cidadania - Nível Médio - Assistente de Atendimento - Expresso Cidadão PE - UPENET - 2011
  • Sobre a Ética, considere as seguintes proposições:

    I. As normas éticas são de grande importância para a sociedade, por definirem e estruturarem a hierarquia social e
    inibirem a mobilidade, causadora de tumultos e desobediência civil.
    II. A ética é normativa exatamente porque suas normas determinam permissões e proibições e visam impor limites e
    controles aos riscos permanentes da violência.
    III. Para que haja conduta ética, é preciso que exista o agente consciente, isto é, aquele que conhece a diferença entre o
    bem e o mal, o certo e o errado, o permitido e o proibido, a virtude e o vício.
    IV. Além do sujeito ou pessoa moral e dos valores ou fins morais, o campo ético é, ainda, constituído de um outro
    elemento: os meios para que o sujeito realize os fins. Desse modo, é verdadeiramente válida e aceitável para a
    ética a premissa de que os fins justificam os meios.

    Estão CORRETAS
  • 8 - Questão 47426 - Português - Nível Médio - Técnico Comercial - LAFEPE - UPENET - 2013
  • Texto 3 
    Alegria e sorrisos

    Raras vezes, em minha vida, presenciei alguém gerar tanta alegria e sorrisos como o Papa Francisco. Todas as vezes que o acompanhei pela TV, ele gerava sorrisos. Na favela, no Teatro Municipal, com os cardeais, ministros, autoridades, freiras e peregrinos, ele estava sempre amorosamente presente, e as pessoas, ao seu redor, sorrindo. Ele disse que um Cristão deve ter em mente três aspectos da vida: o primeiro - a esperança, o segundo - a capacidade de nos admirarmos com as maravilhas de Deus e o terceiro - a alegria. E ele gera alegria. Milhões de jovens de todo o planeta em uma praia, numa cidade, com serviços precários, tumultuados e a alegria presente. Isto é, ou foi, um fenômeno. E muitas vezes, vamos para o trabalho mal-humorados, cara fechada, de poucos amigos. Que ilusão! Francisco, o Papa que fez os brasileiros chamarem-no pelo primeiro nome, com intimidade, característica deste povo amoroso e generoso, foi pedagogicamente educador. Educou pelo exemplo. Sorrindo sempre, alegre, entusiasmado e vibrante. Da mesma forma como a humanidade que ele deseja: justa, homogênea, colaborativa e democrática. Todos podendo fazer tudo por todos. O sorriso e a alegria estão dentro de cada um. Podemos trazê-los para a vida no cotidiano, ou não. São nossas escolhas.

    Disponível em: http://libertas.com.br/site/index.php?central=conteudo&id=393

    Observe as afirmativas abaixo e assinale a INCORRETA.
  • 9 - Questão 40605 - Português - Nível Superior - Psicólogo - FUNASE - UPENET - 2013
  • A ADOLESCÊNCIA E AS DROGAS

    -Os traficantes entram em nossas casas porque encontram portas abertas. E seduzem nossos filhos porque eles têm crescido fracos e sem qualquer esperança.

    Temos muitas dúvidas a respeito de quase todas as coisas que nos são importantes Mas também temos algumas certezas. Elas derivam da observação dos fatos, especialmente daqueles que são indiscutíveis, que não deixam margem para interpretações variadas. Uma dessas certezas tem a ver com o uso de drogas: praticamente todas as pessoas viciadas começaram a usar algum tipo de droga nos primeiros anos da adolescência, entre os 13 e os 17 anos de idade. Isso é válido para o uso de drogas pesadas, mas igualmente acontece com a iniciação ao uso do cigarro normal que, mesmo provocando poucos efeitos psicológicos, determina forte inclinação para a dependência.

    Outra certeza que temos é a necessidade urgente de compreendermos melhor o que se passa na cabeça dos nossos jovens, para que possamos impedir que persista a tendência atual, que é a do uso de drogas por um número cada vez maior de pessoas, e que ela venha a envolver praticamente toda a juventude do nosso país. Teremos que providenciar novas atitudes dos pais e da sociedade, especialmente se isso puder ajudar nossas crianças a crescerem com mais força e determinação pessoal.

    Sim, porque é fácil colocar toda a culpa do problema das drogas nos traficantes e em outros delinquentes que fazem fortuna com esse comércio. A verdade é que eles entram nas nossas casas porque encontram portas abertas. E eles seduzem nossos filhos porque eles têm crescido fracos e sem esperanças.

    Disponível em: www.somostodosum.ig.com.br
  • Sobre ACENTUAÇÃO, analise as afirmativas abaixo:

    I. “Temos muitas dúvidas a respeito de quase todas as coisas...” – a tonicidade do termo sublinhado recai na antepenúltima sílaba.
    II. “...para que possamos impedir que persista a tendência atual...” – a tonicidade do termo sublinhado recai na penúltima sílaba, e o acento se justifica por terminar em hiato.
    III. “...e que ela venha a envolver praticamente toda a juventude do nosso país.” – no termo sublinhado existe a presença de um hiato. Caso o acento fosse retirado, o hiato seria preservado.
    IV. “Sim, porque é fácil colocar toda a culpa do problema das drogas...” – os acentos dos termos sublinhados se justificam por serem, respectivamente, um monossílabo átono e um termo cuja tonicidade recai na penúltima sílaba e termina em “l”.

    Está CORRETO o que se afirma em
  • 10 - Questão 47378 - Português - Nível Superior - Psicólogo - JUCEPE - UPENET - 2012
  • Sobre a Reforma Ortográfica, existe UM ERRO em uma das alternativas abaixo. Assinale-a.