Questões de Concursos COSEAC

Resolva Questões de Concursos COSEAC Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 1 - Questão 62078 - Arquivologia - Nível Superior - Arquivista - UFF - COSEAC - 2019
  • No processo de descrição de arquivos permanentes para a Norma ISAD (G), é o instrumento de pesquisa que descreve unitariamente as peças documentais de uma série ou mais séries, ou ainda de um conjunto de documentos, respeitada ou não a ordem da classificação:
  • 2 - Questão 46183 - Veterinária - Nível Superior - Médico Veterinário - UFF - COSEAC - 2017
  • Corpos estranhos são ocasionalmente encontrados nos pré-estômagos dos ruminantes. As concreções formadas a partir de pelos e fibras vegetais são, respectivamente:
  • 4 - Questão 53286 - Conhecimentos Específicos - Legislação Municipal - Nível Superior - Pedagogo - Prefeitura de Niterói RJ - COSEAC - 2016
  • Alzenir prestou serviços em órgão estadual ao mesmo tempo em que prestou serviço em órgão do Município. De acordo com o Estatuto dos Funcionários Públicos do Município de Niterói, a acumulação do tempo de serviço no mesmo ente:
  • 6 - Questão 53315 - Pedagogia - Nível Superior - Pedagogo - Prefeitura de Niterói RJ - COSEAC - 2016
  • Na Portaria FME 087/2011, em seu Art. 17, está enunciado que: compete ao Pedagogo, ao Orientador Educacional e/ou ao Supervisor Educacional:
  • 8 - Questão 45505 - Matemática - Nível Médio - Assistente Administrativo - IMBEL - COSEAC - 2008
  • A reprodução de bactérias em um recipiente é dada pela fórmula N(t)= N0 . Kt , em que N(t) é o número de bactérias no instante t em horas; N0 , o número de bactérias no instante t=0; e K, uma constante que depende do tipo de bactéria. Para um tipo de bactéria em que K 12√ 3 , observou-se que, no instante t=0, o número de bactérias no recipiente era 200. O instante t, em horas, em que o recipiente possui 16200 bactérias é:
  • 10 - Questão 53297 - Pedagogia - Nível Superior - Pedagogo - Prefeitura de Niterói RJ - COSEAC - 2016
  • O neuropsicólogo Alexander Luria, especializado em psicologia do desenvolvimento e colaborador de Vygotsky, chama a atenção para o papel de mediador da linguagem no processo de aprendizagem escolar. O autor lembra que uma das maiores fontes de equívocos dessa ordem é a diferença de sentido atribuída às palavras e aos conceitos por professores e alunos. E enfatiza a necessidade de se estabelecer uma estreita relação entre: