Questões de FCC Grátis - Exercícios com Gabarito

Resolva Questões de FCC com Gabarito. Exercícios com Atividades Grátis Resolvidas e Comentadas. Teste seus conhecimentos com Perguntas e Respostas sobre o Assunto.

1Questão 261684. Português, Morfologia, Técnico Judiciário Informática, TJ PI, FCC, 2009

Texto associado.

Os recifes de corais desempenham um papel vital nos
oceanos, abrigando um quarto da biodiversidade marinha. Eles
são usados pelos peixes para alimentação e reprodução, além
de servir de abrigo contra predadores. Para multiplicar esses
santuários ecológicos, tornou-se comum em muitos países a
criação de recifes artificiais - em geral, grandes navios já fora
de uso são afundados e aos poucos se cobrem de algas,
moluscos e crustáceos.

O uso de embarcações como recifes envolve desafios.
Para que a estrutura seja tomada por vegetais e peixes, é
preciso submergi-la em locais com a profundidade ideal e
condições adequadas de temperatura, luminosidade e
salinidade. Outro pré-requisito é a rigorosa limpeza de todo o
navio, para evitar a introdução na cadeia alimentar marinha de
substâncias tóxicas presentes nos óleos, nos cabos e na pintura
do casco. Os ambientalistas advertem que é necessário
monitorar constantemente os recifes artificiais. "A concentração
depeixes faz com que eles se tornem expostos à pesca
predatória, inclusive com redes", explica um biólogo, especialista
em corais.

O Brasil também tem navios usados como recifes
artificiais. Um dos casos mais bem documentados é o do
cargueiro Victory 8-B, afundado em 2003 a 8 quilômetros da
costa de Guarapari, no Espírito Santo. O navio aumentou o
turismo de mergulho na região, mas também provoca críticas de
ambientalistas por atrair barcos de pesca que lançam redes de
arrasto e gaiolas. Como não há fiscalização suficiente, as
próprias escolas de mergulho assumem a tarefa de zelar pelo
recife, retirando redes e denunciando a pesca irregular ao
Ibama.

(Adaptado de Vanessa Vieira. Veja. 10/09/2008. p. 74-75)

Identifica-se noção de causa no segmento:

2Questão 116449. Medicina, Analista de Saúde Cardiologia, MPU, FCC, 2007

Paciente de 58 anos, diabético, procura atendimento de emergência por dor torácica há 1 hora. A pressão arterial é de 160 / 90 mmHg e a freqüência cardíaca de 96 batimentos por minuto. O eletrocardiograma mostra infradesnível do segmento ST nas derivações V1-V4. O melhor tratamento para este paciente deve incluir

3Questão 170484. Matemática, Regra de três simples e composta, Auxiliar Judiciário Área Administrativa, TRT 23a REGIÃO, FCC, 2007

Certo dia, um Auxiliar Judiciário gastou 11 880 segundos para arquivar uma determinada quantidade de processos. Se ele iniciou essa tarefa às 12 horas e 45 minutos e trabalhou ininterruptamente até completá-la, então ele a concluiu às

4Questão 166638. Contabilidade Pública, Ingressos e Dispêndios Públicos, Auditor Fiscal da Receita Estadual, SEFAZ GO, FCC, 2018

Em julho de 2018, uma determinada entidade pública arrecadou receitas no valor de R$ 500.000,00 com “Aluguéis e Arrendamentos – Dívida Ativa – Multas e Juros” e R$ 1.900.000,00 com a “Alienação de Títulos Mobiliários – Principal”. De acordo com o Ementário da Receita, as receitas arrecadadas em julho de 2018 devem ser classificadas, respectivamente, como

5Questão 225660. Direito Constitucional, Procurador, TCE CE, FCC, 2015

A Constituição do Estado do Ceará pode ser emendada mediante proposta de

6Questão 39385. Português, Analista Técnico de Controle Externo, TCE AM, FCC, Ensino Superior, 2013

Texto associado.
Atualidade do velho Sêneca

        Encontra-se nos textos dos antigos clássicos uma sabedoria que não tem prazo de validade. Contemporâneo de Cristo, o sábio Sêneca, espanhol de nascimento que fez vida na Roma de Nero, deixou-nos um legado fundamental: princípios de uma corrente filosófica identificada com o estoicismo, cujas raízes se devem à cultura grega. Sêneca dedicou-se, em vários textos, à defesa desses princípios, cujo sentido está em disciplinar nossa vida para levá-la a bom termo, ou seja, atravessá- la com sabedoria e proveito.
       Um dos princípios fundamentais: evitar o excesso das paixões, que perturbam a tranquilidade da alma. O homem estoico não se deixa arrastar por sonhos irrealizáveis, nem estabelece para si o cumprimento de metas distintas: valoriza o dia a dia, encontra o prazer nas experiências cotidianas mais simples, aceitando o limite de sua força pessoal. A sabedoria está em vivermos o que é possível, para que na velhice não fiquemos a lamentar tudo o que não foi alcançado. Sábio é também não esquecer que os sofrimentos e as dores são inevitáveis: por isso, estejamos sempre preparados para o que é tão previsível como um infortúnio. Contando com ele, sofreremos menos.
       Para os estoicos, a inevitabilidade da morte deve estar no horizonte, não para atemorizar-nos, mas para nos lembrar que a vida é tão mais preciosa quanto a saibamos limitada pela própria natureza. Morrerá melhor quem melhor viva, ensina Sêneca, e o tempo da vida é de qualquer modo suficiente para quem sabe vivê-lo e aproveitá-lo em todos os momentos presentes, em vez de projetá-lo para o futuro ideal que nunca chega.
       A influência direta ou indireta desses princípios encontra-se em um sem-número de escritores. Em nossa literatura, o poeta Manuel Bandeira parece ter acolhido algumas convicções estoicas: sua vida e sua poesia fizeram-se sob a égide do limite, do menor, do imediato, em vez de aspirarem ao grandioso, ao infinito, ao transcendente. A simplicidade dos poemas de Bandeira está carregada da sabedoria de quem está atento ao que vive. O cotidiano é, para esse poeta, uma fonte permanente de poesia. Ler seus versos é aproximar-se dos sentimentos comuns que ganham inesperada altura.
       Não se pode, talvez, afirmar que Bandeira tenha lido Sêneca e com ele aprendido a viver melhor. Mas é certo que Sêneca gostaria de vir a ler os poemas de Bandeira.

(Valdir Callado, inédito)
Em conformidade com o texto, esta é uma passagem da poesia de Manuel Bandeira que bem se alinharia entre os princípios estoicos de Sêneca:

7Questão 166433. Direito Civil, Fatos Jurídicos, Auditor Fiscal do Município, Prefeitura de São Paulo SP, FCC, 2006

NÃO é nulo o ato jurídico

8Questão 253004. Direito Administrativo, Estatuto dos funcionários públicos civis do estado, Técnico Judiciário Área Judiciária, TJ AP, FCC, 2009

Nos termos da Lei Estadual do Amapá, nº 66/93, o serviço extraordinário será remunerado com acréscimo de

9Questão 262009. Direito Constitucional, Superior Tribunal de Justiça, Técnico Judiciário Área Administrativa, TRE AC, FCC, 2010

Para a formalização dos Ministros do Superior Tribunal de Justiça, dentre outros requisitos, consta a exigência de

10Questão 134995. Biblioteconomia, Automação de bibliotecas, Analista Judiciário Biblioteconomia, TRF 4ª REGIÃO, FCC, 2010

Em relação a metadados e informatização de unidades de informação, considere:

I. Os metadados são importantes na organização, gestão, busca, recuperação e localização de recursos de informação. A descrição de recursos por meio de metadados permite que eles sejam compreendidos por programas, sendo pois essenciais ao compartilhamento de dados entre sistemas.

II. A principal característica para o sucesso de uma rede de serviços de informação é a consistência, a qual é alcançada por meio do uso de padrões.

III. O MARC 21 contém seis formatos concisos coordenados para a representação completa de recursos informacionais: Bibliográfico, Autoridade, Coleções, Classificação, Informação Comunitária e Gestão.

IV. A capacidade das bases de dados trocarem e compartilharem informações, consultas e serviços, usando diferentes plataformas de hardware e software, estrutura de dados e interfaces, é chamada de interoperabilidade.

V. O formato MARC 21 para dados bibliográficos foi desenvolvido para armazenar informações bibliográficas sobre monografias, recursos contínuos e documentos eletrônicos.

Está correto o que consta APENAS em