Questões de FUMARC Grátis - Exercícios com Gabarito

Resolva Questões de FUMARC com Gabarito. Exercícios com Atividades Grátis Resolvidas e Comentadas. Teste seus conhecimentos com Perguntas e Respostas sobre o Assunto.

1Questão 19430. Português, Analista de Sistemas, AL MG, FUMARC, Ensino Superior, 2014

Assinale a alternativa em que a colocação pronominal esteja INCORRETA.

2Questão 252499. Gerência de Projetos, Gerenciamento da qualidade, Técnico Judiciário, TJ MG, FUMARC, 2011

De acordo com o PMI, são saídas do processo Planejar a Qualidade no gerenciamento da qualidade do projeto, EXCETO:

3Questão 365379. Enfermagem, Saúde do Trabalhador, Enfermeiro do Trabalho, Prefeitura de Betim MG, FUMARC, 2007

Quanto às atribuições dos membros que compõem a CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, marque a afirmativa INCORRETA:

4Questão 27725. Direito Administrativo, Técnico em Administração, Câmara de Governador Mariana MG, FUMARC, Ensino Médio, 2014

A licitação destina-se a, EXCETO:

5Questão 336015. Matemática, Gestor Governamental, SEPLAG MG, FUMARC, 2008

O valor médio de uma amostra de materiais de escritório utilizados num setor administrativo é de R$ 1.000,00, com desvio padrão de R$ 200,00. O conjunto de dados tem uma distribuição em forma de sino. A porcentagem de setores administrativos cujos valores de materiais de escritório utilizados estão entre R$ 800,00 e R$ 1.200,00 é, aproximadamente:

6Questão 221741. Direito Econômico Financeiro, Procurador Municipal, Prefeitura de Nova Lima MG, FUMARC, 2011

O crédito orçamentário é a dotação incluída na lei orçamentária para atender a qualquer despesa. Caso seja insuficiente a previsão orçamentária ou não haja previsão, nasce a necessidade de abertura de crédito adicional. Em relação aos créditos suplementares, pode-se afirmar que se destinam a despesas:

7Questão 244719. Português, Interpretação de Textos, Técnico Assistente da Polícia Civil Administrativa, PC MG, FUMARC, 2013

São consideradas regras para a redação de resumos, EXCETO:

8Questão 317461. Administração, Abordagem Humanística da Administração, Analista, BHTRANS MG, FUMARC, 2003

Assinale a alternativa CORRETA.

9Questão 115946. Segurança da Informação , Segurança de sistemas de informação, Analista de Sistemas, BDMG, FUMARC, 2011

Em relação à segurança da informação, analise os itens a seguir, marcando com (V) a assertiva Verdadeira e com (F) a assertiva Falsa.

( ) Avaliação de riscos é o uso sistemático de informações para identificar fontes e estimar o risco.

( ) Análise de riscos é o processo de comparar o risco estimado com critérios de risco predefinidos para determinar a importância do risco.

( ) Risco é uma medida que combina a probabilidade de uma determinada ameaça se concretizar com os impactos que ela pode trazer.

( ) O conceito de privilégio mínimo é uma estratégia de proteção que prega que não se deve ficar exposto a situações de risco desnecessárias.

Assinale a alternativa com a sequência CORRETA, de cima para baixo:

10Questão 227745. Direito Ambiental, Código Florestal Lei n.4.771 1965, Procurador Municipal, Prefeitura de Nova Lima MG, FUMARC, 2011

Leia as afirmativas abaixo:

I. Segundo o entendimento do STJ, a proibição de uso de fogo nas florestas e demais formas de vegetação prevista no art. 27 da Lei n. 4.771/1965 (Código Florestal), aplica-se a todas as formas de vegetação e sujeita o infrator à responsabilização civil por eventuais danos de qualquer natureza causados ao meio ambiente. Contudo, se peculiaridades locais ou regionais justificarem o emprego do fogo em práticas agropastoris ou florestais, a permissão será estabelecida em ato do Poder Público, circunscrevendo as áreas e estabelecendo normas de precaução.

II. Segundo o entendimento do STJ, a obrigação de recuperar área de preservação permanente desmatada ilegalmente independe de ter sido o proprietário o autor da degradação ambiental, pois decorre de obrigação propter rem, que adere ao título de domínio ou posse, ressalvados os casos de adquirentes de boa-fé.

III. Segundo o entendimento do STJ, a restrição à utilização da propriedade no que concerne à área de preservação permanente em parte de imóvel urbano, no caso, um loteamento, não afasta a incidência do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), pois não há alteração do fato gerador da exação, que é a propriedade localizada na zona urbana do município.

IV. O princípio da reparação in integrum aplica-se ao dano ambiental. Com isso, a obrigação de recuperar o meio ambiente degradado é compatível com a indenização pecuniária por eventuais prejuízos, até sua restauração plena. Contudo, se quem degradou promoveu a restauração imediata e completa do bem lesado ao status quo ante, em regra, não se fala em indenização. Já os benefícios econômicos que aquele auferiu com a exploração ilegal do meio ambiente (bem de uso comum do povo, conforme o art. 225, caput, da CF/1988) devem reverter à coletividade.

Com base nas afirmações acima, é CORRETO afirmar;