Questões de Concursos Agente Fiscal de Rendas

Resolva Questões de Concursos Agente Fiscal de Rendas Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 1 - Questão 4804.   Contabilidade - Nível Superior - Agente Fiscal de Rendas - SEFAZ SP - FCC - 2009
  • A empresa Empreendimentos S.A. atua no seguimento da construção civil exclusivamente na construção de agências bancárias. Nesse mercado a inadimplência é próxima de zero em decorrência do setor ser bastante forte. Com o objetivo de ampliar seus negócios, a empresa passou a atuar, no último ano, no seguimento de casas populares, em que o ganho é maior e o risco de inadimplência, também. O faturamento nesse primeiro ano representou 2% do total. A empresa deve divulgar essa informação por ser
  • 2 - Questão 4774.   Informática - Nível Superior - Agente Fiscal de Rendas - SEFAZ SP - FCC - 2009
  • Um Agente foi acionado para estudar a respeito dos conceitos de certificação digital. Após alguma leitura, ele descobriu que NÃO tinha relação direta com o assunto o uso de
  • 3 - Questão 4811.   Contabilidade - Nível Superior - Agente Fiscal de Rendas - SEFAZ SP - FCC - 2009
  • A empresa Solidária S.A. emprestou para os quatro diretores do grupo R$ 1.000.000,00. O evento foi formalizado por meio de contrato de mútuo, com juros de mercado, para pagamento em doze meses. Em conformidade com a lei societária vigente, esse fato deve ser registrado como
  • 4 - Questão 4776.   Inglês - Nível Superior - Agente Fiscal de Rendas - SEFAZ SP - FCC - 2009
  • State Income-Tax Revenues Sink
  • No texto, infere-se que rather than red ink significa
  • 5 - Questão 4772.   Informática - Nível Superior - Agente Fiscal de Rendas - SEFAZ SP - FCC - 2009
  • Na Web, a ligação entre conjuntos de informação na forma de documentos, textos, palavras, vídeos, imagens ou sons por meio de links, é uma aplicação das propriedades
  • 6 - Questão 4807.   Contabilidade - Nível Superior - Agente Fiscal de Rendas - SEFAZ SP - FCC - 2009
  • A empresa Aquisições S.A. comprou 100 ônibus à vista, para substituição de sua frota. Esse evento contábil representa um fato
  • 8 - Questão 4800.   Direito Tributário - Nível Superior - Agente Fiscal de Rendas - SEFAZ SP - FCC - 2009
  • A responsabilidade tributária deve vir prevista em lei, como decorrência dos princípios da legalidade e da tipicidade. Com previsão no Código Tributário Nacional, é responsável tributário
  • 9 - Questão 4783.   Direito Administrativo - Nível Superior - Agente Fiscal de Rendas - SEFAZ SP - FCC - 2009
  • Sobre validade dos atos administrativos, considere:

    I. Nos atos discricionários, será razão de invalidade a falta de correlação lógica entre o motivo e o conteúdo do ato, tendo
    em vista sua finalidade.
    II. A indicação de motivos falsos para a prática do ato, mesmo para os casos em que a lei não exija sua motivação, implica a
    invalidade do ato.
    III. A Administração poderá convalidar seus atos inválidos quando a invalidade decorrer de vício de competência, desde que
    a convalidação seja feita pela autoridade titulada para a prática do ato e não se trate de competência indelegável.

    Está correto o que se afirma em
  • 10 - Questão 4801.   Direito Tributário - Nível Superior - Agente Fiscal de Rendas - SEFAZ SP - FCC - 2009
  • Dispõe o Código Tributário Nacional, art. 135, inciso II que são pessoalmente responsáveis pelos créditos correspondentes a obrigações tributárias resultantes de atos praticados com excesso de poderes ou infração de lei, contrato ou estatuto os mandatários, prepostos e empregados. Por sua vez, o mesmo diploma dispõe no art. 137, inciso III, alínea b, que a responsabilidade é pessoal do agente quanto às infrações que decorrem direta e exclusivamente de dolo específico dos mandatários, prepostos ou empregados, contra seus mandantes, preponentes ou empregadores. Já o Código Civil, Parágrafo Único do art. 1.177, dispõe que os prepostos, no exercício de suas funções, são pessoalmente responsáveis, perante os preponentes, pelos atos culposos, e, perante terceiros, solidariamente com o preponente, pelos atos dolosos. Da conjugação destes dispositivos é correto concluir que