Questões de Concursos Analista de Finanças e Controle

Resolva Questões de Concursos Analista de Finanças e Controle Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 1 - Questão 24513 - Administração Pública - Nível Superior - Analista de Finanças e Controle - CGU - ESAF - 2012
  • Acerca do ciclo de gestão das políticas públicas na história recente do país, é correto afirmar que:
  • 2 - Questão 24512 - Administração Pública - Nível Superior - Analista de Finanças e Controle - CGU - ESAF - 2012
  • Ao realizarmos um balanço da recente trajetória da administração pública brasileira no período contado a partir da edição da Carta Constitucional de 1988, em especial quanto a temas ligados à gestão, à governança federativa e aos mecanismos de controle público, é correto afirmar que
  • 3 - Questão 24511 - Administração Pública - Nível Superior - Analista de Finanças e Controle - CGU - ESAF - 2012
  • Acerca das experiências de reforma da máquina pública havidas em nosso país, é correto afirmar que:
  • 4 - Questão 24510 - Administração Pública - Nível Superior - Analista de Finanças e Controle - CGU - ESAF - 2012
  • Considerando que o fenômeno da "Judicialização da Política" ocorre sempre que os tribunais, no desempenho normal das suas funções, afetam de modo significativo as condições da ação política, pode-se afirmar corretamente que:
  • 6 - Questão 24508 - Raciocínio Lógico - Nível Superior - Analista de Finanças e Controle - CGU - ESAF - 2012
  • Em um grupo de 120 empresas, 57 estão situadas na Região Nordeste, 48 são empresas familiares, 44 são empresas exportadoras e 19 não se enquadram em nenhuma das classificações acima. Das empresas do Nordeste, 19 são familiares e 20 são exportadoras. Das empresas familiares, 21 são exportadoras. O número de empresas do Nordeste que são ao mesmo tempo familiares e exportadoras é
  • 7 - Questão 24507 - Raciocínio Lógico - Nível Superior - Analista de Finanças e Controle - CGU - ESAF - 2012
  • Seja D um conjunto de pontos da reta. Sejam K, F e L categorias possíveis para classificar D. Uma expressão que equivale logicamente à afirmação “D é K se e somente se D é F e D é L” é:
  • 8 - Questão 24506 - Português - Nível Superior - Analista de Finanças e Controle - CGU - ESAF - 2012
  • Com relação ao uso das estruturas linguísticas ou da grafia das palavras, assinale o trecho em que o texto adaptado de Júlio Miragaya, Desindustrialização e baixo crescimento econômico (Correio Braziliense, 23 de abril de 2012), foi transcrito corretamente.
  • 9 - Questão 24505 - Português - Nível Superior - Analista de Finanças e Controle - CGU - ESAF - 2012
  • Assinale a opção em que ao menos uma das duas formas apresentadas para preencher as lacunas do texto provoca erro gramatical ou incoerência textual.

    É mais do que evidente que a persistente supervalorização do real colocou setores importantes da indústria brasileira “fora do negócio”: primeiro ___(A)___ as importações (chinesas substancialmente, mas com fronteiras abertas aos demais concorrentes), ____(B)____ da produção nacional voltada para o mercado interno; em segundo lugar, ____(C)____ as exportações brasileiras porque bloqueou a capacidade de competição de nossa indústria no exterior, em mercados ____(D)____ tínhamos forte presença. Os regimes democráticos têm uma característica: ____(E)____ pode mobiliza legalmente suas forças na defesa de seus interesses. Não devemos ter ilusões.

    (Adaptado de Antonio Delfim Netto, Emergência e Reformas. Carta Capital, 18 de abril de 2012, p. 37)
  • 10 - Questão 24504 - Português - Nível Superior - Analista de Finanças e Controle - CGU - ESAF - 2012
  • De acordo com a argumentação do texto abaixo, assinale o fator que não contribui diretamente para a expressiva queda dos juros:

    Mudanças mais amplas nas leis materiais e processuais são imprescindíveis. Deve-se mitigar os exageros de leitura do direito de ampla defesa, permitindo a rápida apropriação de garantias, assegurado ao devedor o direito de posterior discussão. Litígios de devedores de má-fé, esmagadora maioria, praticamente desapareceriam. Com maior previsibilidade na execução dos contratos, a queda dos juros seria expressiva.

    (Adaptado de Joca Levy, Juros, demagogia e bravatas. O Estado de São Paulo, 21 de abril de 2012)