Questões de Assistente de Tecnologia da Informação - Exercícios para Concurso com Gabarito

Questões de Assistente de Tecnologia da Informação com Gabarito. Exercícios para Concurso com Atividades Resolvidas e Comentadas. Teste seus conhecimentos com Perguntas e Respostas Grátis!

1 Questão 31900 | Português, Interpretação de Textos, Assistente de Tecnologia da Informação, CRM DF, IESES, Ensino Médio, 2010

Texto associado.
Transparência e integração de processos são destaques do Conip Judiciário 2010

Brasília será palco do mais importante evento de tecnologia da informação e comunicação focado no Poder Judiciário. Nos dias 01 e 02 de dezembro, o Conip Judiciário 2010 - Congresso de Inovação e Informática na Gestão Pública para o Poder Judiciário reúne os principais decisores de TI dos 92 Tribunais existentes no País para troca de experiências e apresentações de soluções. Em sua 5ª edição, o fórum apresenta uma programação temária variada na qual se destacam as iniciativas relacionadas à maior transparência na gestão pública e ao processo de integração dos processos eletrônicos.
A movimentação do governo, com abertura e acesso às informações sobre as finanças públicas e o acesso aos dados e performance dos tribunais tanto por parlamentares quanto pelo cidadão, por meio de um sítio na web, dentre outros, são alguns dos temas relativos à transparência a serem debatidos. Sobre a integração, o especialista em governo eletrônico, gerente do W3C* e coordenador geral do Conip Judiciário 2010, Vagner Diniz, adianta que o congresso é um espaço único para debater as tendências e desafios do setor, já que há inúmeros sistemas diferenciados e que exigem interoperabilidade. "A apresentação de cases por profissionais envolvidos no poder judiciário é a maneira mais eficaz de se levantar soluções viáveis para os órgãos públicos", afirma.
Com uma demanda crescente, que passa por uma ampla consideração acerca do modo como são realizadas as experiências em certas unidades e sua evolução, a transparência nos órgãos públicos é um dos principais aspectos a serem debatidos no Conip Judiciário. Indo além da polêmica que envolve a abertura de dados, como os salários pagos aos servidores públicos, pretende-se fomentar uma discussão mais ampla e que contemple, desde as experiências locais até os desafios encontrados para a disponibilização dos portais de transparência.
[...]
Por meio de uma proposta já consagrada em edições anteriores, o Congresso dá continuidade a um formato bem sucedido ao oferecer mais oportunidades para a apresentação de casos práticos, isto é, uma versão mais "hands-on" (para "colocar as mãos na massa"), daquilo que será debatido por diferentes especialistas. Tal modelo pode ser exemplificado conforme as apresentações que contemplam a questão da transparência e integração no poder judiciário.
Outro tema de destaque na programação do Conip Judiciário é a possibilidade de integração de processos internos e, por conseqüência, de melhor atendimento ao público através da desmaterialização dos processos, isto é, tornar os tribunais digitais, sem papel. Mais do que isso, a digitalização dos processos representaria uma sofisticação das plataformas que passariam a atender os requisitos de interoperabilidade dos sistemas governamentais.

Disponível em: http://www.segs.com.br/index.php? option=com_content&view =article&id=25276: transparencia-e-integracao-de-processos-sao-destaques-do- conip-judiciario-2010&catid=50:cat-demais&Itemid=331. Acesso em: 01/12/2010. Adaptado.

*W3C (World Wide Web Consortium) – consórcio internacional, responsável pela criação de normas que regem a Web.
Assinale a frase que, mesmo modificada, mantém o sentido original do texto.

2 Questão 158995 | Português, Interpretação de Textos, Assistente de Tecnologia da Informação, CRM DF, IESES, 2010

Texto associado.

Transparência e integração de processos são destaques do Conip
Judiciário 2010

Brasília será palco do mais importante evento de tecnologia da
informação e comunicação focado no Poder Judiciário. Nos dias 01 e 02
de dezembro, o Conip Judiciário 2010 - Congresso de Inovação e
Informática na Gestão Pública para o Poder Judiciário reúne os principais
decisores de TI dos 92 Tribunais existentes no País para troca de
experiências e apresentações de soluções. Em sua 5ª edição, o fórum
apresenta uma programação temária variada na qual se destacam as
iniciativas relacionadas à maior transparência na gestão pública e ao
processo de integração dos processos eletrônicos.
A movimentação do governo, com abertura e acesso às
informações sobre as finanças públicas e o acesso aos dados e
performance dos tribunais tanto por parlamentares quanto pelo cidadão,
por meio de um sítio na web, dentre outros, são alguns dos temas
relativos à transparência aserem debatidos. Sobre a integração, o
especialista em governo eletrônico, gerente do W3C* e coordenador geral
do Conip Judiciário 2010, Vagner Diniz, adianta que o congresso é um
espaço único para debater as tendências e desafios do setor, já que há
inúmeros sistemas diferenciados e que exigem interoperabilidade. "A
apresentação de cases por profissionais envolvidos no poder judiciário é
a maneira mais eficaz de se levantar soluções viáveis para os órgãos
públicos", afirma.
Com uma demanda crescente, que passa por uma ampla
consideração acerca do modo como são realizadas as experiências em
certas unidades e sua evolução, a transparência nos órgãos públicos é
um dos principais aspectos a serem debatidos no Conip Judiciário. Indo
além da polêmica que envolve a abertura de dados, como os salários
pagos aos servidores públicos, pretende-se fomentar uma discussão mais
ampla e que contemple, desde as experiências locais até os desafios
encontrados para adisponibilização dos portais de transparência.
[...]
Por meio de uma proposta já consagrada em edições
anteriores, o Congresso dá continuidade a um formato bem sucedido ao
oferecer mais oportunidades para a apresentação de casos práticos, isto
é, uma versão mais "hands-on" (para "colocar as mãos na massa"),
daquilo que será debatido por diferentes especialistas. Tal modelo pode
ser exemplificado conforme as apresentações que contemplam a questão
da transparência e integração no poder judiciário.
Outro tema de destaque na programação do Conip Judiciário é
a possibilidade de integração de processos internos e, por conseqüência,
de melhor atendimento ao público através da desmaterialização dos
processos, isto é, tornar os tribunais digitais, sem papel. Mais do que
isso, a digitalização dos processos representaria uma sofisticação das
plataformas que passariam a atender os requisitos de interoperabilidade
dos sistemas governamentais.

Disponívelem: http://www.segs.com.br/index.php? option=com_content&view
=article&id=25276: transparencia-e-integracao-de-processos-sao-destaques-do-
conip-judiciario-2010&catid=50:cat-demais&Itemid=331. Acesso em: 01/12/2010. Adaptado.

*W3C (World Wide Web Consortium) consórcio internacional,
responsável pela criação de normas que regem a Web.

Assinale a frase que, mesmo modificada, mantém o sentido original do texto.

3 Questão 31917 | Princípios, Normas e Atribuições Institucionais, Assistente de Tecnologia da Informação, CRM DF, IESES, Ensino Médio, 2010

Assinale a alternativa correta:

4 Questão 160233 | Português, Interpretação de Textos, Assistente de Tecnologia da Informação, CRM DF, IESES, 2010

Texto associado.

Transparência e integração de processos são destaques do Conip
Judiciário 2010

Brasília será palco do mais importante evento de tecnologia da
informação e comunicação focado no Poder Judiciário. Nos dias 01 e 02
de dezembro, o Conip Judiciário 2010 - Congresso de Inovação e
Informática na Gestão Pública para o Poder Judiciário reúne os principais
decisores de TI dos 92 Tribunais existentes no País para troca de
experiências e apresentações de soluções. Em sua 5ª edição, o fórum
apresenta uma programação temária variada na qual se destacam as
iniciativas relacionadas à maior transparência na gestão pública e ao
processo de integração dos processos eletrônicos.
A movimentação do governo, com abertura e acesso às
informações sobre as finanças públicas e o acesso aos dados e
performance dos tribunais tanto por parlamentares quanto pelo cidadão,
por meio de um sítio na web, dentre outros, são alguns dos temas
relativos à transparência aserem debatidos. Sobre a integração, o
especialista em governo eletrônico, gerente do W3C* e coordenador geral
do Conip Judiciário 2010, Vagner Diniz, adianta que o congresso é um
espaço único para debater as tendências e desafios do setor, já que há
inúmeros sistemas diferenciados e que exigem interoperabilidade. "A
apresentação de cases por profissionais envolvidos no poder judiciário é
a maneira mais eficaz de se levantar soluções viáveis para os órgãos
públicos", afirma.
Com uma demanda crescente, que passa por uma ampla
consideração acerca do modo como são realizadas as experiências em
certas unidades e sua evolução, a transparência nos órgãos públicos é
um dos principais aspectos a serem debatidos no Conip Judiciário. Indo
além da polêmica que envolve a abertura de dados, como os salários
pagos aos servidores públicos, pretende-se fomentar uma discussão mais
ampla e que contemple, desde as experiências locais até os desafios
encontrados para adisponibilização dos portais de transparência.
[...]
Por meio de uma proposta já consagrada em edições
anteriores, o Congresso dá continuidade a um formato bem sucedido ao
oferecer mais oportunidades para a apresentação de casos práticos, isto
é, uma versão mais "hands-on" (para "colocar as mãos na massa"),
daquilo que será debatido por diferentes especialistas. Tal modelo pode
ser exemplificado conforme as apresentações que contemplam a questão
da transparência e integração no poder judiciário.
Outro tema de destaque na programação do Conip Judiciário é
a possibilidade de integração de processos internos e, por conseqüência,
de melhor atendimento ao público através da desmaterialização dos
processos, isto é, tornar os tribunais digitais, sem papel. Mais do que
isso, a digitalização dos processos representaria uma sofisticação das
plataformas que passariam a atender os requisitos de interoperabilidade
dos sistemas governamentais.

Disponívelem: http://www.segs.com.br/index.php? option=com_content&view
=article&id=25276: transparencia-e-integracao-de-processos-sao-destaques-do-
conip-judiciario-2010&catid=50:cat-demais&Itemid=331. Acesso em: 01/12/2010. Adaptado.

*W3C (World Wide Web Consortium) consórcio internacional,
responsável pela criação de normas que regem a Web.

Com base no texto, deduz-se que:

5 Questão 31927 | Informática, Arquitetura de Computadores, Assistente de Tecnologia da Informação, CRM DF, IESES, Ensino Médio, 2010

Um sistema de numeração é um conjunto de regras que permite ler e escrever números. Sobre os sistemas de numeração é CORRETO afirmar:

I. O sistema decimal, que representa números em base 10, é um sistema de numeração em que todas as quantidades são representadas utilizando o conjunto de símbolos S = { 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 }.
II. O sistema binário, que representa números em base 2, é um sistema de numeração em que todas as quantidades são representadas utilizando o conjunto de símbolos S = { 0, 1 }.
III. O sistema octal, que representa números em base 8, é um sistema de numeração em que todas as quantidades são representadas utilizando o conjunto de símbolos S = { 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 }.
IV. O sistema hexadecimal, que representa números em base 16, é um sistema de numeração em que todas as quantidades são representadas utilizando o conjunto de símbolos S = { 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, A, B, C, D, E, F }.

A sequência correta é:

6 Questão 562988 | Informática, Outros, Assistente de Tecnologia da Informação, Conselho Federal de Medicina, IADES, 2018

A sigla FIFO refere-se a estruturas de dados do tipo fila. Como é o funcionamento em uma FIFO?

7 Questão 158589 | Informática, Cookie, Assistente de Tecnologia da Informação, CRM DF, IESES, 2010

Dentre as opções seguir, qual a que melhor caracteriza a definição de cookie?

8 Questão 551260 | Informática, Software, Assistente de Tecnologia da Informação, Conselho Regional de Medicina DF, Instituto Quadrix, 2018

No que se refere a sistemas operacionais, julgue os itens de 71 a 80. O controlador de acesso direto à memória (DMA) é um software que viabiliza a transferência direta de dados entre periféricos e a memória principal, exigindo participação da UCP.

9 Questão 561565 | Informática, Software, Assistente de Tecnologia da Informação, Conselho Regional de Medicina DF, Instituto Quadrix, 2018

No que se refere a sistemas operacionais, julgue os itens de 71 a 80. Os dispositivos de entrada e saída utilizam as denominadas interrupções (IRQ) para interagir com o sistema operacional. Fazendo isso, garantem que os dados trocados por esses dispositivos sejam corretamente encaminhados pelo computador.

10 Questão 560872 | Informática, Software, Assistente de Tecnologia da Informação, Conselho Regional de Medicina DF, Instituto Quadrix, 2018

A respeito de desenvolvimento e manutenção de sistemas e aplicações, julgue os itens de 91 a 96. Pode-se desenvolver um sistema, seguindo os seguintes passos: levantamento das necessidades; análise de alternativas; projeto; desenvolvimento; implementação; e manutenção.