Questões de Concursos Assistente Jurídico

Resolva Questões de Concursos Assistente Jurídico Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 1 - Questão 46914 - Direito Tributário - Nível Médio - Assistente Jurídico - IPSEM - PaqTcPB - 2010
  • A Constituição não cria tributos, mas confere competência às pessoas políticas para que estas os instituam por meio de lei, regra geral, lei ordinária. Nesse sentido, qual dos tributos a seguir preconiza competência privativa?
  • 2 - Questão 46885 - Português - Nível Médio - Assistente Jurídico - IPSEM - PaqTcPB - 2010
  •                                         Medidas preventivas

           As vítimas de ciberbullying têm o direito de prestar queixa e de pedir sanções penais. Caso o autor das ofensas tenha menos de 16 anos, os pais serão processados por injúria, calúnia e difamação. Se tiver entre 16 e 18 anos, responderá com os pais. E se tiver mais de 18 anos, assumirá a responsabilidade pelos crimes.
           Para garantias legais, salve e imprima as páginas da internet onde foram divulgadas as mensagens de difamação ou ofensa sofrida e procure testemunhas. Não hesite em prestar queixa em delegacia comum ou naquela especializada em crimes virtuais, se houver uma em sua cidade.
           Outras dicas pedagógicas são fundamentais e podem ajudar na conscientização dos alunos: dialogue com eles sobre o ciberbullying, para que não vejam esse ato como brincadeira. 
          Mostre a repercussão e a responsabilidade jurídica que esses atos podem levar. Converse também com os pais, realize palestras com toda a comunidade escolar. Verifique se o regimento interno da escola prevê sanções a quem pratica atos agressivos. Em caso negativo, discuta com colegas gestores a possibilidade de incluir o tema.
           Participe mais das redes sociais na internet, expresse suas opiniões, combata as agressões com diálogo; é preciso assumir os espaços das redes sociais como espaço de aprendizagens, cooperação e formação. Conheça as representações que os alunos possuem sobre sua prática pedagógica e reflita sobre elas. Assim, poderemos começar a trilhar um caminho mais eficaz em relação ao combate ao ciberbullying.

    ROCHA, Telma B. Na mira dos alunos. 
    Disponível em: http://www.cartacapital.com.br/carta-na-escola/na-mira-dos-alunos.htm
    Acesso em: 11 out. 2010
  • Assinale a alternativa em que NÃO há exemplo de oração coordenada sindética aditiva:
  • 3 - Questão 46894 - Conhecimentos Específicos - Legislação Municipal - Nível Médio - Assistente Jurídico - IPSEM - PaqTcPB - 2010
  • De acordo com a Lei Orgânica do Município de Campina Grande, são direitos dos servidores municipais, EXCETO
  • 4 - Questão 46913 - Direito Administrativo - Nível Médio - Assistente Jurídico - IPSEM - PaqTcPB - 2010
  • Os recursos administrativos são todos os meios hábeis a propiciar o reexame de decisão interna pela própria Administração. O dispositivo que possibilita ao interessado requerer o reexame do ato à própria autoridade que o praticou, sendo cabível quando contiver novos argumentos, chama-se:
  • 5 - Questão 46890 - Português - Nível Médio - Assistente Jurídico - IPSEM - PaqTcPB - 2010
  •                                         Medidas preventivas

           As vítimas de ciberbullying têm o direito de prestar queixa e de pedir sanções penais. Caso o autor das ofensas tenha menos de 16 anos, os pais serão processados por injúria, calúnia e difamação. Se tiver entre 16 e 18 anos, responderá com os pais. E se tiver mais de 18 anos, assumirá a responsabilidade pelos crimes.
           Para garantias legais, salve e imprima as páginas da internet onde foram divulgadas as mensagens de difamação ou ofensa sofrida e procure testemunhas. Não hesite em prestar queixa em delegacia comum ou naquela especializada em crimes virtuais, se houver uma em sua cidade.
           Outras dicas pedagógicas são fundamentais e podem ajudar na conscientização dos alunos: dialogue com eles sobre o ciberbullying, para que não vejam esse ato como brincadeira. 
          Mostre a repercussão e a responsabilidade jurídica que esses atos podem levar. Converse também com os pais, realize palestras com toda a comunidade escolar. Verifique se o regimento interno da escola prevê sanções a quem pratica atos agressivos. Em caso negativo, discuta com colegas gestores a possibilidade de incluir o tema.
           Participe mais das redes sociais na internet, expresse suas opiniões, combata as agressões com diálogo; é preciso assumir os espaços das redes sociais como espaço de aprendizagens, cooperação e formação. Conheça as representações que os alunos possuem sobre sua prática pedagógica e reflita sobre elas. Assim, poderemos começar a trilhar um caminho mais eficaz em relação ao combate ao ciberbullying.

    ROCHA, Telma B. Na mira dos alunos. 
    Disponível em: http://www.cartacapital.com.br/carta-na-escola/na-mira-dos-alunos.htm
    Acesso em: 11 out. 2010
  • Considerando o uso dos verbos e seu significado no texto, marque a alternativa com a informação equivocada:
  • 7 - Questão 46893 - Conhecimentos Específicos - Legislação Municipal - Nível Médio - Assistente Jurídico - IPSEM - PaqTcPB - 2010
  • Compete aos secretários municipais
  • 9 - Questão 16097 - Informática - Nível Médio - Assistente Jurídico - ABDI - IBFC - 2008
  • A Planilha Eletrônica Microsoft Excel permite realizar quantos diferentes tipos de gráficos:
  • 10 - Questão 46891 - Português - Nível Médio - Assistente Jurídico - IPSEM - PaqTcPB - 2010
  •                                         Medidas preventivas

           As vítimas de ciberbullying têm o direito de prestar queixa e de pedir sanções penais. Caso o autor das ofensas tenha menos de 16 anos, os pais serão processados por injúria, calúnia e difamação. Se tiver entre 16 e 18 anos, responderá com os pais. E se tiver mais de 18 anos, assumirá a responsabilidade pelos crimes.
           Para garantias legais, salve e imprima as páginas da internet onde foram divulgadas as mensagens de difamação ou ofensa sofrida e procure testemunhas. Não hesite em prestar queixa em delegacia comum ou naquela especializada em crimes virtuais, se houver uma em sua cidade.
           Outras dicas pedagógicas são fundamentais e podem ajudar na conscientização dos alunos: dialogue com eles sobre o ciberbullying, para que não vejam esse ato como brincadeira. 
          Mostre a repercussão e a responsabilidade jurídica que esses atos podem levar. Converse também com os pais, realize palestras com toda a comunidade escolar. Verifique se o regimento interno da escola prevê sanções a quem pratica atos agressivos. Em caso negativo, discuta com colegas gestores a possibilidade de incluir o tema.
           Participe mais das redes sociais na internet, expresse suas opiniões, combata as agressões com diálogo; é preciso assumir os espaços das redes sociais como espaço de aprendizagens, cooperação e formação. Conheça as representações que os alunos possuem sobre sua prática pedagógica e reflita sobre elas. Assim, poderemos começar a trilhar um caminho mais eficaz em relação ao combate ao ciberbullying.

    ROCHA, Telma B. Na mira dos alunos. 
    Disponível em: http://www.cartacapital.com.br/carta-na-escola/na-mira-dos-alunos.htm
    Acesso em: 11 out. 2010
  • O texto se dirige a que leitores?