Questões de Concursos Cirurgião Dentista

Resolva Questões de Concursos Cirurgião Dentista Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 1 - Q46707.   Português - Nível Superior - Cirurgião Dentista - EBSERH - IBFC - 2017
  •     Há algum tempo venho afinando certa mania. Nos começos chutava tudo o que achava. [...] Não sei quando começou em mim o gosto sutil. [...]
       Chutar tampinhas que encontro no caminho. É só ver a tampinha. Posso diferenciar ao longe que tampinha é aquela ou aquela outra. Qual a marca (se estiver de cortiça para baixo) e qual a força que devo empregar no chute. Dou uma gingada, e quase já controlei tudo. [...] Errei muitos, ainda erro. É plenamente aceitável a ideia de que para acertar, necessário pequenas erradas. Mas é muito desagradável, o entusiasmo desaparecer antes do chute. Sem graça.
        Meu irmão, tino sério, responsabilidades. Ele, a camisa; eu, o avesso. Meio burguês, metido a sensato. Noivo...
         - Você é um largado. Onde se viu essa, agora! [...]
       Cá no bairro minha fama andava péssima. Aluado, farrista, uma porção de coisas que sou e que não sou. Depois que arrumei ocupação à noite, há senhoras mães de família que já me cumprimentaram. Às vezes, aparecem nos rostos sorrisos de confiança. Acham, sem dúvida, que estou melhorando.
        - Bom rapaz. Bom rapaz.
        Como se isso estivesse me interessando...
    Faço serão, fico até tarde. Números, carimbos, coisas chatas. Dez, onze horas. De quando em vez levo cerveja preta e Huxley. (Li duas vezes o “Contraponto” e leio sempre). [...]
    Dia desses, no lotação. A tal estava a meu lado querendo prosa. [...] Um enorme anel de grau no dedo. Ostentação boba, é moça como qualquer outra. Igualzinho às outras, sem diferença. E eu me casar com um troço daquele? [...] Quase respondi...
    - Olhe: sou um cara que trabalha muito mal. Assobia sambas de Noel com alguma bossa. Agora, minha especialidade, meu gosto, meu jeito mesmo, é chutar tampinhas da rua. Não conheço chutador mais fino.
     
    (ANTONIO, João. Afinação da arte de chutar tampinhas. In: Patuleia: gentes de rua. São Paulo: Ática, 1996) 
     
    Vocabulário: Huxley: Aldous Huxley, escritor britânico mais conhecido por seus livros de ficção científica.
    Contraponto: obra de ficção de Huxley que narra a destruição de valores do pós-guerra na Inglaterra, em que o trabalho e a ciência retiraram dos indivíduos qualquer sentimento e vontade de revolução. 
  • A oração “Depois que arrumei ocupação à noite,”(5º§) é introduzida por uma locução conjuntiva que apresenta o mesmo valor semântico da seguinte conjunção:
  • 2 - Q46552.   Odontologia - Nível Superior - Cirurgião Dentista - MPU - CESPE - 2013
  • Com base nos conceitos de exodontia, julgue os itens a seguir.

    Em caso de exodontia dos terceiros molares de paciente alérgico à penicilina, o dentista deve evitar as cefalosporinas, por risco de alergia cruzada, e utilizar azitromicina ou clindamicina.
  • 3 - Q46579.   Odontologia - Nível Superior - Cirurgião Dentista - AMAZUL - CETRO - 2015
  • Entre as alternativas abaixo, assinale a incorreta
  • 4 - Q11701.   Odontologia - Nível Superior - Cirurgião Dentista - EBSERH BA - IADES - 2014
  • Epidemiologia é a ciência que permite estudar a distribuição e as condições de saúde e doença nas populações. Em relação à periodontia, a epidemiologia utiliza índices com parâmetros de mensuração saúde-doença. Um desse índices é o PSR (exame periodontal simplificado) em que cada sextante da cavidade bucal recebe um código. Com relação ao PSR, é correto afirmar que o código 1 representa
  • 5 - Q46662.   Odontologia - Patologia oral e Maxilofacial - Nível Superior - Cirurgião Dentista - BR Distribuidora - CESGRANRIO - 2008
  • A Síndrome de Gardner é caracterizada por
  • 7 - Q15024.   Português - Nível Superior - Cirurgião Dentista - Prefeitura de Cantagalo RJ - CONSULPLAN - 2013
  • Envelhecer com mel ou fel?

            Conheço muitas pessoas que estão envelhecendo mal. Desconfortavelmente. Com uma infelicidade crua na alma. Estão ficando velhas, mas não estão ficando sábias. Um rancor cobre-lhes a pele, a escrita e o gesto. São críticos azedos, aliás estão ficando cítricos sem nenhuma doçura nas palavras. Estão amargos.   Com fel nos olhos.
            [...]
             Envelhecer deveria ser como planar. Como quem não sofre mais (tanto) com os inevitáveis atritos. Assim como a nave que sai do desgaste da atmosfera e vai entrando noutro astral, e vai silente, e vai gastando nenhum-quase combustível, flutuando como uma caravela no mar ou uma cápsula no cosmos.
             Os elefantes, por exemplo, envelhecem bem. E olha que é uma tarefa enorme. Não se queixam do peso dos anos, e  nem da ruga do tempo, e, quando percebem a hora da morte, caminham pausadamente para um certo lugar – o  cemitério dos elefantes, e aí morrem, completamente, com a grandeza existencial só aos sábios permitida.
              Os vinhos envelhecem melhor ainda. Ficam ali nos limites de sua garrafa, na espessura de seu sabor, na adega do  prazer. E vão envelhecendo e ganhando vida, envelhecendo e sendo amados, e, porque velhos, desejados. Os vinhos  envelhecem densamente. E dão prazer.
               O problema da velhice também se dá com certos instrumentos. Não me refiro aos que enferrujam pelos cantos,  mas a um envelhecimento atuante como o da faca. Nela o corte diário dos dias a vai consumindo. E no entanto, ela continua afiadíssima, encaixando-se nas mãos da cozinheira como nenhuma outra faca nova.
               Vai ver, a natureza deveria ter feito os homens envelhecerem diferente. Como as facas, digamos, por desgaste, sim, mas nunca desgastante. Seria uma suave solução: a gente devia ir se gastando, se gastando, se gastando até se  evaporar. E aí iam perguntar: cadê fulano? E alguém diria: gastou-se, foi vivendo, vivendo e acabou. Acabou, é claro, sem nenhum gemido ou resmungo.
              [...]
               Especialistas vão dizer que envelhece mal o indivíduo que não realizou suas pulsões eróticas assenciais; que deixou coagulada ou oculta uma grande parte de seus desejos. Isto é verdade. Parcial porém. Pois não se sabe por que  estranhos caminhos de sublimação, há pessoas que, embora roxas de levar tanta pancada da vida, têm, contudo, um arco-íris na alma.
               Bilac dizia que a gente deveria aprender a envelhecer com as velhas árvores. Walt Whitman tem um poema onde  vai dizendo: “Penso que podia viver com os animais que são plácidos e bastam-se a si mesmos".  Ainda agora tirei os olhos do papel e olhei a natureza em torno. Nunca vi o sol se queixar no entardecer. Nem a lua  chorar quando amanhece.

             (Affonso Romano de Sant"anna. Fizemos bem em resistir. Rio de Janeiro: Ed. Rocco, 1984.)
  • A oração sublinhada em “Estão ficando velhas, mas não estão ficando sábias.” (1º§) estabelece, com o período anterior, uma relação de
  • 8 - Q46809.   Odontologia - Nível Superior - Cirurgião Dentista - EBSERH - AOCP - 2015
  • Segundo BAUME, é possível observar na dentição decídua dois tipos de arcos dentários, são eles:
  • 9 - Q48549.   Noções de Saúde - Saúde Pública - Nível Superior - Cirurgião Dentista - Prefeitura de Cantagalo RJ - CONSULPLAN - 2013
  • Considerada prioritária no âmbito do SUS, a atenção às urgências em Saúde, orientada pela Política Nacional de Atenção às Urgências (Portaria nº 1.863/2003), fundamenta-se nos seguintes objetivos: 

    I. garantir a universalidade, equidade e a integralidade no atendimento às urgências clínicas, cirúrgicas, gineco-obstétricas, psiquiátricas, pediátricas e as relacionadas às causas externas (traumatismos não intencionais, violências e suicídios); 
    II. qualificar a assistência e promover a capacitação continuada das equipes de saúde do SUS na atenção às urgências, em acordo com os princípios da integralidade e humanização; 
    III. desenvolver estratégias promocionais da qualidade de vida e saúde capazes de prevenir agravos, proteger a vida, educar para a defesa e a recuperação da saúde, protegendo e desenvolvendo a autonomia e a equidade de indivíduos e coletividades. 

    Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s)
  • 10 - Q46653.   Informática - Nível Superior - Cirurgião Dentista - BR Distribuidora - CESGRANRIO - 2008
  • Considere o editor de textos Microsoft Word 2003 em português com suas configurações padrões. Qual opção de menu o usuário deve acionar para aumentar o tamanho da fonte de um texto previamente selecionado?