Questões de Concursos Dentista

Resolva Questões de Concursos Dentista Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 1 - Questão 46497.   Português - Nível Superior - Dentista - SPDM - 2014
  • TEXTO
    CORRELAÇÕES ESPÚRIAS


    José Paulo Kupfer, O Globo, 11/07/2014

    Não bastasse a eliminação da seleção brasileira por um resultado humilhante, resta ter de conviver com as tentativas de uso político do desastre e de vinculá-lo à complicada situação da economia. Essas articulações, de um reducionismo lógico constrangedor, são comuns no país do futebol, sobretudo nos momentos como os de Copas do Mundo, em que a pátria calça chuteiras. Mas nem por isso fazem sentido e muito menos contribuem para que os verdadeiros problemas extracampo sejam devidamente diagnosticados e superados.

    Fazer uso político de um evento que mobiliza intensamente os brasileiros, com perdão do trocadilho, é do jogo, ainda mais sendo este um jogo que, por coincidência de calendários, sempre se joga em período de eleições gerais. Mas sugerese não embarcar na canoa furada das correlações entre futebol e política e muito menos tentar pegar carona no evento, mesmo no Brasil, onde o futebol foi redesenhado como arte e, assim, criativo, causou a impregnação da alma nacional.
  • O título do texto fala de “correlações espúrias”; essas correlações se realizam na ligação entre:
  • 2 - Questão 46474.   Odontologia - Nível Superior - Dentista - SPDM - 2014
  • A pulpotomia consiste em:
  • 3 - Questão 46461.   Odontologia - Nível Superior - Dentista - SPDM - 2014
  • Em relação às características da saliva, é INCORRETO afirmar que:
  • 4 - Questão 46500.   Português - Nível Superior - Dentista - SPDM - 2014
  • TEXTO
    CORRELAÇÕES ESPÚRIAS


    José Paulo Kupfer, O Globo, 11/07/2014

    Não bastasse a eliminação da seleção brasileira por um resultado humilhante, resta ter de conviver com as tentativas de uso político do desastre e de vinculá-lo à complicada situação da economia. Essas articulações, de um reducionismo lógico constrangedor, são comuns no país do futebol, sobretudo nos momentos como os de Copas do Mundo, em que a pátria calça chuteiras. Mas nem por isso fazem sentido e muito menos contribuem para que os verdadeiros problemas extracampo sejam devidamente diagnosticados e superados.

    Fazer uso político de um evento que mobiliza intensamente os brasileiros, com perdão do trocadilho, é do jogo, ainda mais sendo este um jogo que, por coincidência de calendários, sempre se joga em período de eleições gerais. Mas sugerese não embarcar na canoa furada das correlações entre futebol e política e muito menos tentar pegar carona no evento, mesmo no Brasil, onde o futebol foi redesenhado como arte e, assim, criativo, causou a impregnação da alma nacional.
  • “Fazer uso político de um evento que mobiliza intensamente os brasileiros, com perdão do trocadilho, é do jogo, ainda mais sendo este um jogo que, por coincidência de calendários, sempre se joga em período de eleições gerais”. O trocadilho se refere ao emprego da seguinte expressão:
  • 6 - Questão 46495.   Odontologia - Nível Superior - Dentista - SPDM - 2014
  • Cavidades preparadas nas faces proximais dos incisivos e caninos, com remoção e restauração do ângulo incisal, são denominadas:
  • 7 - Questão 46502.   Português - Nível Superior - Dentista - SPDM - 2014
  • TEXTO
    CORRELAÇÕES ESPÚRIAS


    José Paulo Kupfer, O Globo, 11/07/2014

    Não bastasse a eliminação da seleção brasileira por um resultado humilhante, resta ter de conviver com as tentativas de uso político do desastre e de vinculá-lo à complicada situação da economia. Essas articulações, de um reducionismo lógico constrangedor, são comuns no país do futebol, sobretudo nos momentos como os de Copas do Mundo, em que a pátria calça chuteiras. Mas nem por isso fazem sentido e muito menos contribuem para que os verdadeiros problemas extracampo sejam devidamente diagnosticados e superados.

    Fazer uso político de um evento que mobiliza intensamente os brasileiros, com perdão do trocadilho, é do jogo, ainda mais sendo este um jogo que, por coincidência de calendários, sempre se joga em período de eleições gerais. Mas sugerese não embarcar na canoa furada das correlações entre futebol e política e muito menos tentar pegar carona no evento, mesmo no Brasil, onde o futebol foi redesenhado como arte e, assim, criativo, causou a impregnação da alma nacional.
  • O seguinte segmento do texto utiliza uma variedade coloquial de linguagem:
  • 8 - Questão 46512.   Medicina - Nível Superior - Dentista - SPDM - 2014
  • O maior risco de morte na população de 25 a 44 anos para ambos os sexos são as:
  • 9 - Questão 46460.   Odontologia - Nível Superior - Dentista - SPDM - 2014
  • Na busca de um material que apresentasse as características do cimento de óxido de zinco e eugenol, a resistência do cimento de fosfato de zinco, a estética e a capacidade anticariogênica do silicato e a adesividade do cimento policarboxilato, surgiu um novo material chamado ionômero de vidro. De acordo com as normas da ISO (INTERNATIONAL ORGANIZATION FOR STANDARDIZATION), os cimentos ionoméricos são classificados de acordo com sua indicação de uso. Quando indicados para restaurações em regiões cervicais são do tipo:
  • 10 - Questão 46498.   Português - Nível Superior - Dentista - SPDM - 2014
  • TEXTO
    CORRELAÇÕES ESPÚRIAS


    José Paulo Kupfer, O Globo, 11/07/2014

    Não bastasse a eliminação da seleção brasileira por um resultado humilhante, resta ter de conviver com as tentativas de uso político do desastre e de vinculá-lo à complicada situação da economia. Essas articulações, de um reducionismo lógico constrangedor, são comuns no país do futebol, sobretudo nos momentos como os de Copas do Mundo, em que a pátria calça chuteiras. Mas nem por isso fazem sentido e muito menos contribuem para que os verdadeiros problemas extracampo sejam devidamente diagnosticados e superados.

    Fazer uso político de um evento que mobiliza intensamente os brasileiros, com perdão do trocadilho, é do jogo, ainda mais sendo este um jogo que, por coincidência de calendários, sempre se joga em período de eleições gerais. Mas sugerese não embarcar na canoa furada das correlações entre futebol e política e muito menos tentar pegar carona no evento, mesmo no Brasil, onde o futebol foi redesenhado como arte e, assim, criativo, causou a impregnação da alma nacional.
  • “Não bastasse a eliminação da seleção brasileira por um resultado humilhante, resta ter de conviver com as tentativas de uso político do desastre e de vinculá-lo à complicada situação da economia”. O comentário INADEQUADO sobre os componentes desse segmento do texto é: