Questões de Concursos Engenheiro Eletricista

Resolva Questões de Concursos Engenheiro Eletricista Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 1 - Questão 15378 - Legislação Estadual - Legislação Estadual do Pará - Nível Superior - Engenheiro Eletricista - TJ PA - VUNESP - 2014
  • O conjunto de atividades e responsabilidades de direção superior e intermediária, definidas com base na estrutura organizacional do Poder Judiciário do Estado do Pará, e de assessoramento superior e intermediário, de livre nomeação e exoneração, conforme previsto na Lei Estadual n.º 6.969/07, é definição de
  • 2 - Questão 15445 - Direito Constitucional - Nível Superior - Engenheiro Eletricista - DPE RJ - FGV - 2014
  • Processo legislativo é o conjunto de regras procedimentais previstas na Constituição, tendentes a regulamentar a elaboração das espécies normativas. Nesse contexto, destaca-se a:
  • 3 - Questão 29401 - Engenharia Elétrica - Nível Superior - Engenheiro Eletricista - CODEBA - FGV - 2016
  • A respeito de equipamentos utilizados na partida de motores, analise as afirmativas a seguir.

    I. O soft-starter permite uma partida suave e o controle de velocidade do motor.
    II. A chave estrela-triângulo faz com que o motor apresente uma considerável perda de conjugado (torque) na partida.
    III. A chave compensadora pode ser usada para a partida de motores quando solicitada por carga mecânica.

    Assinale:
  • 4 - Questão 15364 - Direito Administrativo - Nível Superior - Engenheiro Eletricista - TJ GO - FGV - 2014
  • A Constituição da República de 1988, em seu Art. 37, caput, prevê princípios expressos da administração pública. Dentre eles, o princípio que objetiva, por um lado, a igualdade de tratamento que a Administração deve dispensar aos administrados que se encontrem em idêntica situação juridical e, por outro lado, a vedação de favorecimento de alguns indivíduos em detrimento de outros, visando ao interesse público, é chamado princípio da:
  • 5 - Questão 29400 - Engenharia Elétrica - Nível Superior - Engenheiro Eletricista - CODEBA - FGV - 2016
  • Uma espira está posicionada em um plano qualquer. Um fluxo magnético, que tem direção perpendicular e sentido de entrada nesse plano, atravessa essa espira.

    A respeito desse evento, assinale a afirmativa correta.
  • 6 - Questão 15444 - Direito Constitucional - Nível Superior - Engenheiro Eletricista - DPE RJ - FGV - 2014
  • O remédio constitucional previsto na Constituição da República para assegurar o conhecimento de informações relativas à pessoa do impetrante, constantes de registros ou bancos de dados de entidades governamentais ou de caráter público, chama-se;
  • 7 - Questão 15369 - Português - Interpretação de Textos - Nível Superior - Engenheiro Eletricista - TJ PA - VUNESP - 2014
  • Nossas palavras

    Meu amigo lusitano, Diniz, está traduzindo para o francês meus dois primeiros romances, Os Éguas e Moscow. Temos trocado e-mails muito interessantes, por conta de palavras e gírias comuns no meu Pará e absolutamente sem sentido para ele. Às vezes é bem difícil explicar, como na cena em que alguém empina papagaio e corta o adversário “no gasgo". Não sei se no universo das pipas, lá fora, ocorrem os mesmos e magníficos embates que se verificam aqui, “cortando e aparando" os adversários.adversários.

    Outra situação: personagens estão jogando uma “pelada" enquanto outros estão “na grade". Quem está na grade aguarda o desfecho da partida, para jogar contra o vencedor, certamente porque espera fora do campo, demarcado por uma grade. Vai explicar…

    E aqueles dois bebedores eméritos que “bebem de testa" até altas horas? Por aqui, beber de testa é quase um embate para saber quem vai desistir primeiro, empilhando as grades de cerveja ao lado da mesa.

    Penso que o uso das gírias - palavras bem locais, quase dialeto, que funcionam na melodia do nosso texto - é parte da nossa criatividade, uma qualidade da literatura brasileira. Quanto a mim, uso pouco, aqui e ali, nossas palavras. Procuro ser econômico. Mesmo assim, vou respondendo aos e-mails. Ele me diz que, enfim, está tudo pronto.

    (Edyr Augusto Proença, http://blogdaboitempo.com.br, 26.07.2013. Adaptado)
  • A partir da leitura dos três primeiros parágrafos, é correto concluir que o autor enfoca, em seus romances, situações que, para o leitor paraense, são
  • 9 - Questão 15368 - Português - Interpretação de Textos - Nível Superior - Engenheiro Eletricista - TJ PA - VUNESP - 2014
  • Nossas palavras

    Meu amigo lusitano, Diniz, está traduzindo para o francês meus dois primeiros romances, Os Éguas e Moscow. Temos trocado e-mails muito interessantes, por conta de palavras e gírias comuns no meu Pará e absolutamente sem sentido para ele. Às vezes é bem difícil explicar, como na cena em que alguém empina papagaio e corta o adversário “no gasgo". Não sei se no universo das pipas, lá fora, ocorrem os mesmos e magníficos embates que se verificam aqui, “cortando e aparando" os adversários.adversários.

    Outra situação: personagens estão jogando uma “pelada" enquanto outros estão “na grade". Quem está na grade aguarda o desfecho da partida, para jogar contra o vencedor, certamente porque espera fora do campo, demarcado por uma grade. Vai explicar…

    E aqueles dois bebedores eméritos que “bebem de testa" até altas horas? Por aqui, beber de testa é quase um embate para saber quem vai desistir primeiro, empilhando as grades de cerveja ao lado da mesa.

    Penso que o uso das gírias - palavras bem locais, quase dialeto, que funcionam na melodia do nosso texto - é parte da nossa criatividade, uma qualidade da literatura brasileira. Quanto a mim, uso pouco, aqui e ali, nossas palavras. Procuro ser econômico. Mesmo assim, vou respondendo aos e-mails. Ele me diz que, enfim, está tudo pronto.

    (Edyr Augusto Proença, http://blogdaboitempo.com.br, 26.07.2013. Adaptado)
  • De acordo com o autor, o uso de gírias é