Questões de Concursos Executivo Público

Resolva Questões de Concursos Executivo Público Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 1 - Questão 22769.   Português - Nível Superior - Executivo Público - Casa Civil SP - FCC - 2010
  • A frase que atende integralmente ao padrão culto escrito é:
  • 2 - Questão 22803.   Arquivologia - Legislação Arquivística - Nível Superior - Executivo Público - Casa Civil SP - FCC - 2010
  • A Fundação Patrimônio Histórico da Energia e Saneamento, também designada Fundação Energia e Saneamento, é entidade de direito privado, sem fins lucrativos, com autonomia jurídica, administrativa e financeira, sediada na cidade de São Paulo (SP). Instituída no âmbito do Programa Estadual de Desestatização, de 1996, tem seu acervo formado, em grande parte, pelos arquivos das empresas que se responsabilizaram pelo setor energético paulista ao longo do tempo. De acordo com a Lei Federal no 8.159, de 08/01/1991, são considerados públicos os documentos originários de instituições encarregadas da gestão de serviços públicos, independentemente de sua natureza jurídica. Levando em consideração a Resolução no 19, de 28/10/2003, do Conselho Nacional de Arquivos, relativa aos documentos públicos que integram o acervo das empresas em processo de desestatização e das pessoas jurídicas de direito privado que lhes sucederam, o destino dos fundos hoje custodiados pela Fundação Energia e Saneamento deveria ser
  • 3 - Questão 22802.   Arquivologia - Legislação Arquivística - Nível Superior - Executivo Público - Casa Civil SP - FCC - 2010
  • Contrariando a Lei Federal nº .159 de 08/01/91, que fixa prazos máximos de sigilo aplicáveis aos órgãos públicos, a Lei Federal no 11.111, de 05/05/2005, atribuiu à Comissão de Averiguação e Análise de Informações Sigilosas o poder de "manter a permanência da ressalva ao acesso do documento pelo tempo que estipular", sempre que julgar ameaçadas a soberania, a integridade territorial nacional ou as relações internacionais do país. Os críticos dessa medida passaram a mencioná-la como defensora
  • 4 - Questão 22787.   Atualidades - Nível Superior - Executivo Público - Casa Civil SP - FCC - 2010
  • Entre os dias 25 e 27 de outubro de 2009, incidentes no Iraque e no Afeganistão contribuíram para piorar a situação dos Estados Unidos com tropas nos dois países. No caso mais grave, um duplo atentado terrorista matou 155 pessoas, incluindo 24 crianças e deixou centenas de feridos na explosão de carros-bomba em Bagdá. Nos dias seguintes, 22 americanos morreram.

    Sobre a situação descrita pode-se afirmar que
  • 5 - Questão 22778.   Administração Pública - Organização da Administração Pública - Nível Superior - Executivo Público - Casa Civil SP - FCC - 2010
  • Com relação à natureza dos órgãos públicos, considere:

    I. Agências reguladoras são autarquias especiais, com personalidade jurídica de direito privado e amplos poderes normativos.
    II. As fundações são normalmente dotadas de personalidade jurídica de direito privado, podendo, a critério do ente instituidor, assumir personalidade de direito público.
    III. As empresas públicas e as sociedades de eco- nomia mista devem ter a forma de Sociedade Anônima (S/A), sendo reguladas, basicamente, pela Lei das Sociedades por Ações (Lei nº 6.404/1976).
    IV. Empresas públicas, autarquias e sociedades de economia mista, assim como as fundações públicas, só podem ser criadas por lei específica.
    V. As fundações instituídas ou mantidas pelo poder público têm natureza de autarquia.

    Está correto o que se afirma SOMENTE em
  • 6 - Questão 22804.   Arquivologia - Legislação Arquivística - Nível Superior - Executivo Público - Casa Civil SP - FCC - 2010
  • Considere as disposições a seguir.

    I. Cabem à administração pública, na forma da lei, a gestão da documentação governamental e as providências para franquear sua consulta a quantos dela necessitem.
    II. Competem ao Arquivo Nacional a gestão e o recolhimento dos documentos produzidos e recebidos pelos poderes executivo, legislativo e judiciário federais.
    III. Os documentos oficiais ou públicos, com valor de guarda permanente, não poderão ser eliminados após a microfilmagem, devendo ser recolhidos ao arquivo público de sua esfera de atuação ou preservados pelo próprio órgão detentor.

    Está correto o que se afirma em
  • 7 - Questão 22808.   Arquivologia - Nível Superior - Executivo Público - Casa Civil SP - FCC - 2010
  • A transferência e o recolhimento de documentos de arquivo devem ser acompanhados, nos órgãos do poder público, de
  • 8 - Questão 22783.   Direito Administrativo - Nível Superior - Executivo Público - Casa Civil SP - FCC - 2010
  • Quanto à revogação ou invalidação dos atos administrativos, considere:

    I. O ato nulo gera direitos ou obrigações às partes, criando situações ou gerando direitos e obrigações enquanto não anulado, motivo pelo qual pode ser convalidado.
    II. A Administração pode desfazer seus próprios atos por considerações de mérito e de ilegalidade, ao passo que o Judiciário só os pode invalidar quando ilegais.
    III. Um ato inoportuno ou inconveniente só pode ser revogado pela própria Administração, mas um ato ilegal pode ser anulado, tanto pela Administração como pelo Judiciário.
    IV. Se a Administração praticou ato ilegal, não pode ela anular ou revogar o ato por seus próprios meios diante do litígio instaurado com o seu destinatário, devendo socorrer-se do Judiciário.
    V. A anulação de um ato administrativo baseia-se em razões de conveniência ou de oportunidade, enquanto na revogação, em razões de legitimidade ou legalidade.

    Está correto o que se afirma SOMENTE em
  • 9 - Questão 22777.   Administração - Nível Superior - Executivo Público - Casa Civil SP - FCC - 2010
  • A descentralização por meio de delegação é efetivada quando o Estado
  • 10 - Questão 22799.   Conhecimentos Específicos - História e Geografia de Estados e Municípios - Nível Superior - Executivo Público - Casa Civil SP - FCC - 2010
  • Em 1924 explodiu o chamado 5 de julho em São Paulo. (...) A presença dos tenentes na capital paulista durou até o dia 27. (...) Afinal, os revoltosos abandonaram a cidade a 27 de julho, deslocando-se pelo interior de São Paulo em direção a Bauru. A manobra foi facilitada pela eclosão de revoltas tenentistas em cidades do interior. Essa foi a chamada "coluna paulista", que se fixou no oeste do Paraná, em um lugarejo próximo à foz do Iguaçu. Aí as tropas vindas de São Paulo enfrentaram os legalistas, à espera de uma outra coluna proveniente do Rio Grande do Sul.

    (Boris Fausto. História do Brasil. São Paulo: Edusp, 1955, p. 308-309)

    O movimento a que o texto se refere tinha como objetivo