Questões de Concursos Professor de Geografia

Resolva Questões de Concursos Professor de Geografia Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 1 - Questão 49402.   Português - Nível Superior - Professor de Geografia - SEE MG - FCC - 2012
  • Texto I 

    Os animais e a linguagem dos homens 

    Essa mania que tem o homem de distribuir pela escala zoológica medidas de valor e índices de comportamento que, na escala humana, sim, é que podem ser aferidos com justeza! 

    Por que chamamos de zebra a uma pessoa estúpida, que não tem as qualidades da zebra? Esta sabe muito bem defender-se dos perigos pela vista, pelo olfato e pela velocidade, sem esquecer a graça mimética de suas listas, úteis para a dissimulação entre folhas. Se ela não é dócil às ordens do treinador, se não aprende o que este quer ensinar-lhe, tem suas razões. É um ensino que não lhe convém e que a humilha em sua espontaneidade. Repele a escravidão, que torna lamentáveis os mais belos e inteligentes animais de circo, tão supe- riores a seus donos.

    Gosto muito de La Fontaine*, não nego; a graça de seus versos vende as fábulas, que são entretanto uma injúria revoltante à natureza dos animais, acusados de todos os defeitos humanos. O moralista procura corrigir falhas características de nossa espécie, atribuindo-as a bichos que, não sabendo ler, escrever ou falar as línguas literárias, não têm como defender-se, repelindo falsas imputações. O peru, o burro, a toupeira, a cobra, o ouriço e toda a multidão de seres supostamente irracionais, mas acusados de todos os vícios da razão humana, teriam muito que retrucar, se lhes fosse concedida a palavra num sistema verdadeiramente representativo, ainda por ser inventado.

    Sem aprofundar a matéria, inclino-me a crer que o nosso conhecimento dos animais é bem menos preciso do que o conhecimento que eles têm de nós. Não é à toa que nos temem e procuram sempre manter distância ou mesmo botar sebo nas canelas (ou asas ou barbatanas ou ...) quando o bicho-homem se aproxima. Muitas vezes nosso desejo de comunicação e até de repartir carinho lhes cheira muito mal. A memória milenar adverte-lhes que com gente não se brinca. Homens e mulheres que sentem piedade pelos animais, e até amor, constituem uma santa minoria, e eles salvarão a Terra. Mas será que os outros, a volumosa maioria, os caçadores, os torturadores, os mercadores de vidas, vão deixar? 

    La Fontaine - fabulista francês do século XVII. 

    (Carlos Drummond de Andrade. Moça deitada na grama. Rio de Janeiro: Record, 1987, pp. 139-141, crônica transcrita com adaptações)
  • Identifica-se corretamente no texto
  • 2 - Questão 49411.   Português - Interpretação de Textos - Nível Superior - Professor de Geografia - SEE MG - FCC - 2012
  • Para responder às questões de números 7 a 10, considere o Texto I e também os textos seguintes. 

    Texto I 

    Os animais e a linguagem dos homens 

    Essa mania que tem o homem de distribuir pela escala zoológica medidas de valor e índices de comportamento que, na escala humana, sim, é que podem ser aferidos com justeza! 

    Por que chamamos de zebra a uma pessoa estúpida, que não tem as qualidades da zebra? Esta sabe muito bem defender-se dos perigos pela vista, pelo olfato e pela velocidade, sem esquecer a graça mimética de suas listas, úteis para a dissimulação entre folhas. Se ela não é dócil às ordens do treinador, se não aprende o que este quer ensinar-lhe, tem suas razões. É um ensino que não lhe convém e que a humilha em sua espontaneidade. Repele a escravidão, que torna lamentáveis os mais belos e inteligentes animais de circo, tão supe- riores a seus donos.

    Gosto muito de La Fontaine*, não nego; a graça de seus versos vende as fábulas, que são entretanto uma injúria revoltante à natureza dos animais, acusados de todos os defeitos humanos. O moralista procura corrigir falhas características de nossa espécie, atribuindo-as a bichos que, não sabendo ler, escrever ou falar as línguas literárias, não têm como defender-se, repelindo falsas imputações. O peru, o burro, a toupeira, a cobra, o ouriço e toda a multidão de seres supostamente irracionais, mas acusados de todos os vícios da razão humana, teriam muito que retrucar, se lhes fosse concedida a palavra num sistema verdadeiramente representativo, ainda por ser inventado.

    Sem aprofundar a matéria, inclino-me a crer que o nosso conhecimento dos animais é bem menos preciso do que o conhecimento que eles têm de nós. Não é à toa que nos temem e procuram sempre manter distância ou mesmo botar sebo nas canelas (ou asas ou barbatanas ou ...) quando o bicho-homem se aproxima. Muitas vezes nosso desejo de comunicação e até de repartir carinho lhes cheira muito mal. A memória milenar adverte-lhes que com gente não se brinca. Homens e mulheres que sentem piedade pelos animais, e até amor, constituem uma santa minoria, e eles salvarão a Terra. Mas será que os outros, a volumosa maioria, os caçadores, os torturadores, os mercadores de vidas, vão deixar? 

    La Fontaine - fabulista francês do século XVII. 

    (Carlos Drummond de Andrade. Moça deitada na grama. Rio de Janeiro: Record, 1987, pp. 139-141, crônica transcrita com adaptações) 

    Texto II 

    FÁBULA -Foi entre os antigos uma espécie de forma quase sempre em verso. A partir do romantismo a prosa começou a ser sua forma mais comum. A fábula, de um modo geral, apre senta duas características

    a) Ter por assunto a vida dos animais. 

    b) Ter por finalidade uma lição de moral. 

    (Hênio Tavares. Teoria Literária. Belo Horizonte: Bernardo Álvares, 1969, p. 132) 

    - Seis pessoas foram presas hoje, durante uma operação da Polícia Federal para desarticular uma quadrilha que vende animais silvestres e exóticos, sem autorização, pela internet. A ação, batizada de Arapongas, feita em conjunto com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama), foi deflagrada nos Estados do Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Ceará e Paraíba. 

    Os animais eram vendidos por meio de um site para diversos estados do país e do exterior. Os investigados recebiam encomendas de todo tipo de animais, como répteis, anfíbios, mamíferos e pássaros -algumas espécies até mesmo em extinção. Esses animais seriam obtidos por meio ilícito, como criadouros irregulares e captura na natureza. Além das prisões, foram cumpridos 25 mandados de busca e apreensão. Os investigados responderão pelos crimes de tráfico internacional de fauna, tráfico de animais silvestres nativos, estelionato, sonegação fiscal, falsidade ideológica e biopirataria.

    (http: www.estadao.com.br/notícias/geral. Acesso 14/08/2011) 

    Texto III 

    Presos 6 em operação contra venda de animais na web

    - Seis pessoas foram presas hoje, durante uma operação da Polícia Federal para desarticular uma quadrilha que vende animais silvestres e exóticos, sem autorização, pela internet. A ação, batizada de Arapongas, feita em conjunto com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama), foi deflagrada nos Estados do Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Ceará e Paraíba. 

    Os animais eram vendidos por meio de um site para diversos estados do país e do exterior. Os investigados recebiam encomendas de todo tipo de animais, como répteis, anfíbios, mamíferos e pássaros -algumas espécies até mesmo em extinção. Esses animais seriam obtidos por meio ilícito, como criadouros irregulares e captura na natureza. Além das prisões, foram cumpridos 25 mandados de busca e apreensão. 

    Os investigados responderão pelos crimes de tráfico internacional de fauna, tráfico de animais silvestres nativos, estelionato, sonegação fiscal, falsidade ideológica e biopirataria. 

    (http: www.estadao.com.br/notícias/geral. Acesso 14/08/2011)
  • Esses animais seriam obtidos por meio ilícito, como criadouros irregulares e captura na natureza. (TextoIII)

    É correto depreender da afirmativa acima, especialmente em relação ao emprego da forma verbal,
  • 3 - Questão 49428.   Pedagogia - Nível Superior - Professor de Geografia - SEE MG - FCC - 2012
  • Leia o texto a seguir. 

    A abertura de 250 mil vagas de ingresso nas universidades federais e de 600 mil matrículas nos institutos federais de educação, ciência e tecnologia, em 2014, é um dos resultados que a presidenta da República, Dilma Rousseff, espera alcançar com a terceira fase da expansão universitária e profissional, anunciada nesta terça-feira, 16. 

    O acesso à educação e ao conhecimento, segundo a presidenta, deve ser maciço, inclusivo e sistemático, para que jovens e trabalhadores possam dele se beneficiar em todos os recantos do país. O esforço do governo federal, na sua visão, busca superar décadas de atraso e preparar a nação para o futuro.

    “Em dois anos, só a Petrobrás vai gerar uma demanda de 230 mil técnicos em petróleo e gás", explicou Dilma. Mas o Brasil, avisou, também precisa de quadros preparados para atender setores internacionais de alta tecnologia que estão aqui chegando. 

                                                                                                                          (http://portal.mec.gov.br) 

    O conteúdo do texto pode ser utilizado, pelo professor de Geografia no Ensino Médio, como exemplo
  • 4 - Questão 49431.   Geografia - Nível Superior - Professor de Geografia - SEE MG - FCC - 2012
  • Leia o texto a seguir. 

    O sertão retratado por Guimarães Rosa na obra “Grande Sertão: Veredas" mantém a dimensão complexa e migrante do termo. Grande, fugidio e “sem lugar", é fortemente marcado pela geografia e clima do cerrado, pela bacia do Rio São Francisco, pelo tráfego intenso de tropeiros e pelo apogeu e declínio da jagunçagem, entre o fim do século dezenove e o início do século vinte.

       (Adaptado de http://www.revistasagarana.com.br/revista30/grandesertao.htm) 

    Na perspectiva da Geografia, a obra de Guimarães Rosa, embora literária, pode ser entendida como uma forma de
  • 5 - Questão 49421.   Pedagogia - Temas Educacionais Pedagógicos - Nível Superior - Professor de Geografia - SEE MG - FCC - 2012
  • Dentre as diretrizes norteadoras para o ensino da Geografia no Ensino Médio, destaca-se a que propõe a superação da abordagem fragmentada do conhecimento por meio
  • 6 - Questão 49430.   Geografia - Nível Superior - Professor de Geografia - SEE MG - FCC - 2012
  • Leia o texto. 

    O cerrado é um dos principais ecossistemas do país. Mas no norte do estado, essa riqueza natural se transforma em carvão ilegal. Em dez anos, o consumo do produto em Minas aumentou 60%, segundo o Instituto Estadual de Florestas. No mesmo período, a quantidade de carvão clandestino usado em Minas cresceu 40 vezes. 

    O Sindicato da Indústria do Ferro no Estado de Minas Gerais informou que orienta todas as empresas do setor, que utilizam o carvão vegetal, a respeitar as leis ambientais e que o assunto é constantemente discutido nas reuniões. 

    (http://globominas.globo.com/GloboMinas/Noticias/BomDiaMinas/0,,MUL782155-9077,00.html)

    Com base no conteúdo da noticia, o professor de Geografia pode abordar, com os alunos do Ensino Médio,
  • 7 - Questão 49435.   Geografia - Nível Superior - Professor de Geografia - SEE MG - FCC - 2012
  • Leia o texto a seguir.

    A EPAMIG − Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais foi constituída, como empresa pública, pela Lei n° 6.310, de 8 de maio de 1974 (Minas Gerais, 1999). Constituiu-se na principal instituição de execução de pesquisa agropecuária de Minas Gerais e tem a função de apresentar soluções para o complexo agrícola, gerando e adaptando alternativas tecnológicas, oferecendo serviços especializados, capacitação técnica, insumos qualificados compatíveis com as necessidades dos clientes e em benefício da qualidade de vida da sociedade.

                                                                                                                               (http://www.epamig.br)
    O texto
  • 9 - Questão 49419.   Pedagogia - Temas Educacionais Pedagógicos - Nível Superior - Professor de Geografia - SEE MG - FCC - 2012
  • Leia o texto a seguir. 

    Lucro menor - De acordo com o vice-presidente regional da Abimaq, Fausto Rezende, no geral, Minas Gerais acompanha a trajetória nacional, apesar de ser beneficiado pelo aquecimento da indústria extrativa mineral. Mas, segundo ele, as empresas mineiras estão reduzindo as margens de lucro, por conta da competição internacional. 

    Rezende explicou que em virtude das companhias mineradoras serem de grande porte, a cotação é feita tanto no Estado quanto no exterior e os preços pagos pelas mineradoras são os praticados no mercado internacional. 

    (http://www.camaras.org.br/site.aspx/Detalhe-Noticias-SRMG?codNoticia=vak7IlAdI/8=) 

    O conteúdo do texto exemplifica a complexidade das relações espaciais no atual período da História, no qual
  • 10 - Questão 49424.   Pedagogia - Nível Superior - Professor de Geografia - SEE MG - FCC - 2012
  • Leia o texto a seguir. 

    No município de Milho Verde, em Minas Gerais, os residentes se mostram totalmente insatisfeitos com a prática de trail de motocicletas no local, por parte dos visitantes, a qual tem destruído as famosas ruas gramadas da cidade (que são também o principal atrativo turístico), além da perturbação causada pelo barulho do motor das motos. 

                         (http://www.ietec.com.br/site/techoje/categoria/detalhe_artigo/120) 

    O professor de Geografia do Ensino Fundamental pode utilizar o conteúdo do texto como ponto de partida para discutir