Questões de Concursos Técnico de Administração

Resolva Questões de Concursos Técnico de Administração Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 2 - Q29794.   Administração - Administração Geral - Nível Médio - Técnico de Administração - CONDER - FGV - 2013
  • Com relação desenho organizacional, em geral apresentado sob a forma de um organograma, analise as afirmativas a seguir.

    I. É um gráfico que mostra a maneira como a empresa está organizada.
    II. É um gráfico que representa a estrutura organizacional da empresa.
    III. É um gráfico estatístico que corresponde a uma radiografia da empresa.

    Assinale:
  • 4 - Q29778.   Conhecimentos Específicos - Princípios Normas e Atribuições Institucionais - Nível Médio - Técnico de Administração - CONDER - FGV - 2013
  • Sobre as competências atinentes à CONDER, assinale a afirmativa incorreta.
  • 5 - Q26717.   Contabilidade - Nível Médio - Técnico de Administração - CODATA - FUNCAB - 2013
  • A Contabilidade, de um modo geral, presta-se a dar informações sobre a posição patrimonial de uma empresa. Para tanto, apresenta a posição dos ativos da empresa, dos seus passivos e também como o seu resultado foi formado num determinado período. Nesse sentido, é importante que as contas que compõem os demonstrativos estejam bem apuradas e analisadas.

    Marque a opção que indica o conhecimento básico necessário para a boa qualidade da informação contida nas contas contábeis.
  • 6 - Q33669.   Recursos Humanos - Gestão de Pessoas - Nível Médio - Técnico de Administração - DPE PR - PUC-PR - 2012
  • Fulano é um sujeito humilde, trabalhou desde a infância, não teve acesso à escola por mais de 4 anos letivos. Aprendeu de maneira limitada a ler e a escrever. Numa dada situação, resolveu comprar um celular para se comunicar. Venderam-lhe um ‘plano’ com benefícios múltiplos. Fulano percebeu que alguns benefícios não foram honrados pela operadora de telefonia móvel. Tentou reivindicar com a operadora, mas não obteve êxito. Resolve, então, recorrer à proteção da Lei. Vai aos órgãos competentes, frequenta audiências e aguarda confiante. Passados alguns meses recebe em casa uma correspondência com o seguinte texto:

    “OBJETO: Sentença julgando procedente o pedido.

    Através da presente, fica Vossa Senhoria, devidamente INTIMADO(A) do processado nos autos em referência, conforme OBJETO em destaque, para que surta os seus jurídicos e legais efeitos.”
    Fulano, ao ler a correspondência, fica preocupado: “Minha nossa...agora eu vou pra cadeia”. Corre ao juizado indicado na correspondência, desesperado e apresenta o documento a um funcionário atrás do balcão que diz: “Seu Fulano”, em resumo, o senhor ganhou a causa contra a operadora de telefonia.

    Considerando os elementos de comunicação e o contexto acima, marque a alternativa CORRETA:
  • 7 - Q29759.   Português - Nível Médio - Técnico de Administração - CONDER - FGV - 2013
  • Nossa Missão

    Você e eu estamos na Terra para nos reproduzirmos. Nossa missão é transmitir os nossos genes, multiplicar a nossa espécie e dar o fora. Tudo o mais que fazemos, tudo a mais que nos acontece, ou é decorrência ou é passatempo. O que vem antes e depois dos nossos anos férteis é só o prólogo e o epílogo. Se a natureza quisesse otimizar seus métodos já nasceríamos púberes e morreríamos assim que nossos filhos, que também nasceriam púberes, pudessem criar seus filhos (púberes) sem a ajuda dos avós. Daria, no total, aí uns 35, 40 anos de vida, e adeus. O que resolveria a questão demográfica do planeta e, claro, os problemas da Previdência. Mas a Natureza nos dá o resto da vida - a infância e a velhice e todos os prazeres extrarreprodutivos do mundo, inclusive os sexuais - como brinde. Como um chaveiro, um agradecimento pela nossa colaboração.

    A laranjeira não existe para dar laranja, existe para produzir e espalhar sua própria semente. A fruta não é o objetivo da planta frutífera, é o que ela usa para carregar suas sementes, é o seu estratagema. Agradecer à laranjeira pela laranja é não entendê- la. Ela não sabe do que nós estamos falando. Suco? Doçura? Vitamina C? Eu?! Você e eu ficamos aí especulando sobre o que a vida quer de nós, e só o que a vida quer é continuar. Seja em nós e na nossa prole, seja na minhoca e na sua. Nossa missão, nossa explicação, é a mesma do rinoceronte e da anêmona. Estamos aqui para fazer outros iguais a nós. Isto que chamamos, carinhosamente, de "eu", com suas peculiaridades e sua biografia única, não é mais do que uma laranja personalizada. Um estratagema da Natureza, a polpa com que a Natureza protege a nossa semente e assegura a continuação da vida. Enfim, um grande mal-entendido.

    E os que passam pelo mundo sem se reproduzir? São caronas. Mas ganham o brinde da vida assim mesmo. A Natureza não discrimina.

    (VERÍSSIMO, Luis Fernando. O Globo, 22/09/2013)
  • "Tudo o mais que fazemos, tudo a mais que nos acontece, ou é decorrência ou é passatempo".

    Assinale a alternativa que apresenta um comentário adequado sobre os componentes desse período do texto.
  • 8 - Q29776.   Informática - Nível Médio - Técnico de Administração - CONDER - FGV - 2013
  • No Windows 7 BR, um funcionário da CONDER-BA está trabalhando em um microcomputador e, no momento, está utilizando os softwares MS Word, Paint e o browser Firefox Mozilla, em multitarefa.

    Para alternar o acesso entre esses programas, o Windows 7 oferece um atalho de teclado que exibe uma janela de diálogo na tela, por meio da qual o funcionário escolhe o programa que deseja.

    Esse atalho de teclado é:
  • 10 - Q33682.   Atualidades - Nível Médio - Técnico de Administração - DPE PR - PUC-PR - 2012
  • Leia o texto abaixo, fragmento de notícia, e assinale a única assertiva que apresenta CORRETAMENTE o evento relacionado a ele:

    Ao contrário do que inicialmente esperavam as autoridades políticas, a quantidade de turistas tradicionais na cidade vem caindo, ao invés de aumentar, segundo a Associação Europeia de Operadores de Turismo (ETOA, na sigla em inglês) - que já havia alertado para essa possibilidade. "Estimamos que tenha havido, nesses primeiros dias de evento, uma queda de 50% no número de turistas tradicionais, embora os dados ainda não estejam consolidados", disse à BBC Brasil Tom Jenkins, diretor-executivo da ETOA. Segundo Jenkins, nesta época do ano (julho/agosto) a cidade recebe cerca de 1,1 milhão de visitantes por dia. O número desses turistas tradicionais, interessados em compras, museus e na cena cultural da cidade, teria caído para algo em torno de 550 mil. O problema, segundo Jenkins, é que esses visitantes estariam pouco interessados em outros programas e atrações - e por isso alguns setores do comércio, os táxis, os museus e os teatros estariam vendo seus lucros caírem. De acordo com a associação representa os principais museus, galerias e atrações turísticas da cidade, a frequência em seus estabelecimentos teve uma queda de até 35% nos últimos dias. Fonte: BBC Brasil, 01 de agosto de 2012. Adaptado.