← Início

Questões de Vestibulando - Exercícios com Gabarito

Questões de Vestibulando para Concurso Público com Gabarito. Exercícios com Respostas Resolvidas e Comentadas. Responda Online Grátis!

Thousands gathered at Taksim Square in Turkey to protest the court ________________ on Ethem Sarisülük’s case. Ethem Sarisülük was shot in the head by a policeman during Gezi protests and the murderer was released by the court pending a trial. 
Not only _____________ his house, but his wife also walked out on him.
Existem bactérias que inibem o crescimento de um fungo causador de doenças no tomateiro, por consumirem o ferro disponível no meio. As bactérias também fazem fixação de nitrogênio, disponibilizam cálcio e produzem auxinas, substâncias que estimulam diretamente o crescimento do tomateiro.

PELZER , G. Q. et al. Mecanismos de controle da murcha-de-esclerócio e promoção de crescimento em tomateiro mediados por rizobactérias.Tropical Plant Pathology, v. 36, n. 2, mar.-abr. 2011 (adaptado).

Qual dos processos biológicos mencionados indica uma relação ecológica de competição?
Texto associado.
1 Comunidade das pequenas salas de cinema, não muita
gente, e a que houver tocada em cheio como o coração tocado
por um dedo vibrante, tocada, a pequena assembleia humana,
4 por um sopro noturno, uma ação estelar. Não se vai lá em
busca de catarse direta, mas de arrebatamento, cegueira, transe.
Vão alguns em busca de beleza, dizem. É uma ciência de ritmo,
7 ciclo, luz miraculosamente regulada, uma ciência de espessura
e transparência da matéria? De todos os pontos da trama
luminosa, ao fundo da assembleia sentadamente muda
10 morrendo e ressuscitando segundo a respiração na noite das
salas, a mão instruída nas coisas mostra, rodando
quintuplamente esperta, a volta do mundo, a passagem de
13 campo a campo, fogo, ar, terra, água, éter, verdade
transmutada, forma. (...)
A escrita não substitui o cinema nem o imita, mas a
16 técnica do cinema, enquanto ofício propiciatório, suscita
modos esferográficos de fazer e celebrar. Olhos
contempladores e pensadores, mão em mãos seriais,
19 movimento, montagem da sensibilidade, música vista (ouçam
também com os olhos!) (...) O arroubo é uma atenção votada às
miúdas cumplicidades com o mundo, o mundo em frases, em
22 linhas fosforescentes, em texto revelado, como se diz que se
revela uma fotografia ou se revela um segredo. O poema, o
cinema, são inspirados porque se fundam na minúcia e no rigor
25 das técnicas da atenção ardente.
Alimentamo-nos de imagens emendadas,
representações conjugadas simbolicamente, pontos fortes e
28 luminosos, pensamentos bucais (...). A imagem é um ato pelo
qual se transforma a realidade, é uma gramática profunda no
sentido em que refere que o desejo é profundo, e profunda a
31 morte, e a vida ressurrecta.
Herberto Helder Cinemas In: Relâmpago: Revista
de Poesia n º 3, 1998, p 7-8 (com adaptações)
Com relação ao texto Cinemas, do poeta português Herberto
Helder, e a aspectos a ele relacionados, julgue os itens de 1 a 8 e
assinale a opção correta no item 9, que é do tipo C.
No mundo globalizado, o novo mapa mundo é formado por
redes financeiras, tecnológicas, educacionais e culturais,
expressas por meio das redes sociais e da mídia. Nesse
contexto, a informação que circula pelo planeta é a produzida
e controlada em grande parte pelos países ricos: Los Angeles
e o Vale do Silício, localizados na Califórnia, costa oeste dos
Estados Unidos da América, por exemplo, são lugares sede dos
centros de produção e difusão da indústria do cinema e da
tecnologia para o restante do mundo.
Texto associado.
Um gênero musical no Brasil que sabe se reinventar é o
sertanejo. Os números provam que o método funciona: das cem
músicas mais tocadas nas rádios em 2017, oitenta e sete delas eram
músicas sertanejas. O gigante do streaming Spotify também
observou que o gênero liderou com folga todos os s principais
rankings nacionais, tanto no top 10 de artistas quanto de álbuns e
de músicas. O termo música sertaneja deriva do recorte territorial
denominado sertão. As origens dessa denominação de localização
geográfica derivam da língua portuguesa trazida ao Brasil no
período colonial.
Internet: www uol/entretenimento/especiais/musica-sertaneja (com adaptações)
Considerando o texto precedente como motivador, julgue os itens
que se seguem.
O sertão, enquanto recorte territorial, corresponde às regiões onde o clima semiárido predomina. 
Texto associado.
Sobre o gênero canção popular brasileira, conforme vem sendo proposto nas leituras obrigatórias do concurso vestibular, assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as seguintes afirmações.
 ( ) A letra da canção só pode ser analisada em sua complexidade, se aproximada à poesia clássica, já que a melodia é aspecto acessório na composição do gênero canção popular.
 ( ) A canção, assemelhada ao teatro, é gênero de performance, o que a diferencia de outros gêneros literários como o romance ou o conto. 
 ( ) A canção define-se pela articulação entre letra, melodia, harmonia e acompanhamento rítmico, sendo a indissociabilidade entre texto e música uma das potências do gênero.
 ( ) A canção, na experiência brasileira, tem papel fundamental na formação das sensibilidades, visto que é gênero com circulação em ambientes letrados e não letrados.
A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:
Texto associado.
Instrução: A questão refere-se aos poemas de Fernando Pessoa. 
Leia as seguintes afirmações sobre os poemas “Autopsicografia” e “Isto”. 
I - Em ambos os poemas, são apresentados os princípios de Pessoa para a construção da poesia, constituindo-se como “arte poética”. 
II - Nos dois poemas, não há referência à figura do leitor. 
III- Em ambos os poemas, o sujeito lírico admite construir sua poética inventando e falseando.
Quais estão corretas?
No conto “Amor”, de Clarice Lispector, a percepção da personagem Ana, em relação ao seu mundo, é alterada de forma significativa pelo seguinte acontecimento: 
Texto associado.
Working for on demand startups like Uber and TaskRabbit is supposed to offer flexible hours and higher wages, but many workers have found the pay lower and the hours less flexible than they expected. Even more surprising: 8 percent of those chauffeuring passengers and 16 percent of those making deliveries said they lack personal autoinsurance.

Those are among the findings from a survey about the work life of independent contractors for on-demand startups, a booming sector of the tech industry, being released Wednesday.

"We want to shed light on the industry as a whole," said Isaac Madan, a Stanford master s candidate in bioinformatics who worked with two other Stanford students and a recent alumnus on the survey of 1,330 workers. "People need to understand how this space will change and evolve and help the economy."

On-demand, often called the sharing economy, refers to companies that let users summon workers via smartphone apps to handle all manner of services: rides, cleaning, chores, deliveries, car parking, waiting in lines. Almost uniformly, those workers are independent contractors rather than salaried employees.

That status is the main point of contention in a recent rash of lawsuits in which workers are filing for employee status. While the survey did not directly ask

contractors if they would prefer to be employees, it found that their top workplace desires were to have paid health insurance, retirement benefits and paid time off for holidays, vacation and sick days - all perks of full time workers. Respondents also expressed interest in having more chances for advancement, education sponsorship, disability insurance and human relations support. Because respondents were recruited rather than randomly selected, the survey does not claim to be representational but a conclusion one may come to is that flexibility ofnew jobs comes with a cost. Not all workers are prepared for that!

SFChronicle.com and SFGate.com, May 20, 2015. Adaptado
Outro resultado da mesma pesquisa indica que
Texto associado.
Rondó dos cavalinhos
1 Os cavalinhos correndo,
E nós, cavalões, comendo...
Tua beleza, Esmeralda,
4 Acabou me enlouquecendo.
Os cavalinhos correndo,
E nós, cavalões, comendo...
7 O sol tão claro lá fora
E em minhalma — anoitecendo!
Os cavalinhos correndo,
10 E nós, cavalões, comendo...
Alfonso Reyes partindo,
E tanta gente ficando...
13 Os cavalinhos correndo,
E nós, cavalões, comendo...
A Itália falando grosso,
16 A Europa se avacalhando...
Os cavalinhos correndo,
E nós, cavalões, comendo...
19 O Brasil politicando,
Nossa! A poesia morrendo...
O sol tão claro lá fora,
22 O sol tão claro, Esmeralda,
E em minhalma — anoitecendo!
Manuel Bandeira. Antologia poética. Rio de
Janeiro: Nova Fronteira, 2001, p. 104.
Acerca do poema Rondó dos cavalinhos, de Manuel Bandeira, publicado originalmente em 1936, em outra versão, com o título Rondó do Jockey Club, julgue o item.
A brutalidade sugerida pelo emprego do termo “cavalões” para descrever a si mesmo e àqueles com quem divide a mesa revela o desconforto do eu-lírico com seu lugar no mundo.