Questões de Concursos Biologia

  • Questão 53082.   Biologia - Bioquímica - Nível Superior - Primeiro Tenente - CIAAR - BD - 2013

  • O quadro clínico de um paciente com tricomoníase, ainda que sugestivo, não é constante, nem específico. A demonstração do parasito é essencial para um diagnóstico seguro. A amostra a ser coletada é a de secreção vaginal. Porém, se os parasitos forem pouco abundantes e o exame a fresco negativo, deve-se semear o material no meio da cultura  
  • Questão 53083.   Biologia - Bioquímica - Nível Superior - Primeiro Tenente - CIAAR - BD - 2013

  • “Colocar certa quantidade de fezes sobre uma folha de papel e sobre essa amostra a tela de nylon, comprimindo-a sobre a matéria fecal com o auxílio de um aplicador. Raspar, com este aplicador, a parte de matéria fecal que passou para cima da tela e transportá-la para a lâmina de vidro. Esse material, livre das fibras e partículas grosseiras contidas na evacuação, representa uma fração onde se encontram os ovos mais concentrados. Cobrir com a lamínula de celofane embebida em glicerina e comprimi-la, a fim de que o material se espalhe bem sob a lamínula. Esperar até que a preparação fique suficientemente transparente. Examinar ao microscópio com aumento médio a seco”. A descrição anterior refere-se ao exame parasitológico de fezes denominado método de  
  • Questão 53084.   Biologia - Bioquímica - Nível Superior - Primeiro Tenente - CIAAR - BD - 2013

  • O método de Willis é um exame parasitológico de fezes muito utilizado para o diagnóstico de cistos de protozoários e de alguns ovos de helmintos. O princípio deste método é que estes cistos e ovos, devido à sua densidade,
  • Questão 53085.   Biologia - Bioquímica - Nível Superior - Primeiro Tenente - CIAAR - BD - 2013

  • Num exame direto ao microscópio de um material de fezes frescas, observou-se um ovo com rolhas polares proeminentes e com casca lisa. De acordo com a descrição anterior, é correto afirmar que este paciente está infectado com o parasita  
  • Questão 53086.   Biologia - Bioquímica - Nível Superior - Primeiro Tenente - CIAAR - BD - 2013

  • Assinale a alternativa que apresenta o método mais seguro e amplamente utilizado no diagnóstico de malária.  
  • Questão 53087.   Biologia - Bioquímica - Nível Superior - Primeiro Tenente - CIAAR - BD - 2013

  • Anemias hemolíticas são resultantes do aumento do ritmo de destruição dos eritrócitos. Por outro lado, devido à hiperplasia eritropoiética e expansão da medula óssea, a anemia propriamente dita pode não ser observada até que a sobrevida eritrocitária seja inferior a 30 dias. Assinale a alternativa que apresenta um achado laboratorial que representa um sinal do aumento da produção eritroide. 
  • Questão 53088.   Biologia - Bioquímica - Nível Superior - Primeiro Tenente - CIAAR - BD - 2013

  • O exame da distensão sanguínea, essencial para o diagnóstico de anemia, identifica as variações no tamanho e na forma dos eritrócitos. Na anemia causada por deficiência de ferro encontra-se  
  • Questão 53089.   Biologia - Bioquímica - Nível Superior - Primeiro Tenente - CIAAR - BD - 2013

  • A metemoglobinemia pode ocorrer devido à deficiência hereditária de NADH, herança de uma hemoglobina estruturalmente anormal ou, ainda, pela presença de drogas ou substâncias tóxicas na circulação sanguínea. Nestas condições, o paciente costuma ter cianose. Qual alteração estrutural está presente neste estado clínico?  
  • Questão 53090.   Biologia - Bioquímica - Nível Superior - Primeiro Tenente - CIAAR - BD - 2013

  • O aumento dos neutrófilos circulantes a níveis acima de 7,5 x 109 /L é uma das alterações mais comuns no hemograma. A neutrofilia é acompanhada de febre, resultante da liberação de pirogênios dos leucócitos. Assinale a alternativa que apresenta causa de neutrofilia. 
  • Questão 53091.   Biologia - Bioquímica - Nível Superior - Primeiro Tenente - CIAAR - BD - 2013

  • A anemia aplástica, definida como uma pancitopenia resultante de aplasia da medula óssea, pode ser provocada pela diminuição da função da medula óssea ou aumento de destruição periférica. O aumento da destruição periférica é atribuído à