Questões de Concursos ANS

Resolva Questões de Concursos ANS Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 2 - Q20352.   Enfermagem - Nível Superior - Especialista em Regulação - ANS - FCC - 2007
  • Determinado serviço de enfermagem mantém uma estrutura administrativa de valorização de regras e normas, e a área de enfermagem caracteriza-se por ter técnicos especializados, com comportamentos e posições estrategicamente definidos pelos gestores. Este contexto administrativo é característico da teoria  
  • 4 - Q20471.   Direito Sanitário - Nível Superior - Temporário Superior 1 - ANS - FEC - 2010
  • Por débito (para com a Agência Nacional de Saúde Suplementar) consolidado das operadoras de planos de assistência à saúde entende-se o débito:
  • 6 - Q20351.   Enfermagem - Nível Superior - Especialista em Regulação - ANS - FCC - 2007
  • De acordo com o artigo 9o do Decreto no 94.406 de 8/6/1987, que dispõe sobre o exercício da Enfermagem, uma das atividades da enfermagem obstétrica é
  • 7 - Q20324.   Português - Nível Superior - Especialista em Regulação - ANS - FCC - 2007
  • Atenção: As questões de números 01 a 10 baseiam-se no texto abaixo.

    A Norma (1831) é claramente uma ópera que encena, numa suposta rebelião gaulesa contra a tutela romana na Antiguidade, a desejada libertação dos italianos em face das potências estrangeiras − no caso, certamente a Áustria − que lhes vedam a independência e a unidade nacional. Como é de praxe em boa parte das óperas italianas do século XIX, ao posicionamento progressista nas grandes questões sociais ou nacionais se opõe um lastro, geralmente ocultado, que é de natureza mais propriamente pessoal, e serve de enorme peso − inconsciente, posto que até então desconhecido − contra aquela tomada de partido em favor [...] do “bem” ou, pelo menos, da justiça e do progresso. Esse modelo aparece, para citarmos apenas algumas óperas, nas Vespri siciliani e no Trovatore de Verdi; poder-se-ia argumentar que a Traviata procede do mesmo modo. Assim, um recorte se delineia inicialmente, a opor as causas progressistas (a pátria livre, seja ela a Gália, a Sicília ou qualquer outra; a defesa dos pobres; a união de quem se ama) ao que existe de mais retrógrado; porém, a dramaticidade não procederá do conflito, num mesmo nível, entre progressistas e reacionários, mas da irrupção, no âmago mesmo da causa revolucionária avançada, de um elemento pessoal marcado pelo acumpliciamento secreto, arcaico e culpável com o inimigo. Dessa forma, o herói libertador dos sicilianos nas Vespri é na verdade filho ilegítimo do governador francês, o trovador, na ópera homônima, é o irmão perdido de seu próprio perseguidor − e aqui, na Norma, a sacerdotiza suprema dos gauleses é amante do chefe romano. É isso o que dilacera a alma, tanto do atorcantor como do expectador-ouvinte, e confere a essas óperas seu caráter trágico. (RIBEIRO, Renato Janine. Iracema ou a fundação do Brasil. In FREITAS, Marcos Cezar de (Org.). Historiografia brasileira em perspectiva. 5.ed., São Paulo: Contexto, 2003, p. 406)
  • Acerca de recursos de pontuação empregados no texto, afirma-se corretamente que