Questões de Concursos CBTU METROREC

Resolva Questões de Concursos CBTU METROREC Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 1 - Q13152.   Conhecimentos Específicos - Gestão de Pessoas - Nível Superior - Administrador - CBTU METROREC - CONSULPLAN - 2014
  • “As pessoas fazem as coisas acontecerem, são elas que conduzem os negócios, produzem e prestam serviços. As organizações mais bem-sucedidas investem em treinamentos para garantir bons retornos.” (Chiavenato, 2010.)

    Em relação ao treinamento, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

    ( ) Processo que promove a aquisição de habilidades, conceitos ou atitudes, melhorando a adequação das características do funcionário às exigências do seu cargo.

    ( ) Pode ser entendido como algo pontual, voltado para o presente e para as situações que necessitem de um aprimoramento rápido.

    ( ) Processo a longo prazo de aperfeiçoamento das capacidades dos funcionários com o objetivo de torná-los membros valiosos para a organização.

    ( ) Tem como foco o desempenho futuro das pessoas na organização; e as organizações utilizam métodos que auxiliam nesse processo, como, por exemplo, a participação em cursos e seminários.

    A sequência está correta em
  • 2 - Q13139.   Português - Nível Superior - Administrador - CBTU METROREC - CONSULPLAN - 2014
  • Todo escritor é útil ou nocivo, um dos dois. É nocivo se escreve coisas inúteis, se deforma ou falsifica (mesmo inconscientemente) para obter um efeito ou um escândalo; se se conforma sem convicção a opiniões nas quais não acredita. É útil se acrescenta à lucidez do leitor, livra-o da timidez ou dos preconceitos, faz com que veja e sinta o que não teria visto nem sentido sem ele. Se meus livros são lidos e atingem uma pessoa, uma única, e lhe trazem uma ajuda qualquer, ainda que por um momento, considero-me útil. E como acredito na duração infinita de todas as pulsões, como tudo prossegue e se reencontra sob uma outra forma, essa utilidade pode estender-se bastante longe no tempo. Um livro pode dormir cinquenta anos ou dois mil anos, em um canto de biblioteca, e de repente eu o abro, e nele descubro maravilhas ou abismos, uma linha que me parece ter sido escrita apenas para mim. O escritor, nisso, não difere do ser humano em geral: tudo o que dizemos, tudo o que fazemos se conduz mais ou menos. É preciso tentar deixar atrás de nós um mundo um pouco mais limpo, um pouco mais belo do que era, mesmo que esse mundo seja apenas um quintal ou uma cozinha.
    (Marguerite Yourcenar. De olhos abertos. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1983.)
  • Com base no trecho “[...] se conforma sem convicção a opiniões nas quais não acredita.”, é correto afirmar que
  • 4 - Q22893.   Direito Administrativo - Nível Superior - Analista de Gestão - CBTU METROREC - CONSULPLAN - 2014
  • Sobre bens públicos, assinale a alternativa INCORRETA
  • 5 - Q22642.   Português - Nível Médio - Assistente de Manutenção - CBTU METROREC - CONSULPLAN - 2014
  • A reconstrução da democracia

    A sociedade brasileira acorda para os 50 anos de um trauma que viveu em sua história democrática. O golpe de 1964 atrasou a consolidação das bases da democracia brasileira e o alargamento de suas vias de desenvolvimento político, socioeconômico e cultural. É extremamente oportuno trazer à memória os eventos arbitrários que levaram à destituição do presidente João Goulart, que cumpria legítimo mandato democrático. Tais eventos abriram ao país os terríveis anos de chumbo, fechando as portas da liberdade com a instalação de 21 anos de ditadura.

    Todos os desdobramentos, danos e reflexos daquele fatídico 31 de março devem ser lembrados como aprendizado, como antídoto a eliminar, de pronto, eventuais sinais de ameaça que venham a pairar sobre o Estado democrático de Direito.

    Regimes de exceção perpetuam privilégios, disseminam a injustiça, atrasam o desenvolvimento, comprometem as perspectivas de emancipação do povo e fecham as janelas do futuro de uma nação.

    As sociedades atuais encontraram nas legislações de caráter democrático a referência para estabilizar a convivência entre os homens, sob a base ampla de direitos e deveres comuns a todos. Nesse contexto está a advocacia, profissão com status constitucional que defende os direitos dos cidadãos junto ao Estado, exercendo extraordinária função de caráter social. Na moldura arbitrária e sombria imposta aos brasileiros entre 1964 e 1985, a advocacia emergiu como principal defensora da cidadania, a despeito de pressões, prisões, ameaças e abusos de toda a espécie que se abateram sobre seus quadros.

    A seccional paulista e o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) enfrentaram corajosamente os governos militares pela salvaguarda das prerrogativas dos advogados em seu papel de defesa dos presos e perseguidos políticos, procurando-os em delegacias, quartéis e em centros clandestinos de detenção e tortura. Pesava aí não apenas a demanda pela legalidade processual, mas a urgência da preservação da vida. É sabido que centenas de brasileiros, vítimas de prisões arbitrárias, acabaram mortos sob tortura.

    A advocacia emergiu na linha de frente pela reconstrução da ordem democrática, mesmo nos anos mais duros da repressão. Conduziu as bandeiras libertárias a um Congresso que atuava com direitos mínimos e controlados, aos representantes do Judiciário, à imprensa, às entidades organizadas da sociedade civil, às praças. Viveu-se nesse tempo sob a imposição de atos institucionais, como o AI-5, que estabeleceu o estado de sítio, suspendeu direitos políticos e cassou o habeas corpus daqueles acusados de crimes contra a Lei de Segurança Nacional.

    Momento digno de nota, porque memorável, foi a leitura da “Carta aos Brasileiros” pelo jurista Goffredo Telles Júnior. Em 8 de agosto de 1977, sob as arcadas da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, ele conclamou a volta da democracia, do “Estado de Direito, já”. Goffredo justifica o brado dizendo-se representante da família do Direito, uma “família indestrutível, espalhada por todos os rincões da pátria”.

    Nos duros anos do regime militar, os advogados, em todos os espaços do país, assumiram com destemor seu papel em defesa dos cidadãos e da normalidade institucional. Alguns desses nomes ainda permanecem à frente de ações que, hoje, buscam promover o resgate da memória nacional e da verdade, em uma demonstração de que o caminho mais viável para o Brasil superar seus imensos desafios passa, necessariamente, pela democracia.

    (Marcos da Costa. Folha de São Paulo. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/opiniao/2014/04/1434430-marcos-da-costa-a- reconstrucao-da-democracia.shtml. Adaptado.)
  • No trecho “Todos os desdobramentos, danos e reflexos [...]devem ser lembrados como aprendizado, como antídoto a eliminar, [...]" (3º§), a palavra destacada sinaliza uma
  • 6 - Q13145.   Administração - Administração Geral - Nível Superior - Administrador - CBTU METROREC - CONSULPLAN - 2014
  • “Papel significa um conjunto de expectativas da organização a respeito do comportamento de uma pessoa. Cada papel representa atividades que o administrador conduz para cumprir as funções de planejar, organizar, dirigir e controlar.” (Chiavenato, 2003, p. 6.)

    Segundo Chiavenato (2003), podem ser identificados dez papéis específicos do administrador, divididos em categorias. Os papéis que envolvem eventos em que o administrador deve fazer uma escolha, requerendo tanto habilidades humanas quanto conceituais, denominam-se
  • 8 - Q22897.   Pedagogia - Nível Superior - Analista de Gestão - CBTU METROREC - CONSULPLAN - 2014
  • Considerando as diferentes características e as especificidades de cada abordagem entre os métodos de pesquisa qualitativos e quantitativos, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

    ( ) O método de pesquisa qualitativa analisa o comportamento humano, utilizando a observação naturalista e não controlada.
    ( ) Os métodos de pesquisa qualitativa são subjetivos e estão perto dos dados, orientados ao descobrimento; são exploratórios, descritivos e indutivos.
    ( ) Os métodos quantitativos são orientados à busca da magnitude e das causas dos fenômenos sociais, sem interesse pela dimensão subjetiva e utilizam procedimentos controlados.
    ( ) Os métodos de pesquisa qualitativa assumem uma realidade estática, são orientados aos resultados, replicáveis e generalizáveis.

    A sequência está correta em
  • 9 - Q13148.   Administração - Administração Geral - Nível Superior - Administrador - CBTU METROREC - CONSULPLAN - 2014
  • “Na medida em que o ambiente se torna mutável e turbulento, a incerteza dele aumenta e o número de exceções cresce – o que pode levar a hierarquia à sobrecarga. A organização precisa recorrer a novas alternativas de desenho organizacional para coordenar suas atividades, podendo recorrer a alternativas de desenho organizacional, a fim de reduzir ou aumentar a quantidade de informação processada.” (Chiavenato, 2003.)

    São alternativas criadas para reduzir ou aumentar a quantidade de informação processada, EXCETO:
  • 10 - Q22891.   Direito Administrativo - Nível Superior - Analista de Gestão - CBTU METROREC - CONSULPLAN - 2014
  • A Lei nº 9.784/99 dispõe sobre os critérios que deverão ser observados nos processos administrativos, dos quais NÃO se inclui: