Questões de Concursos COREN SP

Resolva Questões de Concursos COREN SP Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 1 - Questão 8626.   Matemática - Nível Médio - Agente Administrativo - COREN SP - VUNESP - 2013
  • Uma caixa d’água de formato cúbico, cuja aresta mede 2 metros, estava completamente cheia. Para esvaziá-la, abriu-se uma torneira cuja vazão, constante, é de 8 litros a cada 30 segundos. Se a torneira foi aberta às 8h 30min, então essa caixa d’água estará totalmente vazia às
  • 2 - Questão 8612.   Conhecimentos Gerais - Atualidades - Nível Médio - Agente Administrativo - COREN SP - VUNESP - 2013
  • O presidente dos EUA, Barack Obama, visitou neste domingo a notória prisão de Robben Island, onde o líder da luta contra o apartheid na África do Sul, (...), ficou 18 dos 27 anos em que permaneceu preso.

    O líder antiapartheid e ex-presidente sul-africano (...) continua hospitalizado em um centro médico de Pretória. Segundo as últimas informações, ele permanece estável, mas em condições críticas.

    (http://oglobo.globo.com/mundo/ obama-visita-prisao-...-8862517, 30.06.2013)

    Esse líder e ex-presidente sul-africano é
  • 3 - Questão 30412.   Conhecimentos Específicos - Política - Nível Médio - Agente Administrativo - COREN SP - VUNESP - 2013
  • Em comunicado, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, elogiou o acordo feito com a Rússia (...). Mas ressaltou que caso o regime de Bashar al-Assad não cumpra o acordado, os Estados Unidos permanecem prontos para uma ação militar. (...)

    Segundo o presidente dos Estados Unidos, o país continuará o trabalho com a Rússia, Reino Unido, França e Nações Unidas para que o processo continue e seja cumprido. “Se a diplomacia falhar, os Estados Unidos permanecem preparados para atacar”, informou Obama.

    (http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,eua-seguempreparados-para-taque-na-siria,1074740,0.htm, 14.09.2013)

    O motivo alegado para essa ação militar na Síria foi
  • 4 - Questão 11363.   Matemática - Nível Médio - Telefonista - COREN SP - VUNESP - 2013
  • Uma clínica recebeu 840 seringas de 5 mL, 1 440 seringas de 10 mL e 600 seringas de 20 mL, e quer distribuí-las em pacotes, sem misturar tamanhos, de modo que não haja sobras. Todos os pacotes devem ter a mesma quantidade de seringas, e essa quantidade deve ser a maior possível. Nessas condições, o número de pacotes formados será igual a
  • 5 - Questão 11354.   Atendimento - Nível Médio - Telefonista - COREN SP - VUNESP - 2013
  • A qualidade no atendimento faz toda a diferença, portanto, o(a) telefonista deve ter uma postura de atendimento ideal, ou seja, é esperado que ele(a)
  • 6 - Questão 30403.   Português - Interpretação de Textos - Nível Médio - Agente Administrativo - COREN SP - VUNESP - 2013
  • Leia o texto para responder às questões de números 01 a 06.
    Matrimônio à brasileira 

      No Brasil, essas tradições foram implantadas desde os primeiros tempos coloniais, seguindo as mesmas regras do modelo social português católico, que regeu os valores e costumes da colônia durante séculos. Embora os grupos familiares fossem dispersos, a instituição familiar firmou-se no país tendo como base o casamento, a priori realizado entre grupos de convívio ou parentelas, para não dispersarem o patrimônio adquirido.
      Diante disso, urgia que viessem para a colônia mulheres brancas. Poderiam ser órfãs ou meretrizes, diziam os jesuítas. Pouco importava que essas mulheres não fossem de família. O importante é que estivessem em condições de se casar com os colonos, pertencentes a diferentes classes sociais, pois casar-se com mulheres nativas, ou negras escravas, não teria o mesmo valor social de casar-se com mulheres da corte.
      Contrariando esses ideais, os homens que vieram povoar a colônia deitavam-se constantemente com as mulheres nativas e negras, comprovando que as práticas da irracionalidade do instinto se contrapunham à racionalidade das normas, gerando repúdio aos que pretendiam moralizar a sociedade em formação no Brasil. Degredo, confisco de bens, acusações de crime, entre outras, eram as punições impostas para quem fosse preso sob a alegação de ter realizado ou testemunhado um casamento fora dos moldes cristãos.
      Pelo tipo de casamento imposto pelo Arcebispado da Bahia para efetivar o casamento cristão, os noivos deveriam apresentar à autoridade uma documentação provando serem solteiros e batizados, além de aguardar denúncias do pregão colocado na porta da igreja durante três domingos. (...)Mas essa documentação custava muito caro e se constituiu em grande entrave para a realização do casamento cristão, levando os homens a se envolverem com mulheres nativas ou negras, desviando-se dos interesses da Igreja.
      Para burlar essas normas, homens e mulheres uniam-se em concubinato, que pouco se afastava da prática do casamento cristão.(...) O casal ia à missa, com suas testemunhas, e esperava a hora em que o padre se voltasse ao público, ou para dar a bênção ou para descer do altar, para juntos se receberem em voz alta como marido e mulher. O padre, desprevenido, não podia negar sua condição de testemunha do ato, sacramentando a união. Mas nem todos os casais buscavam a bênção e, diante da enorme clandestinidade, a Igreja insistia para que o Estado português acabasse de vez com essas uniões.

    (Maria Beatriz Nader. História Viva. ed.119. set.2013. Adaptado) (www2.uol.com.br/historiaviva/reportagens/matrimonio_a_brasileira.html?)
  • No trecho – Contrariando esses ideais, os homens que vieram povoar a colônia deitavam-se constantemente com as mulheres nativas e negras, comprovando que as práticas da irracionalidade do instinto se contrapunham à racionalidade das normas, gerando repúdio aos que pretendiam moralizar a sociedade em formação no Brasil. (3.º parágrafo) – a palavra destacada pode ser substituída, sem prejuízo do sentido do texto, por
  • 7 - Questão 30406.   Português - Nível Médio - Agente Administrativo - COREN SP - VUNESP - 2013
  • Leia o texto para responder às questões de números 07 a 13.
    Conama decide sobre resíduos em adubo 

      O Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) decidirá se aprova uma resolução que regulariza o uso de resíduos industriais como matéria-prima para a produção de adubos. Essa resolução tem causado protestos de ambientalistas e motivou a realização de um abaixo-assinado, contrário à aprovação, na página de petições on-line Avaaz.
      A preocupação está no fato de que tais resíduos - como cinzas, lama e escória de processos de produção de ligas de metais - ao mesmo tempo que trazem micronutrientes essenciais para a produção de fertilizantes (cobre, manganês, molibdênio e zinco), carregam metais pesados com potencial cancerígeno.
      O assunto está em discussão no Conama há cerca de oito anos e voltou à pauta neste ano, diante da sensação de que, como a prática acontece de qualquer jeito, seria preciso regulamentá-la. Pela proposta, se fosse feito um tratamento desses resíduos, e dentro de determinados limites de contaminantes, seria possível o uso desse material em adubos. Uma série de pareceres anexados ao processo, até mesmo do Ministério da Saúde, aponta, entretanto, que não há limite mínimo seguro para a presença de metais pesados.
      O risco é que metais como chumbo, mercúrio, arsênio, cromo e cádmio se acumulem no solo e na água, contaminando as plantas, os animais e os seres humanos.
      Segundo o ambientalista Carlos Bocuhy, membro do Conama que liderou o abaixo-assinado, a resolução se insere no que ele chama de “processo de conformação” sobre procedimentos que já ocorrem.
      “Só porque acontecem, não significa que devam ser regulamentados. Se isso for aprovado, vai parar na Justiça, é uma questão de constitucionalidade. Passa a ser um problema de saúde pública”, afirma.
      Um outro parecer, feito por pesquisadores da USP e da Federal do ABC, também traz conclusão semelhante e ainda acrescenta que o uso desses resíduos pode criar barreiras à exportação de produtos agrícolas.
      O Instituto Brasileiro de Proteção Ambiental (Proam) defende uma proposta alternativa de resolução em que o uso desses resíduos industriais só seja admitido em duas possibilidades. Ou se extraem deles os elementos de interesse para os fertilizantes, ou se eliminam totalmente os metais pesados.
      O promotor ambiental de São Paulo, Adriano A. de Souza, lembra que a fragilidade da proposta se deve à inexistência de controle eficiente em torno de contaminações do solo.

    (O Estado de S.Paulo, 4 set.2013. Adaptado)
  • No trecho – O assunto está em discussão no Conama há cerca de oito anos e voltou à pauta neste ano, diante da sensação de que, como a prática acontece de qualquer jeito, seria preciso regulamentá-la. (3.º parágrafo) –, a forma la (l + pronome pessoal oblíquo a = la) refere-se a
  • 8 - Questão 11359.   Conhecimentos Gerais - Atualidades - Nível Médio - Telefonista - COREN SP - VUNESP - 2013
  • No início do ano, uma pesquisa do Ipea (...) indicou que o principal problema de 58% dos brasileiros que procuram atendimento na rede pública é a falta de médicos. (...) A presidente Dilma Rousseff assinou uma medida provisória e três editais para tentar dar um basta a essa situação dramática em que está envolta a saúde pública do país. Trata-se da criação do programa Mais Hospitais, Mais Médicos.

    (Istoé, 10.07.2013. Adaptado)

    São medidas desse programa
  • 9 - Questão 8616.   Conhecimentos Gerais - Atualidades - Nível Médio - Agente Administrativo - COREN SP - VUNESP - 2013
  • Durante nove horas, o estudante de marketing David Miranda, de 28 anos, ficou preso numa sala do aeroporto Heathrow, em Londres, interrogado por sete policiais britânicos. Sob o constante aviso de que seria preso com base na lei antiterror, caso não “cooperasse”, só teve acesso a um advogado na última hora. (...) Namorado de Glenn Greenwald, colunista do jornal inglês The Guardian e autor de reportagens sobre (...), David Miranda vê a detenção como um recado a jornalistas que fazem reportagens com base em documentos do ex-analista da NSA Edward Snowden. (Época, 26.08.2013)
    Essas reportagens de Greenwald referem-se
  • 10 - Questão 8621.   Matemática - Nível Médio - Agente Administrativo - COREN SP - VUNESP - 2013
  • Antes do início da última rodada de certo jogo, a diferença entre o número de fichas de Mônica e o de Lívia era igual a 20. Na última rodada, ambas perderam 6 fichas cada, e assim, Mônica ficou com o triplo do número de fichas de Lívia. Desse modo, é correto afirmar que o número de fichas de Mônica, no final desse jogo, era igual a