Questões de Concursos CPOS

Resolva Questões de Concursos CPOS Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 1 - Questão 30363.   Conhecimentos Específicos - Eletrotécnica - Nível Médio - Tecnólogo em Eletrotécnica - CPOS - NOROESTE - 2014
  • Considerando os processos de inspeção e manutenção de linhas de transmissão, analise as assertivas e, em seguida, assinale a alternativa CORRETA.

    I. Durante o processo de inspeção devem ser verificados o estado da estrutura e seus elementos, a altura dos cabos elétricos e as condições da faixa de servidão.
    II. As atividades de manutenção são realizadas nas salas de máquinas, salas de comando, junto a painéis elétricos energizados ou não, junto a barramentos elétricos, instalações de serviço auxiliar, entre outros.
    III. A manutenção consiste apenas na substituição e manutenção de isoladores, de elementos para- raios, de elementos das torres e estruturas e sinalizadores dos cabos.
    IV. A inspeção de linhas de transmissão não contempla a área da extensão da linha de domínio.

    As inspeções são realizadas periodicamente por terra ou por helicóptero.
  • 2 - Questão 30353.   Conhecimentos Gerais - Nível Médio - Tecnólogo em Eletrotécnica - CPOS - NOROESTE - 2014
  • A respeito da Lei n° 11.705 de 19 de junho de 2008, popularmente conhecida como Lei Seca, responda: dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência, o condutor será penalizado de que forma?
  • 3 - Questão 30362.   Conhecimentos Específicos - Eletrotécnica - Nível Médio - Tecnólogo em Eletrotécnica - CPOS - NOROESTE - 2014
  • Sobre geradores elétricos, assinale a alternativa CORRETA.
  • 4 - Questão 30344.   Português - Nível Médio - Tecnólogo em Eletrotécnica - CPOS - NOROESTE - 2014
  • Assinale a alternativa em que todas as palavras apresentem nove fonemas.
  • 5 - Questão 30347.   Português - Interpretação de Textos - Nível Médio - Tecnólogo em Eletrotécnica - CPOS - NOROESTE - 2014
  • Leia o texto para responder as questões de 5 a 12.

    As impressões digitais são realmente únicas? (...) “não há, no mundo, duas pessoas com relevos idênticos, nem mesmo gêmeos. Por isso as impressões digitais são um sinal infalível de identidade.”
    (...) como se pode afirmar isso se não há um banco de dados com digitais de todas as pessoas do mundo?

    Não há duas impressões digitais iguais porque a estatística e a biologia nos garantem isso. Como não há duas pessoas absolutamente iguais, não há como ter uma com a mesma impressão digital da outra. Quando há casos de digitais muito parecidas, os papilocopistas - possivelmente o nome de profissão mais legal que existe - analisam mais linhas das mãos até encontrar as diferenças, por menores que elas sejam.
    A impressão digital é composta de inúmeras particularidades. Cada pessoa possui um desenho específico, composto pelas elevações da pele. A formação da digital é resultado da influência genética e também dos movimentos do feto na barriga da mãe. Isso aí, os primeiros rolezinhos do bebê produzem marcas características nos dedos.
    Além dos movimentos na barriga, os sentimentos da mãe e o que ela come interferem na formação das impressões digitais. Nem as digitais de gêmeos univitelinos, que têm o DNA idêntico, são iguais. Elas são muito parecidas, mas os efeitos externos fazem com que apresentem diferenças.
    A papiloscopia, ciência que estuda as linhas das mãos e dos pés, separa pontos de referência em cada impressão digital que vão ser usados para a comparação computadorizada entre duas pessoas. Antônio Maciel Aguiar Filho, presidente da Federação Nacional de Papiloscopia, afirma que atualmente as análises são muito precisas.
    “Mesmo que a impressão fosse extremamente parecida, eu ainda poderia verificar a posição dos poros, orifícios por onde saem o suor”, explica.
    Em todo caso, sinta-se livre para fazer esse banco de dados com as impressões digitais de 7 bilhões de pessoas.

    Superinteressante, 08/05/2014
  • “A papiloscopia, ciência que estuda as linhas das mãos e dos pés, separa pontos de referência em cada impressão digital que vão ser usados para a comparação computadorizada entre duas pessoas.” O termo em destaque é um (uma)
  • 6 - Questão 30366.   Conhecimentos Específicos - Eletrotécnica - Nível Médio - Tecnólogo em Eletrotécnica - CPOS - NOROESTE - 2014
  • O estado de instalação desenergizada deve ser mantido até a autorização para reenergização, devendo ser reenergizada respeitando uma seqüência de procedimentos. Indique a ordem seqüencial dos procedimentos e assinale a alternativa CORRETA.

    ( ) Retirada da zona controlada de todos os trabalhadores não envolvidos no processo de reenergização.
    ( ) Retirada das ferramentas, utensílios e equipamentos.
    ( ) Remoção da sinalização de impedimento de reenergização.
    ( ) Remoção do aterramento temporário, da equipotencialização e das proteções adicionais.
    ( ) Destravamento, se houver, e religação dos dispositivos de seccionamento.
  • 7 - Questão 30365.   Conhecimentos Específicos - Eletrotécnica - Nível Médio - Tecnólogo em Eletrotécnica - CPOS - NOROESTE - 2014
  • Os estabelecimentos com carga instalada superior a 75 kW devem constituir e manter o Prontuário de Instalações Elétricas, que dispensa a inclusão
  • 9 - Questão 30350.   Português - Interpretação de Textos - Nível Médio - Tecnólogo em Eletrotécnica - CPOS - NOROESTE - 2014
  • Leia o texto para responder as questões de 5 a 12.

    As impressões digitais são realmente únicas? (...) “não há, no mundo, duas pessoas com relevos idênticos, nem mesmo gêmeos. Por isso as impressões digitais são um sinal infalível de identidade.”
    (...) como se pode afirmar isso se não há um banco de dados com digitais de todas as pessoas do mundo?

    Não há duas impressões digitais iguais porque a estatística e a biologia nos garantem isso. Como não há duas pessoas absolutamente iguais, não há como ter uma com a mesma impressão digital da outra. Quando há casos de digitais muito parecidas, os papilocopistas - possivelmente o nome de profissão mais legal que existe - analisam mais linhas das mãos até encontrar as diferenças, por menores que elas sejam.
    A impressão digital é composta de inúmeras particularidades. Cada pessoa possui um desenho específico, composto pelas elevações da pele. A formação da digital é resultado da influência genética e também dos movimentos do feto na barriga da mãe. Isso aí, os primeiros rolezinhos do bebê produzem marcas características nos dedos.
    Além dos movimentos na barriga, os sentimentos da mãe e o que ela come interferem na formação das impressões digitais. Nem as digitais de gêmeos univitelinos, que têm o DNA idêntico, são iguais. Elas são muito parecidas, mas os efeitos externos fazem com que apresentem diferenças.
    A papiloscopia, ciência que estuda as linhas das mãos e dos pés, separa pontos de referência em cada impressão digital que vão ser usados para a comparação computadorizada entre duas pessoas. Antônio Maciel Aguiar Filho, presidente da Federação Nacional de Papiloscopia, afirma que atualmente as análises são muito precisas.
    “Mesmo que a impressão fosse extremamente parecida, eu ainda poderia verificar a posição dos poros, orifícios por onde saem o suor”, explica.
    Em todo caso, sinta-se livre para fazer esse banco de dados com as impressões digitais de 7 bilhões de pessoas.

    Superinteressante, 08/05/2014
  • Elas são muito parecidas” O pronome destacado na frase retoma qual termo citado anteriormente no texto?
  • 10 - Questão 30345.   Português - Interpretação de Textos - Nível Médio - Tecnólogo em Eletrotécnica - CPOS - NOROESTE - 2014
  • Leia o texto para responder as questões de 5 a 12.

    As impressões digitais são realmente únicas? (...) “não há, no mundo, duas pessoas com relevos idênticos, nem mesmo gêmeos. Por isso as impressões digitais são um sinal infalível de identidade.”
    (...) como se pode afirmar isso se não há um banco de dados com digitais de todas as pessoas do mundo?

    Não há duas impressões digitais iguais porque a estatística e a biologia nos garantem isso. Como não há duas pessoas absolutamente iguais, não há como ter uma com a mesma impressão digital da outra. Quando há casos de digitais muito parecidas, os papilocopistas - possivelmente o nome de profissão mais legal que existe - analisam mais linhas das mãos até encontrar as diferenças, por menores que elas sejam.
    A impressão digital é composta de inúmeras particularidades. Cada pessoa possui um desenho específico, composto pelas elevações da pele. A formação da digital é resultado da influência genética e também dos movimentos do feto na barriga da mãe. Isso aí, os primeiros rolezinhos do bebê produzem marcas características nos dedos.
    Além dos movimentos na barriga, os sentimentos da mãe e o que ela come interferem na formação das impressões digitais. Nem as digitais de gêmeos univitelinos, que têm o DNA idêntico, são iguais. Elas são muito parecidas, mas os efeitos externos fazem com que apresentem diferenças.
    A papiloscopia, ciência que estuda as linhas das mãos e dos pés, separa pontos de referência em cada impressão digital que vão ser usados para a comparação computadorizada entre duas pessoas. Antônio Maciel Aguiar Filho, presidente da Federação Nacional de Papiloscopia, afirma que atualmente as análises são muito precisas.
    “Mesmo que a impressão fosse extremamente parecida, eu ainda poderia verificar a posição dos poros, orifícios por onde saem o suor”, explica.
    Em todo caso, sinta-se livre para fazer esse banco de dados com as impressões digitais de 7 bilhões de pessoas.

    Superinteressante, 08/05/2014
  • O texto aborda em seu tema