Questões de Concursos Fundação Casa

Resolva Questões de Concursos Fundação Casa Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 1 - Questão 2250.   Matemática - Nível Médio - Agente Administrativo - Fundação Casa - VUNESP - 2010
  • Para uma prova, 150 candidatos deveriam ser acomodados nas salas A, B, C e D de um colégio, com capacidade para receber 60, 50, 40 e 30 candidatos, respectivamente. A organização decidiu preencher inicialmente todos os lugares da sala menor, e os candidatos restantes foram repartidos entre as demais salas de forma diretamente proporcional à capacidade de cada uma. O número de lugares não ocupados na sala de maior capacidade foi igual a
  • 2 - Questão 8629.   Direito Administrativo - Nível Superior - Analista Administrativo - Fundação Casa - VUNESP - 2013
  • Para a Administração Pública, os vencimentos dos cargos do Poder Legislativo e do Poder Judiciário
  • 3 - Questão 2234.   Português - Nível Médio - Agente Administrativo - Fundação Casa - VUNESP - 2010
  • Síndrome de Suri

    RIO DE JANEIRO – Temo estar perdendo maravilhas, mas
    nunca vi um filme com Katie Holmes. Sei que é mulher de um
    ator chamado Tom Cruise, de quem também só assisti a “De Olhos
    Bem Fechados”, por causa do diretor Stanley Kubrick, e que o
    casal tem uma filha de 3 anos, Suri, que vive saindo na mídia por
    usar sapatos de salto alto, tomar vinho tinto e ter seu próprio
    cartão de crédito.
    Holmes e Cruise devem ter suas razões – despreparo, carreirismo
    ou deslumbramento – para permitir tal precocidade na
    biografia da filha. Nas reportagens sobre Suri, os ortopedistas
    alertam para o fato de que saltos altos são incompatíveis com uma
    estrutura óssea cuja formação, segundo eles, só se completará aos
    12 ou 13 anos. Além de serem uma garantia de dores, calos e
    joanetes para Suri e, na vida adulta, de pernas curtas e dificuldade
    para caminhar. Esses alertas, pelo visto, caem no vazio.
    O problema não se limita a Hollywood ou a filhos de pais
    famosos. No Brasil, talvez mais que em outros países, há meninas
    entre 3 e 10 anos com hora marcada no salão para depilar a sobrancelha,
    aplicar “luzes” no cabelo ou fazer tratamento contra
    celulite. Toda garota quer se parecer com a mãe, é normal. O
    problema é quando os fabricantes de cosméticos, sutiãs etc. assumem
    o controle dessa estética infantil e passam a impô-la às
    crianças com a conivência das mães.
    O humanista americano Neil Postman (1931-2003) alertou para
    esse problema num grande livro de 1982, “O Desaparecimento da
    Infância” (há versão brasileira, pela editora Graphia). Todas as
    previsões de Postman se confirmaram: sem saber, estamos gerando
    crianças-adultos, que dificilmente chegarão à maturidade.

    (Folha de S.Paulo, 14.12.2009)
  • Na frase – "... os fabricantes de cosméticos, sutiãs etc. assumem o controle dessa estética infantil e passam a impô-la às crianças com a conivência das mães." – entende-se que as mães
  • 4 - Questão 8653.   Português - Nível Superior - Analista Administrativo - Fundação Casa - VUNESP - 2013
  •                                          Cultura matemática


    Hélio Schwartsman


         SÃO PAULO - Saiu mais um estudo mostrando que o ensino de matemática no Brasil não anda bem. A pergunta é: podemos viver sem dominar o básico da matemática? Durante muito tempo, a resposta foi sim. Aqueles que não simpatizavam muito com Pitágoras podiam simplesmente escolher carreiras nas quais os números não encontravam muito espaço, como direito, jornalismo, as humanidades e até a medicina de antigamente.
         Como observa Steven Pinker, ainda hoje, nos meios universitários, é considerado aceitável que um intelectual se vanglorie de ter passado raspando em física e de ignorar o beabá da estatística. Mas ai de quem admitir nunca ter lido Joyce ou dizer que não gosta de Mozart. Sobre ele recairão olhares tão recriminadores quanto sobre o sujeito que assoa o nariz na manga da camisa.
         Joyce e Mozart são ótimos, mas eles, como quase toda a cultura humanística, têm pouca relevância para nossa vida prática. Já a cultura científica, que muitos ainda tratam com uma ponta de desprezo, torna-se cada vez mais fundamental, mesmo para quem não pretende ser engenheiro ou seguir carreiras técnicas.
         Como sobreviver à era do crédito farto sem saber calcular as armadilhas que uma taxa de juros pode esconder? Hoje, é difícil até posicionar-se de forma racional sobre políticas públicas sem assimilar toda a numeralha que idealmente as informa. Conhecimentos rudimentares de estatística são pré-requisito para compreender as novas pesquisas que trazem informações relevantes para nossa saúde e bem-estar.
         A matemática está no centro de algumas das mais intrigantes especulações cosmológicas da atualidade. Se as equações da mecânica quântica indicam que existem universos paralelos, isso basta para que acreditemos neles? Ou, no rastro de Eugene Wigner, podemos nos perguntar por que a matemática é tão eficaz para exprimir as leis da física.

                                                                         (Folha de S.Paulo. 06.04.2013. Adaptado).
  • Conhecimentos rudimentares de estatística são pré-requisito para compreender as novas pesquisas que trazem informações relevantes para nossa saúde e bem-estar. (4.º parágrafo)

    Sem que haja alteração de sentido do trecho, as palavras em destaque podem ser substituídas, correta e respectivamente, por:
  • 5 - Questão 15353.   Serviço Social - Nível Superior - Assistente Social - Fundação Casa - CETRO - 2014
  • Além da adoção das correções gramaticais e ortográficas no Código de Ética do Assistente Social, de modo a aperfeiçoá-lo e adequá-lo às novas regras da Língua Portuguesa, a Resolução CFESS nº 594/2011 substitui a designação
  • 6 - Questão 2239.   Português - Nível Médio - Agente Administrativo - Fundação Casa - VUNESP - 2010
  • Síndrome de Suri

    RIO DE JANEIRO – Temo estar perdendo maravilhas, mas
    nunca vi um filme com Katie Holmes. Sei que é mulher de um
    ator chamado Tom Cruise, de quem também só assisti a “De Olhos
    Bem Fechados”, por causa do diretor Stanley Kubrick, e que o
    casal tem uma filha de 3 anos, Suri, que vive saindo na mídia por
    usar sapatos de salto alto, tomar vinho tinto e ter seu próprio
    cartão de crédito.
    Holmes e Cruise devem ter suas razões – despreparo, carreirismo
    ou deslumbramento – para permitir tal precocidade na
    biografia da filha. Nas reportagens sobre Suri, os ortopedistas
    alertam para o fato de que saltos altos são incompatíveis com uma
    estrutura óssea cuja formação, segundo eles, só se completará aos
    12 ou 13 anos. Além de serem uma garantia de dores, calos e
    joanetes para Suri e, na vida adulta, de pernas curtas e dificuldade
    para caminhar. Esses alertas, pelo visto, caem no vazio.
    O problema não se limita a Hollywood ou a filhos de pais
    famosos. No Brasil, talvez mais que em outros países, há meninas
    entre 3 e 10 anos com hora marcada no salão para depilar a sobrancelha,
    aplicar “luzes” no cabelo ou fazer tratamento contra
    celulite. Toda garota quer se parecer com a mãe, é normal. O
    problema é quando os fabricantes de cosméticos, sutiãs etc. assumem
    o controle dessa estética infantil e passam a impô-la às
    crianças com a conivência das mães.
    O humanista americano Neil Postman (1931-2003) alertou para
    esse problema num grande livro de 1982, “O Desaparecimento da
    Infância” (há versão brasileira, pela editora Graphia). Todas as
    previsões de Postman se confirmaram: sem saber, estamos gerando
    crianças-adultos, que dificilmente chegarão à maturidade.

    (Folha de S.Paulo, 14.12.2009)
  • Em – "No Brasil, talvez mais que em outros países,..." – o advérbio em destaque expressa sentido de
  • 7 - Questão 2226.   Eca - Nível Médio - Agente Administrativo - Fundação Casa - VUNESP - 2010
  • Da apuração de ato infracional cometido por adolescente, pode-se afirmar que
  • 8 - Questão 15345.   Direito Constitucional - Nível Superior - Assistente Social - Fundação Casa - CETRO - 2014
  • Segundo a Constituição Federal de 1988, constitui(em) crime(s) de responsabilidade do Prefeito Municipal:

    I. efetuar repasse que supere os limites definidos na Constituição Federal de 1988.
    II. não enviar o repasse até o dia vinte de cada mês.
    III. enviar o repasse a menor em relação à proporção fixada na Lei Orçamentária.

    É correto o que está contido em
  • 9 - Questão 2233.   Português - Nível Médio - Agente Administrativo - Fundação Casa - VUNESP - 2010
  • Síndrome de Suri

    RIO DE JANEIRO – Temo estar perdendo maravilhas, mas
    nunca vi um filme com Katie Holmes. Sei que é mulher de um
    ator chamado Tom Cruise, de quem também só assisti a “De Olhos
    Bem Fechados”, por causa do diretor Stanley Kubrick, e que o
    casal tem uma filha de 3 anos, Suri, que vive saindo na mídia por
    usar sapatos de salto alto, tomar vinho tinto e ter seu próprio
    cartão de crédito.
    Holmes e Cruise devem ter suas razões – despreparo, carreirismo
    ou deslumbramento – para permitir tal precocidade na
    biografia da filha. Nas reportagens sobre Suri, os ortopedistas
    alertam para o fato de que saltos altos são incompatíveis com uma
    estrutura óssea cuja formação, segundo eles, só se completará aos
    12 ou 13 anos. Além de serem uma garantia de dores, calos e
    joanetes para Suri e, na vida adulta, de pernas curtas e dificuldade
    para caminhar. Esses alertas, pelo visto, caem no vazio.
    O problema não se limita a Hollywood ou a filhos de pais
    famosos. No Brasil, talvez mais que em outros países, há meninas
    entre 3 e 10 anos com hora marcada no salão para depilar a sobrancelha,
    aplicar “luzes” no cabelo ou fazer tratamento contra
    celulite. Toda garota quer se parecer com a mãe, é normal. O
    problema é quando os fabricantes de cosméticos, sutiãs etc. assumem
    o controle dessa estética infantil e passam a impô-la às
    crianças com a conivência das mães.
    O humanista americano Neil Postman (1931-2003) alertou para
    esse problema num grande livro de 1982, “O Desaparecimento da
    Infância” (há versão brasileira, pela editora Graphia). Todas as
    previsões de Postman se confirmaram: sem saber, estamos gerando
    crianças-adultos, que dificilmente chegarão à maturidade.

    (Folha de S.Paulo, 14.12.2009)
  • Na opinião dos ortopedistas, Suri
  • 10 - Questão 8637.   Eca - Direito da Criança e do Adolescente - Nível Superior - Analista Administrativo - Fundação Casa - VUNESP - 2013
  • As entidades de atendimento, previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente, são responsáveis pela manutenção das próprias unidades, assim como pelo planejamento e execução de programas de proteção e socioeducativos destinados a crianças e adolescentes, em regime, entre outros, de: