Questões de Concursos FURNAS

Resolva Questões de Concursos FURNAS Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 1 - Questão 1719.   Enfermagem - Nível Médio - Técnico de enfermagem - FURNAS - FUNRIO - 2009
  • Segundo o Manual do Técnico e Auxiliar de Enfermagem, o nodo sino-atrial é o marcapasso do coração, porque recebe o estímulo e distribui a carga elétrica para todo o coração, e está localizado na parte
  • 2 - Questão 1732.   Português - Nível Médio - Técnico de enfermagem - FURNAS - FUNRIO - 2009
  • Instruções: Para responder às questões 1 a 5, considere o seguinte parágrafo, que inicia o conto “A noite em que prenderam
    Papai Noel”, de José Eduardo Agualusa:

    O velho Pascoal tinha uma barba comprida, branca, esplendorosa, que lhe caía em tumulto pelo peito. Estilo? Não: era
    apenas miséria. Mas foi por causa daquela barba que ele conseguiu trabalho. Por isso e por ter nascido albino, pele de osga e
    piscos olhinhos cor-de-rosa, sempre escondidos por detrás de uns enormes óculos escuros. Naquela época já nem pensava mais
    em procurar emprego, certo de que morreria em breve numa rua qualquer da cidade, mais de tristeza que de fome, pois para se
    alimentar bastava-lhe a sopa que todas as noites lhe dava o General, e uma ou outra côdea de pão descoberta nos contentores.
    À noite dormia na cervejaria, na mesa de bilhar, enrolado num cobertor, outro favor do General, e sonhava com a piscina.
  • A primeira frase do texto fala da barba do velho Pascoal e diz que ela “lhe caía em tumulto pelo peito”. Para introduzir essa informação, o autor empregou o pronome relativo QUE. Se o trecho fosse alterado com a intenção de se empregar, dentro das normas da língua padrão, um outro pronome relativo, o resultado poderia ser o seguinte:
  • 3 - Questão 1749.   Enfermagem - Nível Médio - Técnico de enfermagem - FURNAS - FUNRIO - 2009
  • Em um paciente com infusão venosa no membro superior direito, o técnico de enfermagem observou, em parte do trajeto venoso, a presença de calor local, hiperemia e edema discreto. Esses sinais, de acordo com Lima e Matão (2006), indicam a seguinte anormalidade:
  • 4 - Questão 1718.   Enfermagem - Nível Médio - Técnico de enfermagem - FURNAS - FUNRIO - 2009
  • De acordo com a Lei 7.498/86, que dispõe sobre a Regulamentação do Exercício da Enfermagem, as atividades do Técnico de Enfermagem, quando desempenhadas em instituições de saúde públicas e privadas e em programas de saúde,
  • 6 - Questão 1748.   Enfermagem - Nível Médio - Técnico de enfermagem - FURNAS - FUNRIO - 2009
  • Para se determinar o número de microgotas por minuto para a infusão venosa de uma solução, pode-se utilizar a seguinte fórmula matemática, conforme indicam Lima e Matão (2006):
  • 7 - Questão 1737.   Português - Nível Médio - Técnico de enfermagem - FURNAS - FUNRIO - 2009
  • Instruções: Para responder às questões 6 a 10, considere o seguinte texto, transcrito da coluna do Jornal do Brasil, que noticia
    lançamentos de discos. A nota comenta o CD “DE BEM COM A VIDA”, de Alberto Rosenblit:

    Autor de trilhas sonoras de novelas e minisséries globais – boa parte do clima bossanovista do Leblon de Manoel
    Carlos se deve a ele – Alberto Rosenblit reúne, em seu segundo disco, nomes como Ney Matogrosso, Ivan Lins, Zélia Duncan
    e Lenine nos vocais. A canção Leblon, parceria com Costa Netto, abre o disco em clima solar; a reverência à cidade e suas
    cores segue em Beco das Garrafas, Pixinguinha morreu de rir (ambas com Paulinho Tapajós) e Esperei (com Joyce).
  • Ao classificar o clima das novelas de Manoel Carlos como “bossanovista”, o jornalista fez uso do mesmo processo de formação de palavras que ocorre em
  • 8 - Questão 1740.   Português - Nível Médio - Técnico de enfermagem - FURNAS - FUNRIO - 2009
  • Instruções: Para responder às questões 6 a 10, considere o seguinte texto, transcrito da coluna do Jornal do Brasil, que noticia
    lançamentos de discos. A nota comenta o CD “DE BEM COM A VIDA”, de Alberto Rosenblit:

    Autor de trilhas sonoras de novelas e minisséries globais – boa parte do clima bossanovista do Leblon de Manoel
    Carlos se deve a ele – Alberto Rosenblit reúne, em seu segundo disco, nomes como Ney Matogrosso, Ivan Lins, Zélia Duncan
    e Lenine nos vocais. A canção Leblon, parceria com Costa Netto, abre o disco em clima solar; a reverência à cidade e suas
    cores segue em Beco das Garrafas, Pixinguinha morreu de rir (ambas com Paulinho Tapajós) e Esperei (com Joyce).
  • O acento indicativo de crase empregado em “a reverência à cidade e suas cores” está corretamente mantido na seguinte reescritura do trecho:
  • 9 - Questão 1739.   Português - Nível Médio - Técnico de enfermagem - FURNAS - FUNRIO - 2009
  • Instruções: Para responder às questões 6 a 10, considere o seguinte texto, transcrito da coluna do Jornal do Brasil, que noticia
    lançamentos de discos. A nota comenta o CD “DE BEM COM A VIDA”, de Alberto Rosenblit:

    Autor de trilhas sonoras de novelas e minisséries globais – boa parte do clima bossanovista do Leblon de Manoel
    Carlos se deve a ele – Alberto Rosenblit reúne, em seu segundo disco, nomes como Ney Matogrosso, Ivan Lins, Zélia Duncan
    e Lenine nos vocais. A canção Leblon, parceria com Costa Netto, abre o disco em clima solar; a reverência à cidade e suas
    cores segue em Beco das Garrafas, Pixinguinha morreu de rir (ambas com Paulinho Tapajós) e Esperei (com Joyce).
  • Ao escrever que “Alberto Rosenblit reúne nomes como Ney Matogrosso, Ivan Lins, Zélia Duncan e Lenine nos vocais”, o autor do texto empregou um verbo que tem a mesma transitividade utilizada em
  • 10 - Questão 1741.   Português - Nível Médio - Técnico de enfermagem - FURNAS - FUNRIO - 2009
  • Para responder às questões 11 a 14, considere a letra da canção “Dom João”, de Octavio Burnier e Reinaldo Pimenta:

    Deus salve Dom João!
    Sete cavaleiros perguntaram por quê,
    Sete navegantes perguntaram pra quê
    E sete corvos responderam nunca mais.
    Sete corvos rindo: nunca mais.

    Deus salve Dom João!
    Sete cavaleiros responderam talvez,
    Sete navegantes responderam depois
    E sete corvos responderam nunca mais.
    Sete corvos rindo: nunca mais.

    Nas memórias, nos corações,
    Beijos do mesmo amor.
    Nas bocas dos canhões,
    Morrem gritos de sangue e dor.

    Salve o rei e sua espada cega e gentil!
    Salve o rei e o meu silêncio valendo ouro,
    Seu tesouro, meu azar.
    Meu desdouro, seu tesouro, azar.
    Meu azar de ouro, seu bazar.
    Meu agouro ouro, seu azar.
  • O eu poético da canção emprega a primeira pessoa do singular apenas na última estrofe, mas se percebe a subjetividade do texto desde o início da canção pelo uso de alguns recursos linguísticos, como