Questões de Concursos IPREJUN

Resolva Questões de Concursos IPREJUN Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 2 - Q46954.   Contabilidade - Nível Médio - Assistente Técnico de Contabilidade - IPREJUN - MAKIYAMA - 2012
  • Analise as afirmativas abaixo: 

    I As Despesas Correntes são as de natureza operacional, realizadas para a manutenção dos equipamentos e para o funcionamento de órgãos governamentais; 
    II As Despesas Correntes dividem-se em: a) Despesas de Custeio; b) Transferências Correntes; 
    III As Transferências Correntes são divididas em: a) Subvenções Sociais; b) Subvenções Orçamentárias e Extra Orçamentárias; c) Subvenções Econômicas. 

    Assinale a alternativa correta:
  • 3 - Q46930.   Português - Nível Médio - Assistente Técnico de Contabilidade - IPREJUN - MAKIYAMA - 2012
  • Ruivos, uni-vos 

    Vítimas de bullying, “cabeças de cenoura” dão a volta por cima. 

    por Marcela Donini 

                Duas senhoras morenas flanavam nas imediações da Usina do Gasômetro, em Porto Alegre, numa tarde ensolarada de sábado, quando se depararam com a cena inusitada: um grupo de ruivos sob a sombra de uma árvore. Se já não é usual encontrar um único ruivo pelas ruas da cidade, mais de vinte deles juntos é uma raridade. Intrigadas, perguntaram com ironia se aquilo era alguma manifestação de classe. Obtiveram como resposta que, sim, estava em curso naquele lugar o 2º Encontro de Ruivos da capital gaúcha. [...] 
                O encontro de Porto Alegre podia chamar a atenção dos incautos, mas não era exatamente uma novidade. Desde 2005, a cidade de Breda, na Holanda, reúne milhares de ruivos todos os anos, no primeiro fim de semana de setembro, batizado de Roodharigendag (Dia dos Ruivos). [...] 
                Os ruivos de Porto Alegre não estavam, pois, sozinhos. Faziam parte de uma pequena legião, cada vez mais organizada. Alguns se divertiam com o livro Redheads, do fotógrafo Uwe Dietz, uma coletânea de retratos repletos de peles branquinhas, olhos claros, rostos sardentos e cabeleiras que variam entre alaranjadas e avermelhadas. [...] 
                Num mundo dominado por opressivas cabeleiras pretas, castanhas e loiras, em quase todo lugar não há infância tranquila para quem nasce com o cabelo cor de fogo. Tocha humana, água de salsicha, cabeça de fósforo, crush, lagosta, ferrugem, fofão, foguinho - eis alguns apelidos de que costumam ser vítimas quando crianças. “Na época isso nem se chamava bullying, mas era exatamente o que faziam conosco, os cavalos de fogo, os cabeças de cenoura”, relembrou uma enfermeira que compareceu ao encontro ao lado da irmã gêmea. Um dos rapazes presentes jurou ter catalogado mais de sessenta alcunhas recebidas na infância - mas tratou de esquecê-las após a puberdade. 
                Na Idade Média, crianças ruivas eram vistas como fruto do sexo proibido e tinham parte com o diabo. A Inquisição perseguiu as mulheres ruivas, condenando-as, quando pôde, à fogueira. A julgar pelo prefácio do livro de Uwe Dietz que os gaúchos consumiam, seria tudo culpa de Judas Iscariotes, frequentemente retratado como ruivo. Contraexemplos não faltam: Cristóvão Colombo, Galileu Galilei, Van Gogh e muitos outros.

    (http://revistapiaui.estadao.com.br/edicao-65/esquina/ruivos-uni-vos, texto adaptado)
    Obs: O texto apresenta um título e um subtítulo: “Ruivos, uni-vos” e “Vítimas de bullying, “cabeças de cenoura” dão a volta por cima.
  • Os termos destacados no trecho A Inquisição perseguiu as mulheres ruivas, condenando-assão respectivamente:
  • 4 - Q46955.   Contabilidade - Nível Médio - Assistente Técnico de Contabilidade - IPREJUN - MAKIYAMA - 2012
  • Analise as afirmativas abaixo: 

    I Em Contabilidade, a Despesa é conceituada como o consumo de um bem ou serviço que, direta ou indiretamente, contribui para a geração de receitas; 
    II A Despesa Pública pode ser definida em duas acepções: a) Financeira; b) Econômica; 
    III Despesa Pública Financeira: desembolso de recursos voltados para o custeio da máquina pública, bem como para investimentos públicos que são denominados gastos de capital; 
    IV Despesa Pública Econômica: gasto ou promessa de gasto de recursos em função da realização de serviços que visam atender às finalidades constitucionais do Estado. 

    Assinale a alternativa correta:
  • 6 - Q46938.   Matemática - Nível Médio - Assistente Técnico de Contabilidade - IPREJUN - MAKIYAMA - 2012
  • Três digitadores igualmente eficientes levam exatamente três horas para executar um determinado trabalho de digitação. Duas horas após o início desse trabalho um dos digitadores precisou se afastar e o trabalho foi concluído pelos outros dois digitadores. Sabendo que o ritmo de trabalho de cada digitador foi constante durante toda a digitação, podemos afirmar que o tempo total gasto para concluir o trabalho foi de:
  • 7 - Q46952.   Contabilidade - Nível Médio - Assistente Técnico de Contabilidade - IPREJUN - MAKIYAMA - 2012
  • São Receitas de Capital: 

    I As provenientes de capital financeiro investido; 
    II As provenientes da realização de recursos financeiros oriundos da constituição de dívidas; 
    III As provenientes da conversão, em espécie, de bens e direitos; os recursos recebidos de outras pessoas de direito público ou privado, destinados a atender despesas classificáveis em Despesas de Capital; 
    IV As provenientes do superávit do Orçamento Corrente.
  • 8 - Q46932.   Matemática - Nível Médio - Assistente Técnico de Contabilidade - IPREJUN - MAKIYAMA - 2012
  • Adriano se endividou com seu cartão de crédito devido às contas do final do ano passado. Para sair dessa situação, resolveu contrair um empréstimo com seu amigo Luís. Sabendo que Luís emprestou R$ 3.500,00 a uma taxa de 1,5% a. m. no regime de juros simples e que Adriano pagará após um ano, qual será o montante pago por ele após tal período?
  • 9 - Q46951.   Contabilidade - Nível Médio - Assistente Técnico de Contabilidade - IPREJUN - MAKIYAMA - 2012
  • Uma empresa tem um determinado produto comercializado por R$ 1.600,00 cada unidade, sendo os Custos e Despesas Variáveis de R$ 1.200,00 por unidade e os Custos e Despesas Fixas totalizam R$ 8.000.000,00 por ano. Sabendo que a empresa investiu no Patrimônio R$ 20.000.000,00 e o mercado financeiro remunera uma rentabilidade líquida de 10% para o período, o Ponto de Equilíbrio Econômico será de:
  • 10 - Q46923.   Português - Nível Médio - Assistente Técnico de Contabilidade - IPREJUN - MAKIYAMA - 2012
  • Ruivos, uni-vos 

    Vítimas de bullying, “cabeças de cenoura” dão a volta por cima. 

    por Marcela Donini 

                Duas senhoras morenas flanavam nas imediações da Usina do Gasômetro, em Porto Alegre, numa tarde ensolarada de sábado, quando se depararam com a cena inusitada: um grupo de ruivos sob a sombra de uma árvore. Se já não é usual encontrar um único ruivo pelas ruas da cidade, mais de vinte deles juntos é uma raridade. Intrigadas, perguntaram com ironia se aquilo era alguma manifestação de classe. Obtiveram como resposta que, sim, estava em curso naquele lugar o 2º Encontro de Ruivos da capital gaúcha. [...] 
                O encontro de Porto Alegre podia chamar a atenção dos incautos, mas não era exatamente uma novidade. Desde 2005, a cidade de Breda, na Holanda, reúne milhares de ruivos todos os anos, no primeiro fim de semana de setembro, batizado de Roodharigendag (Dia dos Ruivos). [...] 
                Os ruivos de Porto Alegre não estavam, pois, sozinhos. Faziam parte de uma pequena legião, cada vez mais organizada. Alguns se divertiam com o livro Redheads, do fotógrafo Uwe Dietz, uma coletânea de retratos repletos de peles branquinhas, olhos claros, rostos sardentos e cabeleiras que variam entre alaranjadas e avermelhadas. [...] 
                Num mundo dominado por opressivas cabeleiras pretas, castanhas e loiras, em quase todo lugar não há infância tranquila para quem nasce com o cabelo cor de fogo. Tocha humana, água de salsicha, cabeça de fósforo, crush, lagosta, ferrugem, fofão, foguinho - eis alguns apelidos de que costumam ser vítimas quando crianças. “Na época isso nem se chamava bullying, mas era exatamente o que faziam conosco, os cavalos de fogo, os cabeças de cenoura”, relembrou uma enfermeira que compareceu ao encontro ao lado da irmã gêmea. Um dos rapazes presentes jurou ter catalogado mais de sessenta alcunhas recebidas na infância - mas tratou de esquecê-las após a puberdade. 
                Na Idade Média, crianças ruivas eram vistas como fruto do sexo proibido e tinham parte com o diabo. A Inquisição perseguiu as mulheres ruivas, condenando-as, quando pôde, à fogueira. A julgar pelo prefácio do livro de Uwe Dietz que os gaúchos consumiam, seria tudo culpa de Judas Iscariotes, frequentemente retratado como ruivo. Contraexemplos não faltam: Cristóvão Colombo, Galileu Galilei, Van Gogh e muitos outros.

    (http://revistapiaui.estadao.com.br/edicao-65/esquina/ruivos-uni-vos, texto adaptado)
    Obs: O texto apresenta um título e um subtítulo: “Ruivos, uni-vos” e “Vítimas de bullying, “cabeças de cenoura” dão a volta por cima.
  • No título Ruivos, uni-vos a autora do texto criou efeito entre as palavras ao fazer um jogo entre elas por meio de figuras de linguagem, das quais podemos destacar a: