Questões de Concursos Ministério do Esporte

Resolva Questões de Concursos Ministério do Esporte Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 1 - Questão 48814.   Atendimento - Atendimento ao Público - Nível Médio - Agente Administrativo - Ministério do Esporte - CESPE - 2008
  • O papel dos responsáveis pelo atendimento ao público é importante no relacionamento da instituição com seus usuários. O correto entendimento do significado de atendimento ao público com qualidade contribui para a sua eficácia. Julgue os itens a seguir, acerca da qualidade no atendimento ao público.

    As solicitações dos usuários devem ser respeitadas, desde que não sejam insólitas.
  • 2 - Questão 48760.   Arquivologia - Nível Superior - Arquivista - Ministério do Esporte - CESPE - 2008
  • Acerca da teoria e da prática de arranjo e descrição em arquivos permanentes, julgue o item.

    De acordo com Heloísa Bellotto, na ordenação interna dos fundos a fixação do grupo ou seção e do subgrupo ou subseção é feita por meio do órgão produtor, enquanto a série e a subsérie são definidas a partir das atividades e das espécies documentais.
  • 3 - Questão 48817.   Atendimento - Atendimento ao Público - Nível Médio - Agente Administrativo - Ministério do Esporte - CESPE - 2008
  • João tem como atribuição atender ao público, fornecendo informações sobre o que lhe é solicitado. Em algumas ocasiões, João irrita-se e entra em conflito com os usuários. Nessas situações, o atendente justifica-se aos colegas, argumentando que procede dessa forma devido a determinadas atitudes da clientela atendida.

    Em relação à situação hipotética apresentada, julgue os itens subseqüentes.

    Os conflitos podem apresentar aspectos positivos, caso façam com que as partes envolvidas aprendam a lidar com diferenças individuais.
  • 5 - Questão 48736.   Arquivologia - Nível Superior - Arquivista - Ministério do Esporte - CESPE - 2008
  •      Os arquivos de um determinado órgão da administração pública brasileira apresentam as seguintes características: dossiês de correspondência expedida e recebida; disposição cronológica dos documentos; classificação aleatória por assunto; mistura de documentos de arquivo com publicações sem relação direta coma organização; não-consideração de documentos técnicos e científicos como de arquivo; criação de depósitos (arquivo morto)de documentação semi-ativa e inativa sem qualquer tratamento;microfilmagem ou digitalização de acervos que não foram previamente classificados, avaliados e descritos; inexistência de cuidados básicos destinados a preservação física de acervos em qualquer suporte; descartes feitos com o critério básico de desocupação de espaços físicos ou, apenas, considerando os valores legais dos documentos.

    Luis Carlos Lopes. A informação e os arquivos. Teorias e práticas. Niterói: Ed UFF, 1996, p. 70-1 (com adaptações).

    A respeito do arquivo descrito no texto acima, julgue os seguintes itens.
     
    Percebe-se, pela descrição feita no texto, que a classificação adotada nos arquivos é do tipo funcional.
  • 6 - Questão 48724.   Arquivologia - Gestão de Documentos - Nível Superior - Arquivista - Ministério do Esporte - CESPE - 2008
  • A gestão de documentos originou-se da impossibilidadede se lidar, de acordo com moldes tradicionais, com as massascada vez maiores de documentos produzidos pelas administraçõespúblicas americanas e canadenses. Assim, com base nas soluções apontadas por comissões governamentais nomeadas para a reforma administrativa dos Estados Unidos da América e do Canadá, no final da década de 1940, foram estabelecidos princípios de racionalidade administrativa a partir da intervenção nas etapas do ciclo documental. 

    Maria Odila Fonseca. Informação, arquivos e instituições arquivísticas. In: Arquivo e administração. Rio de Janeiro, v. 1, n.º 1, p. 33-4, jan./jun/1998 (com adaptações).

    Considerando o texto acima, julgue os itens de 21 a 34, acerca do gerenciamento da informação e da gestão de documentos aplicados aos arquivos governamentais.
  • Na transferência de documentos para um depósito de massa documental acumulada, a perda que causa mais prejuízo é a da relação dos documentos com as atividades da organização.
  • 8 - Questão 48755.   Arquivologia - Nível Superior - Arquivista - Ministério do Esporte - CESPE - 2008
  •          Em 1989, por ocasião da II Conferência Européia de Arquivos, Francis Blouin falou sobre o crescente interesse dos arquivistas europeus e norte-americanos em retomar e adaptar a diplomática aos documentos modernos. Como recomendação dessa conferência, foi estabelecido que o desenvolvimento de uma moderna diplomática seria promovido por meio da pesquisa sobre a tipologia de documentos e os procedimentos de criação de documentos das instituições contemporâneas. 

    Rosely Rondinelli. Gerenciamento arquivístico de documentos eletrônicos. Rio de Janeiro: FGV, 2002, p. 45-6. (com adaptações).

    Tendo como referência o texto acima, julgue os itens a seguir, que se referem a tipologias documentais e suportes físicos.
     
    Os estágios de elaboração de um documento são as fases de processamento a que ele é submetido em seu processo de desenvolvimento, que podem ser o rascunho, a minuta, a cópia fiel e o original.
  • 9 - Questão 48747.   Arquivologia - Nível Superior - Arquivista - Ministério do Esporte - CESPE - 2008
  • A gestão de documentos originou-se da impossibilidadede se lidar, de acordo com moldes tradicionais, com as massascada vez maiores de documentos produzidos pelas administraçõespúblicas americanas e canadenses. Assim, com base nas soluções apontadas por comissões governamentais nomeadas para a reforma administrativa dos Estados Unidos da América e do Canadá, no final da década de 1940, foram estabelecidos princípios de racionalidade administrativa a partir da intervenção nas etapas do ciclo documental. 

    Maria Odila Fonseca. Informação, arquivos e instituições arquivísticas. In: Arquivo e administração. Rio de Janeiro, v. 1, n.º 1, p. 33-4, jan./jun/1998 (com adaptações).

    Considerando o texto acima, julgue os itens de 21 a 34, acerca do gerenciamento da informação e da gestão de documentos aplicados aos arquivos governamentais.
     
    O principal dado a ser coletado em um diagnóstico da situação arquivística de um órgão público é a quantificação de seu acervo documental.