Questões de Concursos Prefeitura de Cabaceiras PB

Resolva Questões de Concursos Prefeitura de Cabaceiras PB Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 1 - Questão 47832 - Português - Nível Superior - Professor de Educação Básica - Prefeitura de Cabaceiras PB - UFCG - 2014
  • Texto: 

    A Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe) diz que em 2012 as cidades brasileiras geraram quase 64 milhões de toneladas de resíduos sólidos. Lixo é decorrência de consumo, e consumo é termômetro de quanto anda uma economia. De modo geral, quanto mais rica uma população, mais poder de consumo ela tem; logo, mais lixo ela produz. Noruegueses, americanos, suíços e neozelandeses superam os 2,5 kg diários de lixo per capita. A taxa do Brasil, apesar do enriquecimento do País, ainda é menos que a metade disso. Há dez anos, nossa geração de lixo por habitante era de 955 g. Desde então, a população cresceu cerca de 10%, e o volume de lixo subiu 21%. Sinal do aumento do poder de consumo, graças especialmente aos 40 milhões de pessoas que engrossaram a classe média no período. Com isso, dá para sentir o aumento do rastro de bandejas de carne, caixas de leite e sacolas de shopping no caminho. Efeito colateral do enriquecimento. 

    Higiene, economia, preservação. Existem motivos para as embalagens existirem, é claro. E também existem profissionais especializados em buscar melhorias nelas, para que sejam mais úteis e menos dispendiosas. Enquanto isso, nós seguimos comprando e consumindo. A Associação Brasileira da Indústria do Plástico prevê que cada pessoa no Brasil consumirá 46 kg de plástico até 2015. Um aumento que acompanha a escalada global. Em 1950, a produção mundial de plástico era de 1,5 milhões de toneladas, coisa à toa. Atualmente, são 265 milhões de toneladas por ano. 

    Nos últimos anos, tem gente querendo reverter este lado menos útil e agressivo das embalagens. A maioria ainda são protótipos ou ações temporárias, mas já mostram um caminho. A Wikipearl, uma loja de Paris, vende sorvetes e iogurtes sem nenhuma embalagem plástica. Seus produtos vêm envoltos em uma tecnologia desenvolvida pelos criadores da empresa, que consiste em uma película feita de partículas naturais de comida que não absorve sujeira. Uma embalagem comestível, em suma. A Natura lançou uma linha de produtos cujas embalagens têm 70 % menos plástico. Ano passado o Bob"s embalou seus sanduíches com papel comestível. Todo ano, designers do mundo todo são premiados por criações que reduzem o desperdício, como o sul-coreano Yeong Keun Jeong, que inventou uma embalagem de manteiga com tampa em forma de faca. Mas são medidas pontuais. Ainda falta muito para termos embalagens mais inteligentes e funcionais em grande escala.

                                  (Felipe van Deursen, SUPER, dezembro de 2013, p. 74-76, adaptado)
  • Assinale a alternativa cujo título reúne as ideias contempladas no texto:
  • 2 - Questão 47849 - Pedagogia - Educação Infantil - Nível Superior - Professor de Educação Básica - Prefeitura de Cabaceiras PB - UFCG - 2014
  • Todas as alternativas abaixo se referem ao papel da escola e da intervenção pedagógica para o desenvolvimento do indivíduo, numa perspectiva vigotiskiana, EXCETO:
  • 3 - Questão 47847 - Pedagogia - Educação Infantil - Nível Superior - Professor de Educação Básica - Prefeitura de Cabaceiras PB - UFCG - 2014
  • A obra de Vigotski está voltada para a o estudo das funções psicológicas específicas do homem, isto é, o estudo da consciência. Em relação às contribuições vigotskianas sobre o desenvolvimento das funções psicológicas superiores, analise as proposições abaixo, marque V (verdadeiro) ou F(falso) e responda: 

    I. Conforme a perspectiva teórica de Vigotski, os processos psicológicos superiores têm uma origem social.
    II. De acordo com Vigotski, é o desenvolvimento que possibilita o despertar de processos internos do aprendizado.
    III. Para Vigotski o uso de sistemas de signos que servem de mediadores é, precisamente, o que origina a emergência dos processos psicológicos superiores. 

    A alternativa correta é:
  • 4 - Questão 47844 - Pedagogia - Educação Infantil - Nível Superior - Professor de Educação Básica - Prefeitura de Cabaceiras PB - UFCG - 2014
  • Todas as alternativas abaixo contemplam os objetivos do ensino da língua portuguesa na educação infantil brasileira, EXCETO:
  • 5 - Questão 47864 - Pedagogia - Nível Superior - Professor de Educação Básica - Prefeitura de Cabaceiras PB - UFCG - 2014
  • Em relação aos fundamentos filosóficos, psicológicos, sociológicos e históricos da educação, analise as afirmações abaixo e marque a alternativa INCORRETA:
  • 6 - Questão 47848 - Pedagogia - Educação Infantil - Nível Superior - Professor de Educação Básica - Prefeitura de Cabaceiras PB - UFCG - 2014
  • Em relação ao conceito de zona de desenvolvimento proximal, apresentado por Vigotski, analise as proposições abaixo e responda: 

    I. A zona de desenvolvimento proximal apresenta-se como uma região dinâmica em que se pode realizar a transição desde o funcionamento intermental até o intramental;
    II. O nível de desenvolvimento real corresponde às capacidades que o indivíduo já adquiriu e usa de uma maneira individual, autônoma.
    III. O nível de desenvolvimento proximal é relativo às capacidades que o indivíduo pode desenvolver mediante a ajuda, a orientação e a colaboração de indivíduos mais especializados que ele. 

    Está(ão) correta(s) apenas:
  • 8 - Questão 47858 - Pedagogia - Nível Superior - Professor de Educação Básica - Prefeitura de Cabaceiras PB - UFCG - 2014
  • Enumere a segunda coluna pela primeira, associando coerentemente cada método ou orientação metodológica à sua respectiva premissa. 

    (I) Método Waldorf
    (II) Construtivismo de Piaget
    (III) Sociointeracionismo de VYgotsky
    (IV) Pragmatismo de Dewey
    (V) Método Montessoriano 

    ( ) O ensino leva em conta as diferentes características de cada pessoa, atuando no desenvolvimento físico, anímico e espiritual.
    ( ) A formação se dá numa relação dialética entre o sujeito e a sociedade a seu redor, ressaltando o intercâmbio que cada pessoa estabelece com determinado ambiente, a chamada experiência pessoalmente significativa.
    ( ) É caracterizado por uma ênfase na independência, na liberdade com limites e no respeito pelo desenvolvimento natural das habilidades físicas, sociais e psicológicas da criança.
    ( ) Parte do princípio de que os alunos aprendem melhor realizando tarefas associadas aos conteúdos ensinados. Atividades manuais e criativas ganham destaque e as crianças passam a ser estimuladas a experimentar e pensar por si mesmas.
    ( ) Procura instigar a curiosidade, já que o aluno é levado a encontrar as respostas a partir de seus próprios conhecimentos, participando ativamente do próprio aprendizado, mediante a experimentação, a pesquisa em grupo, o estimulo a dúvida e o desenvolvimento do raciocínio, entre outros procedimentos.

    A associação correta é:
  • 9 - Questão 47850 - Pedagogia - Educação Infantil - Nível Superior - Professor de Educação Básica - Prefeitura de Cabaceiras PB - UFCG - 2014
  • Sobre a importância do brinquedo no desenvolvimento da criança, analise as proposições abaixo, de acordo com a perspectiva sociocultural, marque V (verdadeiro) ou F(falso) e responda: 

    I. O brinquedo cria zona de desenvolvimento proximal na criança.
    II. Na faz de conta, a criança é levada a agir num mundo imaginário, onde a situação é definida pelo significado atribuído à brincadeira e não pelos elementos reais, concretamente presentes no meio social.
    III. Enquanto uma situação imaginária, a brincadeira também é uma atividade livre, regida independentemente de regras. 

    A alternativa CORRETA é:
  • 10 - Questão 47837 - Português - Nível Superior - Professor de Educação Básica - Prefeitura de Cabaceiras PB - UFCG - 2014
  • Texto: 

    A Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe) diz que em 2012 as cidades brasileiras geraram quase 64 milhões de toneladas de resíduos sólidos. Lixo é decorrência de consumo, e consumo é termômetro de quanto anda uma economia. De modo geral, quanto mais rica uma população, mais poder de consumo ela tem; logo, mais lixo ela produz. Noruegueses, americanos, suíços e neozelandeses superam os 2,5 kg diários de lixo per capita. A taxa do Brasil, apesar do enriquecimento do País, ainda é menos que a metade disso. Há dez anos, nossa geração de lixo por habitante era de 955 g. Desde então, a população cresceu cerca de 10%, e o volume de lixo subiu 21%. Sinal do aumento do poder de consumo, graças especialmente aos 40 milhões de pessoas que engrossaram a classe média no período. Com isso, dá para sentir o aumento do rastro de bandejas de carne, caixas de leite e sacolas de shopping no caminho. Efeito colateral do enriquecimento. 

    Higiene, economia, preservação. Existem motivos para as embalagens existirem, é claro. E também existem profissionais especializados em buscar melhorias nelas, para que sejam mais úteis e menos dispendiosas. Enquanto isso, nós seguimos comprando e consumindo. A Associação Brasileira da Indústria do Plástico prevê que cada pessoa no Brasil consumirá 46 kg de plástico até 2015. Um aumento que acompanha a escalada global. Em 1950, a produção mundial de plástico era de 1,5 milhões de toneladas, coisa à toa. Atualmente, são 265 milhões de toneladas por ano. 

    Nos últimos anos, tem gente querendo reverter este lado menos útil e agressivo das embalagens. A maioria ainda são protótipos ou ações temporárias, mas já mostram um caminho. A Wikipearl, uma loja de Paris, vende sorvetes e iogurtes sem nenhuma embalagem plástica. Seus produtos vêm envoltos em uma tecnologia desenvolvida pelos criadores da empresa, que consiste em uma película feita de partículas naturais de comida que não absorve sujeira. Uma embalagem comestível, em suma. A Natura lançou uma linha de produtos cujas embalagens têm 70 % menos plástico. Ano passado o Bob"s embalou seus sanduíches com papel comestível. Todo ano, designers do mundo todo são premiados por criações que reduzem o desperdício, como o sul-coreano Yeong Keun Jeong, que inventou uma embalagem de manteiga com tampa em forma de faca. Mas são medidas pontuais. Ainda falta muito para termos embalagens mais inteligentes e funcionais em grande escala.

                                  (Felipe van Deursen, SUPER, dezembro de 2013, p. 74-76, adaptado)
  • O pronome isso, no fragmento anterior, é usado para: