Questões de Concursos Prefeitura de São Paulo SP

Resolva Questões de Concursos Prefeitura de São Paulo SP Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas Online com Gabarito.

  • Questão 8139.   Direito Tributário - Nível Superior - Auditor Fiscal do Município - Prefeitura de São Paulo SP - FCC - 2012
  • A Igreja Mundial do Imposto Sagrado, tendo em vista a ampliação de suas atividades religiosas, começou a cobrar de seus fiéis o valor de R$ 100,00 por batismo realizado. Responsáveis pela entidade religiosa regularmente constituída formulam consulta ao órgão competente do município de sua localização, para saber se devem, ou não, recolher o ISS pelos serviços religiosos prestados. Formulam consulta, também, ao fisco federal, para saber se a renda auferida com os batismos deve ser declarada como tributada pelo Imposto sobre Renda e Proventos de Qualquer Natureza - Pessoa Jurídica - IRPJ da entidade religiosa.

    Nesse caso,
  • Questão 8158.   Raciocínio Lógico - Nível Superior - Auditor Fiscal do Município - Prefeitura de São Paulo SP - FCC - 2012
  • Para a prova final de um concurso de televisão, serão colocadas 20 caixas no palco, numeradas de 1 a 20. Em cada caixa, haverá uma pista diferente, que ajudará a desvendar o enigma da noite. Um a um, os 20 concorrentes serão sorteados para ter acesso às pistas, de acordo com a seguinte regra:

    - o 1o sorteado lerá as pistas das caixas 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18, 19 e 20,

    - o 2o sorteado lerá apenas as pistas das caixas 2, 4, 6, 8, 10, 12, 14, 16, 18 e 20,

    - o 3o sorteado lerá apenas as pistas das caixas 3, 6, 9, 12, 15 e 18,

    - o 4º sorteado lerá apenas as pistas das caixas 4, 8, 12, 16 e 20,

    - o 5o sorteado lerá apenas as pistas das caixas 5, 10, 15 e 20,

    - o 6o sorteado lerá apenas as pistas das caixas 6, 12 e 18,

    e assim sucessivamente, até o 20o sorteado, que só lerá a pista da caixa 20.

    Algumas pistas serão lidas por um número par de concorrentes e as demais serão lidas por um número ímpar de concorrentes. A quantidade de pistas lidas por um número ímpar de concorrentes é
  • Questão 5868.   Conhecimentos Específicos - Nível Médio - Guarda Civil Metropolitano - Prefeitura de São Paulo SP - MS CONCURSOS - 2011
  • Sobre a Administração Pública, assinale a alternativa INCORRETA:
  • Questão 6047.   Conhecimentos Específicos - Nível Médio - Guarda Civil Metropolitano - Prefeitura de São Paulo SP - FCC - 2004
  • Sérgio caminha conversando animadamente com um amigo de infância quando, ao passar próximo a um terreno baldio, ouve um choro. Verificando o local, depara-se com um recém-nascido nu, embrulhado em pedaços de pano. Sérgio deve, primeiramente,
  • Questão 6049.   Conhecimentos Específicos - Nível Médio - Guarda Civil Metropolitano - Prefeitura de São Paulo SP - FCC - 2004
  • O guarda Silva, após treinamento árduo, é escalado para prestar serviço no gabinete da Prefeita. No entanto, recebe o comunicado do falecimento de seu genitor, em outro Estado. Ele deve
  • Questão 6052.   Conhecimentos Específicos - Nível Médio - Guarda Civil Metropolitano - Prefeitura de São Paulo SP - FCC - 2004
  • O guarda Solano presta serviço em escola municipal de periferia. Observa que, em determinado grupo, dois alunos estão portando canivetes. Ele deve, primeiramente,
  • Questão 8129.   Direito Tributário - Nível Superior - Auditor Fiscal do Município - Prefeitura de São Paulo SP - FCC - 2012
  • Um contribuinte do Imposto Predial e Territorial Urbano - IPTU possuía um imóvel urbano com área construída equivalente a 250 m2. Após a reforma que promoveu nesse imóvel, no final do ano de 2009, a área construída, passou a ser de 400 m2.

    Essa reforma foi feita sem o conhecimento nem a autorização das autoridades municipais competentes, com o intuito de evitar o aumento do valor do IPTU lançado para esse imóvel.

    Independentemente das sanções que esse contribuinte possa sofrer pelas irregularidades cometidas, foi constatado que, nos anos de 2010 e 2011, a prefeitura daquele município lançou o IPTU em valor menor do que o devido, pois considerou como construída a área de 250 m2, e não de 400 m2.

    Em setembro de 2011, ao tomar conhecimento de que a área construída do referido imóvel havia sido aumentada sem a devida comunicação à municipalidade, a fiscalização municipal, em relação ao IPTU,