Questões de Concursos Prefeitura de Suzano SP com Gabarito

Resolva Questões de Concurso Público Grátis Prefeitura de Suzano SP com Gabarito. Teste seus conhecimentos com perguntas e respostas em exercícios online.

Texto associado.

Como vai o sono?

   Calcula-se que mais de 10% da população mundial sofrem de insônia e 45% têm algum problema ligado ao sono. Cada dia mais se comprova a relação entre o sono e o bem-estar: a falta ou má qualidade dele é responsável pela manifestação de algumas doenças.
   O organismo humano foi feito para dormir em torno de sete a oito horas por noite, o que pode variar de acordo com as características individuais. Crianças e adolescentes requerem de nove a onze horas de sono por dia.
   Pesquisas comprovam o que as noites mal dormidas causam. Em curto prazo os sintomas são: cansaço, irritabilidade, sonolência, alterações repentinas de humor, perda de memória recente, diminuição da concentração, da criatividade e da capacidade de planejar, lentidão de raciocínio. No longo prazo as consequências podem ser desastrosas: falta de vigor físico, envelhecimento precoce, comprometimento no sistema imunológico, aumento da tendência à obesidade, diabetes, doenças cardiovasculares, pressão alta, perda de memória e depressão.
   Existem algumas dicas para que se possa dormir melhor: evitar refrigerantes e café, não dormir com a televisão ligada, não levar trabalho para a cama, ter horário certo para dormir e acordar. Isso tudo pode ajudar as pessoas a terem uma boa qualidade de sono e, consequentemente, uma boa saúde.

(Cidade Nova, maio de 2014. Adaptado)

De acordo com o texto, é correto afirmar que mais de 50% da população têm, em relação ao sono
No MS-Word 2010, em sua configuração padrão, recursos como margens, orientação da página e tamanho do papel podem ser alterados por meio de funcionalidades localizadas no grupo Configurar Página, da guia
Ao exercer suas funções zelando pela segurança das pessoas, das instalações, dos equipamentos e materiais do Estado, o Agente de Segurança Escolar deve ter, sempre presentes, os parâmetros legais para a sua ação. Um desses parâmetros é o artigo 5o da Constituição Federal, que dispõe sobre os direitos e deveres individuais e coletivos dos residentes no país. Nesse artigo, determina-se que
Considerando o contexto de correio eletrônico, a pessoa que envia e-mail a outras pessoas é chamada de
De acordo com o disposto no Estatuto da Criança e do Adolescente, os pais ou responsáveis residentes no país têm a obrigação de
Texto associado.

Como vai o sono?

   Calcula-se que mais de 10% da população mundial sofrem de insônia e 45% têm algum problema ligado ao sono. Cada dia mais se comprova a relação entre o sono e o bem-estar: a falta ou má qualidade dele é responsável pela manifestação de algumas doenças.
   O organismo humano foi feito para dormir em torno de sete a oito horas por noite, o que pode variar de acordo com as características individuais. Crianças e adolescentes requerem de nove a onze horas de sono por dia.
   Pesquisas comprovam o que as noites mal dormidas causam. Em curto prazo os sintomas são: cansaço, irritabilidade, sonolência, alterações repentinas de humor, perda de memória recente, diminuição da concentração, da criatividade e da capacidade de planejar, lentidão de raciocínio. No longo prazo as consequências podem ser desastrosas: falta de vigor físico, envelhecimento precoce, comprometimento no sistema imunológico, aumento da tendência à obesidade, diabetes, doenças cardiovasculares, pressão alta, perda de memória e depressão.
   Existem algumas dicas para que se possa dormir melhor: evitar refrigerantes e café, não dormir com a televisão ligada, não levar trabalho para a cama, ter horário certo para dormir e acordar. Isso tudo pode ajudar as pessoas a terem uma boa qualidade de sono e, consequentemente, uma boa saúde.

(Cidade Nova, maio de 2014. Adaptado)

Conforme o texto, é correto afirmar que
Texto associado.

Como vai o sono?

   Calcula-se que mais de 10% da população mundial sofrem de insônia e 45% têm algum problema ligado ao sono. Cada dia mais se comprova a relação entre o sono e o bem-estar: a falta ou má qualidade dele é responsável pela manifestação de algumas doenças.
   O organismo humano foi feito para dormir em torno de sete a oito horas por noite, o que pode variar de acordo com as características individuais. Crianças e adolescentes requerem de nove a onze horas de sono por dia.
   Pesquisas comprovam o que as noites mal dormidas causam. Em curto prazo os sintomas são: cansaço, irritabilidade, sonolência, alterações repentinas de humor, perda de memória recente, diminuição da concentração, da criatividade e da capacidade de planejar, lentidão de raciocínio. No longo prazo as consequências podem ser desastrosas: falta de vigor físico, envelhecimento precoce, comprometimento no sistema imunológico, aumento da tendência à obesidade, diabetes, doenças cardiovasculares, pressão alta, perda de memória e depressão.
   Existem algumas dicas para que se possa dormir melhor: evitar refrigerantes e café, não dormir com a televisão ligada, não levar trabalho para a cama, ter horário certo para dormir e acordar. Isso tudo pode ajudar as pessoas a terem uma boa qualidade de sono e, consequentemente, uma boa saúde.

(Cidade Nova, maio de 2014. Adaptado)

No trecho do 1o parágrafo – a falta ou má qualidade dele é responsável pela manifestação de algumas doenças. – a palavra destacada apresenta sentido contrário de
Leia a declaração a seguir de um presidente latino-americano para uma TV alemã em agosto de 2014.

“Não estou legalizando (a maconha); estou regulando um mercado que já existe, para que não cresça mais. No fundo, estou lutando contra isso por um caminho mais inteligente."

(http://veja.abril.com.br, 04.08.2014. Adaptado)

Após a legalização da maconha, primeiro ato desse tipo em todo o mundo, a declaração de agosto de 2014 foi dada pelo presidente
Dentre os princípios gerais citados no artigo 3o da Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, ratificada pelo decreto no 6.949 de 2009, podemos citar o da
Mais de três quartos da queda nas exportações de manufaturados em 2014 no Brasil se devem à redução de compras feitas por este país vizinho, avaliou nesta quarta-feira [01.10.14] o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic).
As maiores quedas das exportações ocorreram nos seguintes produtos: automóveis de passageiros, veículos de carga, autopeças, e motores para veículos e partes.

(http://goo.gl/uyKUNj. Adaptado)

O país de que trata a notícia é