Questões de Concursos PRODEST ES

Resolva Questões de Concursos PRODEST ES Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 2 - Questão 13186.   Português - Nível Superior - Administrador - PRODEST ES - VUNESP - 2014
  •      As tecnologias de Big Data chegaram silenciosamente, mudan do a estratégia de muitos negócios. Fatos dignos de ficção científica, como lojas de departamentos capazes de identificar se suas consumidoras estão grávidas a partir do padrão de consumo e serviços de busca mapeando em tempo real o progresso de pandemias, já são notícia velha.
         Empresas e instituições de vários tipos e tamanhos hoje são capazes de coletar dados a partir de várias fontes, combinando-os em sistemas de armazenamento da ordem de petabytes (mil terabytes), e analisá-los em busca de padrões. O resultado são previsões melhores, serviços mais personalizados e mensagens mais bem dirigidas, estimulando decisões mais bem informadas e mais seguras.
         Da mesma forma que os grandes volumes de dados mudam a gestão de corporações, uma nuvem de pequenas informações pessoais, conectadas, começa a provocar uma mudança de costumes. São dados que registram o que uma pessoa sabe a respeito de si própria: o que fez, quem conhece, aonde foi, como dormiu, quanto pesa, como passa o tempo.
         Mensuração e análise são ótimas. Sem elas é quase impossível progredir. Mas é preciso cautela em seu uso. A obsessão por elas, da mesma forma que a procura desesperada por seguidores nas mídias sociais, pode piorar uma situação, deixando seu usuário viciado nas estatísticas que deveriam libertá-lo.
         QI, placares e centímetros de bíceps são métricas observáveis e fáceis de comparar. Mas isso não quer dizer que sejam as melhores ou mesmo as certas. Um funcionário pontual nem sempre é o melhor funcionário, mais conexões não significam mais conhecimento.
         Além do mais, o que é o certo? A preocupação excessiva com as métricas pessoais pode levar à padronização e à robotização de seus usuários, um efeito colateral bastante desagradável. Em situações extremas pode até criar autômatos ou estimular comportamentos doentios, como anorexia ou bulimia.
         De qualquer forma, a ignorância nunca é uma bênção. Os benefícios do autoconhecimento são incomparáveis. Mas para isso é preciso um pouco de trabalho. Não basta apenas coletar os dados, deve-se também refletir sobre eles e planejar novas metas periodicamente, aprendendo a identificar padrões de comportamento nocivos e recorrentes. Nesses termos, a quantificação pessoal só deve fazer bem.

    (Luli Radfaher, Little data. Disponível em: http: www1.folha.uol.com.br. Acesso em: 20 mar 2014. Adaptado)
  • É correto afirmar que o autor desse texto reconhece a importância das tecnologias de armazenamento de dados pessoais,
  • 3 - Questão 13225.   Direito Constitucional - Nível Superior - Administrador - PRODEST ES - VUNESP - 2014
  • São direitos constitucionais dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à melhoria de sua condição social:
  • 4 - Questão 13198.   Raciocínio Lógico - Nível Superior - Administrador - PRODEST ES - VUNESP - 2014
  • Na cidade de Godelia, cada habitante ou é torpe e sempre fala mentiras, ou é probo e sempre fala a verdade, e seus habitantes conhecem a natureza, torpe ou probo, e a profissão de cada outro habitante. Um turista, visitando a cidade, encontrou três casais discutindo, e foi informado, corretamente, que um casal era formado por torpes, outro casal por probos e o terceiro casal tinha um torpe e um probo.

    Os casais fizeram as seguintes afirmações:

    Senhor Gyzt: Eu não sou o matemático.
    Senhora Gyzt: O senhor Zygt é o matemático.

    Senhor Tygz: Eu não sou o matemático.
    Senhora Tygz: O senhor Gyzt é o matemático.

    Senhor Zygt: O senhor Gyzt é probo.
    Senhora Zygt: O senhor Tygz é o matemático.

    Sabendo-se que, dos três maridos, apenas um é o matemático, seu nome e sua natureza são, respectivamente,
  • 5 - Questão 13233.   Noções de Ética - Ética na Administração Pública - Nível Superior - Administrador - PRODEST ES - VUNESP - 2014
  • Na hipótese de o servidor testemunhar uma conduta irregular de seu superior hierárquico que atente contra o Código de Ética dos Servidores Públicos do Estado do Espírito Santo, é correto afirmar que o servidor
  • 6 - Questão 13195.   Raciocínio Lógico - Nível Superior - Administrador - PRODEST ES - VUNESP - 2014
  • Num certo dia, quando o elevador de um edifício comercial estava no andar térreo, ele foi chamado ao 8.º andar. Em seguida, ele foi chamado, nesta ordem, ao 3.º, ao 11.º, ao 6.º andar, e assim sucessivamente, subindo oito andares e, depois, descendo 5 andares, até chegar ao último andar. Se, nesse sobe e desce, o elevador subiu um total de 112 andares, pode-se concluir, corretamente, que o total de andares desse edifício é
  • 7 - Questão 13194.   Português - Nível Superior - Administrador - PRODEST ES - VUNESP - 2014
  •    O bonito, o sublime, o gostoso de Brasil X Espanha foi a angústia. Nós sabemos que o martírio é que dá a um jogo, seja ele um clássico ou uma pelada, um charme desesperador. Ora, a batalha com os espanhóis teve todos os matadouros emocionais. Eis uma partida que pôs em cada coração uma fluorescente coroa de espinhos. Fomos, até o primeiro gol, 75 milhões de cristos.
       Começou a batalha e cada brasileiro estava abraçado, atracado a seu radiozinho de pilha. Entre nós e a peleja erguiam- -se os Andes, hieráticos e tristíssimos. Havia, por aqui, um certo pavor da Espanha - velha pátria, constelada de feridas. O Brasil entrou mal, o Brasil entrou péssimo. Ou por outra: - o Brasil, no primeiro tempo, não era o Brasil, era o anti-Brasil, a negação do Brasil. O sujeito procurava o escrete e não encontrava o escrete.
       A Espanha triturava a seleção de ouro, que não era mais de ouro, era de lata, era de zinco, sei lá. E só um homem, entre os brasileiros, continuava a ser o mesmo, eternamente o mesmo: - Garrincha. Sim, do primeiro ao último minuto, o Mané foi o Mané. Passou como quis pelo Gracía. Caçaram-no a patadas, como uma ratazana. Mas ele ia passando, dir-se-ia um maravilhoso ser incorpóreo, os espanhóis o massacravam e Garrincha sobrevivia ao próprio assassinato.
       Fora Garrincha, ninguém mais. Os negros ornamentais, folclóricos, divinos, deixavam-se bater, miseravelmente. E todos sentimos que a ausência de Pelé estava cravada no coração do Brasil. Faltava Pelé e o escrete murchava como um balão japonês apagado. Amigos, durante os 45 minutos o fracasso do Brasil doeu mais, aqui, do que a humilhação de Canudos. Cada um de nós sentiu-se direta e pessoalmente degradado.

    (Nelson Rodrigues, O “Possesso” é nosso. A pátria em chuteiras: novas crônicas de futebol.)
  • Assinale a alternativa em que os verbos derivados de pôr, empregado na frase – Eis uma partida que pôs em cada coração uma fluorescente coroa de espinhos. –, estão conjugados de acordo com a norma-padrão.
  • 8 - Questão 13202.   Contabilidade - Nível Superior - Administrador - PRODEST ES - VUNESP - 2014
  • O imposto será determinado com base no lucro real, presumido ou arbitrado, por períodos de apuração de cada ano-calendário. Com a opção do contribuinte, pode ser apurado
  • 9 - Questão 13223.   Direito Constitucional - Nível Superior - Administrador - PRODEST ES - VUNESP - 2014
  • A respeito dos direitos e garantias fundamentais, previstos na Constituição Federal, é correto afirmar que
  • 10 - Questão 13199.   Raciocínio Lógico - Nível Superior - Administrador - PRODEST ES - VUNESP - 2014
  • Afixados nas portas de cinco salas, numeradas de 1 a 5, estão cinco cartazes, um em cada porta, cada um com uma frase que pode ser verdadeira ou falsa. Se o cartaz contiver uma frase verdadeira, o cartaz será chamado de verdadeiro; caso contrário, o cartaz será chamado falso. Em apenas uma sala existe um prêmio e, para ganhá-lo, é preciso determinar, sem abrir a porta, em qual sala ele está, utilizando apenas as informações contidas em cada cartaz.

    Porta 1: O prêmio não está na sala 2.
    Porta 2: O prêmio não está nesta sala.
    Porta 3: O prêmio não está na sala 1.
    Porta 4: Pelo menos um dos cinco cartazes é falso.
    Porta 5: O cartaz desta porta é falso ou o cartaz da porta da sala em que está o prêmio é verdadeiro.

    De acordo com as frases nos cartazes, o prêmio está na sala de número