Questões de Concursos SEE DF com Gabarito

Resolva Questões de Concurso Público Grátis SEE DF com Gabarito. Teste seus conhecimentos com perguntas e respostas em exercícios online.

   A transformação é complexa, mas obrigatória. Nas próximas décadas, ao que tudo indica, todos os centros urbanos do planeta serão obrigados a conviver com as consequências inevitáveis das mudanças climáticas. Se eventos antes excepcionais se tornarem de fato corriqueiros, as cidades despreparadas correrão o risco de entrar em colapso. Como a maior parte da atual infraestrutura urbana não foi originalmente pensada para suportar esse impacto, a palavra do momento é adaptação.

                        O Globo. Caderno Amanhã, 25/2/2014, p. 12 (com adaptações).

Considerando o fragmento de texto acima e os múltiplos aspectos por ele suscitados, julgue o próximo item no que se refere aos processos de urbanização e de mudança climática.
Conforme atestam recentes estudos científicos, o aumento do nível do mar é um fenômeno de ocorrência improvável, ainda que tenha sido constatado aumento da temperatura média do planeta.
No que diz respeito à população brasileira, julgue o item seguinte.

Na década de 80 do século passado, em consequência das frequentes crises econômicas, diversos brasileiros migraram para outros países, em especial para os Estados Unidos da América (EUA), o Paraguai e o Japão. Atualmente, esse processo migratório ocorre mais em direção à Europa que aos EUA.
Apesar da ampliação do acesso à escola e da crescente geração de emprego, uma população de 9,6 milhões de jovens, formada principalmente por mulheres, muitas delas com filhos, não estuda nem trabalha e é motivo de preocupação nos estudos sobre condições de vida da população brasileira, aponta a síntese de indicadores sociais de 2013 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com dados de 2012. Um em cada cinco brasileiros (19,6%) de 15 a 29 anos de idade faz parte da “geração nem nem”, jovens que nem estudam nem trabalham.

                         O Estado de S.Paulo, 30/11/2013, p. A34.

Tendo o fragmento de texto acima como referência inicial e considerando aspectos marcantes da realidade social brasileira contemporânea, julgue o item subsequente.
Deixar cedo a casa dos pais é a crescente tendência verificada entre jovens adultos, consistindo em fenômeno comum em famílias de alta renda.
Com relação à geografia urbana no Brasil, julgue o item que se seguem.

A especulação imobiliária que ocorre atualmente nas porções centrais das áreas metropolitanas brasileiras estimula a população a migrar destas áreas centrais para a periferia.
Apesar da ampliação do acesso à escola e da crescente geração de emprego, uma população de 9,6 milhões de jovens, formada principalmente por mulheres, muitas delas com filhos, não estuda nem trabalha e é motivo de preocupação nos estudos sobre condições de vida da população brasileira, aponta a síntese de indicadores sociais de 2013 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com dados de 2012. Um em cada cinco brasileiros (19,6%) de 15 a 29 anos de idade faz parte da “geração nem nem”, jovens que nem estudam nem trabalham.

                         O Estado de S.Paulo, 30/11/2013, p. A34.

Tendo o fragmento de texto acima como referência inicial e considerando aspectos marcantes da realidade social brasileira contemporânea, julgue o item subsequente.
O índice de desemprego feminino deverá cair nos próximos anos, haja vista que atualmente existem no Brasil creches em número suficiente para atender à demanda nacional.
Considere a função F(t) = 0,8 sen(24pt), em que t ≥ 0, e, a partir dela, defina P(t) = 10 – 5 F(t + 1/48). Com base nessas informações, julgue o próximo item.

Nos pontos t em que F(t) é máximo, P(t) é mínimo.
Texto associado.

Responda de acordo com o texto a seguir as questões 1 a 4:

“Já o bom historiador se parece com o ogro da lenda. Onde fareja carne humana, sabe que ali está a sua caça.”

                  Marc Bloch. “A história, os homens e o tempo”, Apologia da História ou o ofício do historiador. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001, [primeira edição 1949], p. 54.

O trecho acima é parte do último livro do famoso historiador francês, conhecido como um dos mais criativos e importantes do século XX. Escrita em circunstâncias especiais, a obra pode ser lida como uma espécie de testamento acadêmico de Marc Bloch. O texto, contudo, não chegou a ser finalizado, pois Bloch, que era
judeu, estava preso e fora torturado pela Gestapo — polícia secreta alemã —, sendo fuzilado perto de Lyon no dia 16 de julho de 1944.
Tendo as informações acima como referência inicial, julgue o item subsequente.

Responda de acordo com o texto a seguir as questões 5 a 8:

No Brasil, as duas aspirações - a da independência e a da unidade -- não nasceram juntas e, por longo tempo ainda, não caminharam de mãos dadas. As sublevações e as conjunturas nativistas são invariavelmente manifestações desconexas da antipatia que, desde o século XVI, opõe o português da Europa e o do Novo Mundo. E mesmo onde se aguça a antipatia, chegando a tomar colorido sedicioso, com a influência dos princípios franceses ou do exemplo da América inglesa, nada prova que tenda a superar os simples âmbitos regionais.

            Sérgio Buarque de Holanda. A herança colonial - sua desagregação. In: História Geral da Civilização Brasileira. Tomo II, O Brasil Monárquico. 1.º volume, O processo da Emancipação. São Paulo: Difusão Europeia do Livro, p. 9 (com adaptações).

Considerando o fragmento de texto acima e o processo histórico ao qual se refere, julgue o item que se seguem.

Em nome da pretensa pureza do povo alemão e da raça ariana, considerada superior pelos nazistas, foram perseguidos e assassinados milhares de judeus, deficientes físicos e mentais, homossexuais e ciganos.
Com relação à geografia urbana no Brasil, julgue o item que se seguem.

A crescente utilização no campo de produtos oriundos do meio urbano, como o crédito bancário e os equipamentos agrícolas, contribui para intensificar a subordinação do campo à cidade.
Texto associado.

Responda de acordo com o texto a seguir as questões 1 a 4:

“Já o bom historiador se parece com o ogro da lenda. Onde fareja carne humana, sabe que ali está a sua caça.”

                  Marc Bloch. “A história, os homens e o tempo”, Apologia da História ou o ofício do historiador. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001, [primeira edição 1949], p. 54.

O trecho acima é parte do último livro do famoso historiador francês, conhecido como um dos mais criativos e importantes do século XX. Escrita em circunstâncias especiais, a obra pode ser lida como uma espécie de testamento acadêmico de Marc Bloch. O texto, contudo, não chegou a ser finalizado, pois Bloch, que era
judeu, estava preso e fora torturado pela Gestapo — polícia secreta alemã —, sendo fuzilado perto de Lyon no dia 16 de julho de 1944.
Tendo as informações acima como referência inicial, julgue o item subsequente.

Responda de acordo com o texto a seguir as questões 5 a 8:

No Brasil, as duas aspirações - a da independência e a da unidade -- não nasceram juntas e, por longo tempo ainda, não caminharam de mãos dadas. As sublevações e as conjunturas nativistas são invariavelmente manifestações desconexas da antipatia que, desde o século XVI, opõe o português da Europa e o do Novo Mundo. E mesmo onde se aguça a antipatia, chegando a tomar colorido sedicioso, com a influência dos princípios franceses ou do exemplo da América inglesa, nada prova que tenda a superar os simples âmbitos regionais.

            Sérgio Buarque de Holanda. A herança colonial - sua desagregação. In: História Geral da Civilização Brasileira. Tomo II, O Brasil Monárquico. 1.º volume, O processo da Emancipação. São Paulo: Difusão Europeia do Livro, p. 9 (com adaptações).

Considerando o fragmento de texto acima e o processo histórico ao qual se refere, julgue o item que se seguem.

Em um momento em que ideologias como o nazismo e o fascismo estavam fortemente disseminadas, a comparação que Bloch faz, no trecho citado, exprime uma teoria da história de vocação essencialmente humanista.