Questões de Concursos SEE MG

Resolva Questões de Concursos SEE MG Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 1 - Questão 49428 - Pedagogia - Nível Superior - Professor de Geografia - SEE MG - FCC - 2012
  • Leia o texto a seguir. 

    A abertura de 250 mil vagas de ingresso nas universidades federais e de 600 mil matrículas nos institutos federais de educação, ciência e tecnologia, em 2014, é um dos resultados que a presidenta da República, Dilma Rousseff, espera alcançar com a terceira fase da expansão universitária e profissional, anunciada nesta terça-feira, 16. 

    O acesso à educação e ao conhecimento, segundo a presidenta, deve ser maciço, inclusivo e sistemático, para que jovens e trabalhadores possam dele se beneficiar em todos os recantos do país. O esforço do governo federal, na sua visão, busca superar décadas de atraso e preparar a nação para o futuro.

    “Em dois anos, só a Petrobrás vai gerar uma demanda de 230 mil técnicos em petróleo e gás", explicou Dilma. Mas o Brasil, avisou, também precisa de quadros preparados para atender setores internacionais de alta tecnologia que estão aqui chegando. 

                                                                                                                          (http://portal.mec.gov.br) 

    O conteúdo do texto pode ser utilizado, pelo professor de Geografia no Ensino Médio, como exemplo
  • 2 - Questão 49410 - Português - Interpretação de Textos - Nível Superior - Professor de Geografia - SEE MG - FCC - 2012
  • Para responder às questões de números 7 a 10, considere o Texto I e também os textos seguintes. 

    Texto I 

    Os animais e a linguagem dos homens 

    Essa mania que tem o homem de distribuir pela escala zoológica medidas de valor e índices de comportamento que, na escala humana, sim, é que podem ser aferidos com justeza! 

    Por que chamamos de zebra a uma pessoa estúpida, que não tem as qualidades da zebra? Esta sabe muito bem defender-se dos perigos pela vista, pelo olfato e pela velocidade, sem esquecer a graça mimética de suas listas, úteis para a dissimulação entre folhas. Se ela não é dócil às ordens do treinador, se não aprende o que este quer ensinar-lhe, tem suas razões. É um ensino que não lhe convém e que a humilha em sua espontaneidade. Repele a escravidão, que torna lamentáveis os mais belos e inteligentes animais de circo, tão supe- riores a seus donos.

    Gosto muito de La Fontaine*, não nego; a graça de seus versos vende as fábulas, que são entretanto uma injúria revoltante à natureza dos animais, acusados de todos os defeitos humanos. O moralista procura corrigir falhas características de nossa espécie, atribuindo-as a bichos que, não sabendo ler, escrever ou falar as línguas literárias, não têm como defender-se, repelindo falsas imputações. O peru, o burro, a toupeira, a cobra, o ouriço e toda a multidão de seres supostamente irracionais, mas acusados de todos os vícios da razão humana, teriam muito que retrucar, se lhes fosse concedida a palavra num sistema verdadeiramente representativo, ainda por ser inventado.

    Sem aprofundar a matéria, inclino-me a crer que o nosso conhecimento dos animais é bem menos preciso do que o conhecimento que eles têm de nós. Não é à toa que nos temem e procuram sempre manter distância ou mesmo botar sebo nas canelas (ou asas ou barbatanas ou ...) quando o bicho-homem se aproxima. Muitas vezes nosso desejo de comunicação e até de repartir carinho lhes cheira muito mal. A memória milenar adverte-lhes que com gente não se brinca. Homens e mulheres que sentem piedade pelos animais, e até amor, constituem uma santa minoria, e eles salvarão a Terra. Mas será que os outros, a volumosa maioria, os caçadores, os torturadores, os mercadores de vidas, vão deixar? 

    La Fontaine - fabulista francês do século XVII. 

    (Carlos Drummond de Andrade. Moça deitada na grama. Rio de Janeiro: Record, 1987, pp. 139-141, crônica transcrita com adaptações) 

    Texto II 

    FÁBULA -Foi entre os antigos uma espécie de forma quase sempre em verso. A partir do romantismo a prosa começou a ser sua forma mais comum. A fábula, de um modo geral, apre senta duas características

    a) Ter por assunto a vida dos animais. 

    b) Ter por finalidade uma lição de moral. 

    (Hênio Tavares. Teoria Literária. Belo Horizonte: Bernardo Álvares, 1969, p. 132) 

    - Seis pessoas foram presas hoje, durante uma operação da Polícia Federal para desarticular uma quadrilha que vende animais silvestres e exóticos, sem autorização, pela internet. A ação, batizada de Arapongas, feita em conjunto com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama), foi deflagrada nos Estados do Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Ceará e Paraíba. 

    Os animais eram vendidos por meio de um site para diversos estados do país e do exterior. Os investigados recebiam encomendas de todo tipo de animais, como répteis, anfíbios, mamíferos e pássaros -algumas espécies até mesmo em extinção. Esses animais seriam obtidos por meio ilícito, como criadouros irregulares e captura na natureza. Além das prisões, foram cumpridos 25 mandados de busca e apreensão. Os investigados responderão pelos crimes de tráfico internacional de fauna, tráfico de animais silvestres nativos, estelionato, sonegação fiscal, falsidade ideológica e biopirataria.

    (http: www.estadao.com.br/notícias/geral. Acesso 14/08/2011) 

    Texto III 

    Presos 6 em operação contra venda de animais na web

    - Seis pessoas foram presas hoje, durante uma operação da Polícia Federal para desarticular uma quadrilha que vende animais silvestres e exóticos, sem autorização, pela internet. A ação, batizada de Arapongas, feita em conjunto com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama), foi deflagrada nos Estados do Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Ceará e Paraíba. 

    Os animais eram vendidos por meio de um site para diversos estados do país e do exterior. Os investigados recebiam encomendas de todo tipo de animais, como répteis, anfíbios, mamíferos e pássaros -algumas espécies até mesmo em extinção. Esses animais seriam obtidos por meio ilícito, como criadouros irregulares e captura na natureza. Além das prisões, foram cumpridos 25 mandados de busca e apreensão. 

    Os investigados responderão pelos crimes de tráfico internacional de fauna, tráfico de animais silvestres nativos, estelionato, sonegação fiscal, falsidade ideológica e biopirataria. 

    (http: www.estadao.com.br/notícias/geral. Acesso 14/08/2011)
  • É correto afirmar que os Textos I e III
  • 4 - Questão 49290 - Conhecimentos Gerais - Nível Superior - Professor de Ensino Religioso - SEE MG - IBFC - 2017
  • O poder simbólico da religião é tratado como um veículo de poder e de política, com as devidas representações do poder simbólico, como as alocuções, as orações e outros símbolos pertinentes à religião. Nesta perspectiva, apresenta uma espécie de dialética que engendra tal poder, mostrando uma tênue passagem do espaço sagrado, o templo, ao campo religioso, num processo que compõe o que chamamos de ______________, um espaço imaginário de relações de força que integra o indivíduo com seu espaço físico, transformando as relações e o meio social em que vive a partir da sua relação com o sagrado (PEREIRA, 2008, p. 83-84). Assinale a alternativa que preenche corretamente a lacuna.
  • 5 - Questão 49468 - Pedagogia - Nível Superior - Especialista em Educação - SEE MG - FCC - 2012
  • O princípio da gestão democrática hoje substitui a organização burocrática, herança do modelo clássico de administração escolar. Nessa perspectiva, é correto afirmar que
  • 6 - Questão 49434 - Geografia - Nível Superior - Professor de Geografia - SEE MG - FCC - 2012
  • Leia o texto a seguir.

    A última reunião da Organização Mundial do Comércio (OMC) não chegou a consenso algum entre os países membros, mas estabeleceu uma nova relação entre os países desenvolvidos e os países em desenvolvimento − até então passivos às regras estabelecidas pelas grandes potências. Liderado pelo Brasil, Índia e China, o chamado G20+, grupo de países emergentes e em desenvolvimento, foi criado durante a reunião de Cancún, no México, em 2003, como um basta à tímida participação que esses países vinham tendo nas negociações comerciais internacionais.
                                                                                                                        (http://www.comciencia.br)
    Um dos principais motivos que levou à formação do G20 foi
  • 7 - Questão 49344 - Português - Nível Superior - Professor de Educação Básica - SEE MG - IBFC - 2015
  • A proposta curricular da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais trata de tópicos a serem desenvolvidos pelo professor. Entre os estudos, destacam-se as vozes do texto. Sobre o ensino desse tópico, analise as afirmativas a seguir e assinale a alternativa correta.

    I. Um dos aspectos do funcionamento discursivo refere-se as vozes que perpassam o discurso, ou seja, reconhecer que sujeitos representam as vozes presentes no texto e saber que quem fala sempre é o autor da voz.
    II.Uma das principals condições para aprender vozes do verbo refere-se a compreensão de que se há sujeitos que se enunciam; esses sujeitos falam de lugar determinado. Essa relação de pertencimento a um determinado espaço social encontra-se afetada pela ideologia. Este é o foco central: saber que os sujeitos que enunciam são portadores de outras vozes, além da própria voz.
    III. Muito frequentemente, o aluno toma autor e locutor como termos sinônimos. 

    Estão corretas as afirmativas:
  • 8 - Questão 49409 - Português - Interpretação de Textos - Nível Superior - Professor de Geografia - SEE MG - FCC - 2012
  • Para responder às questões de números 7 a 10, considere o Texto I e também os textos seguintes. 

    Texto I 

    Os animais e a linguagem dos homens 

    Essa mania que tem o homem de distribuir pela escala zoológica medidas de valor e índices de comportamento que, na escala humana, sim, é que podem ser aferidos com justeza! 

    Por que chamamos de zebra a uma pessoa estúpida, que não tem as qualidades da zebra? Esta sabe muito bem defender-se dos perigos pela vista, pelo olfato e pela velocidade, sem esquecer a graça mimética de suas listas, úteis para a dissimulação entre folhas. Se ela não é dócil às ordens do treinador, se não aprende o que este quer ensinar-lhe, tem suas razões. É um ensino que não lhe convém e que a humilha em sua espontaneidade. Repele a escravidão, que torna lamentáveis os mais belos e inteligentes animais de circo, tão supe- riores a seus donos.

    Gosto muito de La Fontaine*, não nego; a graça de seus versos vende as fábulas, que são entretanto uma injúria revoltante à natureza dos animais, acusados de todos os defeitos humanos. O moralista procura corrigir falhas características de nossa espécie, atribuindo-as a bichos que, não sabendo ler, escrever ou falar as línguas literárias, não têm como defender-se, repelindo falsas imputações. O peru, o burro, a toupeira, a cobra, o ouriço e toda a multidão de seres supostamente irracionais, mas acusados de todos os vícios da razão humana, teriam muito que retrucar, se lhes fosse concedida a palavra num sistema verdadeiramente representativo, ainda por ser inventado.

    Sem aprofundar a matéria, inclino-me a crer que o nosso conhecimento dos animais é bem menos preciso do que o conhecimento que eles têm de nós. Não é à toa que nos temem e procuram sempre manter distância ou mesmo botar sebo nas canelas (ou asas ou barbatanas ou ...) quando o bicho-homem se aproxima. Muitas vezes nosso desejo de comunicação e até de repartir carinho lhes cheira muito mal. A memória milenar adverte-lhes que com gente não se brinca. Homens e mulheres que sentem piedade pelos animais, e até amor, constituem uma santa minoria, e eles salvarão a Terra. Mas será que os outros, a volumosa maioria, os caçadores, os torturadores, os mercadores de vidas, vão deixar? 

    La Fontaine - fabulista francês do século XVII. 

    (Carlos Drummond de Andrade. Moça deitada na grama. Rio de Janeiro: Record, 1987, pp. 139-141, crônica transcrita com adaptações) 

    Texto II 

    FÁBULA -Foi entre os antigos uma espécie de forma quase sempre em verso. A partir do romantismo a prosa começou a ser sua forma mais comum. A fábula, de um modo geral, apre senta duas características

    a) Ter por assunto a vida dos animais. 

    b) Ter por finalidade uma lição de moral. 

    (Hênio Tavares. Teoria Literária. Belo Horizonte: Bernardo Álvares, 1969, p. 132) 

    - Seis pessoas foram presas hoje, durante uma operação da Polícia Federal para desarticular uma quadrilha que vende animais silvestres e exóticos, sem autorização, pela internet. A ação, batizada de Arapongas, feita em conjunto com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama), foi deflagrada nos Estados do Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Ceará e Paraíba. 

    Os animais eram vendidos por meio de um site para diversos estados do país e do exterior. Os investigados recebiam encomendas de todo tipo de animais, como répteis, anfíbios, mamíferos e pássaros -algumas espécies até mesmo em extinção. Esses animais seriam obtidos por meio ilícito, como criadouros irregulares e captura na natureza. Além das prisões, foram cumpridos 25 mandados de busca e apreensão. Os investigados responderão pelos crimes de tráfico internacional de fauna, tráfico de animais silvestres nativos, estelionato, sonegação fiscal, falsidade ideológica e biopirataria.

    (http: www.estadao.com.br/notícias/geral. Acesso 14/08/2011) 

    Texto III 

    Presos 6 em operação contra venda de animais na web

    - Seis pessoas foram presas hoje, durante uma operação da Polícia Federal para desarticular uma quadrilha que vende animais silvestres e exóticos, sem autorização, pela internet. A ação, batizada de Arapongas, feita em conjunto com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama), foi deflagrada nos Estados do Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Ceará e Paraíba. 

    Os animais eram vendidos por meio de um site para diversos estados do país e do exterior. Os investigados recebiam encomendas de todo tipo de animais, como répteis, anfíbios, mamíferos e pássaros -algumas espécies até mesmo em extinção. Esses animais seriam obtidos por meio ilícito, como criadouros irregulares e captura na natureza. Além das prisões, foram cumpridos 25 mandados de busca e apreensão. 

    Os investigados responderão pelos crimes de tráfico internacional de fauna, tráfico de animais silvestres nativos, estelionato, sonegação fiscal, falsidade ideológica e biopirataria. 

    (http: www.estadao.com.br/notícias/geral. Acesso 14/08/2011)
  • Considerando-se o teor do Texto III, é correto afirmar:
  • 9 - Questão 49359 - Português - Nível Superior - Professor de Educação Básica - SEE MG - IBFC - 2015
  • Um dos grandes objetivos da disciplina Língua Portuguesa é a de proporcionar ao aluno o uso das várias modalidades da língua e, particularmente, o domínio da representação escrita da linguagem. Sobre o ensino da linguagem verbal e suas modalidades (fala e escrita), assinale a alternativa correta:
  • 10 - Questão 49348 - Português - Nível Superior - Professor de Educação Básica - SEE MG - IBFC - 2015
  • O estudo dos posicionamentos enunciativos do texto faz parte do Eixo Temático I da Proposta Curricular do Conteúdo Básico Comum (CBC). Sobre esse assunto, assinale a alternativa correta: