Questões de Concursos SEE SP

Resolva Questões de Concursos SEE SP Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas Online com Gabarito.

  • Questão 10048.   Pedagogia - Nível Superior - Supervisor Escolar - SEE SP - CETRO - 2008
  • A análise psicológica para a elaboração de um Modelo de Plano Curricular proposta por Coll (1994) apresenta dois princípios gerais que impregnam o Modelo analisado. Tomados em conjunto, estes princípios definem, segundo o autor, uma concepção construtivista de aprendizagem escolar que situa a atividade mental do aluno na base dos processos de desenvolvimento pessoal e
  • Questão 10067.   Pedagogia - Nível Superior - Supervisor Escolar - SEE SP - CETRO - 2008
  • Alarcão (2003) critica, em sua obra, os paradigmas tradicionais de educação e formação e propõe substituí- los por um novo,
  • Questão 10089.   Pedagogia - Nível Superior - Supervisor Escolar - SEE SP - CETRO - 2008
  • Uma escola estadual realizou Festa Junina, em sábado, com a finalidade de arrecadar fundos para adquirir aparelho de TV de 32 polegadas.

    Identifique, das afirmativas a seguir, aquela que é coerente com as normas legais que estabelecem o Estatuto Padrão das Associações de Pais e Mestres (APM) das escolas estaduais.
  • Questão 10057.   Pedagogia - Nível Superior - Supervisor Escolar - SEE SP - CETRO - 2008
  • Segundo Perrenoud (1998), a avaliação formativa favorece a aprendizagem dos alunos e o ensino dos docentes. Na relação estabelecida entre essa avaliação e os programas e objetivos do ensino, o autor defende que
  • Questão 10061.   Pedagogia - Nível Superior - Supervisor Escolar - SEE SP - CETRO - 2008
  • A respeito da prática de ensino e do desenvolvimento do currículo, à luz dos estudos de Sacristán e Pérez Gómez (2000), pode-se afirmar que são processos

    I. de natureza social que permitem ser dirigidos por idéias e intenções, mas que não podem ser previstos totalmente antes de serem realizados.
    II. que planejados coletivamente, garantem o total controle das variáveis intervenientes.
    III. desencadeados por necessidade e não determinam nunca totalmente a prática educativa.
    IV. de caráter indeterminado que obrigam a esclarecer as idéias e pretensões que fundamentam as metas, para manter a coerência das práticas que se realizam para alcançá-las.
    V. guiados por princípios de diferentes tipos que, devidamente explicitados, poderão guiar a prática com segurança científico-técnica.

    Está correto, de acordo com os autores, o explicitado em
  • Questão 5968.   Pedagogia - Fundamentação Pedagógica - Nível Superior - Professor de Educação Básica - SEE SP - VUNESP - 2009
  • As crianças, de uma turma com muitas dificuldades de
    aprendizagem, estavam desenhando. Uma das crianças queria
    escrever: “o revólver atira”, em seu desenho. Pede ajuda à
    professora que vai questionando, soletrando, apontando cada
    letra do alfabeto exposto na sala de aula. Nesse processo, a
    criança vai percebendo que já sabia escrever revólver, e resolve
    escrever “o revólver mata o ladrão”. A professora auxilia
    mais uma vez e quando se vira para atender outro aluno, a
    criança escreve sozinha: OLETAN.

    (Smolka. A criança na fase inicial de escrita. Adaptado)

    Nesta situação, é correto afirmar que
  • Questão 10092.   Pedagogia - Nível Superior - Supervisor Escolar - SEE SP - CETRO - 2008
  • O Conselho Estadual de Educação, na Indicação nº 8/2000, fixa "Diretrizes para implementação da Educação Profissional de Nível Técnico no Sistema de Ensino do Estado de São Paulo". Dentre essas diretrizes, destaca-se que
  • Questão 10083.   Pedagogia - Nível Superior - Supervisor Escolar - SEE SP - CETRO - 2008
  • O Estatuto Padrão das Associações de Pais e Mestres - APM, estabelecido pelo Decreto nº 12.983/78 e suas alterações posteriores, determina que
  • Questão 10096.   Pedagogia - Nível Superior - Supervisor Escolar - SEE SP - CETRO - 2008
  • A Deliberação CEE nº 01/99 disciplina a "a autorização de funcionamento de estabelecimentos e cursos presenciais de Ensino Fundamental, Médio e de educação profissional de nível técnico, no sistema estadual de ensino de São Paulo", balizando os procedimentos de supervisão dos estabelecimentos de ensino, quanto aos seguintes aspectos:

    I. ação reguladora do Poder Público, fiscalizando e supervisionando os estabelecimentos de ensino, a fim de verificar o cumprimento das normas legais, avaliar a qualidade do ensino ministrado e cobrar dos responsáveis pela unidade escolar descumprimentos das normas estabelecidas.
    II. fortalecimento do grau de autonomia das instituições escolares sobre o desenvolvimento do ensino e, em contrapartida, cobrando-lhes maior responsabilidade nos aspectos educativos de sua competência.
    III. competência do órgão supervisor para fazer exigências além das previstas nas normas gerais da educação ou nas específicas do sistema de ensino aprovadas pelo Conselho Estadual de Educação.
    IV. competência da Secretaria de Estado da Educação para autorizar o funcionamento das instituições criadas por leis específicas, experimentais ou mantidas por universidades públicas.
    V. instauração de diligência ou sindicância por autoridade competente, por falta de atendimento aos padrões de qualidade e a ocorrência de irregularidade de qualquer ordem, obedecidos os procedimentos estabelecidos em lei ou regulamento.

    Está de acordo com a citada Deliberação, apenas o contido em
  • Questão 5970.   Pedagogia - Fundamentação Pedagógica - Nível Superior - Professor de Educação Básica - SEE SP - VUNESP - 2009
  • Uma professora está trabalhando com uma classe de terceira série heterogênea: 15 alunos ainda não estão alfabetizados. Os demais já começaram o ano alfabéticos: alguns já fazendo uso das convenções da escrita, outros nem tanto.

    Considerando o exposto, pode-se dizer que o conteúdo trabalhado nessa situação didática é