Questões de Concursos TRF DF

Resolva Questões de Concursos TRF DF Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 1 - Questão 43912.   Português - Nível Médio - Técnico Judiciário - TRF DF - FCC - 2014
  •             Quem nasce no século XXI é rodeado de grande quantidade de dados desde o primeiro momento de vida. Uma em cada três crianças americanas tem presença virtual - normalmente na forma de ultrassonografia, salva pelos pais na internet - antes mesmo de nascer. Nove em cada dez já possuem algo pessoal armazenado na internet ao completar 2 anos. Praticamente tudo o que uma pessoa faz é guardado digitalmente em bancos de dados e preservado pelo resto de sua vida - e até depois dela.
                Por dia, três exabytes de informações circulam pelo mundo, o equivalente a metade de toda a informação produzida pela humanidade desde a Idade da Pedra. A essa abundância de informações dá-se o nome de Big Data. Interpretar corretamente o Big Data é um procedimento precioso para empresas na disputa com a concorrência. Quem sabe minerar naquele oceano de dados pode encontrar, por exemplo, a resposta a um problema que sempre atormentou administradores: o recrutamento e a retenção de talentos. Com informações que circulam livremente pela internet, é possível traçar o perfil psicológico e identificar as qualidades e os defeitos de um profissional. Nos últimos dez anos, softwares têm substituído funções de psicólogos na árdua tarefa de manter funcionários produtivos e felizes com seu emprego. 
                O Big Data chega como o melhor recurso para contornar a falta de mão de obra. Quase 40% das empresas não conseguem preencher vagas em aberto pela falta de profissionais qualificados. Há áreas em que a disputa por talentos é especialmente ferrenha. A melhor forma de preencher as vagas é garimpar entre os quase 3 bilhões de pessoas que produzem exabytes de informações na internet. Nos Estados Unidos, há softwares focados no recrutamento de profissionais de categorias específicas. Há também sites especializados em avaliar perfis em redes sociais. Diz o criador de um desses sites, Joe Fernandez: “O universo virtual abriu portas para que se saiba tudo sobre todos. Essa é uma das maiores revoluções iniciadas pela internet." 
                Há, evidentemente, uma área cinzenta no uso do Big Data. Pode uma empresa acessar dados pessoais que empregados compartilham on-line? Não há ainda respostas fáceis para esse tipo de questionamento. O certo é que a transformação tecnológica do Big Data veio para ficar. 

    (Adaptado de: VILICIC, Filipe e BEER, Raquel. Veja, 25 de setembro de 2013, p. 101-103)
  • Conclui-se corretamente do texto que
  • 2 - Questão 43943.   Governança de TI - Nível Médio - Técnico Judiciário - TRF DF - FCC - 2014
  • Uma equipe responsável pela administração das redes de comunicações de dados deseja substituir dois roteadores que tratam as comunicações com as redes de longa distância. Para realizar a mudança cumprindo os princípios da ITIL v.3, a equipe precisa definir a matriz RACI que estabelece:
  • 3 - Questão 43921.   Informática - Nível Médio - Técnico Judiciário - TRF DF - FCC - 2014
  • O PostgreSQL disponibiliza para os usuários um amplo conjunto de tipos de dados nativos. Dentre os tipos para data e hora estão: time, timestamp, date e
  • 4 - Questão 43944.   Governança de TI - Nível Médio - Técnico Judiciário - TRF DF - FCC - 2014
  • O Tribunal organizou as funções relativas às atividades de gerenciamento e operações de TI seguindo a ITIL v.3, e definiu uma equipe para cada uma das funções da operação de serviços. Uma das equipes definidas pela segregação de funções ficou encarregada de definir padrões para a infraestrutura de Tecnologia da Informação, e gerenciar o ciclo de vida de sistemas de informação e contratos com fornecedores que os suportam e licenciam. É possível afirmar que essa segregação de função NÃO foi correta, pelo fato da ITIL v.3 determinar que o gerenciamento
  • 5 - Questão 43915.   Português - Nível Médio - Técnico Judiciário - TRF DF - FCC - 2014
  •             Quem nasce no século XXI é rodeado de grande quantidade de dados desde o primeiro momento de vida. Uma em cada três crianças americanas tem presença virtual - normalmente na forma de ultrassonografia, salva pelos pais na internet - antes mesmo de nascer. Nove em cada dez já possuem algo pessoal armazenado na internet ao completar 2 anos. Praticamente tudo o que uma pessoa faz é guardado digitalmente em bancos de dados e preservado pelo resto de sua vida - e até depois dela.
                Por dia, três exabytes de informações circulam pelo mundo, o equivalente a metade de toda a informação produzida pela humanidade desde a Idade da Pedra. A essa abundância de informações dá-se o nome de Big Data. Interpretar corretamente o Big Data é um procedimento precioso para empresas na disputa com a concorrência. Quem sabe minerar naquele oceano de dados pode encontrar, por exemplo, a resposta a um problema que sempre atormentou administradores: o recrutamento e a retenção de talentos. Com informações que circulam livremente pela internet, é possível traçar o perfil psicológico e identificar as qualidades e os defeitos de um profissional. Nos últimos dez anos, softwares têm substituído funções de psicólogos na árdua tarefa de manter funcionários produtivos e felizes com seu emprego. 
                O Big Data chega como o melhor recurso para contornar a falta de mão de obra. Quase 40% das empresas não conseguem preencher vagas em aberto pela falta de profissionais qualificados. Há áreas em que a disputa por talentos é especialmente ferrenha. A melhor forma de preencher as vagas é garimpar entre os quase 3 bilhões de pessoas que produzem exabytes de informações na internet. Nos Estados Unidos, há softwares focados no recrutamento de profissionais de categorias específicas. Há também sites especializados em avaliar perfis em redes sociais. Diz o criador de um desses sites, Joe Fernandez: “O universo virtual abriu portas para que se saiba tudo sobre todos. Essa é uma das maiores revoluções iniciadas pela internet." 
                Há, evidentemente, uma área cinzenta no uso do Big Data. Pode uma empresa acessar dados pessoais que empregados compartilham on-line? Não há ainda respostas fáceis para esse tipo de questionamento. O certo é que a transformação tecnológica do Big Data veio para ficar. 

    (Adaptado de: VILICIC, Filipe e BEER, Raquel. Veja, 25 de setembro de 2013, p. 101-103)
  • Considere as afirmativas a respeito do emprego de sinais de pontuação no texto. Está correto o que se diz em:
  • 6 - Questão 43913.   Português - Nível Médio - Técnico Judiciário - TRF DF - FCC - 2014
  •             Quem nasce no século XXI é rodeado de grande quantidade de dados desde o primeiro momento de vida. Uma em cada três crianças americanas tem presença virtual - normalmente na forma de ultrassonografia, salva pelos pais na internet - antes mesmo de nascer. Nove em cada dez já possuem algo pessoal armazenado na internet ao completar 2 anos. Praticamente tudo o que uma pessoa faz é guardado digitalmente em bancos de dados e preservado pelo resto de sua vida - e até depois dela.
                Por dia, três exabytes de informações circulam pelo mundo, o equivalente a metade de toda a informação produzida pela humanidade desde a Idade da Pedra. A essa abundância de informações dá-se o nome de Big Data. Interpretar corretamente o Big Data é um procedimento precioso para empresas na disputa com a concorrência. Quem sabe minerar naquele oceano de dados pode encontrar, por exemplo, a resposta a um problema que sempre atormentou administradores: o recrutamento e a retenção de talentos. Com informações que circulam livremente pela internet, é possível traçar o perfil psicológico e identificar as qualidades e os defeitos de um profissional. Nos últimos dez anos, softwares têm substituído funções de psicólogos na árdua tarefa de manter funcionários produtivos e felizes com seu emprego. 
                O Big Data chega como o melhor recurso para contornar a falta de mão de obra. Quase 40% das empresas não conseguem preencher vagas em aberto pela falta de profissionais qualificados. Há áreas em que a disputa por talentos é especialmente ferrenha. A melhor forma de preencher as vagas é garimpar entre os quase 3 bilhões de pessoas que produzem exabytes de informações na internet. Nos Estados Unidos, há softwares focados no recrutamento de profissionais de categorias específicas. Há também sites especializados em avaliar perfis em redes sociais. Diz o criador de um desses sites, Joe Fernandez: “O universo virtual abriu portas para que se saiba tudo sobre todos. Essa é uma das maiores revoluções iniciadas pela internet." 
                Há, evidentemente, uma área cinzenta no uso do Big Data. Pode uma empresa acessar dados pessoais que empregados compartilham on-line? Não há ainda respostas fáceis para esse tipo de questionamento. O certo é que a transformação tecnológica do Big Data veio para ficar. 

    (Adaptado de: VILICIC, Filipe e BEER, Raquel. Veja, 25 de setembro de 2013, p. 101-103)
  • ... a resposta a um problema que sempre atormentou administradores: o recrutamento e a retenção de talentos. (2° parágrafo) 

    O segmento introduzido pelos dois-pontos apresenta sentido
  • 7 - Questão 43934.   Informática - Sistemas Operacionais - Nível Médio - Técnico Judiciário - TRF DF - FCC - 2014
  • Caio está trabalhando na avaliação de possíveis sistemas operacionais para servidores de um datacenter. Ele procura por um sistema operacional que tenha padrões que permitam a interoperabilidade com outros produtos de software. Existe ainda a preferência por adotar um sistema com código aberto. Quando considerados na comparação apenas os sistemas operacionais Windows Server 2008 R2 e Red Hat Enterprise Linux 6, a adoção de padrões de interoperabilidade e código aberto são
  • 8 - Questão 43930.   Informática - Segurança da Informação - Nível Médio - Técnico Judiciário - TRF DF - FCC - 2014
  • Rotinas de backup estão invadindo o horário comercial e atrasando a liberação dos sistemas para os usuários. A causa desse problema está no fato da instituição contar com 120 servidores, cada um com sua unidade de backup própria. Muitos dos servidores ainda contam com uma quantidade de Gigabytes de dados em seus discos que excede o limite de capacidade de uma única fita de backup do padrão da unidade respectiva ao servidor, fazendo com que o operador do datacenter tenha que realizar trocas de fitas de backup para continuar as cópias de segurança até o seu término. Dadas essas características dodatacenter, uma solução que aumenta a velocidade de backup e reduz o esforço de operação é
  • 9 - Questão 43923.   Informática - Nível Médio - Técnico Judiciário - TRF DF - FCC - 2014
  • No PostgreSQL, para remover o valor padrão de uma coluna chamada preco em uma tabela chamada produto de um banco de dados ativo, em condições ideais, utiliza-se a instrução
  • 10 - Questão 43936.   Informática - Sistemas Operacionais - Nível Médio - Técnico Judiciário - TRF DF - FCC - 2014
  • Pessoas de uma área funcional estão acessando e alterando arquivos que dizem respeito à outra área. Para resolver esses problemas será feita a segregação de perfis de acesso. Considere as atividades abaixo. 

    I. Configuração de Contas de Usuários que identifiquem unicamente cada usuário da rede de dados da empresa e dos servidores de arquivos. 
    II. Configuração de Grupos de Usuários para as áreas funcionais da instituição, que sejam associados às permissões de acesso aos diretórios e aos arquivos guardados em servidores da rede de dados. 
    III. Associação de Grupos de Usuários correspondentes às áreas funcionais da instituição com as Contas de Usuários, de forma a possibilitar que um usuário acesse os recursos atribuídos aos Grupos. 
    IV. Particionamento físico de discos de servidores, determinando que cada área funcional tenha acesso restrito a determinados trechos de disco que lhe dizem respeito.
    V. Associação de Contas de Usuários às permissões de acesso aos diretórios, e aos arquivos guardados em servidores da rede de dados. 

    A segregação de perfis de acesso aos arquivos armazenados nos servidores através de recursos do Windows Server 2008 R2 e do Red Hat Enterprise Linux 6, envolve obrigatoriamente as atividades descritas em