Questões de Concursos TRT SE

Resolva Questões de Concursos TRT SE Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 1 - Q37681.   Informática - Segurança da Informação - Nível Médio - Técnico Judiciário - TRT SE - FCC - 2016
  • Com relação à segurança nas comunicações, a norma ABNT NBR ISO/IEC 27002:2013 possui uma seção que fornece diretrizes, controles e objetivos de controle para assegurar a proteção das informações em redes. Um desses controles recomenda que
  • 2 - Q37654.   Português - Nível Médio - Técnico Judiciário - TRT SE - FCC - 2016
  • Atenção: Leia o texto abaixo para responder à questão.

      Com a literatura de cordel como aliada, o clichê de “mudar o mundo” não soa tão inalcançável. Os folhetos de cordel são baratos, acessíveis e extremamente fáceis de transportar e de compartilhar com outras pessoas. Melhor ainda: são ideais para a sala de aula. Entre rimas, estrofes e melodias, muitos assuntos pertinentes podem ser tratados e debatidos.
      Nos últimos quatro anos, desde que comecei a publicar os meus cordéis, recebi centenas de mensagens com depoimentos de educadores que compram meus folhetos e utilizam minhas rimas para falar sobre questões raciais, de gênero, de diversidade sexual e história. Com a série Heroínas Negras na História do Brasil, séculos de esquecimento começam a ser rompidos e muita gente escuta falar, pela primeira vez, sobre as mulheres negras que foram líderes quilombolas e guerreiras na luta contra a escravidão.
      Pelo cordel, nomes como Tereza de Benguela, Dandara dos Palmares, Zacimba Gaba e Mariana Crioula protagonizam discussões acaloradas sobre racismo e machismo; até mesmo uma aula de português pode ser a oportunidade perfeita para colocar essas questões em pauta.
      Esse tipo de cordel com proposta social é chamado de Cordel Engajado e pode trazer política, defesa de causas e críticas sociais para a literatura de uma maneira profundamente envolvente. Afinal, a literatura de cordel é excelente para a transformação da sociedade em uma realidade onde exista mais equidade e respeito pela diversidade.
      Esse respeito, aliás, pode começar pela própria valorização do cordel, algo que só deve acontecer quando todos os empecilhos preconceituosos forem tirados do caminho. Ainda há muito a se caminhar, sobretudo com o alarme do tempo piscando e gritando que um dia, infelizmente, o cordel pode virar artigo de museu.

    (Adaptado de: ARRAES, Jarid. “A literatura de cordel...”, Blooks. Rio de Janeiro: Ginga Edições, 2016, p. 12-13).
  • De acordo com o texto,
  • 3 - Q37650.   Português - Nível Médio - Técnico Judiciário - TRT SE - FCC - 2016
  • Atenção: Leia o texto abaixo para responder à questão.

      Com a literatura de cordel como aliada, o clichê de “mudar o mundo” não soa tão inalcançável. Os folhetos de cordel são baratos, acessíveis e extremamente fáceis de transportar e de compartilhar com outras pessoas. Melhor ainda: são ideais para a sala de aula. Entre rimas, estrofes e melodias, muitos assuntos pertinentes podem ser tratados e debatidos.
      Nos últimos quatro anos, desde que comecei a publicar os meus cordéis, recebi centenas de mensagens com depoimentos de educadores que compram meus folhetos e utilizam minhas rimas para falar sobre questões raciais, de gênero, de diversidade sexual e história. Com a série Heroínas Negras na História do Brasil, séculos de esquecimento começam a ser rompidos e muita gente escuta falar, pela primeira vez, sobre as mulheres negras que foram líderes quilombolas e guerreiras na luta contra a escravidão.
      Pelo cordel, nomes como Tereza de Benguela, Dandara dos Palmares, Zacimba Gaba e Mariana Crioula protagonizam discussões acaloradas sobre racismo e machismo; até mesmo uma aula de português pode ser a oportunidade perfeita para colocar essas questões em pauta.
      Esse tipo de cordel com proposta social é chamado de Cordel Engajado e pode trazer política, defesa de causas e críticas sociais para a literatura de uma maneira profundamente envolvente. Afinal, a literatura de cordel é excelente para a transformação da sociedade em uma realidade onde exista mais equidade e respeito pela diversidade.
      Esse respeito, aliás, pode começar pela própria valorização do cordel, algo que só deve acontecer quando todos os empecilhos preconceituosos forem tirados do caminho. Ainda há muito a se caminhar, sobretudo com o alarme do tempo piscando e gritando que um dia, infelizmente, o cordel pode virar artigo de museu.

    (Adaptado de: ARRAES, Jarid. “A literatura de cordel...”, Blooks. Rio de Janeiro: Ginga Edições, 2016, p. 12-13).
  • Com a literatura de cordel como aliada, o clichê de “mudar o mundo” não soa tão inalcançável. Os folhetos de cordel são baratos, acessíveis e extremamente fáceis de transportar e de compartilhar com outras pessoas. (1o parágrafo).

    Mantendo-se a correção e a lógica, e fazendo-se as alterações necessárias na pontuação entre minúsculas e maiúsculas, as frases acima podem ser articuladas em um único período mediante o uso de, após “inalcançável”:
  • 4 - Q37680.   Informática - Segurança da Informação - Nível Médio - Técnico Judiciário - TRT SE - FCC - 2016
  • Considere que o Tribunal Regional do Trabalho esteja seguindo orientações da norma ABNT NBR ISO/IEC 27001:2013. Ao se definir quem deve estabelecer uma política de segurança da informação que seja apropriada ao propósito da organização, o correto é atribuir à
  • 5 - Q37675.   Governança de TI - Nível Médio - Técnico Judiciário - TRT SE - FCC - 2016
  • De acordo com a ITIL v3 edição 2011, algumas atividades do Gerenciamento de Capacidade são reativas e outras são proativas durante o ciclo de vida do serviço. A atividade
  • 6 - Q37671.   Informática - Arquitetura de Computadores - Nível Médio - Técnico Judiciário - TRT SE - FCC - 2016
  • Os monitores e as placas de vídeo são periféricos essenciais de um computador, por isso um Técnico com especialidade em TI recomenda, corretamente, que
  • 8 - Q37674.   Informática - Sistemas Operacionais - Nível Médio - Técnico Judiciário - TRT SE - FCC - 2016
  • Em um Sistema Operacional, o Gerenciamento de
  • 9 - Q37679.   Informática - Segurança da Informação - Nível Médio - Técnico Judiciário - TRT SE - FCC - 2016
  • A norma ABNT NBR ISO/IEC 27001:2013 traz uma tabela com controles e objetivos de controle que devem estar alinhados com o tratamento de riscos de segurança da informação. Um destes controles tem como objetivo
  • 10 - Q37676.   Governança de TI - Nível Médio - Técnico Judiciário - TRT SE - FCC - 2016
  • Considere, por hipótese, que as seguintes tarefas relacionadas à Tecnologia da Informação estão sendo consideradas no Tribunal Regional do Trabalho:

    I. Avaliar o uso atual e futuro da Tecnologia da Informação.
    II. Orientar a preparação e a implementação de planos e políticas para assegurar que o uso da Tecnologia da Informação atenda aos objetivos do negócio.
    III. Monitorar o cumprimento das políticas e o desempenho em relação aos planos.
    IV. Coordenar a implantação de um modelo de boas práticas de gestão em todas as instâncias da organização.

    Estão de acordo com o conjunto de tarefas definidas pela norma NBR ISO/IEC 38500:2009, que estabelece um modelo para Governança corporativa de TI, APENAS os itens