← Início

Questões de Vestibular - História - Exercícios com Gabarito

Questões de Vestibular - História - com Gabarito. Exercícios com Perguntas e Respostas, Resolvidas e Comentadas. Acesse Grátis!


Texto associado.
Leia o fragmento a seguir:
“Então, quando o cabo do braçalote gemeu, encapelando-se no Cais da verga até os cotovelos do horizonte sem
fim, sua memória também rangeu com os dentes da catraca, e pôde lembrar-se de quando estourara a notícia da
prisão [...]: o outrora arguto Conde de Oeiras fora considerado traidor e condenado à morte. Subira ao trono [...]
e com ela todo o desencanto com a monarquia.”
Fonte: BARRETO, Antônio. A barca dos amantes. 4ª ed. Belo Horizonte[MG]: Lê, p. 27. 2018. [Fragmento:
Adaptado]
O fragmento de Antônio Barreto, na obra “A barca dos amantes”, em suas lacunas, retrata personagens históricos
como, EXCETO:
Texto associado.
1 O filme Deuses do Egito é mais branco que o Oscar
2016. E, naquele caso, há um agravante: o filme se passa em
um país do norte da África. O elenco principal parece mais
4 apropriado para uma lenda celta do que para o Egito antigo,
pois quase todos os atores são brancos. Esse branqueamento
histórico foi motivo de fortes críticas nos Estados Unidos. A
7 produtora e o diretor pediram desculpas ao público. Eles
repetiram a velha tradição hollywoodiana de colocar atores
brancos nos papéis principais: Charlton Heston encenou
10 Moisés em Os Dez Mandamentos (1956) e Elizabeth Taylor
foi Cleópatra (1963). Ou seja: Hollywood não mudou. E não
percebeu que o mundo à sua volta, sim.
Ricardo Calil Polêmica racial encobre a ruindade do
longa épico Deuses do Egito In: Folha de S. Paulo, 27/2/2016
Internet: www1 folha uol com br (com adaptações)

Julgue os próximos itens, acerca do texto precedente e dos múltiplos aspectos a ele relacionados.
O texto critica a escolha de atores brancos para o elenco principal do filme Deuses do Egito, com base no argumento de que, tal escolha, uma tradição hollywoodiana, é incoerente com as características da população do país onde a história se passa.
Texto associado.
Assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as afirmações abaixo, sobre o período da chamada Idade
Média.
( ) A prática da vassalagem foi incorporada pelo império carolíngio e definiu uma das características
principais do feudalismo.
( ) Os servos, de origem camponesa, eram submetidos aos vilões, indivíduos residentes nas cidades,
para quem era devido o tributo conhecido como corveia.
( ) O chamado “movimento das cruzadas” articulou interesses religiosos da Igreja com motivações
econômicas da nobreza feudal, na busca de riquezas e conquistas de territórios.
( ) O desenvolvimento dos núcleos urbanos e das práticas comerciais acarretou transformações nas
formas da educação, com o aparecimento das primeiras universidades voltadas para a formação
de profissionais em áreas como medicina e direito.
A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é

No final da Primeira Guerra Mundial, em 1917, ocorre a Revolução Russa. Nos debates que envolveram os caminhos de formação da União das Repúblicas Soviéticas, Stalin e Trostky colocaram-se em campos contrários. A opção que associa, corretamente, os líderes mencionados e suas posições quanto aos rumos da Revolução é:

Texto associado.
Quando chegar o feliz momento da abolição, não será devido nunca à inclinação sincera do povo ou do governo, a
menos que venham a sofrer grande mudança. Pois quase me aventuraria a dizer que não há dez pessoas em todo
o Império que considerem esse comércio um crime ou o encarem sob outro aspecto que não seja o de ganho e
perda, de simples especulação mercantil, que deve continuar ou cessar conforme for vantajoso ou não.
Acostumados a não fazer nada, os brasileiros em geral estão convencidos de que os escravos são necessários
como animais de carga, sem os quais os brancos não poderiam viver.
HENRY CHAMBERLAIN, agente diplomático britânico, em 31/12/1823.
Adaptado de SOUSA, O. T. Fatos e personagens em torno de um regime. Rio de Janeiro: José
Olympio, 1960.
Após a emancipação política do Império do Brasil, o debate sobre o fim do tráfico intercontinental de escravos e
da escravidão esteve em pauta, como abordado por Henry Chamberlain em 1823. Naquele contexto, de acordo
com o diplomata britânico, as resistências à abolição do tráfico e da escravidão estavam associadas à conjuntura
de:
Texto associado.
Os comentadores do texto sagrado (…) reconhecem a submissão da mulher ao homem como um dos momentos da divisão hierárquica que regula as relações entre Deus, Cristo e a humanidade, encontrando ainda a origem e o fundamento divino daquela submissão na cena primária da criação de Adão e Eva e no seu destino antes e depois da queda. 
CASAGRANDE, C., A mulher sob custódia, in: História das Mulheres, Lisboa: Afrontamento, 1993, v. 2, p. 122123.
O excerto refere?se à apreensão de determinadas passagens bíblicas pela cristandade medieval, especificamente em relação à condição das mulheres na sociedade feudal. A esse respeito, é correto afirmar:
Texto associado.
1 O filme Deuses do Egito é mais branco que o Oscar
2016. E, naquele caso, há um agravante: o filme se passa em
um país do norte da África. O elenco principal parece mais
4 apropriado para uma lenda celta do que para o Egito antigo,
pois quase todos os atores são brancos. Esse branqueamento
histórico foi motivo de fortes críticas nos Estados Unidos. A
7 produtora e o diretor pediram desculpas ao público. Eles
repetiram a velha tradição hollywoodiana de colocar atores
brancos nos papéis principais: Charlton Heston encenou
10 Moisés em Os Dez Mandamentos (1956) e Elizabeth Taylor
foi Cleópatra (1963). Ou seja: Hollywood não mudou. E não
percebeu que o mundo à sua volta, sim.
Ricardo Calil Polêmica racial encobre a ruindade do
longa épico Deuses do Egito In: Folha de S. Paulo, 27/2/2016
Internet: www1 folha uol com br (com adaptações)

Julgue os próximos itens, acerca do texto precedente e dos múltiplos aspectos a ele relacionados.
Na organização retórica do texto, o trecho “quase todos os atores são brancos” (R.5) apresenta a opinião do autor acerca do elenco escolhido para o filme Deuses do Egito.
Assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as afirmações abaixo, a respeito da história do cristianismo entre os séculos IV e XV.
( ) O predomínio da Igreja cristã no Ocidente ocorre a partir da conversão do imperador Constantino em 312, e da imediata proibição imposta a outras religiões consideradas pagãs.
( ) A difusão ideológica do cristianismo ocorreu também graças a obras dos chamados pais da Igreja, como o africano Agostinho, bispo de Hipona e autor de Cidade de Deus.
( ) A gradual intervenção no estabelecimento de normas a respeito do matrimônio e do modelo familiar contribuiu para o processo de controle social por parte da Igreja.
( ) A Ordem de Cristo, criada em Portugal no século XIV, foi uma ordem de caráter religioso e militar instituída como prevenção contra a expansão territorial francesa, realizada pelos cavaleiros templários em nome de Filipe IV.
A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é
Texto associado.
O filme 1492: a conquista do paraíso, de Ridley Scott,
aborda a conquista da América pelos europeus. O filme retrata de
forma controversa Cristóvão Colombo: ora como um homem brutal,
ora como magnânimo. O trabalho indígena forçado é abordado, mas
o papel crucial de Colombo nele é obscurecido. Para muitos
indígenas, reverenciar a figura de Colombo equivale a reverenciar
a figura de Hitler na perspectiva da civilização ocidental. Ele foi
responsável direto pela morte de aproximadamente 50 mil pessoas.
Vinte e um anos após sua chegada, 8 milhões de indígenas haviam
sido mortos.
Ella Shohat e Robert Stam Crítica da imagem eurocêntrica
São Paulo: Cosac Naify, 2006, p 103-4 (com adaptações)
Considerando o texto apresentado e os aspectos históricos a ele
relacionados, julgue os itens seguintes.
Os maias possuíam diversificados conhecimentos em arquitetura, matemática e astronomia, além de um sistema próprio de escrita, e aplicavam esses saberes para a construção de cidades, de pirâmides, de obras de engenharia e de seu complexo sistema de calendários
Texto associado.
TEXTO
1 Em outubro de 1917, os bolcheviques (maioria,
em russo) lideraram uma revolução, invadiram o palácio
do czar, subiram pelas escadarias e derrubaram séculos de
4 absolutismo, instalando um governo de operários e camponeses.
Tudo mentira. Os bolcheviques não eram maioria,
o czar não morava no palácio de inverno (ele abdicara em
7 março e estava preso a quilômetros de distância). Em outubro
de 1917, não havia mais monarquia, e a Rússia era uma
república mambembe. Os poucos revoltosos entraram no
10 palácio por janelas laterais, e o prédio não estava guarnecido
por tropa capaz de defendê-lo. A cena da tomada do palácio,
com uma heroica multidão subindo sua escadaria, foi uma
13 invenção do cineasta Sergei Eisenstein. Ele teve a ajuda de
cinco mil figurantes, e a filmagem, em 1928, causou mais
danos ao palácio que a sua tomada em 1917. A grandiosidade
16 de Eisenstein fez que suas cenografias engolissem a realidade.
O massacre da escadaria de Odessa, do Encouraçado
Potemkin, também não aconteceu.
Elio Gaspari. O centenário da Rússia de 1917. In:
O Globo, 11/1/2017, p. 16 (com adaptações).
Tendo o trecho precedente como referência, julgue o item.
Conforme a teoria marxista, a transição ao comunismo se iniciaria com o levante do proletariado frente ao esgotamento do sistema capitalista e a subsequente instauração de um governo proletário. Assim, a ausência de um proletariado organizado na Rússia se colocava como um desafio para a revolução concebida pela teoria marxista.