Questões de Ensino Médio - Exercícios para Concursos Militares com Gabarito

Questões de Ensino Médio com Gabarito. Exercícios para Concursos Militares com Atividades Resolvidas e Comentadas. Teste seus conhecimentos com Perguntas e Respostas Grátis!

11 Questão 707245 | Redes de Computadores, Oficial Infomática, EsFCEX, Exército Brasileiro, Ensino Médio, 2019

Considere o protocolo WEP para fornecer autenticação e criptografia dos dados entre o hospedeiro A e o ponto de acesso. Suponha que a chave-mestra compartilhada e que o IV (vector indication) são as entradas do algoritmo RC4 para geração do fluxo de chave no hospedeiro. Um invasor, utilizando um IP falso, manda uma solicitação HTTP para o hospedeiro A enviar a mensagem 10101100. O invasor captura com sucesso a sequência 010111000. Com base na sequência recebida e a mensagem requisitada ao hospedeiro A, assinale a alternativa que indique a sequência correta da chave de criptografia.

12 Questão 42896 | Medicina, Soldado do Corpo de Bombeiro, Bombeiro Militar DF, IDECAN, Ensino Médio, 2017

O trauma de coluna pode provocar a fratura de uma ou mais vértebras e lesões da medula espinhal. Quando os reflexos abdominais estão abolidos é provável que a lesão da medula ocorreu no nível de:

13 Questão 694219 | Engenharia Civil, Primeiro Tenente Engenharia Civil, CIAAR Aeronáutica, Aeronáutica, Ensino Médio, 2019

Uma das importantes ferramentas de planejamento financeiro de um emprendimento é a curva S. 

Avalie as afirmações a seguir, referente à resistência dos materiais. 
I. A Curva S é um gráfico da relação entre o esforço monetário despendido em melhorar um produto ou método e os resultados obtidos como retorno desse investimento. 
II. Uma característica comum em planejamento de empreendimentos civis é que o trabalho nas fases iniciais é consideravelmente menor do que o realizado nas fases intermediárias. Por isso, os valores acumulados resultam em um gráfico no formato da letra “S”. 
III. Um dos papéis fundamentais das ferramentas de gestão como a Curva S para empreendimentos civis é antecipar cenários e reduzir a margem de erro dos empreendimentos. 
V. O ideal é que a curva esteja o mais próximo possível do que foi planejado. Mesmo nos casos em que a curvatura esteja acima da média, situação que requer cuidados durante a execução do empreendimento, os gestores devem estar atentos. 
Está correto apenas o que se afirma em 

14 Questão 688385 | Farmácia, Primeiro Tenente Farmácia Industrial, CIAAR Aeronáutica, Aeronáutica, Ensino Médio, 2019

Na indústria farmacêutica, o Laboratório de Controle de Qualidade é responsável por testar a qualidade das matérias-primas, dos materiais de embalagem e dos produtos acabados, mantendo o registro completo dos ensaios realizados. O laboratório deve assegurar que os insumos farmacêuticos e os produtos acabados atendam aos quesitos de qualidade especificados na legislação. 

Qual é o Compêndio Oficial de Análise, que compreende as normas e as especificações técnicas das análises físico-químicas e microbiológicas, adotadas na indústria farmacêutica no Brasil?

15 Questão 40938 | Direito Penal, Escrivão de Polícia, Polícia Civil AL, CESPE, Ensino Médio, 2012

Julgue os itens a seguir, com base a Lei Maria da Penha, que dispõe sobre violência doméstica e familiar contra a mulher.

Conforme a referida lei, consideram-se violência sexual as ações ou omissões que impeçam a mulher de usar qualquer método contraceptivo ou que a forcem à gravidez, ao aborto ou à prostituição, mediante coação, chantagem, suborno ou manipulação.

16 Questão 8021 | Enfermagem, Primeiro Tenente, Marinha do Brasil, MB, Ensino Médio, 2011

Segundo SCHECHTER (1998), em relação à classificação das cirurgias segundo o potencial de contaminação, é correto afirmar que uma cirurgia potencialmente contaminada é aquela onde ocorre:

17 Questão 17142 | Noções de Saúde, Higiene Bucal, Soldado da Polícia Militar, Polícia Militar MG, CRSP PMMG, Ensino Médio, 2013

Em casos de acidente com material perfuro cortante em profissionais de saúde é CORRETO afirmar que: 

18 Questão 16570 | Sociologia, Oficial da Polícia Militar, Polícia Militar AL, CESPE, Ensino Médio, 2012

Após se tornar independente, o Brasil foi o único país americano que adotou o regime monárquico. Proclamada em 1889, por meio de golpe de Estado, a República brasileira transformou-se no palco das oligarquias. A Era Vargas significou o início da modernização econômica do país, o começo da implantação dos direitos sociais e, sob o ponto de vista político, a centralização que culminou em franca ditadura. Entre 1946 e 1964, o Brasil conheceu inédita experiência democrática, apesar das crises que se sucediam. O golpe de 1964 inaugurou duas décadas de regime autoritário. Relativamente a esses períodos da história do Brasil, assinale a opção correta.

19 Questão 52480 | Informática, Agente Administrativo, PRF, FUNCAB, Ensino Médio, 2014

Em um navegador da Internet, o recurso que permite que o usuário navegue com interação na web sem deixar vestígios, isto é, excluindo as informações que são armazenadas no computador, é:

20 Questão 689393 | Português, Cadete da Aeronáutica, EPCAR, Aeronáutica, Ensino Médio, 2019

Texto associado.
TEXTO I
Rap: uma linguagem dos guetos
Entre as vozes que se cruzam na cacofonia urbana da sociedade globalizada, há uma que se sobressai pela sua radicalidade marginal: o rap. A moderna tradição negra dos guetos norte-americanos é, 5 hoje, cantada pelos jovens das periferias de todos os quadrantes do globo. Mas diferentemente das estereotipias produzidas pela nação hegemônica e difundidas em escala planetária, a cultura hip-hop costuma ser assimilada como uma fala histórica 10 essencialmente crítica por uma juventude com tão escassas vias de fuga ao sempre igual. Quando, por exemplo, jovens de uma favela brasileira incorporam esta linguagem tornada universal, por mais que a sua realidade seja diferente daquela dos marginalizados do 15 país de origem, a forma permanece associada a um conteúdo crítico – uma visão de mundo subalterna e frequentemente subversiva.
O rap é hoje uma forma de expressão comunitária, por meio da qual se comunicam e afirmam 20 sua identidade habitantes dos morros e comunidades populares. /.../
O surgimento do movimento hip-hop nos remete ao contexto no qual estavam inseridos os Estados Unidos dos anos 60 e 70, no auge da Guerra 25 Fria. Foram anos de tensão e muita agitação política. O descontentamento popular com a guerra do Vietnã somava-se à pressão das comunidades negras segregadas, submetidas a leis similares às do apartheid sul-africano. O clima de revolta e inconformismo tomava 30 conta dos guetos negros.
/.../
Na trilha da agitação política ocorriam inovações culturais. Nos guetos, o que se ouvia era o soul, que foi importante para a organização e 35 conscientização daquela população. /.../ No mesmo período surge uma variedade de outros ritmos, como o funk, marcados por pancadas poderosas que causavam estranhamento aos brancos, letras que invocavam a valorização da cultura negra e denunciavam as 40 condições às quais eram submetidas as populações dos guetos. O soul e o funk foram as bases musicais que permitiram o surgimento do rap, que virá a ser um dos elementos do movimento hip-hop.
Por essa época ou um pouco antes, jovens 45 negros já dançavam [o break] nas ruas ao som do soul e do funk de uma forma inovadora, executando passos que lembravam ao mesmo tempo uma luta e os movimentos de um robô. /.../
Finalmente, além da música e da dança, 50 propagava-se pelos guetos, ainda, o hábito de desenhar e escrever em muros e paredes. /.../ Nesse contexto de efervescência político-cultural, grafiteiros, breakers e rappers começaram a se reunir para realizar eventos juntos, afinal suas artes estavam relacionadas a uma 55 experiência comum, a cultura de rua. /.../
Por volta de 1982, o rap chegou ao Brasil, fixando-se, sobretudo, em São Paulo. /.../
Nos últimos anos da década de 90, o rap brasileiro ultrapassou os limites da periferia dos grandes 60 centros e chegou à classe média. /.../ O rap de caráter mais comercial passou então a ser amplamente difundido pelo país, ao mesmo tempo em que, em sua forma marginal, a linguagem continuava a se desenvolver nos espaços populares.
65 Há que se destacar o caráter inovador do rap nacional, que reelabora, de forma criadora, a partir de tradições populares brasileiras, a linguagem dos guetos norte-americanos, mesclando o ritmo do Bronx a gêneros como o samba e a embolada.
70 /.../
Não se trata, no entanto, de idealizar o hip-hop como forma de conhecimento. O movimento, seguramente, não é homogêneo: possui tendências mais ou menos politizadas, mais ou menos engajadas e 75 críticas. Há, por assim dizer, uma vertente cuja tônica é a denúncia, a agitação e o protesto. Outra, espontânea, sem uma linha política coerente e definida. E outra ainda, talvez hegemônica, já assimilada pelo mercado, que reproduz o modelo de comportamento, aspirações e 80 ideais dominantes (consumismo, individualismo e exaltação da vida privada), como a maioria das canções ditas "de massa".

(COUTINHO, Eduardo Granja, ARAÚJO, Marianna. Rap: uma linguagem dos
guetos. In: PAIVA, Raquel, TUZZO, Simone Antoniaci (Orgs.). Comunidade, mídia e
cidade: possibilidades comunitárias na cidade hoje. Goiânia: FIC/UFG, 2014.)
Assinale a alternativa cuja palavra ou expressão entre parênteses NÃO substitui corretamente a anterior a ela.