Questões de Polícia Militar MS - Exercícios para Concursos Militares com Gabarito

Questões de Polícia Militar MS com Gabarito. Exercícios para Concursos Militares com Atividades Resolvidas e Comentadas. Teste seus conhecimentos com Perguntas e Respostas Grátis!

1 Questão 41771 | Atualidades, Soldado da Polícia Militar, Polícia Militar MS, MS CONCURSOS , Ensino Médio, 2013

Comércio varejista que apresentou o maior avanço do País no volume de vendas em junho deste ano sobre igual período de 2012. O resultado foi informado na palestra “O comércio de Mato Grosso do Sul nas pesquisas do IBGE”, realizada por técnicos do Instituto na sede da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG). Que Estado brasileiro apresentou esse resultado no seu volume de vendas?

2 Questão 41796 | Informática, Soldado da Polícia Militar, Polícia Militar MS, MS CONCURSOS , Ensino Médio, 2013

“No Windows podemos utilizar teclas de atalho para a maior parte de suas funções”.

Assinale a alternativa que mostra o conjunto de teclas que “Desfaz a última ação”.

3 Questão 41777 | Atualidades, Soldado da Polícia Militar, Polícia Militar MS, MS CONCURSOS , Ensino Médio, 2013

De acordo com o art. 23 da Lei 12.527/2011, são consideradas imprescindíveis à segurança da sociedade ou do Estado e, portanto, passíveis de classificação as informações cuja divulgação ou acesso irrestrito possam:

I - pôr em risco a defesa da vida e da dignidade humana;
II - prejudicar ou pôr em risco a condução de negociações ou as relações internacionais do País, ou as que tenham sido fornecidas em caráter sigiloso por outros Estados e organismos internacionais;
III - pôr em risco a propriedade privada, a segurança ou a saúde da população;
IV - oferecer elevado risco à estabilidade financeira, econômica ou monetária do País; V - prejudicar ou causar risco a planos ou operações estratégicos das Forças Armadas.

Estão corretas apenas as proposições:

4 Questão 41774 | Atualidades, Soldado da Polícia Militar, Polícia Militar MS, MS CONCURSOS , Ensino Médio, 2013

Destinado a grandes empreendimentos, seus recursos devem ser usados na melhoria da infraestrutura da região Centro-Oeste. Esse segundo fundo foi regulamentado recentemente - o decreto regulamentador foi publicado no Diário Oficial da União do dia 15 de agosto de 2013- e já conta com procura considerável. 

                                                                             Jornal Correio do Estado, 6/9/2013, p. 6. 

Que fundo é esse criado para desenvolver grandes empreendimentos no Centro-Oeste?

5 Questão 41800 | Português, Interpretação de Textos, Soldado da Polícia Militar, Polícia Militar MS, MS CONCURSOS , Ensino Médio, 2013

Texto associado.
Um rio do Éden
29 de agosto de 2013 | 2h 19. Luiz Fernando Veríssimo - O Estado de S. Paulo.

 O meu relógio biológico é um Rolex. Não, brincadeira. Nós todos temos um relógio dentro de nós que sempre "sabe" exatamente que horas são, embora nem todo mundo saiba que ele sabe, ou confie nele. O relógio biológico funciona mais ou menos como uma portaria de hotel, à qual você pede para ser acordado a certa hora. Ou como um despertador, que você marca para acordá-lo. O relógio interior pode falhar - as portarias de hotel e os despertadores também falham -, mas sempre que não acreditei no meu me arrependi. O que aconteceu mais de uma vez foi que o relógio biológico me acordou e fiquei na cama, aflito para saber se a portaria iria se lembrar ou o despertador funcionar, e acabei me atrasando. E minha tese é que quando o relógio biológico não nos acorda é porque, no fundo, não queremos acordar. Algum outro instrumento instintivo que carregamos sem saber prevaleceu e neutralizou o relógio.

 É fascinante essa ideia de que trazemos nos genes recursos, impulsos, fobias e encargos dos quais não nos damos conta, como relógios embutidos ligados a alguma fonte inimaginavelmente precisa de tempo certo. Somos portadores de mensagens cifradas que não conhecemos, e não entenderíamos se conhecêssemos. Há uma teoria segundo a qual o pavor universal de cobras vem de um resquício do passado reptiliano que ficou num dos cantos primitivos do nosso cérebro. E a mais nobre e misteriosa missão que nossos genes realizam à nossa revelia é a de trazer nosso DNA desde as origens da espécie humana até agora. Ninguém nos contratou, mas nossa função no mundo é transportar DNA.

 O famoso biólogo darwinista Richard Dawkins deu um título poético a um dos seus livros: River Out of Eden. Tirado de Gênese 2:10 "E saía um rio do Éden para regar o jardim, e dali se dividia". O rio do Éden de Dawkins e de DNA, e passa por todos nós.

Disponível em http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,um-rio-do-eden-,1069085,0.htm. Acesso em 6/9/2013. 
No início do segundo parágrafo, Veríssimo afirma: “É fascinante essa ideia de que trazemos nos genes recursos, impulsos, fobias e encargos dos quais não nos damos conta, como relógios embutidos ligados a alguma fonte inimaginavelmente precisa de tempo certo”. Nessa afirmação, a expressão destacada “essa ideia" foi utilizada para: 

I - retomar algo já mencionado no primeiro parágrafo.
II - detalhar melhor os aspectos apresentados no primeiro parágrafo.
III - manter o tema e, ao mesmo tempo, acrescentar informações novas.
IV - fazer o texto progredir sequencialmente.
V - introduzir apenas informações completamente novas. 

Estão corretas apenas: 

6 Questão 41818 | Português, Soldado da Polícia Militar, Polícia Militar MS, MS CONCURSOS , Ensino Médio, 2013

Relacione as regras referentes ao emprego da vírgula às frases a seguir:

I - Usa-se a vírgula para marcar a supressão do verbo.
II - Usa-se a vírgula para separar o aposto explicativo.
III - Separa-se por vírgula o objeto pleonástico.
IV - Usa-se a vírgula para separar as datas das localidades.

( ) Campo Grande, 13 de setembro de 2013.
( ) Machado de Assis, autor de Dom Casmurro, foi um ótimo escritor.
( ) No mar, os peixes.
( ) O caderno, guarda-o na pasta da escola.

A sequência correta é:

7 Questão 41764 | Atualidades, Soldado da Polícia Militar, Polícia Militar MS, MS CONCURSOS , Ensino Médio, 2013

As exportações de Mato Grosso do Sul tiveram um acréscimo de 38,8% de janeiro a julho deste ano, comercializando o equivalente a US$ 3,2 bilhões em produtos. Os números foram divulgados em 13 de agosto de 2013 pelo Ministério da Indústria e Comércio Exterior. Quais foram os produtos que lideraram as vendas externas em Mato Grosso do Sul nesse período?

8 Questão 41780 | Matemática, Soldado da Polícia Militar, Polícia Militar MS, MS CONCURSOS , Ensino Médio, 2013

Alcebíades e Zebedeu, em exercícios de tiro das quais participaram, apresentaram excelentes performances: Alcebíades errou o alvo em apenas 4% dos disparos efetuados e, Zebedeu, em apenas 5% de seus disparos. Em uma competição de tiro em que estão ambos inscritos, espera se desempenhos semelhantes aos obtidos nos exercícios. Sendo assim, ao dispararem uma vez cada um, espera-se que a probabilidade de que Alcebíades erre o alvo e Zebedeu o acerte é:

9 Questão 41804 | Português, Soldado da Polícia Militar, Polícia Militar MS, MS CONCURSOS , Ensino Médio, 2013

Assinale a alternativa correta, no que se refere à concordância verbal, de acordo com a norma culta.

10 Questão 41802 | Português, Interpretação de Textos, Soldado da Polícia Militar, Polícia Militar MS, MS CONCURSOS , Ensino Médio, 2013

Texto associado.
Um rio do Éden
29 de agosto de 2013 | 2h 19. Luiz Fernando Veríssimo - O Estado de S. Paulo.

 O meu relógio biológico é um Rolex. Não, brincadeira. Nós todos temos um relógio dentro de nós que sempre "sabe" exatamente que horas são, embora nem todo mundo saiba que ele sabe, ou confie nele. O relógio biológico funciona mais ou menos como uma portaria de hotel, à qual você pede para ser acordado a certa hora. Ou como um despertador, que você marca para acordá-lo. O relógio interior pode falhar - as portarias de hotel e os despertadores também falham -, mas sempre que não acreditei no meu me arrependi. O que aconteceu mais de uma vez foi que o relógio biológico me acordou e fiquei na cama, aflito para saber se a portaria iria se lembrar ou o despertador funcionar, e acabei me atrasando. E minha tese é que quando o relógio biológico não nos acorda é porque, no fundo, não queremos acordar. Algum outro instrumento instintivo que carregamos sem saber prevaleceu e neutralizou o relógio.

 É fascinante essa ideia de que trazemos nos genes recursos, impulsos, fobias e encargos dos quais não nos damos conta, como relógios embutidos ligados a alguma fonte inimaginavelmente precisa de tempo certo. Somos portadores de mensagens cifradas que não conhecemos, e não entenderíamos se conhecêssemos. Há uma teoria segundo a qual o pavor universal de cobras vem de um resquício do passado reptiliano que ficou num dos cantos primitivos do nosso cérebro. E a mais nobre e misteriosa missão que nossos genes realizam à nossa revelia é a de trazer nosso DNA desde as origens da espécie humana até agora. Ninguém nos contratou, mas nossa função no mundo é transportar DNA.

 O famoso biólogo darwinista Richard Dawkins deu um título poético a um dos seus livros: River Out of Eden. Tirado de Gênese 2:10 "E saía um rio do Éden para regar o jardim, e dali se dividia". O rio do Éden de Dawkins e de DNA, e passa por todos nós.

Disponível em http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,um-rio-do-eden-,1069085,0.htm. Acesso em 6/9/2013. 
Na crônica de Veríssimo, predominam as sequências dissertativo-argumentativas, pois o autor: