Analista - Redes de Computadores (TI) - Protocolo - SERPRO

Responda as 12 questões abaixo (Analista - Redes de Computadores (TI) - Protocolo - SERPRO). Ao terminar, clique no botão para ver sua nota e o gabarito. Boa prova!

12 questões Informática, Protocolos de rede, Analista de Redes, SERPRO, CESPE, Médio

0 resolveram
0% média
n/d
0 gabaritaram
0 Ótimo
0 Bom
0 Regular
0 Péssimo
Texto associado.

Acerca dos protocolos de gerência de rede, julgue os itens
de 66 a 70.

Com relação às áreas funcionais de gerência OSI, verifica-se que, na MIB-II, o grupo system está para a gerência de configuração da mesma forma que o grupo interface está para a gerência de desempenho.

Texto associado.

Acerca dos protocolos de gerência de rede, julgue os itens
de 66 a 70.

Entre as características do RMON, incluem-se: operação independente da estação gerenciadora; monitoramento proativo e preemptivo visando à detecção antecipada de problemas; geração de dados de valor agregado e suporte a vários gerentes.

Texto associado.

Com relação aos protocolos de roteamento, julgue os itens
seguintes.

Os protocolos link state normalmente são mais estáveis que os distance vector.

Texto associado.

Com relação aos protocolos de roteamento, julgue os itens
seguintes.

O tempo de convergência é o período decorrido até que os roteadores concordem com relação às melhores rotas, após ter ocorrido uma mudança de topologia.

Texto associado.

Acerca dos protocolos da camada de aplicação e serviços de rede,
julgue os itens que se seguem.

A mensagem DHCPNACK é utilizada pelo servidor para informar ao cliente que o endereço solicitado é incorreto.

Texto associado.

Os últimos anos vêm sendo marcados pela convergência de
serviços. Aplicações como VoIP, que até uma década atrás
praticamente inexistia, hoje fazem parte do dia-a-dia. Como a
demanda por serviços dessa natureza vem aumentando, cresce
também a necessidade de profissionais capacitados e com
conhecimento nessas tecnologias. Acerca desse assunto, julgue os
itens de 102 a 111.

Entre os codecs padronizados pelo ITU-T, somente o G.729 possui uma GPL (general public license).

Texto associado.

Com relação aos protocolos de roteamento, julgue os itens
seguintes.

O uso da técnica de split horizon faz que o roteador não anuncie uma dada rota pela interface por onde a aprendeu.

Texto associado.

Com relação aos protocolos de roteamento, julgue os itens
seguintes.

Pela técnica de poison reverse, utilizada para se evitarem loops em protocolos distance vector, um roteador anuncia a todos os outros roteadores uma rota inválida como rota que tem distância infinita.

Texto associado.

Acerca dos protocolos de gerência de rede, julgue os itens
de 66 a 70.

O grupo at da MIB-II detém as informações referentes ao mapeamento de endereços físicos e lógicos dos hosts presentes no segmento de rede do equipamento gerenciado, independentemente de estes se comunicarem diretamente com ele.

Texto associado.

Acerca dos protocolos de gerência de rede, julgue os itens
de 66 a 70.

No USM do SNMP v3, a autenticação é provida por um HMAC de 96 bits, sendo oferecidas as funções de hash MD5 e o SHA-1.

Texto associado.

Acerca dos protocolos de gerência de rede, julgue os itens
de 66 a 70.

No USM do SNMP v3, pode-se prover um usuário tanto de autenticação quanto de privacidade nas mensagens. Como são usadas senhas distintas para cada um desses serviços, ao usuário são oferecidas as seguintes opções: sem autenticação e sem privacidade; sem autenticação e com privacidade; com autenticação e sem privacidade; com autenticação e com privacidade.

Texto associado.

Com relação aos protocolos de roteamento, julgue os itens
seguintes.

A convergência dos protocolos link state geralmente é mais lenta que a dos distance vector.