Perito Legista - Medicina Legal - Genética Forense - PC RJ

Responda as 51 questões do simulado abaixo (Perito Legista - Medicina Legal - Genética Forense - PC RJ). Ao terminar a prova, clique em corrigir para ver o gabarito.

51 questões Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior

0 resolveram
0% acertos
n/d
0 gabaritaram
0 ótimo
0 bom
0 regular
0 péssimo

1Questão 218674. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

No processo de divisão celular de células somáticas eucarióticas, o número de telômeros, observado em cada cromossomo durante a anáfase, é:

2Questão 218709. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Uma população pode evoluir (mudar as frequências de genes) sem que necessariamente a seleção natural esteja agindo sobre ela. Uma situação que ilustra esse tipo de evolução é a deriva gênica que leva à fixação de certos alelos devido a eventos aleatórios não previsíveis.

Um fator que reconhecidamente favorece a evolução por deriva gênica é:

3Questão 218741. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Assinale a afirmativa que descreve corretamente o aparelho de Golgi.

4Questão 218772. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Uma célula humana contendo 22 autossomos e um cromossomo Y é:

5Questão 218792. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Para um marcador genético bi-alélico, assinale a alternativa que indica o número de genótipos possível.

6Questão 218832. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Há muitas vantagens em usar polimorfismos de único nucleotídeo (SNPs) em investigações de paternidade ou de identidade em comparação com o método de STR. No entanto, uma desvantagem é a necessidade de analisar pelo menos 40-50 marcadores de SNP em vez de 13-15 lócus com o método de STR.

A principal razão para se usar quase três vezes mais SNPs deve-se:

7Questão 218841. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

A quantidade de DNA de uma célula diplóide na fase G1 do ciclo celular é x. Então, na metáfase da meiose I, a quantidade de DNA da mesma célula será:

8Questão 218898. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Dentre os aminoácidos mais comuns, assinale a nativa que apresente aqueles que exibem carga líquida negativa em pH fisiológico (próximo ao neutro).

9Questão 218900. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Nos humanos, a fenilcetonúria é causada por um alelo recessivo. Um casal normal teve um filho com fenilcetonúria. Se esse casal tiver mais dois filhos, a probabilidade de que ambos tenham fenilcetonúria, será de:

10Questão 218920. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Se em uma reação de sequenciamento pelo método de Sanger, o análogo didesoxi do CTP (ddCTP) fosse acrescentado à mistura de reação em uma concentração maior que aquela do dCTP, isso poderia afetar os resultados da seguinte forma:

11Questão 218935. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Medidas cinéticas mostram que o DNA de um nucleossomo isolado tem conformações muito dinâmicas que rapidamente mudam do estado enovelado compacto para o estado relaxado.
No entanto, nas células existem reações bioquímicas que podem manter os nucleossomos nos dois estados de maneira mais duradoura.

Essas reações envolvem:

12Questão 218950. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Um gene autossômico de um indivíduo em uma população de 500 pessoas sofre uma mutação que gera um alelo neutro.
Assinale a nativa que indica a probabilidade de que esse alelo seja oportunamente fixado na população por meio de deriva gênica.

13Questão 219004. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Uma mulher cujo grupo sanguíneo é A se casa com um homem cujo grupo é B. O primeiro filho desse casal tem sangue O. A probabilidade de que um segundo filho tenha um grupo sanguíneo diferente de O é de:

14Questão 219029. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Em um caso de investigação de paternidade por genotipagem, o suposto pai (SP) já havia falecido. Uma mulher (M) apresentou- se com um filho (F) alegando que SP era o pai biológico de F. Além de M e F, estavam disponíveis para essa investigação os pais de SP, o avô (Vô), a avó (Vó) e seu irmão (I).
Com a finalidade de determinar se SP era pai biológico de F, assinale a nativa que indica a estratégia mais indicada.

15Questão 219085. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

De acordo com princípios de boas práticas de laboratórios (BPL), as responsabilidades do pesquisador principal estão relacionadas nas nativas a seguir, à exceção de uma.

Assinale-a.

16Questão 219102. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Assinale a nativa que indique o precursor principal para a construção de uma biblioteca de expressão de um determinado organismo.

17Questão 219110. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

O teste específico de Uhlenhuth é geralmente empregado com a finalidade de determinar:

18Questão 219150. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

A sexagem de restos mortais ou de manchas de sangue, lança mão da amplificação do gene da amelogenina, que se localiza nos cromossomos sexuais.
Normalmente o gene da amelogenina apresenta uma diferença de seis nucleotídeos entre homens e mulheres, sendo que o alelo masculino é maior que o feminino.
Em um teste de sexagem usando iniciadores da amelogenina, a partir de uma amostra de mancha de sangue, somente um alelo foi amplificado. Isso significa que:

19Questão 219158. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Ao aplicar um teste de proficiência, o diretor de um laboratório deseja verificar se os analistas realizam as técnicas e interpretam os resultados corretamente.

Em genética forense, a maneira mais comum de o diretor conduzir os testes de proficiência é:

20Questão 219160. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Atualmente é possível monitorar a expressão diferencial de muitos genes ao mesmo tempo, utilizando a técnica de microarranjos (microarrays). Para tal, pequenos fragmentos de DNA, com sequências correspondentes aos genes de interesse, são sintetizados e imobilizados em pequenas lâminas de vidro que servem de alvo para sondas que ao se hibridar ou não, revelarão quantitativamente quais genes estão sendo constitutivamente expressos, super-expressos ou reprimidos. Esse método é muito útil para comparar a expressão gênica de células como, por exemplo, células normais e tumorais.

Assinale a alternativa que indica, para esta técnica, as sondas mais informativas.

21Questão 219214. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Ocorreu um acidente em que a vítima foi atropelada por um veículo cujo motorista não parou para prestar socorro. Um perito colheu no local do acidente resíduos de tinta encontrados na roupa da vítima. Para que essa amostra questionada seja validada como evidência, é preciso que:

22Questão 219259. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Em um caso de estupro foram colhidas três amostras para análise de DNA:

Amostra 1: esfregaço genital da vítima;
Amostra 2: raspado bucal da vítima;
Amostra 3: raspado bucal de um suspeito.

A razão para colher a amostra 2 nesse caso é:

23Questão 219318. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Em um caso no qual se realizou a genotipagem por STR de um pai biológico e seu filho, o resultado mostrou que havia exclusão em somente um dos 15 lócus testados.
Sabendo-se que o pai era autenticamente o pai biológico da criança, assinale a alternativa que explica corretamente o resultado obtido.

24Questão 219419. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Os iniciadores (primers), usados para amplificar por PCR os microssatélites (STR), são desenhados de modo a hibridar-se (anelar-se) com o DNA a ser amplificado.

Assinale a alternativa que indique o sítio da região polimórfica na qual os primers deverão se anelar.

25Questão 219433. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Uma mutação silenciosa pode ser definida como:

26Questão 219494. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Na técnica de RFLP para determinação de paternidade é comum reservar uma raia no sistema de eletroforese em gel de agarose para uma amostra que consiste na mistura do DNA digerido do suposto pai e o DNA digerido do(a) suposto(a) filho(a).

Assinale a nativa que apresente a razão de tal procedimento.

27Questão 219495. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Algumas espécies diferentes podem exibir o mesmo fenótipo, embora tenham uma história evolutiva distinta. Exemplos dessa situação são a homologia e a convergência.

Assinale a nativa que explique corretamente as duas vias evolutivas para esses dois exemplos.

28Questão 219523. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Dentre as vantagens em se usar o DNA mitocondrial, para a investigação de vínculos familiares em humanos, estão a sua maior resistência à degradação e ao alto número de cópias por célula.

Dentre as desvantagens, é correto citar:

29Questão 219601. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

A hemofilia (h) e o favismo (gd) são doenças herdadas como caracteres recessivos ligados ao cromossomo X. Uma mulher com fenótipo normal tem em seu cromossomo X o seguinte genótipo: h +/+ gd. A frequência de recombinação entre h e gd é de 16%.

Assinale a alternativa que indica a proporção de filhos nascidos dessa mulher que será fenotipicamente normal para ambos, hemofilia e favismo.

30Questão 219604. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Com relação às condições que contribuem para que as membranas biológicas exibam uma maior fluidez, assinale a afirmativa correta.

31Questão 219621. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Os bancos de dados populacionais de STR revelaram que os alelos de alguns lócus são tão raros que se torna necessário estabelecer um valor de frequência mínima a fim de que o tratamento estatístico possa ter validade. Esse é o caso do lócus D13S317. Nesse caso, decidiu-se que a frequência mínima seria de 5 ocorrências por população.

De acordo com essa proposta, uma população composta por 100 indivíduos teria um valor de frequência mínima de:

32Questão 219722. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Nos desastres aéreos, muitas vezes os corpos ficam carbonizados e frequentemente ocorrem mutilações resultando na mistura de restos das vítimas. Nesses casos, para identificá- las, recorre-se à tipagem do DNA mitocondrial.
A análise do DNA mitocondrial é recomendada porque este é mais resistente à degradação do que o DNA nuclear, além de que as células têm muitas cópias deste. Para se estabelecer a identidade, os resultados obtidos são comparados ao DNA mitocondrial dos familiares das vítimas.
Assinale a alternativa que indica o familiar que não poderia ser selecionado para comparação.

33Questão 219776. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Tanto o teste de Kastle-Meyer (fenolftaleína) quanto o teste do luminol (3-amino-ftalhidrazida) dependem de reações de oxidação.

Essas reações são catalisadas:

34Questão 219893. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Ao pesquisar uma determinada fibra, o analista detectou a presença de queratina.
O perito concluiu, então, que:

35Questão 219932. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

No contexto da genética de populações não existem populações ideais que sirvam como bancos de dados de referência de frequências de alelos de lócus autossômicos. Em decorrência, alguns fatores podem interferir nos cálculos do índice de paternidade e da probabilidade de paternidade.
Assinale a alternativa que indica o fator populacional mais prejudicial para o cálculo desses índices.

36Questão 219955. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Assinale a alternativa que indica o nível estrutural de uma proteína menos afetado pelo rompimento de suas pontes de hidrogênio.

37Questão 219961. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

A enzima lisozima tem, em seu sítio ativo, dois aminoácidos essenciais para sua atividade: Glu35 e Asp52 .
Os pKs das carboxilas das cadeias laterais desses aminoácidos são respectivamente 5,9 e 4,5.
Sabe-se que o pH ótimo para a atividade da lisozima é 5,2. Nessa situação, é correto afirmar que os estados de ionização do Glu35 e Asp52 serão, respectivamente:

38Questão 219979. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Um experimento realizado com a enzima hexocinase mostrou que se ela for incubada a 45o C durante 12 minutos, ela perde cerca de 50% de sua atividade.

Se o mesmo experimento for realizado com a hexocinase, mas na presença de quantidades saturantes de um de seus substratos, pode-se esperar o seguinte resultado:

39Questão 219988. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

O lócus polimórfico HPRTB tem localização cromossomial Xq26. Frequentemente esse lócus compõe o conjunto de marcadores de STR na investigação de vínculo familiar por genotipagem.

Assinale a alternativa em que esse marcador não é informativo.

40Questão 220059. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

A estrutura de bicamada lipídica das membranas celulares que se formam espontaneamente deve-se essencialmente à interação que existe entre moléculas anfipáticas como os fosfolipídios.

Assinale a nativa que apresenta a característica estrutural dos fosfolipídios que está associada à propriedade anfipática.

41Questão 220100. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Considerando-se que um mililitro de ejaculado contém cem ou mais milhões de espermatozóides, poder-se-ia concluir que o exame por microscopia óptica de um pequeno volume de água no qual o material suspeito foi imerso constituiria a melhor maneira para identificar uma mancha como sêmen. No entanto, um resultado negativo não elimina a possibilidade de que a mancha possa ser de fato sêmen.

As afirmativas a seguir se aplicam a essa situação, à exceção de uma. Assinale-a.

42Questão 220114. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Uma população de duas mil moscas Drosophila se encontra em equilíbrio Hardy-Weiberg para o gene Adh. Esse gene tem dois alelos diferentes, Adhf e Adhs .

Supondo que a frequência dos homozigotos Adhs é 0,16, assinale a alternativa que apresenta, respectivamente, a frequência do alelo Adhf e o número total de heterozigotos nessa população.

43Questão 220183. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Os elementos químicos necessários ao corpo humano em quantidades muito pequenas (menos que 0,01% do peso corporal) são denominados de oligoelementos ou elementos-traço.

Assinale a alternativa que apresente apenas elementos-traço.

44Questão 220192. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Ao analisarmos o genoma de um organismo eucariótico, podemos identificar e quantificar os genes propriamente ditos, reconhecendo em determinadas sequências a presença de:

45Questão 220273. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Um caso notável de polimorfismo balanceado (preservação de variabilidade genética pela seleção natural) é a anemia falciforme que atinge milhares de indivíduos em regiões endêmicas para malária. Indivíduos normais, tem o genótipo HbA /HbA , indivíduos homozigotos para anemia falciforme são HbS /HbS e heterozigotos são HbA /HbS .

46Questão 220297. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Se aquecermos o DNA linear de cadeia dupla dissolvido em água destilada (recipiente I) e a mesma quantidade de DNA dissolvida em uma solução aquosa de 1M NaCL (recipiente II) a 65o C, observaremos que:

47Questão 220334. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

A escolha dos 13 lócus que compõem o banco de dados CODIS (sistema combinado de índice de DNA) obedeceu a vários critérios, um dos quais foi o de que eles deveriam ter localizações cromossomiais diferentes.

A principal razão para esse cuidado é:

48Questão 220423. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Assinale a alternativa que apresenta a quantidade de ligações peptídicas em uma molécula de um tri-peptídeo.

49Questão 220491. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

Ao encontrar pelos no local de um crime é possível analisá-los microscopicamente e tecer considerações sobre sua origem.
A esse respeito, assinale a afirmativa incorreta.

50Questão 220517. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

A análise de haplótipos do cromossomo Y por amplificação e genotipagem é muito informativa nos casos em que se deseja estabelecer vínculos familiares em linhagens patrilineares.

Assinale a nativa que descreva a característica do cromossomo Y, na qual se baseia o procedimento.

51Questão 220573. Medicina Legal, Genética Forense, Perito Legista, Polícia Civil RJ, FGV, Ensino Superior, 2011

As principais diferenças entre uma célula animal e uma vegetal, no contexto morfológico, podem ser resumidas como:

Conteúdo recomendado...