Simulado: Analista Legislativo - Redação - Assembléia Legislativa RO

33 questões Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior

Responda as 33 questões do simulado abaixo (Analista Legislativo - Redação - Assembléia Legislativa RO). Ao terminar a prova, clique em corrigir para ver o gabarito.

1 resolveram
39% acertos
Difícil
0 gabaritaram
0 ótimo
0 bom
1 regular
0 péssimo
Dados estatísticos de usuários que resolveram este simulado.

1Questão 374513. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

A afirmativa abaixo que é inadequada em relação às narrativas é:

2Questão 374516. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

“Era uma vez um rei muito rico que só tinha uma filha. A moça era linda e muito alegre e, como o rei era viúvo, a filha era toda a sua vida. Num belo dia, não se sabe por quê, a linda princesa perdeu a alegria, passando a ser uma moça solitária e tristonha. (A Princesa Triste – Anônimo)

Uma narrativa traz sempre um fato narrativo inicial a partir do qual todos os outros fatos se sucedem; o fato narrativo inicial desse segmento narrativo é:

3Questão 374522. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

O segmento abaixo que pode ser enquadrado entre os acontecimentos e não entre as ações de uma narrativa é:

4Questão 374523. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

O fragmento textual abaixo que não apresenta humanização do personagem animal é:

5Questão 374550. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

As vantagens de minha invenção sobre todos os outros instrumentos que têm o mesmo propósito, são o corte rápido e preciso, assim como a facilidade com que pode ser feito -, uma criança pode usá-lo sem dificuldade e sem correr riscos; o cortador curvo pode ser removido caso precise ser substituído, o que torna possível reaproveitar as outras partes do instrumento, e evita gastos. O furador também faz um orifício na lata sem que o líquido espirre, como ocorre nos instrumentos em que o orifício é feito com um golpe. (Henry Petroski, A evolução das coisas úteis).

O texto acima:

6Questão 374571. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

A alternativa abaixo em que ocorre uma premissa seguida de uma conclusão é:

7Questão 374593. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

Um princípio geral de formulação textual diz que, a primeira vez em que é citada, uma entidade deve ser precedida de artigo indefinido e, quando citada pela segunda vez e outras, deve ser precedida do artigo definido. Ocorre, porém, que, em alguns casos, mesmo citadas pela primeira vez, algumas entidades aparecem precedidas de artigo definido. Uma das razões é quando se trata de uma entidade emoldurada, ou seja, quando um vocábulo anterior faz supor a nova entidade como já conhecida. A frase abaixo que exemplifica o que se afirma acima é:

8Questão 374604. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

“Os turistas visitaram o Corcovado, conheceram a floresta da Tijuca, telefonaram para seus parentes na Suíca, passearam de bondinho no Pão de Acúcar e tomaram caipirinha na beira da praia de Copacabana”.

A marca desse segmento textual que faz com que ele não possa ser considerado como narrativo é:

9Questão 374608. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

No mês de dezembro de 2003, causou algum mal-estar entre militares o fato de o presidente Lula declarar, sobre a situação das Forças Armadas, o seguinte: “Não adianta ter um bando de general e soldado sem pólvora?”(O Dia, 16/12/2003) Pode-se atribuir esse mal-estar em função do(da):

10Questão 374615. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

“O policial guardou as anotações e a arma na gaveta da sala. Parou os olhos no cartão de ponto... [Falaria ou não com o delegado sobre o caso daquele furto?] Enfiou a caneta no bolso da camisa e dirigiu-se ao estacionamento”.

Esse segmento narrativo mostra uma interrupção marcada por colchetes; esse tipo de interrupção é caracterizado por um(a):

11Questão 374621. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

O par abaixo que não segue o mesmo padrão de substituição dos demais é:

12Questão 374628. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

Um dos recursos expressivos na escrita consiste em deslocar palavras da classe gramatical a que elas pertencem. Das frases abaixo, a única em que isso não ocorre é:

13Questão 374629. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

“Havia uma vez um homem muito avarento, que jamais dava qualquer coisa para os outros. Certo dia, bateu à sua porta cansado viandante, que lhe implorou um prato de comida, o qual lhe foi negado, como era de se esperar. (A Sopa de Pedra – Anônimo)”

Sobre o processo de narração desse segmento, a afirmação correta é:

14Questão 374639. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

“De Roma, o correspondente da Folha de São Paulo informa que o Papa vai condenar publicamente os atentados terroristas da Espanha”.

Essa é uma notícia de jornal; o elemento argumentativo que dá mais credibilidade à informação dada é:

15Questão 374644. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

“João dos Santos Neto trabalhava em Nova Iguaçu, em fábrica de embalagens; ontem, João chega em casa mais cedo e encontra a mulher assistindo à televisão com o vizinho, ambos sentados no sofá da sala”. (O Dia, 10/07/2012)

Sobre os elementos narrativos inseridos nesse segmento do texto a afirmação incorreta é:

16Questão 374649. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

Brioches Maria Antonieta: por eles muitos já perderam a cabeça. Experimente! Esse anúncio apareceu numa padaria de uma pequena comunidade do interior do Brasil. A inadequação dessa mensagem provém do(da):

17Questão 374657. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

O texto abaixo em que o argumentador, na tentativa de convencer o leitor, apela para a intimidação por constrangimento é:

18Questão 374671. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

A alternativa que mostra modelos de textos ligados corretamente ao seu tipo textual é:

19Questão 374676. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

A frase abaixo em que a substituição da forma reduzida por uma forma nominal está corretamente realizada é:

20Questão 374677. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

Um jornal mostrava, em sua seção de horóscopo, o pequeno texto abaixo:

Dia que mostra mudança positiva, especialmente em relação a seus interesses de trabalho, sentimentos pessoais em torno de amigos e assuntos pendentes. Controle seu temperamento, pois o quadro sugere, entre íntimos, um pouco mais de moderação e cuidados. O ambiente astral de Saturno no quadro ascendente indica favorabilidade”.

Esse texto só não mostra como característica:

21Questão 374709. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

Uma das características da textualidade é a necessidade de coerência interna e externa, construída também pela seleção vocabular. A frase abaixo que se mostra coerente é:

22Questão 374724. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

“A mulher aproximou-se da beira do cais e olhou em volta. O cenário da baía era lindíssimo, com suas pequenas ilhas cercadas de água azulada. Voltou para dentro do restaurante e chamou o marido”.

Sobre a estruturação narrativa desse segmento a afirmativa adequada é:

23Questão 374729. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

Assinale a opção que indica o vocábulo sublinhado que se refere a um termo que aparece posteriormente na progressão do texto.

24Questão 374755. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

No segmento narrativo “O ladrão arrombou o trinco da janela, levantou a vidraça, enquanto olhava para o interior do quarto. Observou de imediato que não havia ninguém no aposento e ficou mais tranquilo” traz uma série de ações; as formas verbais que indicam sucessão temporal são:

25Questão 374769. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

Um livro didático, mostrando diferentes objetivos dos vários modos de organização discursiva, indicava:

(texto 1) identificar, localizar e qualificar

(texto 2) relatar

(texto 3) discutir, informar

Considerando as informações dadas, os textos referidos são, respectivamente:

26Questão 374770. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

Nas frases a seguir, o processo sublinhado que indica mudança de estado é:

27Questão 374787. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

“No restaurante, solicitei a bebida, que me foi trazida junto com o serviço. Pedi a comida, que saboreei com prazer. A sobremesa e o cafezinho fecharam o ritual”.

Nesse segmento narrativo o que pode marcar a passagem de tempo é:

28Questão 374788. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

Indique o trecho narrativo a seguir em que a sucessão cronológica entre as ações sublinhadas ocorre por motivação / ação:

29Questão 374812. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

A frase abaixo que não apresenta intertextualidade com um texto amplamente conhecido é:

30Questão 374821. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

O processo de discursivização corresponde a um conjunto de operações que se encarregam de transformar a língua em discurso, ou seja, que fazem a passagem do significado (sentido de língua) para a significação (sentido de discurso). De fato, vocábulos como homem, bondoso, viajar etc. possuem tãosomente um sentido potencial e só ganham sentido real quando atualizados discursivamente: «o homem é mortal» ,« as criaturas bondosas ganham o reino dos céus», «os turistas japoneses viajam por todo o mundo».

Como fazer para que o significado ganhe significação? Para isso são necessárias algumas operações: operação de semiotização, que consiste na nomeação dos seres do mundo, reais ou fictícios (entidades), das ações e estados ligados a essas entidades (processos) e das características a elas atribuídas (atributos). Observe a seguinte frase: Prefiro um cachorro amigo que um amigo cachorro.

Nessa frase, o vocábulo “cachorro”:

31Questão 374823. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

“W.E.Collinson, baseado em um artigo de G. Devoto, mostra as seguintes diferenças entre sinônimos: um termo mais geral que outro, um termo mais intenso que outro, um termo mais emotivo que outro, um termo que implica aprovação ou censura, um termo é mais profissional que outro, um termo é mais literário que outro, um termo é mais coloquial que outro, um termo é mais local ou dialetal que outro, um dos sinônimos pertence à fala infantil; algumas dessas categorias trazem subdivisões. O par abaixo que mostra um termo sinônimo de conteúdo mais geral que o anterior é:

32Questão 374833. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

Na organização de um texto, há elementos anafóricos e catafóricos; o enunciado abaixo em que o termo sublinhado tem função catafórica é:

33Questão 374846. Português, Redação, Analista Legislativo, Assembléia Legislativa RO, FGV, Ensino Superior, 2018

“Ninguém que não seja um grande escultor ou pintor pode ser um arquiteto. Se não é um escultor ou pintor, pode ser apenas um construtor.”

Pode-se inferir do emprego de “apenas” nesse pensamento que: