Simulado: Analista - Biologia - Biodiversidade - IBGE

19 questões Biologia, Biodiversidade, Analista, IBGE, FGV, Ensino Superior

Responda as 19 questões do simulado abaixo (Analista - Biologia - Biodiversidade - IBGE). Ao terminar a prova, clique em corrigir para ver o gabarito.

0 resolveram
0% acertos
n/d
0 gabaritaram
0 ótimo
0 bom
0 regular
0 péssimo
Dados estatísticos de usuários que resolveram este simulado.

1Questão 383504. Biologia, Biodiversidade, Analista, IBGE, FGV, Ensino Superior, 2016

Para conhecer melhor a organização de uma comunidade ecológica, pode-se medir o compartilhamento de recursos entre as diferentes espécies. Uma das medidas utilizadas para avaliar a sobreposição dos nichos (“niche overlap”) é a de MacArthur & Levins (1967), posteriormente modificada por Pianka em 1973. A respeito dessas formas de medições, analise as afirmativas a seguir:

I. Na forma de medir a sobreposição de nichos de MacArthur & Levins, o nicho das espécies j e k não são simétricos, enquanto na proposta de Pianka, os nichos das espécies j e k são simétricos.

II. A forma de MacArthur & Levins foi considerada uma medida do índice de competição entre duas espécies. Essa concepção foi abandonada na atualidade, depois da aceitação do modelo de Pianka.

III. O índice Simplificado de Morisita proposto por Horn (1966), que é muito semelhante à proposta de Pianka, é também usado para medir a sobreposição de nichos das espécies de uma comunidade.

Está correto o que se afirma em:

2Questão 383669. Biologia, Biodiversidade, Analista, IBGE, FGV, Ensino Superior, 2016

Existem correlações bioclimáticas entre a vegetação e a quantidade e intensidade de chuvas. No Brasil, podem-se separar, pelo menos, quatro áreas geográficas em função do número de meses com chuva e meses sem chuva, durante o ano. Quatro dessas áreas são:

I – áreas permanentemente úmidas (0-1 mês seco ao ano);

II – áreas úmidas (0-3 meses secos no ano);

III – áreas estacionalmente secas (4-5 meses secos no ano);

IV – áreas semiáridas/áridas (6-9 meses secos no ano).

Os Campos de Planície Sul-Rio-Grandense e as Restingas são caracterizados, respectivamente, como áreas:

3Questão 384150. Biologia, Biodiversidade, Analista, IBGE, FGV, Ensino Superior, 2016

No mundo foram identificadas 34 áreas de alta biodiversidade conhecidas como “hotspots” de biodiversidade. Essas áreas foram definidas basicamente por dois critérios: que a presença de pelo menos 0,5% das plantas vasculares sejam espécies endêmicas e que a área esteja ameaçada de destruição, tendo perdido grande parte de sua biodiversidade.

No Brasil, as áreas de “hotspots” estão situadas nos biomas:

4Questão 384187. Biologia, Biodiversidade, Analista, IBGE, FGV, Ensino Superior, 2016

O albedo médio da Terra é de grande importância para determinar a temperatura média perto do solo, uma vez que muda a quantidade de raios solares que se refletem diretamente de volta para o espaço sem aquecer o solo: diminuir o albedo médio da terra de 1% conduz a um aumento de 0,75° C na temperatura média do ar perto do solo. Com o objetivo de reduzir o efeito estufa, pode-se pensar em plantar árvores em grande escala. Com relação aos diversos efeitos resultantes do plantio de árvores em terras de cultivo (aráveis), analise as seguintes afirmativas:

I. Armazena algum CO2, o que diminui o efeito de estufa e, por conseguinte, as temperaturas.

II. Diminui o albedo, levando assim a um aumento da quantidade de raios de sol a ser absorvido pela superfície, o que resulta em aumento das temperaturas.

III. Aumenta o albedo, levando assim a uma redução da quantidade de raios de sol a ser absorvida pela superfície, o que resulta em redução das temperaturas.

Está correto somente o que se afirma em:

5Questão 384393. Biologia, Biodiversidade, Analista, IBGE, FGV, Ensino Superior, 2016

Com relação a conjuntos vegetacionais do Brasil, analise as três descrições a seguir:

I . Velhas terras, solos rasos e fortemente erodidos ou pedregosos. Estação seca irregular e intensa. Formações: floresta xerófila, arbustiva espinhosa, arbustiva suculenta, campo limpo.

II . Interpenetração das florestas do Chaco, central e atlântica. Formações: floresta pluvial, floresta xerófila, savana, consorciações de Copernicia, Mauritia, gramíneas e ciperáceas. Planície de inundação do rio Paraguai.

III . Flora cosmopolita tropical, halófila e xerófila. Flora Atlântica sobre areias recentes justamarítimas. Formações: floresta esclerófila, comunidades halófilas, xerófilas, hidrófilas e litófilas.

As três descrições acima correspondem, respectivamente, aos conjuntos vegetacionais:

6Questão 384949. Biologia, Biodiversidade, Analista, IBGE, FGV, Ensino Superior, 2016

A produtividade primária líquida por m2 dos ecossistemas terrestres é cerca de três vezes superior à produtividade primária líquida por m2 dos oceanos. Sobre o tema, analise as afirmativas a seguir:

I. Nos oceanos, a distância entre o local de acúmulo de nutrientes e o local onde se realiza a fotossíntese é muito maior que nos ecossistemas terrestres.

II. Nos ecossistemas terrestres, os nutrientes se movem dentro de canais existentes nas plantas, mas nos oceanos os nutrientes se movem ao sabor das correntes oceânicas.

III. Nas zonas de ressurgência na costa do Peru, a produtividade marinha é próxima da produtividade dos ecossistemas terrestres.

Está correto o que se afirma em:

7Questão 385081. Biologia, Biodiversidade, Analista, IBGE, FGV, Ensino Superior, 2016

O teorema central do limite, também referido como teorema do limite central, diz que “Se de uma população com parâmetros definidos (? = média e ?2 = variância) se retirarem n amostras de tamanho suficientemente grande, a distribuição de ? (média) será aproximadamente normal quando n tende ao infinito”. Isso é válido:

8Questão 385384. Biologia, Biodiversidade, Analista, IBGE, FGV, Ensino Superior, 2016

A caracterização fitossociológica das florestas pode ser feita mediante a observância de vários parâmetros, como:

I. índice de valor de importância (IVIi);

II. índice de diversidade de Shannon;

III. índice do valor de cobertura (IVCi);

IV. índice de Equitabilidade de Pielou.

Medidas de espécies individuais são feitas apenas pelos parâmetros:

9Questão 385398. Biologia, Biodiversidade, Analista, IBGE, FGV, Ensino Superior, 2016

Com relação ao Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE), analise as afirmativas a seguir:

I. A regulamentação do zoneamento ambiental (ZA), a nível federal, foi feita em 2002 com o nome de Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE), ratificando sua condição de instrumento de ordenamento territorial e estabelecendo medidas de qualidade ambiental.

II. O ZEE se fundamenta unicamente nos Estudos de Impacto Ambiental (EIA) e, no seu relatório resumido, o RIMA.

III. Os programas de SIG (Sistemas de Informações Geográficas) como o Spring, o Terra Wiew e o Grass (Geographic Resources Analysis Support System) são importantes para a elaboração dos ZEE.

Está correto o que se afirma em:

10Questão 385502. Biologia, Biodiversidade, Analista, IBGE, FGV, Ensino Superior, 2016

A Ecologia da Paisagem integra conhecimentos de várias áreas, mas, apesar de recente, já possui uma terminologia própria. Destacam-se aqui três definições, na perspectiva ecológica, de um pequeno glossário dessa área:

I. Capacidade da paisagem (ou das unidades da paisagem) de facilitar os fluxos biológicos. A conectividade depende da proximidade dos elementos de habitat, da densidade de corredores, e da permeabilidade da matriz.

II. Áreas homogêneas (numa determinada escala) de uma unidade da paisagem, que se distinguem das unidades vizinhas e têm extensões espaciais reduzidas e não lineares.

III. Paisagem que apresenta uma estrutura contendo mancha, corredores e matriz (pelo menos dois desses elementos).

As definições acima correspondem, respectivamente, a:

11Questão 385553. Biologia, Biodiversidade, Analista, IBGE, FGV, Ensino Superior, 2016

Metapopulações são populações locais que vivem em manchas isoladas e podem ser o resultado da fragmentação do ambiente causada pelas atividades humanas. Com relação a Metapopulações no modelo proposto por Levins em 1969, analise as seguintes afirmativas:

I. Metapopulações são conjuntos de populações locais (demes) ligadas pela migração.

II. Nem todas as manchas de uma Metapopulação estão ocupadas o tempo todo.

III. O risco de extinção é considerado constante em todas as manchas.

Está correto o que se afirma em:

12Questão 386147. Biologia, Biodiversidade, Analista, IBGE, FGV, Ensino Superior, 2016

Usinas alimentadas por combustíveis fósseis (gás natural, diesel e carvão) emitem grandes quantidades de CO2.

Considerando as emissões de CO2 por kWh (quilowatt hora) produzido, o combustível menos poluente e o mais poluente são, respectivamente:

13Questão 386335. Biologia, Biodiversidade, Analista, IBGE, FGV, Ensino Superior, 2016

Partes suculentas de vegetais coletados que não possam ser bem preservadas por herborização, devido à dificuldade de secagem, são preservadas em meio líquido. Um meio líquido muito utilizado (produzido a partir do formol comercial, também conhecido como formalina) é a solução de formol a:

14Questão 386384. Biologia, Biodiversidade, Analista, IBGE, FGV, Ensino Superior, 2016

O número de espécies descritas pela ciência se aproxima de 2 milhões, mas sabe-se que esse número de espécies é, certamente, maior do que 5 milhões, podendo chegar a mais de 30 milhões. Alguns grupos são mais conspícuos e neles o número total de espécies conhecidas se aproxima do número de espécies existentes, enquanto, em outros grupos, o número de espécies conhecidas é ainda muito reduzido.

As percentagens mais aproximadas de espécies ainda desconhecidas dentro dos grupos de Moluscos, Bactérias e Vertebrados são respectivamente:

15Questão 386486. Biologia, Biodiversidade, Analista, IBGE, FGV, Ensino Superior, 2016

Com relação à biodiversidade de ecossistemas, analise as afirmativas a seguir:

I. Comparando-se dois ecossistemas com o índice de Shannon, um deles pode ter maior riqueza de espécies e, ao mesmo tempo, menor índice de diversidade que o outro.

II. Em dois ecossistemas com o mesmo número de espécies e as mesmas espécies, a diversidade medida pelo índice de Shannon não será necessariamente a mesma.

III. A equitabilidade sempre aumenta à medida que os ecossistemas ganham energia na forma de nutrientes i.e., se eutrofizam.

Está correto o que se afirma em:

16Questão 387089. Biologia, Biodiversidade, Analista, IBGE, FGV, Ensino Superior, 2016

Ao descrever uma espécie, os autores devem seguir as regras do Código Internacional de Nomenclatura, que apresentam, entre outras, os nomes dos tipos das espécies e subespécies, tais como: Lectótipo, Síntipo, Parátipo e Holótipo. Sobre o tema, analise as definições a seguir:

1 . Exemplar único, designado ou indicado como espécime- tipo de um táxon nominal do grupo da espécie, por ocasião da publicação original.

2 . Todo espécime de uma série-tipo além do holótipo.

3 . Cada exemplar de uma série-tipo da qual não se designou holótipo. Antigamente os exemplares eram designados cótipos.

4 . Um, dentre vários sintipos, designado como espécime-tipo de um táxon nominal do grupo da espécie.

 Essa designação é feita somente quando o autor original não designou um holótipo. Holótipo e Lectótipo correspondem, respectivamente, às definições:

17Questão 387326. Biologia, Biodiversidade, Analista, IBGE, FGV, Ensino Superior, 2016

No ciclo natural do Carbono, ignorando-se a intervenção do homem, cerca de 120 bilhões de toneladas de carbono são retiradas da atmosfera pelos vegetais dos ecossistemas terrestres (fotossíntese) e um valor semelhante é devolvido pela respiração. A quantidade de Carbono devolvida para a atmosfera pela respiração é de cerca de 120 bilhões de toneladas. Essa devolução é feita fundamentalmente por dois grupos: (1) pelos vegetais e pelos animais macroscópicos e (2) pelos organismos do solo, os chamados decompositores de matéria orgânica, basicamente bactérias e fungos.

A participação na liberação de carbono para a atmosfera, em percentagens aproximadas, dos dois grupos, na ordem grupo (1) e grupo (2) é de:

18Questão 387349. Biologia, Biodiversidade, Analista, IBGE, FGV, Ensino Superior, 2016

Entre os modelos de ajuste da abundância das espécies e indivíduos em amostras retiradas da natureza, podem-se citar os modelos: (1) Série Logarítmica; (2) Log. Normal; (3) MacArthur Broken Stick (pau quebrado); (4) Binomial Negativa; (5) Quebra sequencial de Sugihara.

Dentre os modelos citados, aqueles construídos a partir de premissas ecológicas são, apenas:

19Questão 387361. Biologia, Biodiversidade, Analista, IBGE, FGV, Ensino Superior, 2016

Em uma fazenda com 10 hectares de extensão, o pluviômetro padrão indicou 30mm de água acumulada em 24 horas.

A precipitação acumulada em 24 horas corresponde a: