Simulado: Auxiliar de Perito Criminal - Matemática - Cálculo Aritmético - Polícia Civil RR

11 questões Matemática, Cálculo Aritmético, Auxiliar de Perito Criminal, Polícia Civil RR, CESPE, Ensino Médio

Responda as 11 questões do simulado abaixo (Auxiliar de Perito Criminal - Matemática - Cálculo Aritmético - Polícia Civil RR). Ao terminar a prova, clique em corrigir para ver o gabarito.

3 resolveram
33% acertos
Difícil
0 gabaritaram
0 ótimo
0 bom
2 regular
1 péssimo
Dados estatísticos de usuários que resolveram este simulado.

1Questão 331249. Matemática, Cálculo Aritmético, Auxiliar de Perito Criminal, Polícia Civil RR, CESPE, Ensino Médio, 2003

Para se dividir uma fortuna, imaginou-se duas formas distintas. Na primeira, a fortuna seria dividida na razão direta dos números 3, 5 e 7; na segunda, na razão direta dos números 4, 9 e 12. Na segunda forma de divisão, a segunda maior parte da fortuna ficaria aumentada em R$ 3.000,00 em relação à segunda maior parte da primeira forma de divisão. Em face dessa situação, julgue os itens a seguir. Na primeira forma de divisão, a maior parte é inferior a R$ 50.000,00.

2Questão 331809. Matemática, Cálculo Aritmético, Auxiliar de Perito Criminal, Polícia Civil RR, CESPE, Ensino Médio, 2003

Antônio saiu de seu trabalho com R$ 80,00, quantidade de dinheiro exata para comprar 20 kits iguais de material de desinfecção. Ao chegar ao local de compra, constatou que o preço havia aumentado. Por isso, com os R$ 80,00, ele conseguiu comprar apenas 12 kits, recebendo R$ 8,00 de troco.

Com base na situação hipotética acima descrita, julgue os itens a seguir.

Com relação ao valor inicialmente esperado por Antônio, o aumento do preço de cada kit de material de desinfecção foi superior a R$ 1,50.

3Questão 332559. Matemática, Cálculo Aritmético, Auxiliar de Perito Criminal, Polícia Civil RR, CESPE, Ensino Médio, 2003

Para se dividir uma fortuna, imaginou-se duas formas distintas. Na primeira, a fortuna seria dividida na razão direta dos números 3, 5 e 7; na segunda, na razão direta dos números 4, 9 e 12. Na segunda forma de divisão, a segunda maior parte da fortuna ficaria aumentada em R$ 3.000,00 em relação à segunda maior parte da primeira forma de divisão. Em face dessa situação, julgue os itens a seguir. A menor parte da fortuna correspondente à segunda forma de divisão é inferior a R$ 16.000,00.

4Questão 332928. Matemática, Cálculo Aritmético, Auxiliar de Perito Criminal, Polícia Civil RR, CESPE, Ensino Médio, 2003

Antônio saiu de seu trabalho com R$ 80,00, quantidade de dinheiro exata para comprar 20 kits iguais de material de desinfecção. Ao chegar ao local de compra, constatou que o preço havia aumentado. Por isso, com os R$ 80,00, ele conseguiu comprar apenas 12 kits, recebendo R$ 8,00 de troco.

Com base na situação hipotética acima descrita, julgue os itens a seguir.

A quantidade de kits comprada por Antônio equivale a 0,75 da quantidade inicialmente pretendida.

5Questão 333031. Matemática, Cálculo Aritmético, Auxiliar de Perito Criminal, Polícia Civil RR, CESPE, Ensino Médio, 2003

Sabe-se que em 200 L de um vinho do tipo A existem 30 L de álcool e que em 150 L de um vinho do tipo B existem 21 L de álcool uniformemente diluídos. Considerando essas informações, julgue os seguintes itens. Misturando-se 1 L do vinho do tipo A com 1 L do vinho do tipo B, obter-se-á 2 L de vinho dos quais mais de 0,2 L é de álcool.

6Questão 333205. Matemática, Cálculo Aritmético, Auxiliar de Perito Criminal, Polícia Civil RR, CESPE, Ensino Médio, 2003

Sabe-se que em 200 L de um vinho do tipo A existem 30 L de álcool e que em 150 L de um vinho do tipo B existem 21 L de álcool uniformemente diluídos. Considerando essas informações, julgue os seguintes itens. Um litro de vinho do tipo A tem mais de 12% de álcool.

7Questão 335276. Matemática, Cálculo Aritmético, Auxiliar de Perito Criminal, Polícia Civil RR, CESPE, Ensino Médio, 2003

Para se dividir uma fortuna, imaginou-se duas formas distintas. Na primeira, a fortuna seria dividida na razão direta dos números 3, 5 e 7; na segunda, na razão direta dos números 4, 9 e 12. Na segunda forma de divisão, a segunda maior parte da fortuna ficaria aumentada em R$ 3.000,00 em relação à segunda maior parte da primeira forma de divisão. Em face dessa situação, julgue os itens a seguir. O valor da fortuna a ser dividida é superior a R$ 110.000,00.

8Questão 335306. Matemática, Cálculo Aritmético, Auxiliar de Perito Criminal, Polícia Civil RR, CESPE, Ensino Médio, 2003

Para se dividir uma fortuna, imaginou-se duas formas distintas. Na primeira, a fortuna seria dividida na razão direta dos números 3, 5 e 7; na segunda, na razão direta dos números 4, 9 e 12. Na segunda forma de divisão, a segunda maior parte da fortuna ficaria aumentada em R$ 3.000,00 em relação à segunda maior parte da primeira forma de divisão. Em face dessa situação, julgue os itens a seguir. Na segunda forma de divisão, a maior parte da fortuna é o triplo do valor correspondente à menor parte.

9Questão 336021. Matemática, Cálculo Aritmético, Auxiliar de Perito Criminal, Polícia Civil RR, CESPE, Ensino Médio, 2003

Antônio saiu de seu trabalho com R$ 80,00, quantidade de dinheiro exata para comprar 20 kits iguais de material de desinfecção. Ao chegar ao local de compra, constatou que o preço havia aumentado. Por isso, com os R$ 80,00, ele conseguiu comprar apenas 12 kits, recebendo R$ 8,00 de troco.

Com base na situação hipotética acima descrita, julgue os itens a seguir.

Com o preço atual, para comprar os 20 kits de material de desinfecção, Antônio precisaria de exatamente mais R$ 40,00.

10Questão 336553. Matemática, Cálculo Aritmético, Auxiliar de Perito Criminal, Polícia Civil RR, CESPE, Ensino Médio, 2003

Se um comerciante vender todas as frutas que possui a R$ 9,00 a dúzia, ele terá um lucro líquido de R$ 154,00; porém, vendendo-as a R$ 6,00 a dúzia, perderá R$ 110,00. Nessa situação, o comerciante comprou cada dúzia de frutas por um preço superior a R$ 7,00.

11Questão 337847. Matemática, Cálculo Aritmético, Auxiliar de Perito Criminal, Polícia Civil RR, CESPE, Ensino Médio, 2003

Se um comerciante vender todas as frutas que possui a R$ 9,00 a dúzia, ele terá um lucro líquido de R$ 154,00; porém, vendendo-as a R$ 6,00 a dúzia, perderá R$ 110,00. Nessa situação, o comerciante possui menos de 90 dúzias de frutas.