← Mais simulados

Simulado: Hemoderivados e Biotecnologia - Biologia - Práticas Laborais

Questões da Prova - Hemoderivados e Biotecnologia - Biologia - Práticas Laborais. Ao Terminar de Resolver o Simulado, Clique em Corrigir para ver o Gabarito.

6 resolveram
57% acertos
Médio
0 gabaritaram
1 ótimo
2 bom
3 regular
0 péssimo

O processo de triagem de sangue e hemoderivados vem diminuindo os riscos de acidentes transfusionais, principalmente relacionados a microrganismos. Acerca dos procedimentos e metodologias empregados nessa triagem, julgue os itens subseqüentes.

O plasma poderá ser utilizado na pesquisa e na produção de hemoderivados, mesmo quando reativo nos testes de triagem para hepatite B, hepatite C, HIV-1 e HIV-2, doença de Chagas, sífilis, HTLV-I, HTLV-II.

Considerando os aspectos de controle de contaminação de sangue e hemoderivados, bem como as normas para descarte de material, julgue os itens subseqüentes.

A morfologia, a coloração pelo método de Gram, o padrão de hemólise e o crescimento em NaCl 6,5% são características utilizadas para diferenciar microrganismos para fins de identificação.

Considerando-se os cuidados a serem tomados com o sangue e hemoderivados em serviços de transfusão, julgue os itens de 94 a 98.

Concentrados de plaquetas devem ser armazenados a !20ºC.

Considerando os procedimentos em indústrias farmacêuticas ou de hemocomponentes, julgue os itens de 104 a 110.

Níveis elevados de fator VIII podem mascarar uma redução no nível de proteína C, caso o ensaio seja baseado na coagulação.

O uso de técnicas moleculares que envolvam o genoma, o transcriptoma e o proteoma têm avançado drasticamente nas últimas décadas, permitindo a produção de novos biofármacos e de testes clínicos mais eficientes. Acerca das técnicas de engenharia genética e de sua importância para a hematologia, julgue os itens de 82 a 91.

O teste de ELISA (Enzyme-Linked Immunosorbent Assay), pelo método de captura, é um dos testes mais utilizados na triagem de unidades de sangue. Ele busca identificar os antígenos imobilizando-os em uma fase sólida e prosseguindo com marcação com um antiantígeno marcado.

Considerando-se os cuidados a serem tomados com o sangue e hemoderivados em serviços de transfusão, julgue os itens de 94 a 98.

Os exames laboratoriais para diagnóstico de doenças transmissíveis pelo sangue devem ser realizados em amostra colhida pelo menos um dia antes da doação.

Em um procedimento cirúrgico eletivo de grande porte foi necessária a transfusão de 1,5 L de sangue total e 0,5 L de plasma fresco. A doação foi realizada oito dias antes devido a dificuldades de obtenção do tipo sanguíneo B Rh negativo. Foram seis voluntários, quatro com idades entre 19 e 46 anos, um de 17 anos e um de 65 anos. Todos já eram doadores e, neste ano, já haviam realizado três procedimentos de doação, não sendo detectadas doenças hematológicas ou passíveis de transmissão.

Com relação à situação apresentada e com base na Resolução ANVISA RDC n.º 153/2004, julgue os itens subseqüentes.

O procedimento preferencial, no caso de cirurgias eletivas, deve ser a transfusão autóloga, na qual as bolsas de sangue poderão conter o nome completo do paciente.

Em um procedimento cirúrgico eletivo de grande porte foi necessária a transfusão de 1,5 L de sangue total e 0,5 L de plasma fresco. A doação foi realizada oito dias antes devido a dificuldades de obtenção do tipo sanguíneo B Rh negativo. Foram seis voluntários, quatro com idades entre 19 e 46 anos, um de 17 anos e um de 65 anos. Todos já eram doadores e, neste ano, já haviam realizado três procedimentos de doação, não sendo detectadas doenças hematológicas ou passíveis de transmissão.

Com relação à situação apresentada e com base na Resolução ANVISA RDC n.º 153/2004, julgue os itens subseqüentes.

A doação é permitida a menor de 18 anos de idade em situações especiais, com prévia aceitação de um médico do serviço e com justificativa por escrito na ficha do doador, além da autorização dos responsáveis legais.

Considerando os procedimentos em indústrias farmacêuticas ou de hemocomponentes, julgue os itens de 104 a 110.

As bancadas de áreas dedicadas à produção de preparações estéreis devem ser confeccionadas com material poroso, de forma a absorver rapidamente a umidade.

Em um laboratório de biologia molecular é utilizada uma metodologia cujas principais etapas são as seguintes.

I. obtenção do RNA de fita simples a ser amplificado

II. anelamento de um primer (aqui chamado de P1) ao RNA obtido em I

III. ação de transcriptase reversa

IV. ação de RNAse H

V. anelamento de um segundo primer (P2)

VI. ação de DNA polimerase

VII. ação de T7 RNA polimerase

VIII. repetição do processo de amplificação Todo o processo é conduzido a 41 ºC e o nível de amplificação obtido é de 10 9 . O tampão que contém a enzima RNAse H é preparado a partir de um pó, que é diluído na concentração de 1 g/L para se obter uma solução estoque, a qual é diluída 10 vezes para produzir a solução para uso no experimento.

Considerando esse procedimento e as bases de biologia molecular, julgue os itens a seguir.

Para o preparo de 2 mL de solução final para ação da RNAse H, devem-se utilizar 20 ?L de solução estoque e adicionar 2 mL de água.

O processo de triagem de sangue e hemoderivados vem diminuindo os riscos de acidentes transfusionais, principalmente relacionados a microrganismos. Acerca dos procedimentos e metodologias empregados nessa triagem, julgue os itens subseqüentes.

Os testes sorológicos para se detectar agentes infecciosos devem possuir as características de alta sensibilidade e especificidade, produzindo resultados rápidos e seguros.

Em um hospital, onde são realizadas cirurgias de grande porte e cerca de 120 transfusões por mês, existe um serviço de hemoterapia da agência transfusional local. Esse serviço recebe doadores de sangue que são selecionados segundo os critérios estabelecidos pela RDC n.º 153, de 2004. O sangue coletado nesse serviço é utilizado para transfusões e para o preparo de hemocomponentes. O serviço está equipado para o preparo de todos os hemocomponentes, porém não para o preparo de hemoderivados. Em relação à situação hipotética descrita no texto, julgue os itens subseqüentes.

O serviço de hemoterapia mencionado no texto deve possuir uma capela de fluxo laminar para o caso de o laboratorista necessitar abrir o circuito de transferência de conteúdo entre bolsas durante o preparo de hemocomponentes.

O processo de triagem de sangue e hemoderivados vem diminuindo os riscos de acidentes transfusionais, principalmente relacionados a microrganismos. Acerca dos procedimentos e metodologias empregados nessa triagem, julgue os itens subseqüentes.

A detecção da presença do vírus da hepatite B é feita a partir dos marcadores HbsAg e anti-HBc, enquanto que, para o caso do vírus da hepatite C (HCV), a identificação ocorre somente por hibridação do ADN, já que não existem marcadores específicos para HCV.

Em um hospital, onde são realizadas cirurgias de grande porte e cerca de 120 transfusões por mês, existe um serviço de hemoterapia da agência transfusional local. Esse serviço recebe doadores de sangue que são selecionados segundo os critérios estabelecidos pela RDC n.º 153, de 2004. O sangue coletado nesse serviço é utilizado para transfusões e para o preparo de hemocomponentes. O serviço está equipado para o preparo de todos os hemocomponentes, porém não para o preparo de hemoderivados. Em relação à situação hipotética descrita no texto, julgue os itens subseqüentes.

A centrifugação para o preparo de concentrado de hemácias não pode ser realizada após decorridas seis horas da coleta.

Em um hospital, onde são realizadas cirurgias de grande porte e cerca de 120 transfusões por mês, existe um serviço de hemoterapia da agência transfusional local. Esse serviço recebe doadores de sangue que são selecionados segundo os critérios estabelecidos pela RDC n.º 153, de 2004. O sangue coletado nesse serviço é utilizado para transfusões e para o preparo de hemocomponentes. O serviço está equipado para o preparo de todos os hemocomponentes, porém não para o preparo de hemoderivados. Em relação à situação hipotética descrita no texto, julgue os itens subseqüentes.

O referido serviço não está equipado para o preparo de concentrado de hemácias lavadas.

O processo de triagem de sangue e hemoderivados vem diminuindo os riscos de acidentes transfusionais, principalmente relacionados a microrganismos. Acerca dos procedimentos e metodologias empregados nessa triagem, julgue os itens subseqüentes.

Os testes de triagem sorológica devem ser realizados sempre em duplicata, para garantir um resultado mais confiável. Em caso de reação positiva, o teste deverá ser repetido.

Considerando os aspectos da imunoematologia eritrocitária e suas correlações com a transfusão, julgue os próximos itens.

O sistema complemento participa do processo de hemólise por meio de anticorpos antieritrocitários.

Em um laboratório de biologia molecular é utilizada uma metodologia cujas principais etapas são as seguintes.

I. obtenção do RNA de fita simples a ser amplificado

II. anelamento de um primer (aqui chamado de P1) ao RNA obtido em I

III. ação de transcriptase reversa

IV. ação de RNAse H

V. anelamento de um segundo primer (P2)

VI. ação de DNA polimerase

VII. ação de T7 RNA polimerase

VIII. repetição do processo de amplificação Todo o processo é conduzido a 41 ºC e o nível de amplificação obtido é de 10 9 . O tampão que contém a enzima RNAse H é preparado a partir de um pó, que é diluído na concentração de 1 g/L para se obter uma solução estoque, a qual é diluída 10 vezes para produzir a solução para uso no experimento.

Considerando esse procedimento e as bases de biologia molecular, julgue os itens a seguir.

A metodologia descrita é adequada à quantificação de HIV-1 no soro de pacientes.

O processo de triagem de sangue e hemoderivados vem diminuindo os riscos de acidentes transfusionais, principalmente relacionados a microrganismos. Acerca dos procedimentos e metodologias empregados nessa triagem, julgue os itens subseqüentes.

O teste sorológico para malária é obrigatório tanto em regiões endêmicas sem transmissão ativa como em áreas não endêmicas.

Em um laboratório de biologia molecular é utilizada uma metodologia cujas principais etapas são as seguintes.

I. obtenção do RNA de fita simples a ser amplificado

II. anelamento de um primer (aqui chamado de P1) ao RNA obtido em I

III. ação de transcriptase reversa

IV. ação de RNAse H

V. anelamento de um segundo primer (P2)

VI. ação de DNA polimerase

VII. ação de T7 RNA polimerase

VIII. repetição do processo de amplificação Todo o processo é conduzido a 41 ºC e o nível de amplificação obtido é de 10 9 . O tampão que contém a enzima RNAse H é preparado a partir de um pó, que é diluído na concentração de 1 g/L para se obter uma solução estoque, a qual é diluída 10 vezes para produzir a solução para uso no experimento.

Considerando esse procedimento e as bases de biologia molecular, julgue os itens a seguir.

Caso se queira preparar 10 L de solução tampão para ação de RNAse H, na concentração final para uso no experimento, diretamente a partir do pó fornecido, devem-se diluir 1 g desse pó em 10 L do solvente adequado.

Considerando os aspectos da imunoematologia eritrocitária e suas correlações com a transfusão, julgue os próximos itens.

Se o sistema de cadastro de doadores for confiável, a identificação das bolsas obtidas de um doador freqüente poderá ser feita sem a realização de tipagem.

Em um hospital, onde são realizadas cirurgias de grande porte e cerca de 120 transfusões por mês, existe um serviço de hemoterapia da agência transfusional local. Esse serviço recebe doadores de sangue que são selecionados segundo os critérios estabelecidos pela RDC n.º 153, de 2004. O sangue coletado nesse serviço é utilizado para transfusões e para o preparo de hemocomponentes. O serviço está equipado para o preparo de todos os hemocomponentes, porém não para o preparo de hemoderivados. Em relação à situação hipotética descrita no texto, julgue os itens subseqüentes.

É correto transportar componentes plaquetários e granulócitos a uma temperatura entre 20 ºC e 24 ºC.

A respeito dos aspectos gerais do sangue humano e de seus constituintes, julgue os itens que se seguem.

O volume sanguíneo pode ser determinado após a injeção de cromo radioativo (Cr 51 ) no paciente com subseqüente retirada de amostras de sangue e medição da radioatividade.

Considerando os aspectos da imunoematologia eritrocitária e suas correlações com a transfusão, julgue os próximos itens.

Uma das etapas da tipagem ABO consiste em colocar em contato as hemácias do doador com anticorpos anti-A, anti-B e anti-AB.

Considerando os procedimentos em indústrias farmacêuticas ou de hemocomponentes, julgue os itens de 104 a 110.

A dosagem de fator VIII é mais sensível e mais específica que o teste do tempo de tromboplastina parcial.

Em um procedimento cirúrgico eletivo de grande porte foi necessária a transfusão de 1,5 L de sangue total e 0,5 L de plasma fresco. A doação foi realizada oito dias antes devido a dificuldades de obtenção do tipo sanguíneo B Rh negativo. Foram seis voluntários, quatro com idades entre 19 e 46 anos, um de 17 anos e um de 65 anos. Todos já eram doadores e, neste ano, já haviam realizado três procedimentos de doação, não sendo detectadas doenças hematológicas ou passíveis de transmissão.

Com relação à situação apresentada e com base na Resolução ANVISA RDC n.º 153/2004, julgue os itens subseqüentes.

O plasma fresco utilizado deve ser obtido a partir da centrifugação da unidade de sangue e, obrigatoriamente, compatível com as hemácias do receptor.

Em um hospital, onde são realizadas cirurgias de grande porte e cerca de 120 transfusões por mês, existe um serviço de hemoterapia da agência transfusional local. Esse serviço recebe doadores de sangue que são selecionados segundo os critérios estabelecidos pela RDC n.º 153, de 2004. O sangue coletado nesse serviço é utilizado para transfusões e para o preparo de hemocomponentes. O serviço está equipado para o preparo de todos os hemocomponentes, porém não para o preparo de hemoderivados. Em relação à situação hipotética descrita no texto, julgue os itens subseqüentes.

A validade de um concentrado de plaquetas de aférese desleucocitado, preparado em sistema aberto, é maior que a de um concentrado de plaquetas de filtração desleucocitado preparado em sistema fechado.

Em um laboratório de biologia molecular é utilizada uma metodologia cujas principais etapas são as seguintes.

I. obtenção do RNA de fita simples a ser amplificado

II. anelamento de um primer (aqui chamado de P1) ao RNA obtido em I

III. ação de transcriptase reversa

IV. ação de RNAse H

V. anelamento de um segundo primer (P2)

VI. ação de DNA polimerase

VII. ação de T7 RNA polimerase

VIII. repetição do processo de amplificação Todo o processo é conduzido a 41 ºC e o nível de amplificação obtido é de 10 9 . O tampão que contém a enzima RNAse H é preparado a partir de um pó, que é diluído na concentração de 1 g/L para se obter uma solução estoque, a qual é diluída 10 vezes para produzir a solução para uso no experimento.

Considerando esse procedimento e as bases de biologia molecular, julgue os itens a seguir.

A metodologia descrita corresponde à da técnica de PCR.

Deixe seu comentário (0)

Participe, faça um comentário.