Simulado: Professor Nível II - História do Brasil - Prefeitura de Parauapebas PA

27 questões História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior

Responda as 27 questões do simulado abaixo (Professor Nível II - História do Brasil - Prefeitura de Parauapebas PA). Ao terminar a prova, clique em corrigir para ver o gabarito.

3 resolveram
53% acertos
Médio
0 gabaritaram
0 ótimo
2 bom
1 regular
0 péssimo
Dados estatísticos de usuários que resolveram este simulado.

1Questão 387950. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A exploração da terra foi a base econômica da colonização do Brasil. Passada a fase extrativista, a cana-deaçúcar tornou-se a atividade principal. Centrada particularmente em áreas do litoral nordestino, a agroindústria açucareira atraiu capitais europeus, consolidou a estrutura latifundiária e a escravidão, além de ter gerado uma sociedade predominantemente patriarcal e excludente. Ao declínio do açúcar seguiu-se a mineração no século XVIII, dando início à transferência do eixo econômico e político para o Centro-Sul da colônia, processo que se aprofundaria com a emergência do café, no século seguinte, como a principal riqueza do país. No século XX, a economia brasileira se transformou. Sob o impacto da Crise de 1929 e dos efeitos da Segunda Guerra Mundial (1939-45), o país lançou-se à industrialização, esforço que, iniciado na Era Vargas (1930-45), não mais foi interrompido, especialmente ao longo dos governos de Vargas (1951-54), de JK (1956-61) e em parte do ciclo militar (1964-85).

A partir dessas informações, entendidas como referência inicial, julgue os itens seguintes, relativos a aspectos da história econômica brasileira e mundial.

Por ser litorânea, a economia açucareira gerou uma sociedade aberta, dinâmica e razoavelmente democrática no Nordeste brasileiro.

2Questão 388034. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A exploração da terra foi a base econômica da colonização do Brasil. Passada a fase extrativista, a cana-deaçúcar tornou-se a atividade principal. Centrada particularmente em áreas do litoral nordestino, a agroindústria açucareira atraiu capitais europeus, consolidou a estrutura latifundiária e a escravidão, além de ter gerado uma sociedade predominantemente patriarcal e excludente. Ao declínio do açúcar seguiu-se a mineração no século XVIII, dando início à transferência do eixo econômico e político para o Centro-Sul da colônia, processo que se aprofundaria com a emergência do café, no século seguinte, como a principal riqueza do país. No século XX, a economia brasileira se transformou. Sob o impacto da Crise de 1929 e dos efeitos da Segunda Guerra Mundial (1939-45), o país lançou-se à industrialização, esforço que, iniciado na Era Vargas (1930-45), não mais foi interrompido, especialmente ao longo dos governos de Vargas (1951-54), de JK (1956-61) e em parte do ciclo militar (1964-85).

A partir dessas informações, entendidas como referência inicial, julgue os itens seguintes, relativos a aspectos da história econômica brasileira e mundial.

A agroindústria açucareira atraiu a atenção de investidores holandeses, que chegaram a ocupar, por algum tempo, a região de Pernambuco.

3Questão 388100. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A queda do Estado Novo, em 1945, no momento em que se encerrava a Segunda Guerra Mundial, marcou o início do processo de redemocratização do Brasil. Eleições periódicas e diretas, fortes partidos políticos — como o PSD, a UDN e o PTB, entre os maiores — e a crescente participação política da sociedade, que rapidamente se urbanizava, caracterizaram esse período. Crises políticas se sucediam. Uma delas levou ao suicídio de um presidente. Outra, à renúncia de Jânio Quadros. Por fim, em 1964, um golpe de Estado derrubou o presidente Goulart e instituiu o ciclo autoritário que durou duas décadas. O esgotamento do regime militar, aliado à multiplicação das vozes oposicionistas, permitiu o retorno do poder civil, que se deu com a eleição indireta de Tancredo Neves. A Constituição de 1988 representou, sob o ponto de vista jurídico-político, a vitória de uma nova era democrática e preocupada em valorizar o respeito aos princípios da cidadania. Em 1989, por meio de eleições diretas, Collor chegou ao poder, do qual acabou afastado em inédito processo de impeachment. O país sobreviveu ao trauma político e à galopante inflação.

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando a evolução histórica do Brasil contemporâneo, julgue os itens subseqüentes.

Graves acusações de corrupção envolvendo o presidente Fernando Collor de Melo abreviaram o seu governo.

4Questão 388106. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A exploração da terra foi a base econômica da colonização do Brasil. Passada a fase extrativista, a cana-deaçúcar tornou-se a atividade principal. Centrada particularmente em áreas do litoral nordestino, a agroindústria açucareira atraiu capitais europeus, consolidou a estrutura latifundiária e a escravidão, além de ter gerado uma sociedade predominantemente patriarcal e excludente. Ao declínio do açúcar seguiu-se a mineração no século XVIII, dando início à transferência do eixo econômico e político para o Centro-Sul da colônia, processo que se aprofundaria com a emergência do café, no século seguinte, como a principal riqueza do país. No século XX, a economia brasileira se transformou. Sob o impacto da Crise de 1929 e dos efeitos da Segunda Guerra Mundial (1939-45), o país lançou-se à industrialização, esforço que, iniciado na Era Vargas (1930-45), não mais foi interrompido, especialmente ao longo dos governos de Vargas (1951-54), de JK (1956-61) e em parte do ciclo militar (1964-85).

A partir dessas informações, entendidas como referência inicial, julgue os itens seguintes, relativos a aspectos da história econômica brasileira e mundial.

A indústria automobilística foi introduzida no Brasil pelo regime militar nascido do golpe de 1964.

5Questão 388168. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A queda do Estado Novo, em 1945, no momento em que se encerrava a Segunda Guerra Mundial, marcou o início do processo de redemocratização do Brasil. Eleições periódicas e diretas, fortes partidos políticos — como o PSD, a UDN e o PTB, entre os maiores — e a crescente participação política da sociedade, que rapidamente se urbanizava, caracterizaram esse período. Crises políticas se sucediam. Uma delas levou ao suicídio de um presidente. Outra, à renúncia de Jânio Quadros. Por fim, em 1964, um golpe de Estado derrubou o presidente Goulart e instituiu o ciclo autoritário que durou duas décadas. O esgotamento do regime militar, aliado à multiplicação das vozes oposicionistas, permitiu o retorno do poder civil, que se deu com a eleição indireta de Tancredo Neves. A Constituição de 1988 representou, sob o ponto de vista jurídico-político, a vitória de uma nova era democrática e preocupada em valorizar o respeito aos princípios da cidadania. Em 1989, por meio de eleições diretas, Collor chegou ao poder, do qual acabou afastado em inédito processo de impeachment. O país sobreviveu ao trauma político e à galopante inflação.

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando a evolução histórica do Brasil contemporâneo, julgue os itens subseqüentes.

Eleito com maioria absoluta, JK governou sem oposição e conseguiu fazer seu sucessor, o marechal Lott.

6Questão 388171. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A queda do Estado Novo, em 1945, no momento em que se encerrava a Segunda Guerra Mundial, marcou o início do processo de redemocratização do Brasil. Eleições periódicas e diretas, fortes partidos políticos — como o PSD, a UDN e o PTB, entre os maiores — e a crescente participação política da sociedade, que rapidamente se urbanizava, caracterizaram esse período. Crises políticas se sucediam. Uma delas levou ao suicídio de um presidente. Outra, à renúncia de Jânio Quadros. Por fim, em 1964, um golpe de Estado derrubou o presidente Goulart e instituiu o ciclo autoritário que durou duas décadas. O esgotamento do regime militar, aliado à multiplicação das vozes oposicionistas, permitiu o retorno do poder civil, que se deu com a eleição indireta de Tancredo Neves. A Constituição de 1988 representou, sob o ponto de vista jurídico-político, a vitória de uma nova era democrática e preocupada em valorizar o respeito aos princípios da cidadania. Em 1989, por meio de eleições diretas, Collor chegou ao poder, do qual acabou afastado em inédito processo de impeachment. O país sobreviveu ao trauma político e à galopante inflação.

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando a evolução histórica do Brasil contemporâneo, julgue os itens subseqüentes.

O PSD era um partido tipicamente de esquerda, com tendência à ação radical e revolucionária.

7Questão 388201. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A queda do Estado Novo, em 1945, no momento em que se encerrava a Segunda Guerra Mundial, marcou o início do processo de redemocratização do Brasil. Eleições periódicas e diretas, fortes partidos políticos — como o PSD, a UDN e o PTB, entre os maiores — e a crescente participação política da sociedade, que rapidamente se urbanizava, caracterizaram esse período. Crises políticas se sucediam. Uma delas levou ao suicídio de um presidente. Outra, à renúncia de Jânio Quadros. Por fim, em 1964, um golpe de Estado derrubou o presidente Goulart e instituiu o ciclo autoritário que durou duas décadas. O esgotamento do regime militar, aliado à multiplicação das vozes oposicionistas, permitiu o retorno do poder civil, que se deu com a eleição indireta de Tancredo Neves. A Constituição de 1988 representou, sob o ponto de vista jurídico-político, a vitória de uma nova era democrática e preocupada em valorizar o respeito aos princípios da cidadania. Em 1989, por meio de eleições diretas, Collor chegou ao poder, do qual acabou afastado em inédito processo de impeachment. O país sobreviveu ao trauma político e à galopante inflação.

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando a evolução histórica do Brasil contemporâneo, julgue os itens subseqüentes.

O Ato Institucional N.º 5 (AI-5) é considerado um golpe dentro do golpe por ter ampliado o poder discricionário do regime militar.

8Questão 388341. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A exploração da terra foi a base econômica da colonização do Brasil. Passada a fase extrativista, a cana-deaçúcar tornou-se a atividade principal. Centrada particularmente em áreas do litoral nordestino, a agroindústria açucareira atraiu capitais europeus, consolidou a estrutura latifundiária e a escravidão, além de ter gerado uma sociedade predominantemente patriarcal e excludente. Ao declínio do açúcar seguiu-se a mineração no século XVIII, dando início à transferência do eixo econômico e político para o Centro-Sul da colônia, processo que se aprofundaria com a emergência do café, no século seguinte, como a principal riqueza do país. No século XX, a economia brasileira se transformou. Sob o impacto da Crise de 1929 e dos efeitos da Segunda Guerra Mundial (1939-45), o país lançou-se à industrialização, esforço que, iniciado na Era Vargas (1930-45), não mais foi interrompido, especialmente ao longo dos governos de Vargas (1951-54), de JK (1956-61) e em parte do ciclo militar (1964-85).

A partir dessas informações, entendidas como referência inicial, julgue os itens seguintes, relativos a aspectos da história econômica brasileira e mundial.

Por falta de planejamento, o governo JK pouco fez em termos de obras públicas, à exceção da construção da nova capital — Brasília.

9Questão 388367. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

Relativamente a situações marcantes da história mundial que assinalam mudanças significativas na trajetória das sociedades, julgue os itens que se seguem. De todos os movimentos revolucionários que o Brasil conheceu no Império, apenas dois conseguiram atingir seu objetivo: os cabanos paraenses e os farroupilhas gaúchos conquistaram a independência de suas respectivas províncias.

10Questão 388471. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A queda do Estado Novo, em 1945, no momento em que se encerrava a Segunda Guerra Mundial, marcou o início do processo de redemocratização do Brasil. Eleições periódicas e diretas, fortes partidos políticos — como o PSD, a UDN e o PTB, entre os maiores — e a crescente participação política da sociedade, que rapidamente se urbanizava, caracterizaram esse período. Crises políticas se sucediam. Uma delas levou ao suicídio de um presidente. Outra, à renúncia de Jânio Quadros. Por fim, em 1964, um golpe de Estado derrubou o presidente Goulart e instituiu o ciclo autoritário que durou duas décadas. O esgotamento do regime militar, aliado à multiplicação das vozes oposicionistas, permitiu o retorno do poder civil, que se deu com a eleição indireta de Tancredo Neves. A Constituição de 1988 representou, sob o ponto de vista jurídico-político, a vitória de uma nova era democrática e preocupada em valorizar o respeito aos princípios da cidadania. Em 1989, por meio de eleições diretas, Collor chegou ao poder, do qual acabou afastado em inédito processo de impeachment. O país sobreviveu ao trauma político e à galopante inflação.

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando a evolução histórica do Brasil contemporâneo, julgue os itens subseqüentes.

Os governos militares foram autoritários e, por isso, mantiveram o Congresso Nacional fechado por todo o período em que estiveram comandando o país.

11Questão 388497. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

Relativamente a situações marcantes da história mundial que assinalam mudanças significativas na trajetória das sociedades, julgue os itens que se seguem. No Brasil, a Independência e a proclamação da República foram movimentos revolucionários que romperam com o conjunto das estruturas político-econômico-sociais até então existentes.

12Questão 388524. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A queda do Estado Novo, em 1945, no momento em que se encerrava a Segunda Guerra Mundial, marcou o início do processo de redemocratização do Brasil. Eleições periódicas e diretas, fortes partidos políticos — como o PSD, a UDN e o PTB, entre os maiores — e a crescente participação política da sociedade, que rapidamente se urbanizava, caracterizaram esse período. Crises políticas se sucediam. Uma delas levou ao suicídio de um presidente. Outra, à renúncia de Jânio Quadros. Por fim, em 1964, um golpe de Estado derrubou o presidente Goulart e instituiu o ciclo autoritário que durou duas décadas. O esgotamento do regime militar, aliado à multiplicação das vozes oposicionistas, permitiu o retorno do poder civil, que se deu com a eleição indireta de Tancredo Neves. A Constituição de 1988 representou, sob o ponto de vista jurídico-político, a vitória de uma nova era democrática e preocupada em valorizar o respeito aos princípios da cidadania. Em 1989, por meio de eleições diretas, Collor chegou ao poder, do qual acabou afastado em inédito processo de impeachment. O país sobreviveu ao trauma político e à galopante inflação.

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando a evolução histórica do Brasil contemporâneo, julgue os itens subseqüentes.

Nos anos 90, durante o governo Fernando Henrique Cardoso, instituiu-se a reeleição para os cargos do Poder Executivo, rompendo uma tradição republicana brasileira.

13Questão 388580. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A exploração da terra foi a base econômica da colonização do Brasil. Passada a fase extrativista, a cana-deaçúcar tornou-se a atividade principal. Centrada particularmente em áreas do litoral nordestino, a agroindústria açucareira atraiu capitais europeus, consolidou a estrutura latifundiária e a escravidão, além de ter gerado uma sociedade predominantemente patriarcal e excludente. Ao declínio do açúcar seguiu-se a mineração no século XVIII, dando início à transferência do eixo econômico e político para o Centro-Sul da colônia, processo que se aprofundaria com a emergência do café, no século seguinte, como a principal riqueza do país. No século XX, a economia brasileira se transformou. Sob o impacto da Crise de 1929 e dos efeitos da Segunda Guerra Mundial (1939-45), o país lançou-se à industrialização, esforço que, iniciado na Era Vargas (1930-45), não mais foi interrompido, especialmente ao longo dos governos de Vargas (1951-54), de JK (1956-61) e em parte do ciclo militar (1964-85).

A partir dessas informações, entendidas como referência inicial, julgue os itens seguintes, relativos a aspectos da história econômica brasileira e mundial.

No Brasil, o ciclo da borracha desenvolveu-se à margem da economia mundial, por falta de demanda e pelas dificuldades de comunicação entre a região Norte e os mercados externos.

14Questão 388667. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A queda do Estado Novo, em 1945, no momento em que se encerrava a Segunda Guerra Mundial, marcou o início do processo de redemocratização do Brasil. Eleições periódicas e diretas, fortes partidos políticos — como o PSD, a UDN e o PTB, entre os maiores — e a crescente participação política da sociedade, que rapidamente se urbanizava, caracterizaram esse período. Crises políticas se sucediam. Uma delas levou ao suicídio de um presidente. Outra, à renúncia de Jânio Quadros. Por fim, em 1964, um golpe de Estado derrubou o presidente Goulart e instituiu o ciclo autoritário que durou duas décadas. O esgotamento do regime militar, aliado à multiplicação das vozes oposicionistas, permitiu o retorno do poder civil, que se deu com a eleição indireta de Tancredo Neves. A Constituição de 1988 representou, sob o ponto de vista jurídico-político, a vitória de uma nova era democrática e preocupada em valorizar o respeito aos princípios da cidadania. Em 1989, por meio de eleições diretas, Collor chegou ao poder, do qual acabou afastado em inédito processo de impeachment. O país sobreviveu ao trauma político e à galopante inflação.

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando a evolução histórica do Brasil contemporâneo, julgue os itens subseqüentes.

Sob o ponto de vista econômico, os primeiros anos da democracia restaurada, pós-regime militar, foram marcados pela estabilidade e pela inflação controlada.

15Questão 388673. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A exploração da terra foi a base econômica da colonização do Brasil. Passada a fase extrativista, a cana-deaçúcar tornou-se a atividade principal. Centrada particularmente em áreas do litoral nordestino, a agroindústria açucareira atraiu capitais europeus, consolidou a estrutura latifundiária e a escravidão, além de ter gerado uma sociedade predominantemente patriarcal e excludente. Ao declínio do açúcar seguiu-se a mineração no século XVIII, dando início à transferência do eixo econômico e político para o Centro-Sul da colônia, processo que se aprofundaria com a emergência do café, no século seguinte, como a principal riqueza do país. No século XX, a economia brasileira se transformou. Sob o impacto da Crise de 1929 e dos efeitos da Segunda Guerra Mundial (1939-45), o país lançou-se à industrialização, esforço que, iniciado na Era Vargas (1930-45), não mais foi interrompido, especialmente ao longo dos governos de Vargas (1951-54), de JK (1956-61) e em parte do ciclo militar (1964-85).

A partir dessas informações, entendidas como referência inicial, julgue os itens seguintes, relativos a aspectos da história econômica brasileira e mundial.

Sob o ponto de vista econômico, a Era Vargas incentivou a monocultura e se recusou a promover a efetiva industrialização do Brasil.

16Questão 388748. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A exploração da terra foi a base econômica da colonização do Brasil. Passada a fase extrativista, a cana-deaçúcar tornou-se a atividade principal. Centrada particularmente em áreas do litoral nordestino, a agroindústria açucareira atraiu capitais europeus, consolidou a estrutura latifundiária e a escravidão, além de ter gerado uma sociedade predominantemente patriarcal e excludente. Ao declínio do açúcar seguiu-se a mineração no século XVIII, dando início à transferência do eixo econômico e político para o Centro-Sul da colônia, processo que se aprofundaria com a emergência do café, no século seguinte, como a principal riqueza do país. No século XX, a economia brasileira se transformou. Sob o impacto da Crise de 1929 e dos efeitos da Segunda Guerra Mundial (1939-45), o país lançou-se à industrialização, esforço que, iniciado na Era Vargas (1930-45), não mais foi interrompido, especialmente ao longo dos governos de Vargas (1951-54), de JK (1956-61) e em parte do ciclo militar (1964-85).

A partir dessas informações, entendidas como referência inicial, julgue os itens seguintes, relativos a aspectos da história econômica brasileira e mundial.

No auge da exploração da borracha amazônica, foi vigorosa a atração exercida sobre migrantes da região Sudeste que se dirigiram em massa para o Norte do país.

17Questão 388940. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A queda do Estado Novo, em 1945, no momento em que se encerrava a Segunda Guerra Mundial, marcou o início do processo de redemocratização do Brasil. Eleições periódicas e diretas, fortes partidos políticos — como o PSD, a UDN e o PTB, entre os maiores — e a crescente participação política da sociedade, que rapidamente se urbanizava, caracterizaram esse período. Crises políticas se sucediam. Uma delas levou ao suicídio de um presidente. Outra, à renúncia de Jânio Quadros. Por fim, em 1964, um golpe de Estado derrubou o presidente Goulart e instituiu o ciclo autoritário que durou duas décadas. O esgotamento do regime militar, aliado à multiplicação das vozes oposicionistas, permitiu o retorno do poder civil, que se deu com a eleição indireta de Tancredo Neves. A Constituição de 1988 representou, sob o ponto de vista jurídico-político, a vitória de uma nova era democrática e preocupada em valorizar o respeito aos princípios da cidadania. Em 1989, por meio de eleições diretas, Collor chegou ao poder, do qual acabou afastado em inédito processo de impeachment. O país sobreviveu ao trauma político e à galopante inflação.

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando a evolução histórica do Brasil contemporâneo, julgue os itens subseqüentes.

Foi Getúlio Vargas o presidente brasileiro, mencionado no texto, que se suicidou, em meio a forte crise política que prenunciava sua deposição.

18Questão 388946. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A exploração da terra foi a base econômica da colonização do Brasil. Passada a fase extrativista, a cana-deaçúcar tornou-se a atividade principal. Centrada particularmente em áreas do litoral nordestino, a agroindústria açucareira atraiu capitais europeus, consolidou a estrutura latifundiária e a escravidão, além de ter gerado uma sociedade predominantemente patriarcal e excludente. Ao declínio do açúcar seguiu-se a mineração no século XVIII, dando início à transferência do eixo econômico e político para o Centro-Sul da colônia, processo que se aprofundaria com a emergência do café, no século seguinte, como a principal riqueza do país. No século XX, a economia brasileira se transformou. Sob o impacto da Crise de 1929 e dos efeitos da Segunda Guerra Mundial (1939-45), o país lançou-se à industrialização, esforço que, iniciado na Era Vargas (1930-45), não mais foi interrompido, especialmente ao longo dos governos de Vargas (1951-54), de JK (1956-61) e em parte do ciclo militar (1964-85).

A partir dessas informações, entendidas como referência inicial, julgue os itens seguintes, relativos a aspectos da história econômica brasileira e mundial.

Após a independência do Brasil, o café consolidou a supremacia econômica e política do Centro-Sul.

19Questão 388985. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A queda do Estado Novo, em 1945, no momento em que se encerrava a Segunda Guerra Mundial, marcou o início do processo de redemocratização do Brasil. Eleições periódicas e diretas, fortes partidos políticos — como o PSD, a UDN e o PTB, entre os maiores — e a crescente participação política da sociedade, que rapidamente se urbanizava, caracterizaram esse período. Crises políticas se sucediam. Uma delas levou ao suicídio de um presidente. Outra, à renúncia de Jânio Quadros. Por fim, em 1964, um golpe de Estado derrubou o presidente Goulart e instituiu o ciclo autoritário que durou duas décadas. O esgotamento do regime militar, aliado à multiplicação das vozes oposicionistas, permitiu o retorno do poder civil, que se deu com a eleição indireta de Tancredo Neves. A Constituição de 1988 representou, sob o ponto de vista jurídico-político, a vitória de uma nova era democrática e preocupada em valorizar o respeito aos princípios da cidadania. Em 1989, por meio de eleições diretas, Collor chegou ao poder, do qual acabou afastado em inédito processo de impeachment. O país sobreviveu ao trauma político e à galopante inflação.

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando a evolução histórica do Brasil contemporâneo, julgue os itens subseqüentes.

O voto popular levou Tancredo à presidência da República e ao fim do regime autoritário.

20Questão 389007. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A exploração da terra foi a base econômica da colonização do Brasil. Passada a fase extrativista, a cana-deaçúcar tornou-se a atividade principal. Centrada particularmente em áreas do litoral nordestino, a agroindústria açucareira atraiu capitais europeus, consolidou a estrutura latifundiária e a escravidão, além de ter gerado uma sociedade predominantemente patriarcal e excludente. Ao declínio do açúcar seguiu-se a mineração no século XVIII, dando início à transferência do eixo econômico e político para o Centro-Sul da colônia, processo que se aprofundaria com a emergência do café, no século seguinte, como a principal riqueza do país. No século XX, a economia brasileira se transformou. Sob o impacto da Crise de 1929 e dos efeitos da Segunda Guerra Mundial (1939-45), o país lançou-se à industrialização, esforço que, iniciado na Era Vargas (1930-45), não mais foi interrompido, especialmente ao longo dos governos de Vargas (1951-54), de JK (1956-61) e em parte do ciclo militar (1964-85).

A partir dessas informações, entendidas como referência inicial, julgue os itens seguintes, relativos a aspectos da história econômica brasileira e mundial.

O esforço pela auto-suficiência brasileira na produção de petróleo, hoje conquistada, teve seu grande marco inicial na criação da PETROBRAS, no governo Vargas.

21Questão 389052. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A exploração da terra foi a base econômica da colonização do Brasil. Passada a fase extrativista, a cana-deaçúcar tornou-se a atividade principal. Centrada particularmente em áreas do litoral nordestino, a agroindústria açucareira atraiu capitais europeus, consolidou a estrutura latifundiária e a escravidão, além de ter gerado uma sociedade predominantemente patriarcal e excludente. Ao declínio do açúcar seguiu-se a mineração no século XVIII, dando início à transferência do eixo econômico e político para o Centro-Sul da colônia, processo que se aprofundaria com a emergência do café, no século seguinte, como a principal riqueza do país. No século XX, a economia brasileira se transformou. Sob o impacto da Crise de 1929 e dos efeitos da Segunda Guerra Mundial (1939-45), o país lançou-se à industrialização, esforço que, iniciado na Era Vargas (1930-45), não mais foi interrompido, especialmente ao longo dos governos de Vargas (1951-54), de JK (1956-61) e em parte do ciclo militar (1964-85).

A partir dessas informações, entendidas como referência inicial, julgue os itens seguintes, relativos a aspectos da história econômica brasileira e mundial.

Inexiste relação, mesmo indireta, entre o desenvolvimento do capitalismo, a partir da Revolução Industrial, e a independência do Brasil, pois a economia brasileira era centrada na agricultura.

22Questão 389124. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A queda do Estado Novo, em 1945, no momento em que se encerrava a Segunda Guerra Mundial, marcou o início do processo de redemocratização do Brasil. Eleições periódicas e diretas, fortes partidos políticos — como o PSD, a UDN e o PTB, entre os maiores — e a crescente participação política da sociedade, que rapidamente se urbanizava, caracterizaram esse período. Crises políticas se sucediam. Uma delas levou ao suicídio de um presidente. Outra, à renúncia de Jânio Quadros. Por fim, em 1964, um golpe de Estado derrubou o presidente Goulart e instituiu o ciclo autoritário que durou duas décadas. O esgotamento do regime militar, aliado à multiplicação das vozes oposicionistas, permitiu o retorno do poder civil, que se deu com a eleição indireta de Tancredo Neves. A Constituição de 1988 representou, sob o ponto de vista jurídico-político, a vitória de uma nova era democrática e preocupada em valorizar o respeito aos princípios da cidadania. Em 1989, por meio de eleições diretas, Collor chegou ao poder, do qual acabou afastado em inédito processo de impeachment. O país sobreviveu ao trauma político e à galopante inflação.

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando a evolução histórica do Brasil contemporâneo, julgue os itens subseqüentes.

Jânio Quadros cumpriu seu mandato integralmente, mantendo o elevado prestígio popular que sempre caracterizou sua trajetória política.

23Questão 389176. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A exploração da terra foi a base econômica da colonização do Brasil. Passada a fase extrativista, a cana-deaçúcar tornou-se a atividade principal. Centrada particularmente em áreas do litoral nordestino, a agroindústria açucareira atraiu capitais europeus, consolidou a estrutura latifundiária e a escravidão, além de ter gerado uma sociedade predominantemente patriarcal e excludente. Ao declínio do açúcar seguiu-se a mineração no século XVIII, dando início à transferência do eixo econômico e político para o Centro-Sul da colônia, processo que se aprofundaria com a emergência do café, no século seguinte, como a principal riqueza do país. No século XX, a economia brasileira se transformou. Sob o impacto da Crise de 1929 e dos efeitos da Segunda Guerra Mundial (1939-45), o país lançou-se à industrialização, esforço que, iniciado na Era Vargas (1930-45), não mais foi interrompido, especialmente ao longo dos governos de Vargas (1951-54), de JK (1956-61) e em parte do ciclo militar (1964-85).

A partir dessas informações, entendidas como referência inicial, julgue os itens seguintes, relativos a aspectos da história econômica brasileira e mundial.

No Brasil, a Revolução de 1930 ocorreu quando já se sentiam os efeitos da crise mundial sobre o principal produto brasileiro de exportação, o café.

24Questão 389232. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A exploração da terra foi a base econômica da colonização do Brasil. Passada a fase extrativista, a cana-deaçúcar tornou-se a atividade principal. Centrada particularmente em áreas do litoral nordestino, a agroindústria açucareira atraiu capitais europeus, consolidou a estrutura latifundiária e a escravidão, além de ter gerado uma sociedade predominantemente patriarcal e excludente. Ao declínio do açúcar seguiu-se a mineração no século XVIII, dando início à transferência do eixo econômico e político para o Centro-Sul da colônia, processo que se aprofundaria com a emergência do café, no século seguinte, como a principal riqueza do país. No século XX, a economia brasileira se transformou. Sob o impacto da Crise de 1929 e dos efeitos da Segunda Guerra Mundial (1939-45), o país lançou-se à industrialização, esforço que, iniciado na Era Vargas (1930-45), não mais foi interrompido, especialmente ao longo dos governos de Vargas (1951-54), de JK (1956-61) e em parte do ciclo militar (1964-85).

A partir dessas informações, entendidas como referência inicial, julgue os itens seguintes, relativos a aspectos da história econômica brasileira e mundial.

Por ser atividade econômica mais moderna, o café não fez uso de mão-de-obra escrava.

25Questão 389336. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A exploração da terra foi a base econômica da colonização do Brasil. Passada a fase extrativista, a cana-deaçúcar tornou-se a atividade principal. Centrada particularmente em áreas do litoral nordestino, a agroindústria açucareira atraiu capitais europeus, consolidou a estrutura latifundiária e a escravidão, além de ter gerado uma sociedade predominantemente patriarcal e excludente. Ao declínio do açúcar seguiu-se a mineração no século XVIII, dando início à transferência do eixo econômico e político para o Centro-Sul da colônia, processo que se aprofundaria com a emergência do café, no século seguinte, como a principal riqueza do país. No século XX, a economia brasileira se transformou. Sob o impacto da Crise de 1929 e dos efeitos da Segunda Guerra Mundial (1939-45), o país lançou-se à industrialização, esforço que, iniciado na Era Vargas (1930-45), não mais foi interrompido, especialmente ao longo dos governos de Vargas (1951-54), de JK (1956-61) e em parte do ciclo militar (1964-85).

A partir dessas informações, entendidas como referência inicial, julgue os itens seguintes, relativos a aspectos da história econômica brasileira e mundial.

A transferência da capital da colônia para o Rio de Janeiro foi um sinal de que a mineração começara a esvaziar econômica e politicamente o Nordeste.

26Questão 389407. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A queda do Estado Novo, em 1945, no momento em que se encerrava a Segunda Guerra Mundial, marcou o início do processo de redemocratização do Brasil. Eleições periódicas e diretas, fortes partidos políticos — como o PSD, a UDN e o PTB, entre os maiores — e a crescente participação política da sociedade, que rapidamente se urbanizava, caracterizaram esse período. Crises políticas se sucediam. Uma delas levou ao suicídio de um presidente. Outra, à renúncia de Jânio Quadros. Por fim, em 1964, um golpe de Estado derrubou o presidente Goulart e instituiu o ciclo autoritário que durou duas décadas. O esgotamento do regime militar, aliado à multiplicação das vozes oposicionistas, permitiu o retorno do poder civil, que se deu com a eleição indireta de Tancredo Neves. A Constituição de 1988 representou, sob o ponto de vista jurídico-político, a vitória de uma nova era democrática e preocupada em valorizar o respeito aos princípios da cidadania. Em 1989, por meio de eleições diretas, Collor chegou ao poder, do qual acabou afastado em inédito processo de impeachment. O país sobreviveu ao trauma político e à galopante inflação.

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando a evolução histórica do Brasil contemporâneo, julgue os itens subseqüentes.

A renúncia de João Goulart mergulhou o Brasil em dramática crise política, solucionada com a tomada do poder pelos militares.

27Questão 389762. História, História do Brasil, Professor, Prefeitura de Parauapebas PA, CESPE, Ensino Superior, 2006

A queda do Estado Novo, em 1945, no momento em que se encerrava a Segunda Guerra Mundial, marcou o início do processo de redemocratização do Brasil. Eleições periódicas e diretas, fortes partidos políticos — como o PSD, a UDN e o PTB, entre os maiores — e a crescente participação política da sociedade, que rapidamente se urbanizava, caracterizaram esse período. Crises políticas se sucediam. Uma delas levou ao suicídio de um presidente. Outra, à renúncia de Jânio Quadros. Por fim, em 1964, um golpe de Estado derrubou o presidente Goulart e instituiu o ciclo autoritário que durou duas décadas. O esgotamento do regime militar, aliado à multiplicação das vozes oposicionistas, permitiu o retorno do poder civil, que se deu com a eleição indireta de Tancredo Neves. A Constituição de 1988 representou, sob o ponto de vista jurídico-político, a vitória de uma nova era democrática e preocupada em valorizar o respeito aos princípios da cidadania. Em 1989, por meio de eleições diretas, Collor chegou ao poder, do qual acabou afastado em inédito processo de impeachment. O país sobreviveu ao trauma político e à galopante inflação.

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando a evolução histórica do Brasil contemporâneo, julgue os itens subseqüentes.

Dois momentos marcantes na luta contra o regime militar foram os movimentos pela anistia e pela eleição presidencial direta (Diretas Já!).